SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08 outubro 2017

Já Fui Infiel

08 outubro 2017 13 Comentários
A ESCASSOS DIAS DE ASSINALAR MAIS UM ANIVERSÁRIO DA "CATEDRAL" EM 25 DE OUTUBRO, O 14.º, TENHO A CONFESSAR. 


E a estes 17 dias de distância para a infidelidade não se chegar muito ao magnífico 25 de Outubro, "Dia da Catedral". Votei contra a sua construção. E ainda hoje sinto que o Benfica perdeu uma oportunidade. A "Saudosa Catedral" modernizada seria o Estádio Mais Bonito do Mundo (o actual seria o segundo mais belo). E com uma História em Odisseia começada em 14 de Junho de 1953, inaugurada em 1 de Dezembro de 1954 e continuada décadas "adentro".



E com a agravante deste projecto ter sido intencionalmente escondido, ou empurrado para debaixo dos interesses, dos associados (por isso ainda hoje poucos o conhecem) do "Glorioso" por Mário Dias e seus apaniguados. O primeiro "Águia de Ouro" (em 37 Ilustres) que não é referência do Benfica nem referencial do Benfiquismo porque, simplesmente, desapareceu de circulação. Ele lá saberá porquê!



Para meu espanto ainda consta dos projectos do gabinete de arquitectura que visitei em finais de 1999 (clicar).  


Que saudades da Saudosa Catedral

Alberto Miguéns

NOTA: Uma infidelidade sui generis visto que depois de copiosamente derrotado na assembleia geral, em 28 de Setembro de 2001, resmunguei, meti o "rabinho entre as pernas" e tratei de adquirir a minha cadeira M1 no "Primeiro Anel" que espero manter até partir - desejo que - para o "Quarto Anel"!
13 comentários
  1. Comungo da ideia de que a demolição do antigo estádio foi nefasto para o património imaterial do Benfica e para a competitividade da equipa. Encerrava uma história empolgante e inspiradora aos adeptos e, também, aos adversários. Sem dúvida que se alienou algo valiosíssimo. Ao ouvir e ler os relatos entusiásticos de ex-jogadores de grandes equipas europeias das suas experiências no Estádio da Luz, sentimo-nos, simultaneamente orgulhosos e tristes. Esses tempos não voltarão. Foram demolidos com o Estádio. Por outro lado, é evidente, hoje, que, o endividamento necessário ao financiamento do estádio atual, impede o crescimento da competitividade do Benfica europeu. Como se tem demonstrado, não há dinheiro que vede os encargos correntes. Filipe Vieira, na ocasião, disse que o Estádio se pagaria em 12 anos. Errou. Por outro lado, esse projeto de Vale e Azevedo e Tomás Taveira, custaria ao clube, 4 milhões de contos - 20 milhões de euros -,libertando recursos para investimento na equipa. Ficaremos sempre na dúvida; que Benfica ; quem endividou o Benfica não foi Vale e Azevedo, foi Manuel Damásio. Azevedo poderia ter muitos defeitos, mas tinha a virtude da coragem. Olhava de frente os inimigos; não baixava a cabeça quando lhes falava. Tinham medo dele, por isso o perseguem e, agora,à mulher. Não lhe perdoam ter ameaçado o sistema. Sistema que já injetou cerca de mil milhões de euros no Sporting, sem juros nem reembolso, sem que ninguém se incomode. Enfim, falta-nos quem defenda o Benfica, sem medo de qualquer espécie. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para o António Barreto vai um grande abraço. Há tempos que lhe não punha a vista em cima.
      Apareça sempre!!!

      Eliminar
  2. Lembro-me bem deste projecto e da tristeza que me invadiu quando soube que a Catedral ia abaixo. Fui ao último jogo com o estádio inteiro e decidi nunca mais voltar. Só cinco anos depois, arrastado por um sobrinho, voltei. Gostei, mas... é só mais um bom estádio, parecido com o do Arsenal e ultrapassado pelos que vão sendo erguidos. O outro era inigualável e inultrapassável.
    As memórias gloriosas do passado não se apagam, mas vivo com a mágoa de não poder vivê-las mais. E, a cada dia que passa, a cada dia que vamos morrendo e outros nascendo, a memória vai-se perdendo.

    ResponderEliminar
  3. Fico doente ao ver que parte da historia do Benfica morreu con a demoliçao do estadio construido con o sacrificio dos socios. Definitivamente sem este estadio o Benfica passou a ser menos Benfica e o Benfiquisi Ficou mais pobre. As razoes foram claras, todos os populistas tem que acabar con a historia que existía antes deles para ficarem como os salvadores.

    ResponderEliminar
  4. Magnifico artigo do Alberto Miguéns e dos comentários associados. E não foi só o estádio que foi demolido. Com ele foram a energia e a mística a ele associadas.
    Infelizmente jamais se farão as "contas" do deve e haver dos últimos 17 a 18 anos. Que não correspondem nem de perto à história oficial imposta por quem, dizem, credibilizou o Benfica.

    ResponderEliminar
  5. Na altura falou-se, e este não ficava mais caro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro C. Oliveira

      Que idade tem? Esse é um estádio que já estava feito! qual mais caro! Ficava era muito mais barato! Um quarto do actual que depois ficou em 20 por cento devido às habituais "derrapagens financeiras". O que se discutia era a manutenção que se dizia ia ser mais cara mas ninguém sabia quanto porque o actual, em 2001, nem projecto havia quanto mais saber os custos de manutenção. Tretas!

      Saudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      NOTA: E o actual só não ficou AINDA mais caro porque desistiram do revestimento externo para «passar verniz no betão» segundo me disse Mário Dias! Ainda é cedo para se dizer o que realmente passou...se!

      Eliminar
    2. Isto do caro depende sempre de "para quem". A verdade é que como diz o Alberto, este estava lá e implicava "menos cimento". O novo implicou mais cimento.

      Como se depreende da nossa política recente, Benfica rima com cimento. Não fossem estes anos em que o Atlético Madrid andou a construir um estádio e se calhar o Benfica já tinha o "tal" centro de alto rendimento, a Universidade, se calhar até um Aeroporto para low costs e um TGV...

      Eliminar
  6. Duas mágoas que tenho não conhecer o Estádio da Luz antigo e não ter conhecido Eusébio...

    ResponderEliminar
  7. Olá Viriato, prazer em "Vê-lo". Já tenho falado ao meu João para voltarmos a fazer um jantarinho aqui em Peniche. Que tal? Um abraço para si e restantes "camaradas".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que combinar isso. Há muito para "BENFICAR" Os outros "camaradas" estão prontos para se metem à estrada. Enviei email para o seu endereço net.novis. espero que ainda esteja activo.

      Eliminar
  8. Espectáculo que tinha ficado o estádio da Luz, sabia da existencial desta remodelação, o Benfica podia ter optado por remodelar ou então fazer como outros clubes fizeram, reconstruiram o mesmo estádio, deitando o estádio abaixo por partes e reconstruindo essas mesmas partes, ex: a bancada the Kop em Liverpool, e reconstruiram-na

    O desaparecimento da catedral levou com aquela uma parte do ser Benfica, o estadio era qualquer coisa de inexplicável, tinha como que uma aura, não é fácil de explicar por palavras

    ResponderEliminar

Artigos Aleatórios

Apoio de: