A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/07/2015

Ser Bom ou Mau Treinador

11/07/2015 + 2 Comentários API
A LEITURA DO LIVRO DE RUI VITÓRIA FOI DELICOSA.


A frase que conheço - haverá milhões que não conheço - que melhor define o Futebol é de Bill Shankly (1913-1981) escocês, futebolista e treinador, que entre vários clubes, destacou-se no Liverpool FC, entre 1959 e 1974: «O Futebol não é um caso de vida ou morte. É muito mais que isso!»
De entre outras que colocaria em segundo lugar, lembro-me sempre desta quando se fala de treinadores, da sua importância ou não, atribuída a Johan Cruijff:

«Num clube de futebol o treinador é que manda em tudo, excepto numa situação em que manda o presidente. Pode demitir o treinador!»  

Leitura escorreita
O livro lê-se bem porque é escrito de uma forma elementar com ideias simples. Processos muito simplificados para ter sucesso. Cada vez tenho mais curiosidade em perceber como vão funcionar no Benfica. Se já tinha antes de ler o livro depois de concluir a leitura o metabolismo acelerou. Nunca mais chega o dia 9 de Agosto.


Muitas ideias (incluindo a pré-época)
Aconselho o livro aos Benfiquistas (a minha é a primeira edição de Novembro de 2014 que está esgotada, mas já me informaram que estará disponível uma 2.ª edição). Por cerca de dez euros vale a pena. Além disso espero que sejam minhas testemunhas de defesa (levei-vos a adquirir livros) se a editora (Topbooks) me mover um processo por reprodução ilegal de partes da obra sem consentimento do editor. O que até seria justo (embora não deseje) porque os direitos de autor devem ser salvaguardados. O contrário é roubo. Por isso foi fundada, em 1925, a SPA!

Fundadores da SECTP, actual SPA. Dois grandes BB's: Benfiquistas de Bigode: À frente de papilon, Félix Bermudes (entre muito e tudo o mais) autor da letra do único Hino do Benfica (de 1929) o Avante P´lo Benfica. Atrás dele, na última fila, de bigode (claro!) e gravata o maestro Alves Coelho (pai) autor da música do Glorioso Hino!

Ou não fosse o nosso Félix Bermudes o grande impulsionador da actual Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), em 1925, ainda com o nome de Sociedade de Escritores e Compositores Teatrais Portugueses (SECTP). 

A Arte da Guerra Para Treinadores; Rui Vitória; Páginas 74 a 78; Topbooks; Novembro de 2014; Lisboa

Mas há três assuntos que me deixam intrigado (e que constam do último capítulo do livro que também digitalizei e reproduzo no final)
Primeiro. A final da Taça de Portugal em 2012/13. Para mim quem deu a volta ao jogo foi o árbitro Jorge Sousa ao permitir que um fora-de-jogo do tamanho do Estádio Nacional permitisse o empate. Ao que parece não foi isso foi a preparação cuidada do grande momento e a palestra ao intervalo.


Segundo. A final da Taça da Liga em 2010/11. Para mim Pedro Proença (árbitro do jogo) deu-lhes (ao FC Paços de Ferreira) tudo para dominarem o Benfica. Até uma grande penalidade hilariante (foi mesmo à minha frente...) que não conseguiram aproveitar. Azar.



Espero que Pizzi ao torcer pelo SC Braga não tenha ficado com um torcicolo até porque o "seu" SC Braga eliminou o Benfica!

Terceiro (regressando ao primeiro). Na verdade a entrada do autocarro do Benfica no balneário do Jamor não lembra a ninguém. Eu estava lá a vi. Vi o autocarro do adversário ficar ao longe, parado, a contemplar a manobra desajeitada do nosso motorista. Ao falhar a entrada foi obrigado a fazer marcha-atrás tendo de evitar duas brutas árvores que teimavam em não se desviar da retaguarda. Vai que não vai, atrás e à frente, olhei para dentro do veículo e vi um futebolista com as mãos na cabeça. Pensei. Estamos tramados. No futebol não se faz marcha-atrás junto ao estádio onde se vai jogar. Parece que Rui Vitória pensou o mesmo. Mal sabia eu que o árbitro Jorge de Sousa não tinha visto e em vez de esperar pelo destino decidiu ele mesmo Ser o Destino! Pisga-te!

Entrevista a Rui Vitória em quatro páginas (16 a 19) do jornal "O Jogo"

No último capítulo fartei-me de rir
Tendo opinião acerca de Rui Vitória como treinador adversário o último capítulo do livro foi de gargalhada. Porque se relaciona directamente com o "Glorioso". Para quem tiver paciência (eu tive!) apesar de avisar desde já que é tempo perdido deixo as digitalizações das páginas (113 a 123) acerca do final da Taça de portugal em 2012/13: 


Carrega Rui Vitória!

Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES DURANTE  JULHO
(provisório como é evidente)
De 12 a 31 de Julho de 2015 (Sempre pela meia-noite)
Domingo (de 11 para 12): Rola e enrola: a pré-época de 2015/16;
Segunda-feira (de 12 para 13): Benfica tão brilhante que se vê no escuro;
Terça-feira (de 13 para 14): Sinto-me tão portista!;
Quarta-feira (de 14 para 15): Uma modalidade por semana: Basquetebol;
Quinta-feira (de 15 para 16): Mentiras Oficializadas by SLB
Sexta-feira (de 16 para 17): Os primeiros jogos 111 jogos (um por cada época);
Sábado (de 17 para 18): O "Glorioso" no Canadá;
Domingo (de 18 para 19): O "Glorioso" frente ao PSG;
Segunda-feira (de 19 para 20): A estreia em 2015/16;
Terça-feira (de 20 para 21): O Mais Belo e Inigualável 138;
Quarta-feira (de 21 para 22): Uma modalidade por semana: Hóquei em Patins;
Quinta-feira (de 22 para 23): Primeiro balanço da pré-época;
Sexta-feira (de 23 para 24): O "Glorioso" nos EUA;
Sábado (de 24 para 25): O "Glorioso" frente à AC Fiorentina;
Domingo (de 25 para 26): Dois jogos? Que jogos?;
Segunda-feira (de 26 para 27): O "Glorioso" frente aos Nova Iorque Red Bull;
Terça-feira (de 27 para 28): O "Glorioso" no México;
Quarta-feira (de 28 para 29): O "Glorioso" frente ao CF América;
Quinta-feira (de 29 para 30): E depois do estádio Azteca?;
Sexta-feira (de 30 para 31): Uma modalidade por semana: Futsal;
Sábado (de 31 para 1): Já cá faltava eu!;
Domingo (de 1 para 2): O "Glorioso" no Troféu Eusébio Cup;
Segunda-feira (de 2 para 3): Terminou a Pré-época!;
Terça-feira (de 3 para 4): Uma modalidade por semana: Andebol
2 comentários
comentários
  1. .....SR DR ALBERTO.....UM TRABALHO EXCELENTE QUE AQUI NOS APRESENTA.....O DR MIGUÉNS CONSEGUE ALARGAR UM LEQUE DE INTERPRETAÇÕES "OBRIGANDO" A QUEM O LÊ ,A TER QUE FAZER VÁRIOS EXERCÍCIOS DE PENSAMENTO........."A EXCELÊNCIA DE UMA MENTALIDADE É JULGADA PELA SUA SABEDORIA".......lamentavel que os guerras e os palacins desta vida NÃO PERCEBAM e PRIVEM OS BENFIQUISTAS DE ALARGAREM O LEQUE DE CONHECIMENTOS ,E DE PODEREM DEBATER O NOSSO GLORIOSO BENFICA.....DR ALBERTO MIGUÉNS ,...já aqui o afirmei e volto a repetir (não tenho o privilégio de o conhecer pessoalmente....quem sabe um dia...) TODO O JOGO TEM REGRAS E LEIS......mas se o que faz o SR DR estar privado de falar / ensinar /DEFENDER na BENFICA TV for a RAÍZ DO PENSAMENTO......ENTÃO CAÍ POR TERRA O SENTIDO DE COSME DAMIÃO....abraço

    ResponderEliminar
  2. e verdade sr Alberto Miguéns foi limpinho ? limpinho? esse ROUBO do ladrão de ouro azul de seu nome , árbitro Jorge de Sousa

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail