Travar os Passos do FCP em Paços - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

12/03/2018

Travar os Passos do FCP em Paços

12/03/2018 + 0 Comentários
MAGNÍFICO RESULTADO EM PAÇOS DE FERREIRA. PASSARAM A FALTAR 24 PONTOS PARA O P3N7A. EUFORIA SÓ DOS ADEPTOS BENFIQUISTAS QUE NÃO JOGAM SÓ APOIAM. E TÊM SIDO INEXCEDÍVEIS.


Com o Benfica a dois pontos da liderança portista, o "Glorioso" volta - dez jornadas depois - a depender apenas dos seus/nossos resultados.

Não levo em conta estatísticas individuais pois no Futebol  - um dos desportos de excelência "mais" colectivos - a par do Râguebi - geralmente contam pouco. Um futebolista pode fazer 95 por cento de passes certos e nos cinco por cento que falhou estes corresponderem a dois golos "oferecidos". Mas com as estatísticas globais já é diferente, pois mostram quantitativamente como decorreu um jogo (embora como nós sabemos não é o principal). O Benfica comparando com o FC Porto foi superior colectivamente isto com três semanas de diferença. Nem nas faltas sofridas se podem queixar. D-E-Z-A-S-S-E-I-S. Igual!

Seis notas breves
Não se tratando de um jogo do Benfica embora tenha influência na competição pois os campeonatos jogam-se na dependência dos resultados directos e indirectos ao contrário das competições a eliminar, seis notas pois o resultado soube-me quase tão bem como uma Gloriosa Vitória.

1. O Benfica tem o melhor grupo de trabalho
Mesmo enfraquecido no Verão e não colmatado em Janeiro - com reflexos nas restantes competições principalmente na Liga dos Campeões onde acumulamos sete derrotas consecutivas - os Gloriosos Futebolistas têm sido de uma abnegação extraordinária. Será uma injustiça não conquistarem o título. Merecem. Por tudo o que nós sabemos.


A CLASSE GLORIOSA ÉPOCA 114. De cima para baixo. Da esquerda para a direita: Bruno Varela, Jonas, Fejsa, André Almeida, Jardel (sub-capitão) e Luisão (capitão); Krovinovic, Grimaldo, Cervi, Salvio e Pizzi

2. O FC Paços de Ferreira foi digno
Em Portugal fala-se muito, insinua-se ainda mais, são malas de dinheiro, clubes comprados, outros amaciados com empréstimos de técnicos e futebolistas e sei lá mais o quê. Eu posso ser ingénuo mas nunca acreditei, nem acredito, que seja fácil fazer batota sistemática. Pontual ainda acredito mas generalizada não. O FC Paços de Ferreira foi de grande dignidade e, para mim, mostrou-se fantástico e esteve muito diferente da passividade que demonstrou, na última jornada frente ao FC Porto, no célebre título de 2012/13, o último perdido pelo Benfica. Ontem, o FC Paços de Ferreira redimiu-seia

3. O FC Porto tem um plantel curto e limitado
Com meia dúzia de lesões ou algum futebolista suspenso as fragilidades são evidentes. Quando não podem fazer «espertezas» saloias como alegar bancadas a ceder em jogos que estão a correr mal porque jogam mal a derrota fica mesmo ali à mão. Este plantel portista que é uma "manta de retalhos" ser campeão nacional face à fibra do nosso seria de uma injustiça tremenda. Nem quero acreditar que 2017/18 acabe tão injusto.


Quando um avançado falha «um golo do tamanho da baliza» (que tinha até o guarda-redes fora da pequena-área) a CULPA É DO BENFICA! E numa fase decisiva do encontro. Até aos dez segundos, com 0-0, seria escandaloso quanto mais a dez minutos do final dos 90 minutos com 0-1 no marcador!

4. O árbitro Bruno Paixão podia ter sido dos melhores de sempre
O facto de ser Benfiquista e não prejudicar intencionalmente o Benfica como outros que também se diziam benfiquistas - Pedro Proença e Duarte Gomes, por exemplo - teve a carreira destruída por não querer fazer «fretes». Se há algum árbitro que nunca teve medo do portismo pintecostista foi Bruno Paixão. NUNCA. O facto de perceber que, por isso, tinha a carreira bloqueada levou-o a "desleixar-se" em vez de aprimorar-se! Foi pena, mas é a vida. O Homem é o homem e as suas circunstâncias.

5. Ainda falta "muito campeonato"
O facto é que o FC Porto continua líder. O FC Porto continua a ser, teoricamente, o clube em melhor posição para conquistar o título. Tem dois pontos de vantagem a oito jogos do final da competição. Na prática, é que não creio. O calendário é favorável ao Benfica, para já não falar - ficou explícito - o que escrevi nos pontos 1 e 3. Temos o título à vista. Vamos Benfica!

6. Os dirigentes/responsáveis do "Glorioso" têm de saber estar dando-se ao respeito
A lama onde chafurda o anti-benfiquismo tem de ter resposta sábia por parte de quem tem mais obrigações - os vários dirigentes e responsáveis - em não deixar que essa lama atinja o Clube. E isso significa não ligar ventoinhas que em vez de secarem lama/lodo transformando-a em barro espalham essa lama/lodo por todo o lado. Para se ser um dos responsáveis pelo SL Benfica ou Benfica SAD - e ser digno do seu passado - é preciso ser como a mulher de César! Essa é que é essa!

CAMPEONATO NACIONAL 2017/18
Jorn
RES
Sit
Adversário
FCP
SCP
01
V 3-1
C
SC Braga
=
=
02
V 1-0
F
GD Chaves
=
=
03
V 4-0
C
CF “Os Belenenses”
=
=
04
E 1-1
F
Rio Ave FC
- 2
- 2
05
V 2-1
C
Portimonense SC
- 2
- 2
06
D 1-2
F
Boavista FC
- 5
- 5
07
V 2-0
C
FC Paços de Ferreira
- 5
- 3
08
E 1-1
F
CS Marítimo
- 5
- 3
09
V 3-1
F
CD Aves
- 5
- 3
10
V 1-0
C
CD Feirense
- 5
- 3
11
V 3-1
F
Vitória SC Guimarães
- 5
- 1
12
V 6-0
C
Vitória FC Setúbal
- 3
- 1
13
E 0-0
F
FC Porto
- 3
- 3
14
V 3-1
C
GD Estoril Praia
- 3
- 3
15
V 5-1
F
CD Tondela
- 3
- 3
16
E 1-1
C
Sporting CP
- 5
- 3
17
V 2-0
F
Moreirense FC
- 5
- 3
18
V 3-1
F
SC Braga
- 5
- 3
19
V 3-0
C
GD Chaves
- 5
- 1
20
E 1-1
F
CF “Os Belenenses”
- 5
- 3
21
V 5-1
C
Rio Ave FC
- 5
=
22
V 3-1
F
Portimonense SC
- 5
=
23
V 4-0
C
Boavista FC
- 5
=
24
V 3-1
F
FC Paços de Ferreira
- 5
=
25
V 5-0
C
CS Marítimo
- 5
+ 3
26
V 2-0
C
CD Aves
- 2
+ 3
27
F
CD Feirense
28
C
Vitória SC Guimarães
29
F
Vitória FC Setúbal
30
C
FC Porto
31
F
GD Estoril Praia
32
C
CD Tondela
33
F
Sporting CP
34
C
Moreirense FC
NOTA: As diferenças não são em tempo real, pois não contemplam adiamentos ou antecipações de jogos

Três jogos para o "Clássico de Portugal"
Que vai ser o encontro fundamental para definir o plantel que ficará com as "mãos no troféu". O próximo jogo do Benfica no terreno do CD Feirense tem de ser jogado com a genica habitual. Reforçada pelos dois pontos de diferença para o líder que jogará a seguir frente ao Boavista FC.
  
CALENDÁRIO DE JOGOS (MARÇO/ MAIO.2018)
Mês
Dia
Adversário
Competição
Local
M
A
R
Ç
O
17
SÁB
CD Feirense
Primeira Liga.27
Feira/Fora
17
SÁB
Boavista FC
Primeira Liga.27
Porto/Casa
21
QUA
Jogos das Selecções Nacionais
25
DOM
Jogos das Selecções Nacionais
28
QUA


31
SÁB
Vitória SC Guimarães
  Primeira Liga.28
  SLB/Casa
31
SÁB
CF "Os Belenenses"
Primeira Liga.28
Restelo/Fora
A
B
R
I
L
04
QUA
08
DOM
Vitória FC Setúbal
Primeira Liga.29
Setúbal/Fora
08
DOM
CD Aves
Primeira Liga.29
Porto/Casa
11
QUA
14
SÁB
FC Porto
Primeira Liga.30
SLB/Casa
14
SÁB
SL Benfica
Primeira Liga.30
SLB/Fora
18
QUA
Taça Portugal (meia-final: 2.ª mão; fora)
21
SÁB
GD Estoril Praia
Primeira Liga.31
Estoril/Fora
22
DOM
Vitória FC Setúbal
Primeira Liga.31
Porto/Casa
25
QUA
29
DOM
CD Tondela
Primeira Liga.32
SLB/Casa
29
DOM
CS Marítimo
Primeira Liga.32
Funchal/Fora
M
A
I
O
02
QUA
06
DOM
Sporting CP
Primeira Liga.33
J. Alvalade/Fora
06
DOM
CD Feirense
Primeira Liga.33
Porto/Casa
09
QUA
13
DOM
Moreirense FC
Primeira Liga.34
SLB/Casa
13
DOM
Vitória SC Guimarães
Primeira Liga.34
Guimarães/Fora
16
QUA
20
DOM
Taça Portugal. FINAL
NOTA: Só estão definidos os horários até à interrupção de Março para os jogos das selecções nacionais devido à presença (ou não) do Sporting CP nos quartos-de-final da Liga Europa (5 e 12 de Abril de 2018)

Faltam oito jogos (ou três) dependendo do todo ou do antes
                           
Alberto Miguéns

0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Subscrever este blogue