A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

06/12/2013

Os Heróis das 56 Invictas (Parte III)

06/12/2013 + 0 Comentários
OPINIÃO

Plantel 1976/77 tricampeão nacional. Da esquerda para a direita: 3.º plano: Diamantino Costa, José António, Alberto, Eurico, Alhinho, Messias, José Domingos, José Luís e António Bastos Lopes; 2.º plano: John Mortimore, Palhinhas (massagista), Romeu, Álvaro, Pietra, Bento, Artur, José Henrique, Barros, Ramos (massagista) e Rui Silva (preparador físico); 1.º plano: Nélinho, Shéu, Toni, Nené, Vítor Martins, Moinhos, Chalana e Cavungi

Quem jogou as  56 jornadas (totais)?
Os 32 jogadores asseguraram durante 56 jornadas a formação de "onzes homogéneos" que conseguiram ultrapassar, sucessivamente, as dificuldades que os adversários foram colocando, em menor ou elevado, grau de dificuldade, numa época (1976/77) em que o Benfica conquistou o tricampeonato, mas também foi na seguinte (1977/78) segundo classificado invicto, em igualdade pontual com o campeão nacional.



Do defesa-central Eurico ao guarda-redes Álvaro
O mais utilizado foi Eurico, para muitos... Eurico Gomes para diferenciar-se de Eurico Caires. Foram 4698 minutos em 54 jogos (falhou duas jornadas. Jogos n.º 3 e 4) com 52 encontros a titular (49 completos - 90 minutos - e substituído em três, aos 56' (jogo n.º 18), 79' (jogo n.º 45) e 75' (jogo n.º 47). Nos dois jogos como suplente utilizado, entrou aos 81' para o lugar de Romeu e aos 21' para a posição de António Bastos Lopes. Estes dois nas duas jornadas - jogo n.º 1 e n.º 2 - do início do ciclo de 56. Ou seja, Eurico que seria o futebolista com mais minutos regista das duas únicas jornadas como suplente utilizado nos dois primeiros jogos dos 56! Como apenas não jogou o encontro n.º 3 e 4, temos um facto - mais um - notável: jogou 52 jornadas, das 56, consecutivas, entre o jogo n.º 5 e o n.º 56! A estatística é "tramada"! Eurico marcou um golo, actuando com o "Manto Sagrado" em 42 vitórias e doze empates.

Minutos
Futebolista
Jogos
(56)
Jogos Titular
SU
G
Res.
90'
Subs
V
E
4 698
Eurico
54
49
3
2
1
42
12
4 653
Chalana
53
46
7
-
16
42
11
4 609
Nené
53
49
4
-
31
41
12
4 508
Bento
51
46
5
-
-
41
10
4 008
Shéu
51
33
12
6
10
40
11
3 982
Pietra
45
40
5
-
8
34
11
3 810
Toni
50
37
7
6
2
39
11
3 592
Ant.º B. Lopes
50
34
7
9
2
39
11
3 514
Alberto
40
37
2
1
-
29
11
2 659
Humberto Coelho
30
28
2
-
2
21
9
2 622
José Luís
39
12
18
9
6
31
8
2 055
Alhinho
23
22
1
-
2
20
3
1 982
Nélinho
24
19
4
1
9
21
3
1 690
Vítor Baptista
20
17
3
-
13
15
5
1 644
Vítor Martins
23
14
5
4
6
20
3
874
Cavungi
14
5
4
5
2
12
2
669
Celso
18
2
3
13
2
11
7
624
Rui Lopes
9
5
2
2
4
6
3
507
Artur
9
4
-
5
-
8
1
490
Barros
6
4
2
-
-
6
-
458
Pereirinha
14
1
1
12
-
10
4
335
Moinhos
7
1
2
4
-
6
1
309
Romeu
7
2
1
4
-
6
1
293
Fidalgo
5
3
-
2
-
4
1
226
José Henrique
3
2
-
1
-
2
1
191
Mário Wilson
7
-
1
6
-
7
-
90
Messias
1
1
-
-
-
1
-
90
Alves
1
1
-
-
-
1
-
85
Reinaldo
1
-
1
-
-
1
-
13
Jorge Silva
1
-
-
1
1
1
-
7
José Domingos
2
-
-
2
-
2
-
5
Álvaro
1
-
-
1
-
1
-

Quem jogou as  56 jornadas (em que posições)?
John Mortimore utilizou os 32 jogadores num tempo em que "verdadeiramente" jogava-se em 4x3x3 (e não como na actualidade em 4x5x1 "mascarada" de 4.3.3). É que para o treinador o "segundo 3" eram mesmo três avançados e não um avançado e dois médios-ala "travestidos" de avançados.

A equipa-titular
Foi constituída por Bento (51); António Bastos Lopes (41, 36 como defesa-direito), Humberto Coelho (30, com 29 a defesa-central, 25 do lado direito), Eurico (52, com 50 a defesa-central, 38 do lado esquerdo) e Alberto (39, sempre a defesa-esquerdo); Shéu (45, com 24 a médio-direito e 17 a médio-esquerdo), Toni (44, com 28 a médio-centro e 13 a médio-esquerdo) e Pietra (45, um polivalente com destaque como médio-esquerdo (12 jogos), mas tendo como principal função equilibrar a equipa ou colmatar ausências de futebolistas essenciais); Nélinho (23, como 20 a extremo-direito), Nené (53, com 40 a ponta-de-lança) e Chalana (53, com 42 como extremo-esquerdo).

Treinador: JOHN MORTIMORE (4.3.3)
GR. Guarda-redes;
DD/DCD/DCE/DE. Defesa (direito, central direito, central esquerdo e esquerdo);
MD/MC/ME. Centrocampistas (direito, central e esquerdo);
ED/PL/EE. Avançados (extremo-direito, ponta-de-lança e extremo-esquerdo)
Futebolistas
TIT
ED
DD
PL
MD
DCD
GR
DCE
MC
ME
DE
EE
Subs
Bento
51





51





-
A. Bastos Lopes
41

36




2


3

9
Hum. Coelho
30




25

4

1


-
Eurico
52




12

38


2

2
Alberto
39









39

1
Shéu
45



24



2
17
1
1
6
Toni
44



3



28
13


6
Pietra
45

15

2
1

1
5
12
9

-
Nélinho
23
20

1







2
1
Chalana
53
1


10






42
-
Nené
53
10

40





1

2
-
José Luís
30
8

1
1



20



9
Alhinho
23

1


11

11




-
Vítor Baptista
20
1

12
1




4

2
-
Vítor Martins
19



12




7


4
Cavungi
9
6









3
5
Rui Lopes
7
6









1
2
Barros
6




6






-
Celso
5
3

1







1
13
Artur
4

4









5
Romeu
3



1





2

4
Moinhos
3
1









2
4
Fidalgo
3





3





2
Pereirinha
2







1
1


12
José Henrique
2





2





1
Mário Wilson
1



1







6
Messias
1




1






-
Reinaldo
1


1








-
Alves
1



1







-
José Domingos
-











2
Jorge Silva
-











1
Álvaro (GR)
-











1

Nem com ajudas espúrias
O FC Porto voltou a falhar o assalto às 56 jornadas invictas do "Glorioso". Nem as proençadas, xistradas, sousadas e capeladas lhes valeram. Querem a explicação para a fúria de uma noite mal dormida junto à VCI. Na primeira frase está a explicação.

FC PORTO
53 JORNADAS DO
CAMPEONATO NACIONAL
42 VITÓRIAS e 11 EMPATES
Jor
11/12
12/13
13/14
1

E 0-0
V 3-1
2

V 4-0
V 3-0
3

V 3-0
V 1-0
4

V 4-0
V 2-0
5

E 2-2
E 2-2
6

V 2-0
V 1-0
7

V 2-1
V 3-1
8

V 5-0
V 3-1
9

V 2-1
E 1-1
10

V 2-0
E 1-1
11

V 1-0
D 0-1
12

V 3-0

13

V 1-0

14

E 2-2

15

V 2-0

16

V 5-0

17
D 1-3
V 4-0

18
V 4-0
E 1-1

19
V 3-1
V 2-0

20
V 2-0
V 2-1

21
V 3-2
E 0-0

22
E 1-1
V 2-0

23
V 2-0
E 1-1

24
E 1-1
V 3-0

25
V 2-0
V 3-1

26
V 1-0
V 3-0

27
V 3-0
V 2-0

28
V 2-0
V 3-1

29
V 2-0
V 2-1

30
V 5-2
V 2-0

TOT
11 V
2 E
24 V
6 E
7 V
3 E


Quanta aldrabice não associamos a estas cifras!?
Adivinhem em quantos, dos 53, houve trafulhice...

Pelo menos nas próximas 55 jornadas estamos "livres deles"!

Alberto Miguéns
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail