A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/05/2012

Eles Não Dizem, Dizemos Nós…

11/05/2012 + 10 Comentários
OPINIÃO


Sócio fundador, com o SC Império (n.º 1) e o SC Campo D' Ourique (n.º 2) da AFL em 23 de Setembro de 1910
Mentira. O SCP não é sócio fundador. É o sócio n.º 5 filiando-se na AFL em 3 de Novembro de 1910, 41 dias depois da fundação da AFL
As comparações – procurando a igualdade - entre o “Glorioso” e o Sporting CP são cada vez mais absurdas. Após cada temporada as diferenças são cada vez maiores. E já são irreversíveis. Jamais (neste caso será mesmo verdade) o SCP se chegará, novamente (como nos anos 20 e depois nas décadas de 40 e 50) ao “Glorioso”. Quando se começa a andar para trás, pensando que se está a andar para a frente, é caso para um adeus… definitivo. Tenho ideia que o sportinguismo, que há muito virou sapóide é protegido – nos media - para que não se perceba que a diferença está a acentuar-se e de que maneira…

Sabiam que os sapóides estão no “segundo maior período de seca”?
O pior ciclo do “Glorioso” sem conquistar títulos de campeão nacional é de dez temporadas, entre 1994/95 e 2003/04, no qual apenas conquistámos duas Taças de Portugal (1995/96, na V 3-1, ao Sporting CP e 2003/04, na V 2-1, após prolongamento, ao FC Porto (ver Quadro I).

O pior ciclo do Sporting CP é de 17 épocas (1982/83 a 1998/99), no qual conquistou, apenas, uma Taça de Portugal, em 1994/95, na V 2-o, ao CS Marítimo. Mas… está, actualmente, num ciclo muito negativo de dez temporadas de seca (2002/03 a 2011/12) sem conquistar o campeonato nacional, com duas Taças de Portugal conquistadas (2006/07, na V 1-0, ao CF “Os Belenenses” e 2007/08, na V 2-0, após prolongamento, ao FC Porto). Falta saber o resultado da final deste ano (2011/12) com a equipa da AAC- OAF.

Pois estando, no “seu segundo pior período de seca”, sem vislumbrar fim à vista, com repetidos fracassos de 3.ºs e 4.ºs lugares, até dificuldade em segurar o 5.º classificado, parece que é o Sporting CP que pode quebrar o poderio andróide. Quando é o SCP a fomentar (via Moutinho e outras coisas “banais”…) esse poderio!

QUADRO I
TRÊS PIORES PERÍODOS SEM CONQUISTAR
CAMPEONATOS NACIONAIS
Clubes
C. Nac.
TP*
C. Nac.
TP*
C. Nac.
TP*
N.º
Épocas
N.º
Épocas
N.º
Épocas

SLB

10
1994/95
-----
2003/04
2
95/96
03/04

4
1945/46
-----
1948/49
1

48/49

4
1950/51
-----

1953/54
3
50/51
51/52
52/53

SCP

17
1982/83
-----
1998/99
1

94/95

10
2002/03
-----
2011/12
2
06/07
07/08

6
1934/35
-----
1939/40
2
35/36
37/38

FCP

18
1959/60
-----
1976/77
2
67/68
76/77

15
1940/41
-----
1954/55

---

5
1979/80
-----
1983/84
1

83/84
NOTA: TP* Taças de Portugal conquistadas durante os períodos sem títulos de campeão nacional

Sabiam que os sapóides igualarem em 2011/12 o “pior Benfica de sempre”?
O “segundo pior” ciclo do “Glorioso” sem conquistar títulos de campeão nacional é de quatro temporadas, entre 1945/46 e 1948/49, no qual apenas conquistámos uma Taça de Portugal (1948/49, na V 2-1, ao Atlético CP). Há, ainda, outro ciclo de quatro épocas, entre 1950/51 e 1953/54, com a conquista de três Taças de Portugal: 1950/51, na V 5-1, à A. Académica de Coimbra; 1951/52, na V 5-4, ao Sporting CP; e, 1951/52, na V 5-0, ao FC Porto (ver Quadro I). Aliás, juntando os dois períodos por que “consecutivos” (interrompidos pela brilhante época de 1949/50) temos quatro Taças de Portugal consecutivas, pois em 1949/50 a Taça de Portugal não se disputou, por que o Benfica optou pela representação de Portugal na II Taça Latina. E optou bem… porque até a conquistámos. Isto quando a FPF pretendia fazer disputar a Taça de Portugal (nesse tempo integralmente disputada após a conclusão dos respectivos campeonatos nacionais, até porque eram as classificações nestes (I e II Divisão) que apuravam os clubes – todos os 14 da I Divisão e os 14 melhores da II Divisão, para a Taça de Portugal). Depois de se apurarem sete, juntava-se o representante da eliminatória, entre o campeão da Madeira e dos Açores, para estes oito, jogarem os quartos-de-final. Como não havia Benfica, os outros clubes também não se dispuseram a realizar a competição. Parece que 1950 é em 2012!

Se o “segundo pior” ciclo do Sporting CP é de 10 épocas (2002/03 a 2011/12), ou seja, “ainda não está fechado”, o SCP arrisca-se na próxima época, com onze consecutivos sem vencer, não só a ultrapassar com o “seu segundo pior” o nosso “pior”, como nas temporadas seguintes, somando insucessos consecutivos, a aproximar-se do seu pior de sempre, que poderá ser igualado… a 17, em 2018/19. O tempo passará depressa!

E por falar em Taça Latina. E é sempre muito bom, e justo, falar dela. Em oito edições o SLB participou em três (V, 2.º e 3.º lugar) e o CF “Os Belenenses” noutra (4.º lugar). Restam quatro edições, com o SCP a estar presente, obtendo as seguintes classificações: 2.º lugar (uma edição), 3.º lugar (uma edição) e 4.º lugar (duas edições)! Isto naquilo a que eles e os media chamam o “período dos violinos” implicitamente quando o SCP teve hegemonia no futebol português! Se é assim, porque ainda andam para aí a fazer crer que os “violinos só não conquistaram Taças dos Campeões porque estas ainda não existiam”! Nem a Taça Latina (sem ingleses, outros britânicos, alemães, húngaros e austríacos, nesses tempos fortíssimos) conseguiram conquistar – e em 1953 (SCP em 3.º lugar) a fase final realizou-se em Lisboa – quanto mais ganhar uma Taça dos Campeões. Nem com, nem sem violinos. Queriam!?

Sabiam que os sapóides têm quatro períodos de seca acima do nosso “pior segundo”?
O nosso pior período sem conquistar campeonatos nacionais é de quatro temporadas (por três vezes). O SCP tem três períodos, sempre, superiores ao nosso “segundo pior” com dez (2002/03 a 2011/12, ainda não fechado), seis (1934/35 a 1939/40) e cinco (1974/75 a 1978/79). (ver Quadro I e II). Ou seja, “quatro de seca” para o “Glorioso” é mau, mas o SCP tem três ciclos muito piores (com 10, 6 e 5), para além do de 17 em branco! Os dois clubes não têm comparação possível. Nem nunca tiveram! Mas, agora, um é Gigante e o outro anda muito longe.

Aliás é confrangedor ainda chamar Grande (em termos desportivos) ao Sporting CP, sabendo-se que nos últimos 50 anos (meio-século) o SCP conquistou… sete (SETE!) campeonatos, com os restantes a pertencerem ao SLB (21), FCP (21) e Boavista FC (1). O SLB e o FCP triplicaram as conquistas do SCP, em meio-século! O SCP Grande? Deixou de o ser? Ou… já foi!

QUADRO II
OUTROS PIORES PERÍODOS SEM CONQUISTAR
CAMPEONATOS NACIONAIS
Clubes
C. Nac.
TP*
C. Nac.
TP*
C. Nac.
TP*
N.º
Épocas
N.º
Épocas
N.º
Épocas

SLB

4
2005/06
-----
2008/09

---

3
1938/39
-----
1940/41
1

39/40

3
1977/78
-----
1979/80
1

79/80

SCP

5
1982/83
-----
1998/99
1

94/95
3
1954/55 – 1956/57
---
3
1958/59 – 1960/61
---
3
1962/63 – 1964/65
1
62/63
3
1966/67 – 1968/69
---
3

1970/71 – 1972/73
2
70/71
72/73

FCP

3
1935/36
-----
1937/38
1

36/37

3
1999/00
-----
2001/02
2
99/00
00/01

2
1956/57
-----
1957/58
1

57/58
NOTA: TP* Taças de Portugal conquistadas durante os períodos sem títulos de campeão nacional

Apesar de tanto desmando, o “Glorioso” (os seus valores fundadores, alicerçados, históricos e eternos) vingará, será cumprido… à risca! Contra estes, outros ou aqueles (que mandam – dirigem- nos estes e nos outros).

Alberto Miguéns

NOTA: O Sócio n.º 4 também não é fundador. Outra mentira.


O CIF não é sócio fundador. É o sócio n.º 4 filiando-se na AFL em 29 de Outubro de 1910, 36 dias depois da fundação da AFL

Fonte, inquestionável, para saber as datas correctas:
"História dos Desportos em Portugal"; Tavares da Silva, Ricardo Ornelas e Ribeiro dos Reis; e Mário de Oliveira (colaboração no volume dedicado ao Futebol); Editorial Inquérito; Lisboa; 1940 


Página 360






Página 362


10 comentários
comentários
  1. Mais uma crónica de Jotas para o nosso site. Esta semana o representante do Benfica fala do futuro do seu clube.

    http://topfutebol.com/index.php?option=com_content&view=article&id=322:cronicas-benfica-por-jotas-qolhar-o-futuroq&catid=12:destaques&Itemid=201

    Vejam e juntem-se à recente página do nosso site. Assim irão receber todas as notícias no vosso facebook: http://www.facebook.com/sitetopfutebol

    ResponderEliminar
  2. grande histiriador do benfica sinto grande admiraçao po si.
    fica aqui o meu blog caso queira adicionar e acompanhar sera um orgulho pk ainda estou a começar na blogsfera.
    obrigado...http://benfiquistanonorte.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. A história...mas história mesmo...é com o Miguens.
    MAINADA !!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. patriarca disse:


    Temos que nos preocupar mais com o Benfica e com os SEUS sócios e simpatizantes. De resto os outros que se afoguem. Quanto aos Corruptos e aos seus Submissos, Temos que os Combater, mas já não vai lá com palavrinhas mansas, porque ou agimos ou então a situação complica-se. AGIR SEM MEDO, porque afinal ELES é que são A CORJA CORRUPTA e CRIMINOSA.

    ResponderEliminar
  5. caros Benfiquistas, longe de mim querer defender o Sporting (apenas e só da subjugação aos corruptos que é por inerência defesa ao nosso Benfica).

    é comum em muitas associações considerar-se oficialmente que os elementos que entrarem nos primeiros tempos (por exemplo, 1 ano) sejam também considerados fundadores.
    uma espécie de rebuçado para atrair elementos para grupos jovens; não sendo muito lógico é uma decisão que historicamente deve ser respeitada.

    sabemos bem que os lagartos gostam de rebuçados, como se viu no projecto Roquette.

    Saudações Benfiquistas!
    126529

    ResponderEliminar
  6. Mais um excelente trabalho. parabéns.

    Penso que existe um erro. Na parte em que se diz que o segundo pior período do Glorioso é de 1945/1946 a 1949/1950, em que conquistámos uma taça de portugal. A verdade é que o segundo pior período do glorioso é infelizmente o recente quadriénio de 2005/2006 a 2008/2009, em que não ganhámos qualquer taça de portugal.Aliás como é referido mais adiante no texto.

    Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Leitor

      Apesar da minha preocupação ser, essencialmente, preocupar-me com períodos sem conquistar títulos de campeão nacional e comparar esses períodos entre SLB, SCP e FCP, em termos desportivos o seu reparo é esclarecedor. Podemos considerar, como há três períodos de 4 épocas de "seca" classificar como a melhor delas (1950/51 a 1953/54, com 3 Taças de Portugal) e a pior (2005/06 a 2008/09, sem Taças de Portugal). A "intermédia" será a primeira "seca" de 4 temporadas (1945/46 a 1948/49, que na época causou "estragos" em alguns dos nossos dirigentes, por "imposição" destes que se acharam pouco dignos de dirigir o Clube, porque nunca pensaram fazer pior que o que ocorrera entre 1938/39 a 1940/41, três anos sem conquistar o troféu. Muito tempo. Outros tempos.

      Obrigado pela atenção.

      saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Obrigado Eu...Obrigado Nós.

      Gostei muito do título ....O Bufo, o bufas e os bufarinheiros.Lollllll

      Eliminar
  7. o Sporting foi campeão em 1999/2000 logo 18 anos
    O porto teve 19 anos sem ser campeão e não 18

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o SCP foi campeão em 1981/82 e a seguir em 1999/2000 esteve 17 épocas consecutivas sem ser campeão, com 6 títulos para o SLB e 11 para o FCP. 6 + 11 = 17.

      Essa estória dos 18 anos é uma falácia. Vale tanto como dizer quando o FCP conquistou o título esta época que o FCP estava há um ano, desde 2011, sem ser campeão. É verdade, mas não tem relevância. Não interessa.

      Caro Jorge. Cuidado com o mau jornalismo - que é quase todo o que é feito em Portugal - que por ser pouco rigoroso e interesseiro cria factos e protagonistas que não têm tanta importância como querem fazer crer. Por vezes não têm importância nenhuma.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail