A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

18/06/2017

Gloriosa Vitória

18/06/2017 + 10 Comentários API
CAÇAS BENFIQUISTAS DESTROEM PORTA-AVIÕES DO FC PORTO!



Estrondosa vitória da equipa de Bilhar. O Benfica venceu, por 3-1, o FC Porto que é o actual Campeão Europeu (clicar)!

Uma vitória histórica, mais uma, para o Glorioso Benfica. A Secção de Bilhar é o orgulho dos Benfiquistas.



Dois bilharistas amadores - Martinez e Zapata - arrasaram dois dos melhores bilharistas do Mundo. O espanhol Sanchez é o actual campeão do Mundo (19 de Novembro de 2016) e o sueco Blomdahl é o anterior Campeão Mundial (6 de Dezembro de 2015). Que por perderem não deixaram de o ser. São dois dos cinco/seis melhores do Mundo. São mestres na carambola. De alto quilate. Por isso valorizam AINDA MAIS os bilharistas com o "Manto Sagrado".

Terminada a primeira volta resta esperar pela segunda, teoricamente mais difícil, pois o Benfica terá três jogos no Norte (AA Leça, Leça FC e FC Porto) e um em Almada (Ginásio Clube do Sul). Recebe o Sporting CP. Serão estes os cinco jogos da segunda volta.

O amador Martinez fez tremer o profissional Blomdahl. Amador de emprego, profissional na atitude soube honrar o passado Glorioso do bilhar. O sueco (penso que actual n.º 5 em coeficiente a nível mundial) deu muita luta mas percebia-se que saber estar a defrontar um "amador" tirou-lhe a capacidade milimétrica que faz carambolar.



Um jogo para a Águia Zapata recordar toda a vida. Derrotar por 17 carambolas (20 é capote) em 40 o Campeão do Mundo. Extraordinário. Foi o jogo (por ser do "meu lado") que acompanhei com mais atenção. O super-profissional espanhol Sanchez acusou muito estar a defrontar um amador valente espanhol. Nunca se "encontrou". Pago a "peso de ouro", o Campeão do Mundo (e penso que actual n.º 2 em coeficiente) acusou demasiado o jogo. O Águia Zapata soube aproveitar a diferença. Provavelmente, em 50 jogos frente a Sanchez, vence dois. Este e o da segunda volta (esperamos). Há que aproveitar as diferenças. Pode ser amador (nas finanças) mas a carambolar está mais próximo do Campeão do Mundo do que parece. Grande jogatana!



Fernando Silva fez o que pode perante um bilharista (Rui Manuel Costa) que está em grande forma. Que dá tudo o que tem a mais não é obrigado. Parabéns Campeão!



O campeoníssimo (um histórico do Glorioso Bilhar) Mário Chaves nunca desistiu (39 entradas para um limite de 50). Foi um jogo de persistência frente ao bilharista do plantel Campeão Europeu, Santos Oliveira. Taco-a-taco, tacada-a-tacada foi levando as carambolas para o seu lado. Fez desesperar o adversário. Penso que fez uma entrada com oito carambolas. Em grande! Fundamental para que o jogo não terminasse empatado. O FC Porto esteve a vencer por 1-0 (a mesa 3 foi a primeira a terminar), depois 1-1 (mesa 2), 2-1 (mesa 1) e finalmente emergiu a capacidade de Mário Chaves para não deixar o FC Porto fazer o 2-2. A última mesa a "fechar" (esta n.º 4) foi a que assegurou da vitória.


Domínio total do FC Porto
Salpicado por conquistas do Sporting CP, Leixões SC e do Leça FC.

ÚLTIMAS DEZ TEMPORADAS
Épocas
Campeonato
Nacional
Taça de
Portugal
Supertaça
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
2007/08
Sporting CP
FC Porto
ND
2008/09
Leixões SC
FC Porto
FC Porto
-
2009/10
Leixões SC
FC Porto
FC Porto
-
2010/11
FC Porto
2.º
FC Porto
1/8
FC Porto
-
2011/12
FC Porto
3.º
FC Porto
FIN
FC Porto
-
2012/13
FC Porto
3.º
FC Porto
1/4
FC Porto
D
2013/14
FC Porto
6.º
FC Porto
1/2
FC Porto
-
2014/15
Sporting CP
3.º
FC Porto
1/4
FC Porto
-
2015/16
FC Porto
3.º
Leça FC
1/2
FC Porto
-
2016/17
FCP/SCP
1/8
FC Porto
-
NOTA: Final da Taça de Portugal prevista para 1 de Julho de 2017

Os fracos não são os que perdem...
São os que desistem para não perder!

LISTAGEM TOTAL DE TROFÉUS
Campeonato
Nacional (49)
T
Taça de
Portugal (25)
T
Supertaças
(24)
T
FC Porto
19
FC Porto
16
FC Porto
16
Sporting CP
17
Sporting CP
5
Sporting CP
5
SL BENFICA
9
SL BENFICA
 2
SL BENFICA
3
Leixões SC
3
Leixões SC
1
Ateneu Comercial Porto
1
Leça FC
1

Tora! Tora! Tora!

Alberto Miguéns

NOTA: Já esta manhã a equipa tinha conseguido um grande jogo frente ao poderoso Leça FC, que além de ser o titular na Taça de Portugal foi o segundo classificado no último campeonato nacional (2015/16).



10 comentários
comentários
  1. Não quero, de modo algum, abusar da sua paciência e do seu tempo mas gostaria, agora que estamos no defeso futebolístico, de lhe reiterar a pergunta que lhe havia feito há cerca de um mês. Tem a ver com sua opinião sobre a responsabilidade de João Vale e Azevedo na seca de títulos que assolou o Benfica entre 1994 e 2004. Digo isto porque já ouvi várias opiniões e o seu blog revela um grande conhecimento sobre a história do Benfica que o adepto comum não possui.

    ResponderEliminar
  2. Caro Claudio Filipe

    Em minha opinião, tratando-se de uma gerência complexa, deixo três tópicos da minha exclusiva responsabilidade. É o que penso actualmente o que não quer dizer que daqui a uns anos não reveja a opinião.

    1. Os Órgãos Sociais eleitos em 1997 sofreram o declínio competitivo do Clube que vinha em crescendo desde início dos anos 90 (agravado na gerência dos O.S. eleitos, em 4 Janeiro de 1994, com Manuel Damásio na presidência da Direcção), pelo facto do SLB não ter conseguido superar o Poder efectivo do FC Porto. Pinto da Costa tinha 50 anos em 1987 e 60 em 1997. E muito político e agente desportivo condicionado. O SLB preferiu apoiar-se no dinheiro de Jorge Brito. quando este faltou foi o descalabro;

    2. Até ao início do século XXI a Banca não estava disponível para envolver-se no negócio de milhões gerado pelo Futebol. Talvez por ainda se estar na fase das dezenas de milhões e não das centenas de milhões. Os "célebres" "project finance";

    3. O presidente João Vale Azevedo tendo em conta o que descrevo no ponto 1 e 2 não soube tomar as melhores decisões. Aliás tenho muita curiosidade em falar com ele - e penso ser possível brevemente - para perceber porque tomou 23 decisões (que tenho neste momento listadas) num sentido e não tomou outra decisão, e em mais de metade delas, havia essa possibilidade.

    TETRAsaudações Gloriosas

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não esquecer que a década de 90 foi a década de transição em que o desporto deixou de ser algo quase puramente cultural e passou a ser um «grande negócio». O Benfica não estava preparado para a mudança, e na tentativa de revolucionar o clube foram tomadas algumas decisões precipitadas. A juntar a isso o facto de o Pinto da Costa entrar no Porto, ele que já estava preparado para a versão de «grande negócio» que o futebol se estava a tornar e dai ter levado a dianteira nesse aspecto. Curiosamente foi por essa altura que se perdeu todo o fairplay que existia até então. Será apenas coincidência? Deixo um video que, para alguém com eu, nasceu em 1984 achava isto impossível... https://www.youtube.com/watch?v=-XhWoSzlrA8

      Claro que isto é apenas uma opinião minha, mas deixo-a ficar para pelo menos pensarem nisso.

      Eliminar
  3. Boa tarde. Se não for abuso da minha parte, posso dar a minha opinião acerca dessa pergunta.
    Comecemos pelo principio:
    Quando Damásio (e toda a estrutura dessa direcção) sucede ao grande Jorge de Brito como presidente do nosso glorioso, é que começa a decadência de 10 épocas sem sermos campeões. Como? Simples, Damásio despede Toni, que foi campeão e levou-nos às meias-finais da antiga Taça das Taças, e vai buscar um dos treinadores mais porcos que já existiu, Artur Jorge. Porco porquê? Basta ver o seu trajecto no FCP. Artur Jorge, com a benevolência de Damásio, dispensa meia equipa(Kulkov, Yuran, etc.) e vende (Rui Costa), até porque precisávamos, jogadores nucleares. Contrata jogadores duvidosos (Nelo, Tavares, etc.) e "perde" negócios para o FCP através do Jorge Mendes. Sim, o babysitter do Ronaldo encheu-se de dinheiro à pala dos corruptos e "desviou" muitos jogadores do Benfica.
    Continua...

    ResponderEliminar
  4. Continuação
    Mesmo com uma Taça de Portugal, Damásio deixa o Benfica e chega Vale e Azevedo. Digo já que fui enganado por ele, pois parecia uma pessoa credível no inicio. Começou logo por atacar a Olivedesportos, com a famosa conferência em que rasgou o contrato que tínhamos com o Oliveira. Depois foi o descalabro. O Vale e Azevedo roubou o nosso clube monetariamente, manchou o nome do clube com promessas e negócios falsos (Poborsky) e "deu" o nosso menino de ouro aos lagartos.
    Resumindo e concluindo, o Damásio começou e o Azevedo quase acabou com o nosso clube.

    Obrigado e Saudações!

    ResponderEliminar
  5. Agradeço as respostas à minha pergunta. É sempre importante conhecermos bem o nosso passado até para evitar que no futuro as coisas menos boas se venham a repetir.

    ResponderEliminar
  6. Miguéns, eu enquanto atleta do Clube Bilhar Eborense tive a oportunidade de ver estes fantásticos desempenhos dos atletas do Benfica ao seu lado, enquanto ia actualizando a informação jogo-a-jogo para o SerBenfiquista.com Foi pena as condições climatéricas da sala. De qualquer forma, e enquanto atleta sei do que falo, o Benfica devia meter os olhos no FCPorto na Carambola, e não estou a falar dos títulos, mas da Formação. Como nós vamos 10 anos à frente deles no futebol, eles vão 10 à nossa frente na Carambola, pois têm a Dragon Force, com dezenas de jovens talentosos, e que antes de se esperarem resultados, interessa formar, e bem. No Benfica simplesmente não existe qualquer formação, as equipas B e C já compostas (como a equipa A, excepção dos espanhois) por "jovens" de 50 anos para cima... Grande abraço, e mais uma vez foi um alegria enorme ter assistido àquela vitória, grande momento!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Daniel Cachopas

      Penso que sabe que o Clube não aposta - a não ser fornecer as instalações e equipamentos (menos resolver o problema do ar condicionado com temperaturas acima de 40 C) - minimamente no Bilhar, tal como no Ténis de Mesa. No Bilhar ainda menos. Chegavam 50 mil euritos (num clube que movimenta milhões) por ano.

      O Glorioso Bilhar nas últimas três temporadas (hei-de escrever acerca disso no final deste CN que - acredito depois do empate caseiro do FCP com o Leça FC vamos vencer - é único até na História do Clube. Os bilharistas pagam uma mensalidade para representar o Glorioso. E na fase final pagam a dois Águias espanhóis para lhes...tirarem o lugar. Isto nem sei como se pode chamar. Não é amor à camisola (isso é pagar para jogar). Agora pagar para outros jogarem no lugar deles?! É o quê? Um Imenso Amor ao Clube. Fazem isso porque sabem que é a única possibilidade de conquistar (até agora tem sido tentar) o título ao FC Porto. Em 2016/17 quem faz disto merece ser muito feliz.

      TETRAsaudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  7. Caro Miguéns! Eu sei. Infelizmente essa questão da mensalidade é generalizada de norte a sul com algumas excepções (nós em Évora somos essa excepção). De referir que nos Opens individuais, o Benfica, o Porto e o CluBE são dos poucos que não cobram taxas aos atletas, o que é vergonhoso. No dia que queira fazer um texto de fundo sobre algumas "anomalias" na modalidade, terei todo o gosto em colaborar no que achar necessário. Inclusive a questão muito abafada dos estrangeiros...
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Daniel Cachopas

      A partir de segunda-feira (dia que me parece este blogue vai assinalar o regresso do Bilhar às Gloriosas conquistas) e desde que esteja de acordo com o editorial que está disponível na barra vermelha tem um blogue à sua inteira disposição. Pode usar e abusar.

      Grande abraço TETRAcontente

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail