A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

19/07/2014

Começar a Vencer! Gosto!

19/07/2014 + 1 Comentários API
MAIS UM JOGO, MAIS UMA VITÓRIA, MAIS UM GOLO, MAIS UM MARCADOR


Para primeiro jogo de pré-época foi bom, muito bom. Foi a primeira vez, desde que há pré-épocas institucionalizadas (1977/78) que o Benfica "demorou" 18 dias a fazer o primeiro jogo.


Eu não consigo legendar esta equipa! Da esquerda para a direita: Luís Filipe, César, Candeias, Derley, Artur, Jardel (cap.), João Teixeira, Jara, Talisca, Benito e Ola John? Será? Serão?
Equipa afinada
As sete estreias já assimilaram a "ideia de jogo" (o futebolês típico português versão século XXI) do treinador. Poucas vezes desafinaram. A ala (agora denominada corredor) direita esteve menos activa que a do lado contrário. Como sou avesso a destaques individuais por que o futebol é um jogo colectivo vou falar de "parcerias" deixando de fora o Artur (e o Paulo Lopes) que pelo facto do guarda-redes ser lugar único não emparceira com ninguém:
Artur :::::::::::::::::::::::::::: Fez uma defesa que valeu um golo!;
César + Jardel:::::::::::::::: Parecia que jogavam juntos desde miúdos;
Luís Felipe + Candeias::::: Pouca interacção durante os 45 minutos;
Benito + Ola John::::::::::: Muito dinamismo a desequilibrar;
João Teixeira + Talisca::: Jogam juntos desde miúdos? (parte II);
Derley + Jara::::::::::::::::: Pouca ligação. Mais treinos por favor;
Cancelo + Salvio::::::::::::: Melhor que a anterior (Luís Felipe + Candeias);
Benito + Gaitán:::::::::::::: Pouca ligação. Mais treinos por favor (parte II);
Cardozo + Lima:::::::::::::: Nunca jogaram juntos?;
Rúben Pinto + Bernardo:: 13 minutos, com 1-0, na pré-época, dá para pouco;
Paulo Lopes::::::::::::::::::: Nove minutos ainda dá para menos!
Jardel esteve bem como capitão. Deu o exemplo "dobrando" os defesas-laterais do seu lado e do... outro. H(à) Capitão!

1-0 por Talisca (Golo-rioso n.º 12 656)



Talisca: 130.º a marcar em jogo de estreia
Em 111 épocas de futebol (1904/05 - 2014/15) Talisca foi o 130.º futebolista a marcar em dia de estreia com o "Manto Sagrado". O que não é sinónimo de nada - como se pode comprovar no Quadro com todos os 130 futebolistas - a não ser uma ocorrência estatística.

ESTREIA A JOGAR, E MARCAR, COM O MANTO SAGRADO
NOTA: Não prometo que este quadro fique completo (levará umas quatro horas a completar e verificar se a transferência de informação foi correcta) mas como já está esquematizado prometo que quando houver o 131.º a conseguir proeza idêntica o quadro será publicado completo.  Mesmo que seja já no domingo o que não é imaginável pois não deverá haver estreias.
Época
Futebolista
Min
Res
Comp.
Adversário
Estádio
Local
Golo
Final
1904/05
Silvestre Silva
30*
1-0
V 1-o
Particular
G Campo Ourique
Salésias
Lisboa
1905/06
Daniel Santos







1907/08
António Alves







1908/09
Alberto Rio







1910/11
Álvaro Gaspar







1910/11
Francisco Viegas







1914/15
Cândido Oliveira







1914/15
Aníbal Santos







1915/16
Silvestre Rosmaninho (1)







1918/19
José Pimenta







1919/20
José Simões







1920/21
Mário Carvalho







1922/23
Carlos Crisóstomo







1925/26
António Gonçalves







1927/28
Eugénio Salvador







1928/29
Fernando Peres







1928/29
João d´Oliveira







1928/29
António Belo (2)







1929/30
Pedro Ferreira







1929/30
Francisco Sousa







1929/30
Augusto Dinis (1)







1930/31
Alberto Cardoso (3)







1931/32
Silvestre Dinis (4)







1933/34
Filiciano Barbosa







1934/35
Valadas







1936/37
João Jesus







1936/37
Eduardo Oliveira







1938/39
Augusto Duarte (5)







1938/39
Alexandre Brito







1938/39
Casimiro Pimenta







1938/39
Francisco Baptista







1938/39
Amadeu Cabeças(6)







1938/39
José Baptista







1939/40
Miguel Lourenço







1939/40
Joaquim Teixeira







1940/41
Conceição Rodrigues  (4)







1940/41
Manuel Barros (1)







1940/41
Francisco Pires (7)







1941/42
Manuel Costa (8)







1942/43
Rogério Carvalho







1942/43
Julinho







1942/43
Carlos Brito







1942/43
Guia Costa (1)







1943/44
Jaime Correia







1943/44
João Silva







1943/44
Arsénio







1943/44
Adelino Gonçalves (1)







1945/46
José da Luz







1945/46
Melão (9)







1946/47
Vítor Baptista (4)







1947/48
Felisberto (10)







1948/49
Neves Pires (11)







1949/50
António Teixeira (12)







1949/50
José Águas (13)







1950/51
Mascarenhas (9)







1950/51
Arlindo Ribeiro (14)







1953/54
José Vaz







1954/55
João Garrido (9)







1955/56
Cavém







1955/56
João Morais (9)







1957/58
António Mendes







1958/59
Carlos Bambo







1959/60
José Torres







1960/61
Germano







1960/61
Eusébio







1961/62
Jorge Calado (1)







1962/63
Pedras (15)







1963/64
Serafim (1)







1963/64
Iaúca







1963/64
Joaquim Arcanjo (16)







1965/66
Nélson Fernandes







1966/67
Diamantino Costa







1966/67
José Baptista







1966/67
Joaquim Vieira







1967/68
Raul Águas







1968/69
Abel Miglietti (1)







1971/72
Vítor Baptista (17)







1971/72
Jordão







1973/74
Pedroto







1973/74
José Pedro (12)







1975/76
Orlando Fonseca (15)







1978/79
Diamantino Miranda







1980/81
Veloso (9)







1980/81
Filipovic







1984/85
Ademir Miranda (9)







1989/90
Sanchez







1990/91
Sanhá (18)







1990/91
Kenedy (18)







1990/91
Sandro (19)







1991/92
Paiva Rocha







1992/93
João Pinto (7)







1992/93
Mostovoi







1993/94
Ailton (20)







1994/95
Clóvis (21)







1994/95
Caniggia (18)







1996/97
Donizete (1)







1997/98
Nuno Gomes (22)







1997/98
Sousa







1998/99
Cadete (23)







1998/99
Jorge Cordeiro (22)







1998/99
Florian Owken (9)







1998/99
Luís Nunes (12)







1999/00
Chano







1999/00
Mawete







1999/00
Toy (24)







2000/01
Van Hooijdonk (24)







2001/02
Zahovic (25)







2001/02
Drulovic (22)







2001/02
Sokota (12)







2001/02
Mantorras (26)







2001/02
Jankauskas







2002/03
Anderson Luís (9)







2002/03
Fernando Rosa (27)







2003/04
Luisão







2004/05
Amoreirinha







2004/05
Nuno Assis (28)







2004/05
André Luís







2006/07
Marcel (25)







2006/07
Canales (29)







2007/08
Cardozo (30)







2008/09
Yebda (31)







2008/09
Suazo







2009/10
Saviola (32)







2009/10
Rúben Pinto (33)







2011/12
Rodrigo (9)







2011/12
Nolito (9)







2012/13
Salvio (34)







2013/14
Sulejmani (12)







2013/14
Harramiz (35)







2014/15
Talisca (36)
31
1-0
V 1-0
Taça Honra
GD Estoril Praia
Restelo
Lisboa
NOTA: * Minutos aproximados (a crónica refere: "pela meia-hora"); (1) Dois golos ; (2) Entrou aos 50 minutos; (3) Entrou aos 35 minutos; (4) Três golos; (5) Entrou aos 80 minutos e marcou dois golos!; (6) Dois golos ; (7) Quatro golos; (8) Substituído aos 35 minutos; (9) Entrou aos 45 minutos; (10) Entrou aos 30 minutos; (11) Substituído aos 60 minutos; (12) Entrou aos 45 minutos e marcou dois golos!; (13) Entrou aos 30 minutos e marcou três golos!; (14) Entrou aos 10 minutos e marcou dois golos; (15) Entrou aos 63 minutos; (16) Entrou aos 80 minutos; (17) Entrou aos 2 minutos e foi substituído aos 75 minutos; (18) Substituído aos 71 minutos; (19) Entrou aos 78 minutos; (20) Entrou aos 61 minutos; (21) Entrou aos 74 minutos; (22) Substituído aos 45 minutos; (23) Entrou aos 64 minutos; (23) Substituído aos 70 minutos; (24) Substituído aos 80 minutos; (25) Substituído aos 45 minutos marcou dois golos;  (26) Entrou aos 59 minutos; (27) Entrou aos 80 minutos; (28) Substituído aos 88 minutos; (29) Entrou aos 71 minutos; (30) Substituído aos 76 minutos; (31) Substituído aos 26 minutos; (32) Substituído aos 57 minutos; (33) Substituído aos 81 minutos; (34) Substituído aos 68 minutos; (35) Substituído aos 69 minutos; (36) Substituído aos 77 minutos

Estes inícios de época são uma delícia para quem gosta de estatísticas
Assim os sete futebolistas que se estrearam com o "Manto Sagrado" elevaram para 1099 os futebolistas do "Glorioso", ou seja, a próxima estreia será um "número redondo" (mais ou menos...) 1 100! Destes foram 570 os que marcaram golos, ou seja, Anderson Souza Conceição foi o 570.º a marcar golos com o "Manto Sagrado". Por pouco "agarrava" mais um "número redondo", para lá dos dois: 570 e 130! Já os guarda-redes continuam em 104, isto não contando os de "improviso", ou seja, futebolistas que ocuparam o lugar na baliza por impossibilidade - lesão ou expulsão - do titular da baliza.

Quase cem anos de uma competição histórica
Entre a estreia do Benfica na Taça de Honra de Lisboa, na vitória por 7-0, com o GS Cruz Quebrada, em 9 de Maio de 1915 e a vitória, por 1-0, com o GD Estoril Praia em 18 de Julho de 2014, distam mais de 99 anos e um total de 87 jogos (com 55 vitórias e 188 golos marcados) frente a equipas de 13 clubes adversários.

             SL BENFICA NA TAÇA DE HONRA DE LISBOA (1914/15 – 2014/15)
Adversários
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
87
55
13
19
188
95
Sporting CP
28
13
4
11
42
38
CF “Os Belenenses”
23
14
4
  5
43
25
Atlético CP
11
  8
2
  1
33
11
GD Estoril Praia
  7
  5
1
  1
18
10
Clube ORIENTAL de Lisboa
  4
  4
-
  -
15
  1
Clube INTERNACIONAL de Futebol
  3
  2
1
  -
10
  2
IMPÉRIO Lisboa Clube
  2
  1
-
  1
2
  3
Vitória FC (Setúbal)
  2
  2
-
  -
5
  1
Casa Pia AC
  2
  1
1
  -
3
  2
CF Estrela Amadora
  2
  2
-
  -
5
  2
Grupo Sport CRUZ QUEBRADA
  1
  1
-
  -
7
  0
CHELAS Futebol Clube (1)
  1
  1
-
  -
4
  0
SCU Torreense
  1
  1
-
  -
1
  0
NOTA: A fusão do Chelas FC, Marvilense FC e GD “Os Fósforos”, em 8 de Agosto de 1946 deu origem ao COL (Oriental)

Uma competição, três fases, quatro clubes vencedores
Podemos dividir a competição em três períodos. O primeiro disputado durante oito temporadas, entre 1914/15 e 1921/22, em seis edições, pois em 1918/19 e 1920/21, não se disputou, com três vencedores: Sporting CP (3), SL BENFICA (2) e Império LC (1). Depois uma edição "isolada" em 1947/48, conquistada pelo Sporting CP. Finalmente a última fase, iniciada em 1959/60 e que terá, amanhã, domingo "mais um capítulo", interrompida por sete vezes, na última (a mais recente) num longo hiato de 19 (!) temporadas. Muito por "culpa" do Benfica! Nesta fase (1959/60 - 2013/14) disputaram-se 30 edições contemplando três clubes vencedores: SL BENFICA (16), Sporting CP (8) e CF "Os Belenenses" (6).

VENCEDORES DA THL
Clubes
N.º edições
SL BENFICA
18
Sporting CP
12
CF "Os Belenenses"
  6
Império LC
  1
TOTAIS
37

Ampla vantagem frente ao Sporting CP excepto nas... finais
Em 37 edições do troféu a vantagem do Benfica é hegemónica com 18 conquistas, mais seis que as 12 do Sporting CP. E o Benfica tem menos uma presença pois recusou participar na edição de 1993/94. Também os resultados obtidos nessas 37 (melhor 36...) edições são favoráveis ao Benfica, com mais duas vitórias (13/11 em 28 jogos com quatro empates) e mais quatro golos marcados (42/38). Mas nas 14 vezes que o Dérbi de Lisboa foi na final, o Sporting CP leva vantagem de quatro conquistas, ou seja, 9 para 5. E nas últimas três - 1984/85, 1990/91 e 1991/92 - foi o Sporting CP a vencer e conquistar o troféu.

   FINAIS COM O SPORTING CP NA TAÇA DE HONRA LISBOA
Fase 1
Época
Cl.
APURAMENTOS

FINAL
(vencedor)
Res.
Adversário
S
Res.
Adversário
S
1914/15
2.º
V 7-0
GS Cruz Quebrada
C
D 1-3
Sporting CP
C
1915/16
2.º
V 4-1
Internacional/ CIF
C
D 0-1
Sporting CP
F
1916/17
2.º
Isento
D 1-4
Sporting CP
C
Fase 3
1961/62
2.º
V 3-1
Atlético CP
C
D 0-3
Sporting CP
N
1963/64
2.º
V 1-0
CF “Os Belenenses”
F
D 0-3
Sporting CP
N
1965/66
2.º
V 4-3
CF “Os Belenenses”
F
D 1-2
Sporting CP
N
1966/67
V
V 3-2
Atlético CP
N
V 2-0
Sporting CP
N
1968/69
V
V 2-1
CF “Os Belenenses”
F
V 3-0
Sporting CP
N
1974/75
V
V 5-1
CF “Os Belenenses”
F
V 1-0
Sporting CP
N
1977/78
V
V 1-0
CF “Os Belenenses”
F
E 0-0
Vgp
Sporting CP
N
1978/79
V
E 0-0
Vgp
CF “Os Belenenses”
F
V 2-1
Sporting CP
N
1984/85
2.º
V 2-1
CF “Os Belenenses”
C
D 1-2
Sporting CP
N
1990/91
2.º
V 1-0
CF Estrela Amadora
N
D 0-1
Sporting CP
C
1991/92
2.º
V 1-0
SCU Torreense
C
D 0-1
Sporting CP
F
2014/15
?
GD Estoril Praia
N
?
Sporting CP
  N

O SL BENFICA só pode jogar domingo para vencer. E assim será!

Alberto Miguéns
1 comentários
comentários
  1. Ricardo Fontes20/7/14 12:45

    O Benfica tem de entrar em campo com a vitória em mente, nem pode ser de outra forma!

    Temos hoje uma boa oportunidade para ver o que estes novos jogadores podem trazer ao plantel... De resto, que seja um bom jogo de preparação para o campeonato 2014/2015.

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail