A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

09/01/2016

A Bola Que Pontapeou o Futebolista

09/01/2016 + 8 Comentários API
A PROPÓSITO DO OLYMPIAKÓS CFP.

Retirado do portal www.record.pt


O Benfica continua a ser o clube com mais vitórias consecutivas e só não em mais de 29 porque foi roubado no estádio das Antas pelo árbitro António Garrido que a escassos minutos do final do jogo frente ao FC Porto inventou (clicar para perceber) uma grande penalidade que transformou a 30.ª vitória (por 2-1) num empate a dois golos, em 1972/73.

O que admira, quem entre os adeptos do futebol mundial tem estatísticas das competições internacionais da modalidade, é o facto do clube mais popular da Grécia, da cidade de Pireu, porto mediterrânico a cerca de 30 quilómetros do centro de Atenas não vencer os campeonatos há cinco ou seis anos sem qualquer derrota, tal a "supremacia" (conquistada em finais dos anos 90 À FC Porto).


Esta temporada o Olympiakós CFP limpou a primeira volta (15 jogos) só com vitórias - 15 (com nove golos sofridos) - e continuará a vencer. Há muitas épocas que na Grécia se espera que o clube consiga conquistar o título só com vitórias. Há até quem vá mais longe e diga que é vergonhoso não o fazer só com vitórias e sem golos sofridos.



Há mais de duas décadas que estou incluído numa "rede mundial" de troca de resultados - ainda do tempo de envio de encomendas de resmas de papel e cartas para a Sede no País de Gales, agora com a internet é mais fácil, rápido e barato - que se sabe como o clube grego conseguiu dizimar os adversários. Uma estratégia À FCP reforçada pelo facto de ser o clube mais popular da Grécia! "Vantagem" que o FC Porto nunca teve. Se tivesse, em Portugal, o FCP estaria, provavelmente, a conquistar no nosso país o que o clube grego conquista no seu.

Uma vez questionei o "representante" grego dessa rede do porquê deste domínio porque nem sempre foi assim, apesar do Olympiakós CFP ser o clube grego mais popular dentro e fora da Grécia.

CAMPEONATOS GREGOS POR DÉCADAS (Acumulado)
CLUBES
Até
(TOT)
29/30
(2)
39/40
(11)
49/50
(15)
59/60
(24)
69/70
(34)
79/80
(44)
89/90
(54)
99/00
(64)
01/10
(74)
19/20
(79)
Olympiakós CFP
-
6
8
15
17
21
25
29
37
42
Panathinaikós AC
1
1
2
4
10
12
15
18
20
20
AEK Atenas
-
2
2
2
4
7
8
11
11
11
FC Aris Salónica
1
2
3
3
3
3
3
3
3
3
PAOK Salónica
-
-
-
-
-
1
2
2
2
2
AE Larissa
-
-
-
-
-
-
1
1
1
1

Foi fácil. Têm os árbitros e os media na mão. Os adeptos dos outros clubes são minoritários falam, batem, partem tudo e todos mas contam pouco. Já houve treinadores estrangeiros e futebolistas que se recusarem a renovar contratos com o Olympiakós CFP por perceberem que tinham pouco mérito nas conquistas. A ideia dos dirigentes é transformar este clube grego - sem expressão no futebol europeu - numa bandeira do país tentando capitalizar praticamente todo o dinheiro gerado pelo futebol (o problema é que não é muito) na Grécia para tentar atingir as meias-finais da Liga dos Campeões. Aliás esta citação/expressão/ideia desse grego da tal rede foi possível de comprovar há pouco tempo na excelente série acerca dos "Grandes Derbies do Futebol Mundial", comentada por Eric Cantona que passou na Bola TV. Aquelas imagens do Panathinaikós AC frente ao Olympiakós CFP mostraram tudo. Até a incredibilidade de Eric Cantona pelo que se passou... O que eu não entendia do porquê da atracção dos treinadores portugueses pelo popular clube do Pireu ficou explicada. Aquilo nem é comprar títulos no supermercado (como o FC Porto). É comprá-los na Feira da Ladra. Apesar de me dizerem que agora até é uma brincadeira comparado com o que se passou nos anos 90 (século XX) e primeira década do século XXI quando as diferenças financeiras não eram tão elevadas. Na actualidade, o clube do Pireu é imensamente mais rico que todos os outros clubes gregos juntos. Nem sequer se podem comparar. Dificilmente o Olympiakós CFP perderá um campeonato no futuro (a não ser pontualmente por algum motivo inesperado como em 2003/04 e 2009/10), tal a diferença, a menos que surja algo que ninguém espera. E  como se sabe isso está sempre à espreita.





Algo que nunca entendi
Todos sabemos que quando existe uma linguagem que está escrita noutro alfabeto não há possibilidade de fazer traduções. Fazem-se transliterações. Ou seja, adaptam-se os sons das letras/palavras ao alfabeto de cada língua. Em Portugal foi sempre tudo feito "à balda" sem critério. Foi necessário (por acaso) ir à Grécia, em 1981, num "Inter-Rail" com passagem por Atenas e pelo estádio do clube no porto do Pireu para perceber que não se pronuncia OLIMPIÁCUS mas sim OLIMPIACÓS, tal como PANATINAICÓS. KOE (não é este o símbolo dessa letra em grego mas quem vir o emblema do clube grego percebe...) pronuncia-se KÓS e não KUS. Tal como Y em grego será sempre Y em português e K em grego será K em Português e não C! Já o lampeda (V invertido) será L e o pi  (U invertido) será P. E o tal E grego será S. 

Benfica é outra "coisa"! Limpa! Nem tudo o que parece é!

Alberto Miguéns

NOTA: Também foi preciso ir a Liverpool para perceber que o estádio do Liverpool FC não se denomina Anfield Road mas Anfield. Anfield Road é a avenida onde está o estádio. É como dizer que o Benfica joga na Estrada da Luz. Dessa vez em Liverpool até disseram logo que era português! Perguntei porquê? Porque é o único povo do Mundo que chama Anfield Road a Anfield! 

Para saber o que é a verdade e o rigor, em demasiadas situações, é preciso sair de Portugal! Infelizmente!
8 comentários
comentários
  1. Boa tarde.

    Aproveitando o ponto de nota que refere, mas em relação ao estádio que tanto Inter e AC Milan utilizam, tenho ideia de ver repetidamente as suas denominações mal utilizadas na comunicação social. Julgo q a forma correcta é San Siro para o AC Milan e Giuseppe Materazzi para o Inter. Ou estarei errado?

    Desde já agradeço a atenção, e votos de um ano "glorioso" para si/vocês.

    afap
    (nº 74294)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Era assim há alguns anos. Agora não sei. Giuseppe Meazza é considerado um traidor pelos adeptos do AC Milan. Uma espécie de Paulo Sousa em versão pior... Mas como tudo muda, perdendo o significado, nunca se sabe o que está a acontecer na actualidade!

      Talvez encontre a história (há um filme sobre isso) em:

      http://www.futbolprimera.es/2012/01/15/ac-milan-vs-inter-de-milan-los-traidores

      Um glorioso ano para si e para os seus.

      Obrigado

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Ora aí está como uma explicação muda tudo.
    É trágico o que se passa naquele país. Dentro e principalmente fora dos campos de futebol.

    Uma ideia interessante seria colocar juntar o Olympiakos, FeCePe, Juventus, AC Milan, Fiorentina, Lazio, Perugia, Marselha, Kickers Offenbach, Dinamo Bucareste, alguns clubes Turcos, etc. Punham a liderar mais uns ex-senhores da FIFA e outros que por aí andam e fazia-se a "Liga Maravilha". Tirava-se as teimas para saber quem é o melhor.

    ResponderEliminar
  3. O futebol, infelizmente, não tem sido um jogo limpo. Porque muitos dos que lá andam, são pessoas sim carácter, integridade ou coluna vertebral. Para não dizer pior.
    Mas há quem abuse. Em Portugal foi o que foi. Mas parece ser mal de muitos países. Roménia, Grécia, França, Itália, etc..

    O futebol é apenas o espelho da nossa sociedade.

    Obrigado por outro, como habitual, fantástico artigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro POC,

      Não precisa de agradecer.

      Eu é que agradeço o facto de mostrar disponibilidade para ler e depois comentar. Quando há tantas solicitações que nos ocupam tanto tempo.

      Obrigado.

      Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. O sr. Garrido 72/73 foi então uma espécie de pioneiro nesta longa linhagem de árbitros dourados, certo?
    Agradecimentos por espalhar a sua sabedoria
    E PLURIBUS UNUM

    ResponderEliminar
  5. Caro Dr Alberto,

    Ao "ouler" esta explicação sobre a supremacia do Olympiakos na terra de Zorba, confesso que até fiquei "confucio", pelas afinidades que encontrei com um Clube Português :

    "Foi fácil. Têm os árbitros e os media na mão. Os adeptos dos outros clubes são minoritários falam, batem, partem tudo e todos mas contam pouco. Já houve treinadores estrangeiros e futebolistas que se recusarem a renovar contratos com o Olympiakós CFP por perceberem que tinham pouco mérito nas conquistas. A ideia dos dirigentes é transformar este clube grego - sem expressão no futebol europeu - numa bandeira do país tentando capitalizar praticamente todo o dinheiro gerado pelo futebol (o problema é que não é muito) na Grécia para tentar atingir as meias-finais da Liga dos Campeões."

    Ora vamos por partes :

    Qual o Clube que controla e manipula os media em Portugal? Por exemplo, qual o Presidente em Portugal, que dá uma entrevista de 14 (sim quatorze páginas, não, não é um livro, é um Desportivo), e ao Jornal Desportivo com maior expressão em Portugal? O antigo assessor de imprensa de Jorge Sampaio, é o responsavel pela Comunicação de que Clube? O ex Director da TVI, e com funções similares anteriores na RTP, é Vice de que Clube?

    Qual o Clube em Portugal que temn 14 milhões de adeptos, sendo que falamos num País com cerca de 10 milhões de habitantes ...

    Árbitros? Qual o unico Clube em Portugal que defende com "unhas e dentes" o ainda Presidente do Conselho de Arbitragem da FPF, Cardeal Cerejeira Pereira? Neste contexto, e observando a classificação da arbitragem Portuguesa na temporada passada : 4º Capela, 5º Mota, 6º Paixão 7º Ferreira o benfiquista de Fafe ou o "heroi dos conegos e belem", bom, será esta classificação um tributo dos Observadores? Estes que em contraste despromovem um dos melhores arbitros em Portugal, provavelmente porque esteve em duas derrotas de um determinado Clube, e foi o responsavel pela ultima GP assinalada contra esse clube, penalty esse que gerou uma expulsao?

    Finalmente, e relativamente ao capitalizar todo o dinheiro gerado no negócio do Futebol, recordo as recentes declarações do Director de Comunicação oficioso de um Clube, o excelso Vice Silva (o legitimo herdeiro do Dr Borges Coutinho em Fidalguia), bom, o Vice Silva previu na SIC que os operadores MEO e NOS pagariam ao FC Porto e Sporting apenas cerca de 30 ou 20 Milhões / ano, e justamente porque um outro Clube Português teria "secado" o mercado!

    Restará acrescentar que esse Clube em Portugal ganhou nas ultimas 20 temporadas 4 Campeonatos, e 3 T Portugal, manifestamente pouco, para a sua Grandeza. Todavia, no passado recente, ultimos 6 anos, venceu 3 Campeonatos (com duas Finais Europeias consecutivas), com o precioso contributo de um dos melhores Treinadores Portugueses, entretanto esse competente Treinador foi indesejado, justamente para se provar a competencia de uma nada disfuncional "extrutura"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Teixeira

      Que boas notícias.

      Assim daqui a 18 temporadas o SLB vai conquistar (sendo Bicampeão) mais 16 títulos em 18 (e para qual/quais) clubes serão os outros dois?

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail