A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

15/09/2016

Três Vezes Um Igual na Catedral em 2016/17. Já Chega. Chega!

15/09/2016 + 4 Comentários API
JÁ CHEGA. TRÊS JOGOS EM 2016/17. TRÊS EMPATES, TRÊS GOLOS MARCADOS, TRÊS GOLOS SOFRIDOS. PODE FICAR "BONITO" NAS TABELAS DOS JOGOS NA "CATEDRAL": DUAS COCAS-COLAS E UMA SAGRES. AI O MEU QUERIDO TÍTULO FUNDADOR.



Talisca marcou um golo na baliza Coca-Cola, em 11 de Fevereiro de 2015, de grande penalidade, com o "Manto Sagrado". Mas marcou seis na "Sagres". Este foi o último. Este aqui por cima! E devia ter-se ficado por aqui. Marcar o de anteontem foi abusar!


Primeiro 1-1
Primeiro jogo na "Catedral" primeiro empate a um golo. Pensei: Olha em 2016/17 vai ser resultado único.



Segundo 1-1
Segundo jogo na "Catedral", segundo empate consecutivo a um golo. Olá, lá. Dois jogos, dois empates a um golo. Estamos em 2016/17 a viver uma excepção. 



Terceiro 1-1
Terceiro jogo na "Catedral", terceiro empate consecutivo a um golo! Único. É a primeira vez em 339 jogos na "Catedral", desde a sua inauguração, em 25 de Outubro de 2003, que o Benfica empata três jogos consecutivos a um golo. Embora tenha um registo de quatro empates: a um, a zero, a zero e um golo! Já chega. Gosto de séries estatísticas que comecem por V. V de Vitória! Regressando à imagem que abre o texto de hoje para acabar com um parágrafo que pagava para não fazer.

Este segundo Coca-cola nunca devia ter existido
Quando uma equipa tem um "especialista" em marcar livres como se fossem grandes penalidades é preciso ter mais cuidado, porque é sempre necessário ter cuidado durante todo o jogo em conceder "bolas paradas". Quando há quem  tenha na equipa "especialista" é preciso levar ao limite não fazer falta junto da Gloriosa grande área. Há que fazer tudo o que for possível. O Besiktas JK desesperava por ter um livre desses. Com Talisca em campo foi um fartote de sempre no chão. Até que deu no golo! Havia que aguentar mais. Que as derrotas (um empates com sabor a tal) também permitam os futebolistas crescerem.




Acorda Benfica!

Alberto Miguéns



NOTA (Uma Espécie de Subsídio para a História de Alberto Miguéns no SLB - Parte I): Calma. Ainda vem para aqui alguém comentar dizenndo - Estão a ver. Olhem para ele. Chulo do Benfica! Três bilhetes e só pagou um! O do Setúbal! Anda nas "borlas". Mentira! Não paguei nenhum! É verdade que há aqui bilhetes de três jogos, mas não são meus. Embora ande à cata deles no final de cada jogo para enviar para um Benfiquista que necessita deles. Eu mantenho o meu cartão pago desde 2003/04. Todos os anos. À volta de meio milhar de euros, fora o título fundador que não fui eu que o paguei. Calma. Troquei fazer uma colecção de cromos por um título fundador num "contrato às escuras" Nem o dono da edição dos cromos, com estabelecimento em Paço de Arcos, sabia o preço, nem eu quando combinámos. Só disse que não queria dos mais caros, nem dos mais baratos. Um preço intermédio. E assim foi. Nem sei quanto custou. O editor dos cromos cumpriu escrupulosamente o que foi combinado ainda o estádio estava assim. 

Ai senão fosse ela! 
Não havia dinheiro, não havia Título Fundador!



NOTA2.1: Para aqueles que me vêm dizer: «Está lá o teu/seu nome! Não lhe davam bilhetes, mesmo colaborando de graça com o Clube?» 
«Davam! Mas eu nunca os quis! O Gonçalves qual metrossexual pós-moderno fora-de-prazo tem sempre muitas pessoas à volta dele a pedir, por isso não falta a quem os dar. Eu não preciso. Compro os meus em Junho/Julho!»



NOTA2.2: Para aqueles que me vêm dizer: "Está lá o teu/seu nome! Mas não vejo lá nomes de outras grandes figuras que agora estão na berra e a berrar»!
«Nesse tempo - 2003 - andavam esquecidos que eram do Benfica ou tinham outras preocupações. Dez anos é muito tempo. Treze ainda é mais. E eu votei contra a construção do estádio actual. Preferia a remodelação da "Saudosa Catedral". Fui um dos vencidos em assembleia geral pela maioria dos associados, meti o "rabinho entre as pernas" e como tive condições - já disse como - comprei um lugar. Algo que nunca tive no anterior. quando chegava cedo ficava sentado, quando chegava tarde ficava de pé. Mas ficava sempre Bem. Bastava estar lá. Bem se Fica em qualquer estádio desde que jogue o Benfica É a vida! Os sócios do SLB, em maioria, são soberanos. Por isso são responsáveis por onde caminha o Clube desde 28 de Fevereiro de 1904» 
4 comentários
comentários
  1. Caro Alberto,

    O golo de Talisca ao Bayern é na Sagres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro POC

      Pois foi. O de Raúl é que foi na Coca Cola.

      Talisca tem sete golos na "Catedral". Seis na Sagres! Com o "Manto Sagrado". O resto é paisagem.

      Obrigado!

      Eliminar
  2. Ainda me faltam cromos para completar essa coleção :)
    Aqui para nós o senhor de paço de arcos foi um vigarista porque não colocou todos os cromos à venda, só eu cheguei a ter mais de 1000 repetidos, até que desisti. E os que me faltavam eram os que faltavam a tantos outros colecionadores...

    ResponderEliminar
  3. Caro,

    Nem me fale nisso.

    Meteu-se-me na cabeça fazer a colecção comprando cromos e desisti. Havia carteiras (tenho ideia que eram de cinco cromos) com três cromos repetidos. Inacreditável. Tenho uma colecção completa porque o dono da edição deu-ma depois de eu reclamar. Também tenho uns 200 repetidos e alguns são bem 30 do mesmo. Disse-lhe que devia ter mais respeito por quem comprava e ter um modelo de exploração próximo da Panini. Admitia que fosse mais difícil de fazer, mas nunca que fosse impossível.

    Alegou que não era ele que ensacava os cromos. Eu ainda lhe disse que falasse com quem tinha que falar, pois todos diziam que tinham cinco vezes mais cromos repetidos que os cromos colados. Depois "perdi-lhe o rasto"!


    Saudações

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail