A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

03/10/2012

Se

03/10/2012 + 1 Comentários API
OPINIÃO



Este FC Barcelona é de outro mundo. Futebol entediante mas eficiente. Depois de se dizer que em meados do século XIX o futebol jogava-se com um guarda-redes e dez avançados, agora o FC Barcelona parece jogar com “zero” avançados, porque tem cinco centrocampistas versáteis que tanto são médios como avançados. Fazem os dois sectores tácticos conforme as necessidades e circunstâncias.

Eu sei como vencer ao FC Barcelona

Se não forem eficazes…
... e o adversário conseguir, no contra-golpe, ser rápido...

Se tiverem azar…
... e o adversário tiver engenho para aproveitar...

Se o adversário for eficaz...
... e os catalães estiverem em "dia não"...

Se o adversário tiver sorte...
... e os barcelonistas não...

A pontuar não dão hipóteses
Tendo como antagonista o FCB, mesmo um grupo com três adversários, a duas voltas, é um mini-campeonato demasiado longo para apear o FC Barcelona  (pote 1) do 1.º lugar... Resta ao clube do pote 2 (SL Benfica) fazer "tudo por tudo" para ser 2.º classificado. Atenção aos, próximos dois jogos, com os moscovitas do FC Spartak...

A eliminar… talvez
Se... passarmos aos oitavos-de-final, destes aos quartos, depois às meias e, porque não... à final até podemos reencontrar o FC Barcelona. Continuará a ser difícil... mas as probabilidades de erro aumentam e a nossa desvantagem será menor. Estatística...

Só um Benfica que domine em Portugal…
… poderá um dia ombrear com estes colossos, tal as diferenças de orçamento. Face às actuais diferenças, só podemos pensar/ sonhar em fazer brilharetes... Ser brilhante na Liga dos Campeões não está ao nosso alcance. Até porque temos um futebol positivo. Jogamos o "jogo pelo jogo". Não andamos à cacetada, nem temos cultura do ódio... E ainda bem!


3/5
Necessitamos de vencer, em Portugal, três campeonatos em cinco anos. E fazer sucessivas Ligas dos Campeões. Quando isso ocorrer estamos em condições de enfrentar, com consistência, os barcelonas desta vida desportiva.

O "Glorioso" não pode perder o norte 
Para chegarmos ao patamar dos actuais colossos europeus temos de continuar a ser um "Clube do País". Manter a hegemonia de simpatizantes em todo o País, na diáspora portuguesa pelo mundo e nos PALOP´s. Por motivos financeiros e afectivos, estes os que exponenciam o Benfica como Clube Mítico.

Não à Balcanização do futebol português
O Minho tem de continuar a ser Benfiquista. Por todas as razões e mais uma. É que a actual estratégia do adversário, imediatamente a sul do Minho, passa por erodir o Benfica em Braga e arredores, para depois se refastelar entre os adeptos, quando deixar cair o SC Braga. Um país como Portrugal - devido à sua fraqueza económica - só pode "fornecer" um grande clube para a Europa. E para um clube português ser grande na Europa tem de ser um "Clube do País".

26/74
Apesar de tudo, não tenho memória - nem registo - de um jogo em que a nossa equipa tenha apenas 26 por cento de posse de bola (equivalente a cerca de 20 minutos de bola corrida, num encontro com 96' 32''). O FC Barcelona com 74 por cento de posse de bola (70 na primeira parte) aproveitou a nossa passividade. Esperava mais "actividade", principalmente depois do 0-2. Mas não... O FC Barcelona teve uma média de 68 minutos na passada edição da Liga dos Campeões em 2011/12. E na 1.ª jornada desta edição (2012/13), em Barcelona, com o FC Spartak Moscovo foi de 65 por cento. Aceitável.

A nossa “guerra” é outra. E há já uma “batalha”, sábado frente ao SC Beira-Mar na “Catedral”.

Alberto Miguéns

NOTA: Se o FC Barcelona não é obrigado a actuar com a vestimenta alternativa em terreno alheio porque se obriga o Benfica a fazê-lo? Então… o FC Barcelona não manda “apenas” nos árbitros… manda também no guarda-roupa.




1 comentários
comentários
  1. O Benfica tem de ter mais jogos destes. Irrita-me sobremaneira aqueles benfiquistas que sempre que há sorteios da Champions pedem equipinhas da liga europa. O Benfica fez-se grande a jogar contra os grandes e é a jogar contra os grandes que deve recuperar o estatuto. Tem de se habituar a jogar contra Barcelonas, Manchesters, Reais, Milans e por aí fora de modo a que quando jogue contra eles os jogadores não entrem nem a medo nem com uma postura de pedir autógrafos. E por outra evita cenas como a do ano passado do Drogba a gozar quando lhes calha o Benfica num sorteio.
    Os grupos da Champions devem ser exactamente como este. Uma equipa forte e com grande nome, um equipa com nome mas ao nosso alcance (Celtic) e outra que pode ser de um nível mais fraco, mas deve ter sempre, sempre uma equipa grande.
    É preciso ver que nós neste momento apenas somos grandes de nome, pois na prática poucas equipas nos levam a sério.
    Para recuperar esse elan como dizes e bem, o Benfica TEM de se concentrar em ganhar campeonatos, em GANHAR CAMPEONATOS e em "ir jogando" contra essas equipas para recuperar o nome, fazendo sempre a melhor figura possível e quando ao nosso alcance GANHAR.
    Não é vergonha nenhuma perder com este Barcelona, mau é perceber que alguns jogadores jogaram com o coração nos pés, com medo, nervosos.
    Saio como sempre triste e irritado pela derrota, mas tenho bem consciência que este é um resultado "normal" dado o adversário que fez o que faz com o Real Madrid, Milan, Manchester e que tais.
    Saio contente porque há 5 anos as equipas espanholas que não conseguiamos ganhar eram os Getafes e Espanhóis, os nossos adversários eram La Louvrières e equipas do género.
    Nos últimos anos finalmente subimos de divisão, ainda falta habituarmo-nos e elevarmos o nosso jogo e mentalidade aos adversários. E isso, se não nos habituarmos a jogar com eles dificilmente acontecerá.
    Concentremo-nos agora no que interessa: o CAMPEONATO!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail