A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/09/2016

Os Novos Turcos

13/09/2016 + 2 Comentários API
QUANDO PARECIA QUE NADA PODERIA SER "PIOR" QUE A CONVOCATÓRIA PARA AROUCA EIS QUE NESTE JOGO SEGUINTE NEM RAFA ESTÁ DISPONÍVEL, ALÉM DE JARDEL.

                       
Mas o "Glorioso" tem se iniciar, a vencer, na Liga dos Campeões, em casa, frente ao clube teoricamente menos forte. Não há volta a dar. Não há avançados de maior idade jogam os menores que têm oportunidade de mostrar que em Futebol a maioridade conquista-se em campo.

A propósito de estreias mais jovens...
Não há necessidade de inventar - estou a "falar" de "A Bola" (e da Benfica TV) que copiou "A Bola" e do "Record". Zé Gomes não é o terceiro como se escreveu na "A Bola": clicar para confirmar e quarto no foi referido no "Record": clicar para confirmar", mais novo de sempre a estrear-se em jogos para competições oficiais. A ordem (até ver se há algum mais novo que por ter tido uma carreira curta no Benfica ficou "escondido" é a seguinte):


01. Hugo Leal (DN: 21.05.1980 - CN (suplente utilizado aos 71 minutos): 20.04.1997) - 16 anos e 334 dias (a 31 dias de completar 17 anos);



02. Guilherme Espírito Santo (DN: 30.10.1919 - CR (titular): 11.10.1936) - 16 anos e 346 dias (a 19 dias de completar 17 anos (ver NOTA 1); 

Outros: CN: 10.01.1937 (titular marcou dois golos) - 17 anos e 72 dias;




03. Chalana (DN: 10.02.1959 - CN (suplente utilizado ao intervalo): 07.03.1976) - 17 anos e 26 dias;




04. Zé Gomes (DN: 08.04.1999 – CN: 09.09.2016 (suplente utilizado no tempo de compensação da 2.ª parte) – 17 anos e 154 dias;



05. Simões (DN: 14.12.1943 - CN (titular):14.01.1962) - 18 anos e 31 dias (ver NOTA 2);

Outros: Taça Intercontinental (no Uruguai): 19.09.1961 (titular) - 17 anos e 280 dias;
Taça de Portugal:26.11.1961 (titular) - 17 anos e 347 dias (a 18 dias de completar 18 anos);
Taça dos Campeões: 01.02.1962 (titular) - 18 anos e 49 dias;




06. Mawete Júnior (DN: 25.11.1981 - CN: 12.09.1999 (suplente utilizado aos 76 minutos) - 17 anos e 290 dias (a 75 de completar 18 anos);




07. Gonçalo Guedes (DN: 29.11.1996 - CN (suplente utilizado no tempo de compensação da 2.ª parte): 04.01.2015 - 18 anos e 36 dias (ver NOTA 3);

Outros: TP (suplente utilizado): 18.10.2014 - 17 anos e 333 dias (a 42 dias de completar 18 anos);




08. Manuel Fernandes (DN: 05.02.1986 - CN (suplente utilizado aos 90'): 08.02.2004 - 18 anos e 3 dias;



09. Pepa (DN: 14.12.1980 - CN (suplente utilizado aos 89' e marcou um golo aos 90'): 23.01.1999 - 18 anos e 40 dias;



10. Miguel Vítor (DN: 30.06.1989 -  CN (titular): 09.09.2007 - 18 anos e 64 dias (ver NOTA 4);

Outros: LC (titular): 29.08.2007 - 18 anos e 60 dias;



11. Renato Sanches (DN: 18.08.1997 - CN (suplente utilizado aos 75 minutos): 30.10.2015 - 18 anos e 93 dias.

NOTA 1: A data deve ser a da estreia no campeonato regional, pois os clubes dependiam da classificação no Regional para se apurarem para o Nacional. É bom recordar que até 1946/47 era nos Regionais que os clubes se apuravam para o campeonato nacional. Se em Lisboa um clube não ficasse nas quatro primeiros lugares ia jogar a partir de Janeiro no segundo escalão. Os Regionais tinham de terminar até 31 de Dezembro de cada ano para saber que clubes estavam apurados para o campeonato nacional que em regra iniciava-se no primeiro ou segundo domingo de Janeiro seguinte. Por isso Guilherme Espírito Santo teve de esperar pela primeira jornada, em Setúbal. O Vitória FC colocou-se na frente, mas ele deu valor ao trabalho da equipa fazendo o 1-1 e o 2-1. No dia 10 de Janeiro de 1937;

NOTA 2: Deve ser considerado a estreia na Taça Intercontinental;

NOTA 3: Deve ser considerado a estreia na Taça de Portugal;

NOTA 4: Deve ser considerado a estreia na Liga dos Campeões;

NOTA 5: Há ainda uma dúvida no Teixeirinha. Há duas datas de nascimento que lhe são apontadas com...quatro anos de intervalo: 26 de Dezembro de 1920 e 1 de Dezembro de 1924. A estreia  dele numa competição oficial ocorreu, em 18 de Janeiro de 1942, na 1.ª jornada do campeonato nacional, marcando dois golos. Não jogou no campeonato regional de 1941/42 que deu acesso a este campeonato nacional em 1941/42. Foi estreia absoluta em jogos para competições oficiais. Reservo para uma nota final um esclarecimento adicional.

Que adversário?
O de 10 de Setembro de 2016 (2.ª jornada do campeonato turco) ou o de 26 de Agosto de 2016 (2.ª jornada do campeonato turco)? Ou um misto dos dois "onzes"?


Muito “gosta” a UEFA de nos ver assim…
Quase sempre a jogar na primeira volta dois jogos em terreno alheio: nove em treze edições, embora para a UEFA em 1991/92 não haja Liga dos Campeões mas a edição da Liga dos Campeões, em 1992/93, foi exactamente igual à Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1991/92 e já conta! Fase a eliminar até aos oitavos-de-final, divisão dos oito clubes em dois grupos de quatro com os vencedores a apurarem-se para a final.
E nessas nove edições, em seis a sequência é a mesma. Começar “em casa”. Em 2011/12 – a melhor participação de sempre (a par de 1994/95) – do “Glorioso” na Liga dos Campeões. E o “modelo” foi igual ao desta temporada! (ver Quadro I)

       QUADRO I
     SLB NA LIGA DOS CAMPEÕES (JORNADA-A-JORNADA)
Época
C
F
C
F
C
Pt
F
C
F
C
F
Pt
FINAL
Clas
Pt
1991/92
-
D
E
-
E
2
E
V*
D
-
-
3
3.º
5
1994/95
V
E
V
-
-
7
E
V
E
-
-
5
1.º
12
1998/99
-
D
V
D
-
3
-
E
-
V
E
5
2.º
8
2005/06
V
D
-
E
-
4
-
D
E
V
-
4
2.º
8
2006/07
-
E
D
D
-
1
-
V
-
V
D
6
3.º
7
2007/08
-
D
D
-
V
3
D
E
V
-
-
4
3.º
7
2010/11
V
D
-
D
-
3
-
V
D
D
-
3
3.º
6
2011/12
E
V
-
V
-
7
-
E
E
V
-
5
1.º
12
2012/13
-
E
D
D
-
1
-
V
-
V
E
7
3.º
8
2013/14
V
D
E
-
-
4
D
-
V
V
-
6
3.º
10
2014/15
D
D
-
E
-
1
-
V
D
E
-
4
4.º
5
2015/16
V
V
-
D
-
6
-
V
E
D
-
4
2.º
10
2016/17
?
?
-
?
-
?
-
?
?
?
-
?
?
?
NOTAS: * Dois pontos por vitória (com a pontuação fazendo corresponder três pontos a uma vitória seriam seis pontos)
Épocas a vermelho - Primeira volta com dois jogos em "casa"
Épocas a verde - Primeira volta com dois jogos "fora"



O mais extraordinário
É que um dos três clubes mais populares de Istambul (e da Turqui) fundado em 19 de Março de 1903, designado por Clube (Kulübü) de Ginástica (Jimnastik) Besiktas (Beşiktaş: “bairro” do lado europeu de Istambul na margem do Bósforo) nunca tenha jogado – nem em encontros particulares – frente ao “Glorioso”. Um emblema com 17 presenças na Taça dos Clubes Campeões Europeus/Liga dos Campeões, 16 participações na Taça UEFA/Liga Europa e sete presenças na Taça dos Clubes Vencedores das Taças (clicar para visualizar a Wikipédia inglesa). Quem não quiser tem aqui o resumo, no Quadro II, (retirado e da responsabilidade da wikipédia inglesa):


QUADRO II

PARTICIPAÇÕES NAS COMPETIÇÕES DA UEFA
Competição
Pr
J
V
E
D
GM
GS
Dif
%V
TOTAIS
38
184
68
37
79
231
260
- 29
37
Liga dos Campeões
17
68
22
13
33
64
104
- 40
32
Taça Vencedores das Taças
7
20
4
4
12
21
38
- 17
20
Liga Europa
16
42
20
34
146
118
+ 28
44
96

NOTA: A vermelho: participações europeias; a preto: presenças nas competições. 
Em 1995/96 e 1999/2000 não passou das pré-eliminatórias na Liga dos Campeões terminando a participação europeia; 
Em 2003/04 ficou em 3.º lugar na fase de grupos (grupo G) passando para a Taça UEFA (conta uma participação europeia). 
Em 2014/15 foi eliminado na pré-eliminatória da Liga dos Campeões transitando para a Liga Europa (conta uma participação europeia)

A manter a tradição
Em cinco situações já definidas o Benfica ultrapassou os clubes turcos em quatro temporadas. Vamos começar a quinta, nesta terça-feira!? (ver Quadro III)

QUADRO III
RESULTADOS NAS ELIMINATÓRIAS COM CLUBES TURCOS
Épocas
Comp
Adversário
Eliminatória
Consequência
Para o SLB
Situação1
Situação2
C
F
F
C
75/76
TCE
Fenerbahçe SK
V 7-0
D 0-1
Passagem para os 1/8 final
80/81
TVT
Altay SK
E 0-0
V 4-0
Apurado na pré-eliminatória
08/09
TU
Galatasaray SK
D 0-2 (casa)
Eliminado na fase de grupos
11/12
LC
Trabzonspor AS
V 2-0
E 1-1
Apurado na pré-eliminatória
12/13
LE
Fenerbahçe SK


D 0-1
V 3-1
Passagem para a Final
16/17
LC
(1)
Besiktas JK
?
?
?
 NOTA: (1) Primeiro jogo, na “Catedral” (1.ª jornada) e segundo encontro, em Istambul (5.ª jornada)

Até agora o futebol turco não tem causado “estragos”
Apenas um registo negativo – eliminação em 2008/09, pelo Galatasaray AS – naquela fórmula absurda da Taça UEFA/Liga Europa em que a fase de grupos não era a duas mãos. De resto há mais três derrotas que não fizeram mossa a não ser nas estatísticas. E na nossa auto-estima (ver Quadro IV).

  QUADRO IV
  JOGOS DO BENFICA COM CLUBES DA TURQUIA
Época
Cp
Estádio
Cidade
S
Clube
V
E
D
61/62
Par
Mithat
Istambul
F
Fenerbahçe SK
3-1
75/76
TC
1/16
Luz
Lisboa
C
Fenerbahçe SK
7-0
Ataturk
Esmirna
F
0-1
80/81
TT
PE
Ataturk
Esmirna
F
Altay SK
0-0
Luz
Lisboa
C
4-0
00/01
Par
Sportplatz
Leogang
(Áustria)
N
Adanaspor K
1-1
01/02
Par
Fontenette
Genebra
(Suíça)
N
Galatasaray AS
1-0
08/09
TU
2.ª J
SLB
Lisboa
C
Galatasaray AS
0-2

11/12
LC
PE
SLB
Lisboa
C
Trabzonspor KB
2-0
Olímpico
Istambul
F
1-1
Par
La Praille
Genebra
(Suíça)
N
Galatasaray AS
2-0
12/13
LE
1/2
Saracoglu
Istambul
F
Fenerbahçe SK
0-1
SLB
Lisboa
C
3-1
15/16
LC
FG
Arena
Istambul
F
Galatasaray AS
1-2
SLB
Lisboa
C
2-1
16/17
LC
FG
SLB
Lisboa
C
 Besiktas JK
?
Vodafone
Istambul
F
?
         TOTAIS ………
15 J - 8 V - 3 E - 4 D (27/11)

Numa das “Catedrais” um insucesso em seis jogos
A excepção (2008/09) foi no tal período inqualificável da fase de grupos da Taça UEFA/Liga Europa, em que se jogava a uma volta num grupo de cinco clubes. Volto a repetir, o que mostra que nem com o lamento  da primeira vez, isso chegou para eu deixar de ficar indignado. Nos cinco jogos “em casa” a vantagem é da “Saudosa Catedral” (duas vitórias em dois jogos e 11/0 (zero) em golos) face à actual (três vitórias em quatro jogos e 7/4 em golos.

Carrega Benfica

Alberto Miguéns


NOTA FINAL: Teixeirinha (Manuel Francisco Teixeira) tem na Imprensa duas datas de nascimento: uma em 1920 (com menos citações) e outra em 1924 (mais citada). Foi contemporâneo de Rogério Lantres de Carvalho que nasceu em 7 de Dezembro de 1922. Este é peremptório - até porque comemoravam os aniversários no mesmo mês - Dezembro: «O Teixeirinha era mais velho do que eu!» Logo, eu acredito, no nosso Pipi!

NOTA DOIS: Acho inacreditável como é que o Benfica permite que as plataformas de comunicação do Clube copiem informação errada - ignorando por exemplo Guilherme Espírito Santo nessa lista dos "mais novos" - em vez de dar informações correctas para essas plataformas poderem informar com a verdade os Benfiquistas e quem ler, ver e ouvir! Honrando os ases que nos honraram o passado. Principalmente a Benfica TV! Desde que o Fernando Santos é director de conteúdos a verdade acerca do Benfica é espezinhada a torto-e-a-direito! Desprezada. Em prol da propaganda! Vai ficar na História como um período negro em termos de rigor e verdade! Também quem utiliza outros nomes, em vez do qual (ou quais)  por que é conhecido (Pedro Guerra) para se esconder (e poder mais tempo de antena, dentro e fora), nada de bom há a esperar em termos de verdade e rigor! Agente pidesco. É como se eu para saber informações da minha família fosse perguntar aos seus vizinhos! Inacreditável! Mas é verdade!
2 comentários
comentários
  1. Cá está de novo o olho de lince do Miguéns a funcionar!
    O Pedro Guerra, de quem se diz ter um arquivo de elevado teor, não deu com o gato?
    Como pode o nosso Glorioso ir a reboque de outros órgãos de informação, sobre questões da nossa história?

    ResponderEliminar
  2. Pela imagem dos 32 clubes apurados para a fase de grupos, dá para perceber que usas a (boa) fonte do https://kassiesa.home.xs4all.nl/bert/uefa/index.html

    :-)

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail