A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

24/02/2017

Jornal «O Benfica»: Ininterrupto? Era Bom Era...

24/02/2017 + 5 Comentários API
AO CONTRÁRIO DAQUILO QUE ESCREVE O DIRECTOR DE "O BENFICA"


O Jornal já esteve "interrompido". Passou a revista mensal durante 16 meses (entre Maio de 1999 e Agosto de 2000) e depois esteve interrompido entre 1 de Setembro de 2000 e 27 de Fevereiro de 2001, ou seja, seis meses. O Benfica é o que é e foi o que foi. E é isso que tem de assumir. Não o que deveria ou poderia ter sido. É esta a Cultura Centenária do Clube. Eu sou do Benfica! E associado. Por isso além de não ter medo da Verdade exijo que o meu clube não tenha telhados-de-vidro nem rabos-de-palha!

Eis o editorial de hoje


O mais grave é que o director do Jornal sabe pois tem esta lista
Porque fui eu que a dei quando chegou à Direcção do Jornal e ele quis saber o passado do Jornal, em termos de quem foi director e que políticas editoriais teve até 2008! 


Ao contrário daquilo que escreve
O Benfica não pode querer passar por aquilo que não é ou que deveria ter sido. O SLB não é nem o Benfica CP nem o FC Lisboa. Por muito que o queiram alterar, copiando atitudes e bizarria dos outros, continuará a ser o Sport Lisboa e Benfica. Transparente, Livre e que assume o seu passado não o mascarando. Tem orgulho no que faz, assume o que fez de negativo e não esconde o que não deveria ter feito!

Acorda Benfica! 

Alberto Miguéns


NOTA1: E a interrupção só não foi maior porque quando me sugeriram ou quiseram saber a minha opinião - Vale Azevedo/Acácio Gomes/Luís Lemos - que ao passar a revista mensal não deveriam continuar a numerar, antes passando a revista a n.º 1 eu retorqui (não sei se for por isso ou por terem reconsiderado):



Se já é um erro interromperem a publicação semanal do jornal (transformando-o numa revista mensal que se prevê inócua) seria um «erro a dobrar» aniquilar o jornal desportivo mais antigo de Portugal podendo mante-lo com numeração sequencial numa revista!



NOTA2: No Benfica actual parece haver um problema com a interpretação da palavra ininterrupto. Ou seja, não é só o director de "O Benfica" a não conhecer o seu significado. Por isso:



5 comentários
comentários
  1. Um post sobre o termo "initerruptamente" do editorial subscrito pelo José Nuno Martins é absolutamente ridículo.
    Pressinto que neste pequeno justificativo sobre o "initerruptamente" há um certo sentimento de ressaibo. Nada que não possa passar com uma amena cavaqueira com o dito director. Seria mais curial do que se fazer uma tempestade num copo d'água sobre uma minudência destas.
    Aceito o purismo e o rigor do autor do blogue, mas francamente, porque que é que o autor não pegou no telefone e disse isso ao JNM?
    A minha opinião é que alguns Bwenfiquistas gostam muito de se autoflagelarem e mandar tiros a outros Benfiquistas.

    Moscardo Vermelho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devia ser antes Lagarto Vermelho ou Andróide Vermelho.

      Por uma razão simples. Quem ler o editorial e não escutasse a "conversa" ficaria a pensar que o ininterrupto é verdade.

      Veja lá se o moscardo mascarado não se afoga no copo d´agua.

      Diga quem é o cacique. Pau mandado já sabemos que é. Regressa ao lixo!

      Eu digo quem sou!

      Regresse ao seu lugar que dão-lhe um biscoito

      Caça moscas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Jonny8Forever25/2/17 15:07

    Estava no intervalo do jogo e decidi ler o jornal. Ao ler este dito artigo do director, também me saltou à vista essa menção. E sendo eu pouco informado nestes pormenores históricos - basicamente aprendo a história do SLB através do amigo Alberto - disse logo para mim mesmo: se houver incongruência nos números de certeza que não vai escapar à lupa meticulosa do Miguéns. E cá está.

    Mais corrosivo ou menos corrosivo na crítica, sendo mais ou menos ressabiado (certas vezes torna-se evidente), sendo a questão mais importante ou praticamente insignificante, a verdade é que há uma coerência neste blog de ser rigoroso na História e em tudo o que envolve o nosso clube. Congratulo-o por isso.

    Grande abraço!
    Carrega Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui, ui

      As pessoas vêem outras pessoas muitas vezes, mesmo nas TV´s e pensam que as conhecem mas estão muito longe de as conhecer. Há um aspecto muito importante da personalidade dos seres humanos: a hipocrisia. Que dá muito em quem tem muita visibilidade e gosta de se rir para ficar bem nas fotografias e "ecrans". É preciso falar com elas e ver o que essas pessoas fazem durante algum tempo até em relação a outra, a terceiros. Só o tempo a conviver com outros permite conhecê-los. A tal hipocrisia...malandra.

      Se soubessem...da "missa a metade"!

      Um dia talvez faça um livro de "Memórias" com documentos e até gravações. Depois falamos...

      Acabo como começo. Ui, ui...

      Grade abraço

      Carrega sempre Benfica!

      NOTA: Ainda bem que depois de ler o jornal leu este texto. Assim já não vai cair no erro de nalguma conversa dizer que o jornal está ininterrupto, pois como jornal semanal esteve suspenso ano e meio, entre 21 de Abril de 1999 e 28 e Fevereiro de 2001.

      Eliminar
  3. Venham de lá essas memórias !!!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail