A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

02/02/2012

Porque não te calas!?

02/02/2012 + 4 Comentários API
SERPADAS
       
Quando pensamos que o “jornalismo português” já não nos consegue surpreender eis que surgem pérolas que davam para fazer um colar delas...

Depois da televisão (Sport TV) ter mostrado, em 28 de Janeiro de 2012, com o resultado em 0-0, em directo, aos 47.59 o golo anulado por fora-de-jogo; depois, aos 48 minutos e 27 segundos, a TV ter repetido o lance… parou-o… e colocou uma das habituais linhas tortas (não paralelas, se bem que desta vez a "torta linha" pareça estar correcta) (ver imagem 1); depois da crónica do jogo de “A Bola”, em 29 de Janeiro de 2012, na página 4, ter referido (ver imagem 2) que Varela marcou para o Feirense depois do “golo de Ludovic” ter sido anulado e na página 10 ter colocado a imagem (que o EDB reproduz como 1), ter havido na referida edição (pelo menos…) mais três referências que o “golo de Ludovic” seria o primeiro (1-0); depois de "tudo e tudo", eis que Cruz dos Santos se lembra de escrever num “dia assim”, para publicar em 31 de Janeiro de 2012, na página 39 de "A Bola" que o “golo de Ludovic” faria o 2-0 para o Feirense (ver imagem 3).

1
A Bola 29 de Janeiro de 2012 Página 10

2
A Bola 29 de Janeiro de 2012 Página 4


3

A Bola 31 de Janeiro de 2012 Página39

Que se passa! Ele não viu o jogo, não ouviu/viu os comentários de fulano, sicrano e beltrano acerca do assunto (todo o gato pingado escreveu e falou disso), não leu o jornal “A Bola” (onde escreve) nem nenhum outro” e ainda vai escrever sobre um assunto que não domina, porque não é possível – se viu, ouviu e/ou leu – escrever que o “golo de Ludovic” fazia 2-0, e não o correcto, 1-0! Não há condições!

Sabemos que “A Bola” já nada tem a ver (a não ser o nome) com o jornal prestigiado de outrora. Nem se envergonham disso.
Sabemos que Cruz dos Santos nunca foi um grande jornalista, pelo menos da categoria de outros da sua geração. Mas… ser “cego” e “emprenhar pelos ouvidos”, como se diz lá na minha remota, despovoada e esquecida (mas sempre no coração…) aldeia de Montalvão, também é demais.

Que/ Quem fará correr Cruz dos Santos!?

Ajudem o homem…


Alberto Miguéns
4 comentários
comentários
  1. Ainda mais impressionante é que este Cruz não foi o único espertinho a querer re-escrever a história com este mesmo erro! Impressionante!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/2/12 02:44

    O Cruz dos Santos anda sempre com paninhos quentes para o FCPorto, quem diz ele diz o Bonzinho, o Serpa, entre muitos outros. Safam-se o Delgado e o Guerra.

    O Record ainda é pior, na Liga da Verdade põe o Benfica atrás do FCPorto.

    É preciso muito cuidado com o que aí vem.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo2/2/12 13:04

    Caro Alberto Miguéns,como Madeirense que sou com orgulho,gostaria de demonstrar a minha indignação pelo tratamento dado pelos adeptos benfiquistas à equipa do CAB Madeira e aos seus adeptos presentes no pavilhão chamando de chulos e se não fosse a intervenção da PSP adeptos encarnados teriam agredido os adeptos madeirenses do CAB! Os Madeirenses não são Portugueses de segunda ou são??'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Madeirense
      Estive nesse jogo, entre cerca de 700 pessoas, e não me apercebi de insultos. Se houve foram de alguns dos adeptos que estavam nas primeiras filas da bancada atrás do banco dos suplentes. Eu estava na bancada contrária (mais perto da área do Estádio).
      Acabei de consultar os três diários desportivos de 15 de Janeiro e nas três descrições do jogo não há qualquer referência a esse triste acontecimento (mas também não é de estranhar porque é normal não relatarem o que - realmente - se passa, se bem que a Imprensa tenha lugar na bancada "dos bancos").
      Sabia do assunto, mas não o relacionei com o Benfica, quanto o PGRM Alberto João Jardim falou nisso!
      Para já tenho a seguinte posição genérica, não específica para este caso. O Benfica é dos Benfiquistas que são milhões.É impossível não existirem várias sensibilidades e grau de educação em milhões de pessoas. Insultar é da responsabilidade de quem o faz. Fazer generalizações é complicado, tal como haver referência a Todos os Madeirenses. Há madeirenses que são "mais vítimas que responsáveis" do actual estado das suas "contas". E mesmo os responsáveis devem ser tratados com dignidade. É por isso que no EDB gostamos de chamar as pessoas pelo seu nome (não é hábito em Portugal e não generalizar para "meter tudo no mesmo saco".
      Se me conseguir uma digitalização ou notícia (talvez na Imprensa publicada no Funchal)prometo que faço um texto acerca do assunto. Agradeço.

      Saudações Benfiquistas de Lisboa para a Pérola do Atlântico.

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail