A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

14/02/2012

Cada Cavadela, Cada Minhoca

14/02/2012 + 3 Comentários
OPINIÃO


Uma Serpada e outra Varelada, temperaturas do leste e
a “ameaça” de bater em mortos

      
É inconcebível o tratamento que se dá à história do Benfica na Imprensa portuguesa. Isto a propósito das cem vitórias em jogos oficiais de Jorge Jesus. Mais uma vez o jornal “A Bola” e depois o “Record” aldrabaram a história do Benfica e ridicularizaram antigos treinadores do “Glorioso”, ao estabelecerem uma hierarquia que não tem suporte na verdade histórica, como o EDB vai mostrar.




Os valores estão adulterados
No jornal “A Bola” publicitou-se a chegada de Jorge Jesus à centésima vitória, com a publicação de um quadro com resultados adulterados, mentirosos e que pelo facto de estabelecerem uma hierarquia entre dez treinadores são trapaceiros porque colocam-nos em posições que, historicamente e rigorosamente, não são as deles. O “Record” não lhe ficou atrás e no dia seguinte, consumada a centésima vitória, publicou também um quadro. Mais completo (com o número de jogos), mas com os mesmos erros. Copiaram-se “um ao outro” ou foram à mesma fonte com dados errados, divulgando as mesmas incorrecções. Mistérios “à portuguesa”! Não há outra via…

O EDB não é errata de qualquer publicação ou jornal
O EDB interessa-se essencialmente por denunciar, estejam onde estiverem, quem prejudica e lesa o Clube. Também homenageia as glórias do Benfica e divulga a grandeza do “Glorioso” incluindo factos históricos, porque se considera que mostrar e honrar quem nos honra ou honrou também é defender o Grande Benfica.
Por isso, por entendermos que há que denunciar quem envergonha o Clube com incorrecções, vamos demonstrar alguns dos erros que existem nas publicações, mas não seremos errata de nada, nem de ninguém.


Com a história do Benfica não se brinca
Podemos, um qualquer dia ou dias num futuro próximo fazer uma série de textos a historiar um, vários ou todos os treinadores, que de um modo ou outro, ajudaram a dignificar o futebol e o Benfica há mais de um século. Hoje, vamos apenas, e muito resumidamente, mostrar dois dos tipos de erros, um por defeito (“tiram-lhe” oito vitórias) e outro por excesso (“dão-lhe” mais dez vitórias), respectivamente Cosme Damião e Lipo Herczka.

Cosme Damião conseguiu 110 vitórias em jogos oficiais
O nosso fundador era já um dos principais futebolistas, capitão e médio-centro, quando substituiu, progressivamente, Manuel Gourlade que por motivos da sua vida particular e profissional (empregado na Farmácia Franco, em Belém e intérprete junto dos barcos que acostavam no porto de Lisboa) deixou de poder acompanhar com regularidade o futebol quando, após a junção do Sport Lisboa com o Sport Benfica, em 13 de Setembro de 1908, passámos a treinar e jogar em Benfica, na Quinta da Feiteira, muito longe, em tempo e dinheiro (em 1908) de Belém.
Cosme Damião no início da época de 1908/09, em 4 de Outubro de 1908, ao nosso jogo n.º 29, assumiu a orientação técnica da equipa onde jogava, bem como todo o futebol (restantes três categorias), acabando por ser nomeado oficialmente Capitão-Geral em Maio de 1909, ou seja, responsável por toda a actividade desportiva do SLB. E assim continuou até 1916 quando “arrumou as chuteiras” passando, a partir de 1916/17 a ser “apenas” orientador, criando um “Conselho Técnico” com os quatro capitães de equipa. E foi assim até ao final da temporada de 1925/26, cujo último jogo (434.º da nossa gloriosa história) ocorreu em 10 de Junho de 1926. Acabaria por ser o derradeiro como Capitão-Geral, pois nas eleições para os Órgãos Sociais, em 5 de Agosto de 1926, não aceitou o cargo para o qual os associados o elegeram, presidente da Direcção do SLB, entre outros motivos, por não querer “ser afastado” da vice-presidência da Direcção, precisamente o cargo que lhe permitia “gerir o futebol”. No total “orientou” a nossa principal equipa – ele dizia que no Benfica não havia equipas principais porque eram todas principais, pois jogavam todas para ganhar! – em 406 jogos, com 228 vitórias (mais 106 que as 122 derrotas) marcando-se 1092 golos (mais 493 que os 183 sofridos). Nos 171 jogos para competições oficiais, obteve 110 vitórias (mais 72 que as 38 derrotas), marcando-se 493 golos (mais 310 que os 183 sofridos).


JOGOS ORIENTADOS POR COSME DAMIÃO
Competições
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
406
228
56
122
1092
599
Oficiais
171
110
23
38
493
183

Lipo Herkzca não chegou às 100 vitórias…
Após a euforia da conquista do primeiro título no II Campeonato Nacional, com o nome de I Liga, em 1935/36, com o treinador Vítor Gonçalves, este ex-jogador Benfiquista internacional português, apesar do entusiasmo, colocando o Benfica acima de todos e tudo informou que o tempo dos treinadores obsequiosos terminara. Havia que contratar um treinador experiente que servisse os superiores interesses do Benfica. E foi escolhido um técnico que impressionara os nossos dirigentes aquando de uma digressão a Espanha, Lipo Herczka, que chegou a Lisboa – ele temporiza a sua chegada numa entrevista à Revista Stadium em 1937, na véspera do Dérbi de Lisboa, no nosso estádio das Amoreiras, para o Campeonato Regional de Lisboa, ou seja em 17 de Outubro de 1936, assistindo ao jogo no dia seguinte (domingo) e assinando contrato na segunda-feira, estreando-se como treinador do “Glorioso” em 25 de Outubro de 1936 (825.º jogo) mantendo-se até ao último jogo de 1938/39, em 25 de Junho de 1939. Regressaria, para um segundo período, no início de 1947/48, em 31 de Agosto de 1947, mantendo-se também no início de 1948/49, mas já minado pela doença que seria fatal, orientou o último jogo em 24 de Outubro de 1948, sendo substituído no jogo (s) seguinte (s) por Ted Smith. No total orientou a nossa principal em 170 jogos, com 109 vitórias (mais 72 que as 37 derrotas) marcando-se 531 golos (mais 493 que os 261 sofridos). Nos 136 jogos para competições oficiais, obteve 91 vitórias (mais 65 que as 26 derrotas), marcando-se 424 golos (mais 239 que os 185 sofridos). Infelizmente, por motivos de saúde não pode chegar às cem vitórias, mas provavelmente nunca soube, pois nesses tempos, estatísticas eram assuntos não prioritários.

JOGOS ORIENTADOS POR LIPPO HERCZKA
Competições
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
170
109
24
37
531
261
Oficiais
136
  91
19
26
424
185

Jorge Jesus é o único que tem os valores correctos
O nosso actual treinador atingiu no passado dia 11 de Fevereiro as 122 vitórias, com cem obtidas em jogos para competições oficiais. Nada a comentar, porque ainda há muitas para obter, e a 123 está já aí… no frio e neve.

JOGOS ORIENTADOS POR JORGE JESUS
Competições
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
174
122
27
25
394
157
Oficiais
141
100
20
21
313
124

As posições na “classificação” entre os treinadores com mais vitórias não são as reais
Quando se estabelecem classificações há que ser muito criterioso pois há que respeitar quem se está a classificar. E então com valores “muito apertados entre eles” qualquer pequena diferença altera posições. Pois os media portugueses estão-se nas tintas, pois são arrogantes e nada respeitam, nem a sua deontologia. Uma vergonha! A que já nos habituámos, mas nunca nos calaremos. E denunciaremos. Se bem que fosse o Benfica, como instituição, a dever saber preservar a verdade e honrar o passado.

Onde vão estes peraltas buscar estes valores!?
Se não se copiaram mutuamente, os dois jornais só podem ter ido copiar a informação. E onde? Provavelmente a um famigerado “Almanaque de 2004” que tem mais de 20 mil erros, entre omissões e mentiras, embora tendo mais de 250/300 mil dados. Um dos grandes problemas do livro, se bem que não só, é a falta de alguns jogos, quer do Campeonato/ Taça de Portugal, quer dos Campeonatos Regionais, que são muito mais do que aqueles que estão registados no livro. O Benfica também é responsável, porque “apesar de avisado” decidiu “vender a história, deixando adulterá-la por um punhado de euros”! Agora é tarde! Deitem tudo para o lixo.


É incompreensível esta desfaçatez com que se atribuem valores e classificam pessoas, muitas delas já falecidas, atribuindo-lhes posições, em tabelas, que não correspondem à verdade. Respeitem-nos!


Alberto Miguéns

NOTA1:
NOTÍCIAS DAS TEMPERATURAS EM SAMPETERSBURGO
Com o FC Zenit de Sampetersburgo sem competir oficialmente desde 11 de Dezembro de 2011, o maior adversário dos futebolistas do "Manto Sagrado" vão ser as condições atmosféricas. As previsões para quarta-feira colocam 60 por cento de probabilidades de nevar e temperaturas a variar entre os - 15º C (às 00 horas) e - 8 º C (às 10 horas), com o jogo a decorrer entre as 21.00 horas e as 22.45 horas locais, precisamente próximo das temperaturas mais baixas. Isto quer dizer que os dirigentes/ treinadores do clube russo estão com receio do Benfica, e com a conivência da UEFA colocam o jogo o mais tarde possível (nove da noite, com - 12 º C de temperatura, com fortes possibilidades de cair neve) para prejudicar o futebol. O pôr-do-sol ocorrerá às 17.48 horas locais. A FPF não tem força, ou não quer e provavelmente Fernando Gomes tem outros interesses... vai para o Porto. 
 



NOTA2:
FOSTE MALANDRO!? JÁ LEVASTE O BEIJO DA MORTE DE PINTO DA COSTA
Acabou. Ou arranja um magnata que tenha milhões para desbaratar no topo do Campo Grande.
Não se bate em mortos, mas depois do jogo com o FC Zenit (que é o mais importante e deve concentrar a nossa atenção e interesse) o EDB vai desmascarar os sapóides que têm aproveitado o mediatismo dado pelos media para comentar a desgraça lagarta para atacar o Benfica. Deixo dois exemplos:

RTP-Informação (ou melhor, Norte) composta por muita gente rasca:

Jaime Mourão Ferreira

«Nós vemos nas televisões milhares de sportinguistas em todo o mundo, não é apenas na cidade de Lisboa, no Marquês de Pombal que é nosso por direito. Nós vemos em todo o mundo e pode-se dizer que não há diferença em termos de mediatismo e na comunicação social para quando o outro clube ganha em Portugal.»

«É bom lembrar que quando foi a apresentação da equipa contra o Valência em Alvalade nós enchemos o estádio. Nós tivemos 50 mil adeptos no estádio a ver, enquanto na apresentação do Benfica estiveram 40 mil.»

Paulo Pereira Cristóvão

«Há um clube que deveria jogar à porta fechada.»

«Quanto à reparação da bancada, não temos um documento concreto e objectivo do lado do Benfica

«No dérbi vamos estrear um sistema de vigilância com 250 câmaras full HD de meio milhão de euros. Prometo que será a única inovação» (com sorriso de lixo…)


3 comentários
comentários
  1. sou benfiquista de alma e coração, para além de sócio, e discordo na parte do horario do jogo, os jogos na Russia foram sempre marcados para as 17h de Lisboa, 21h Locais!Não é só porque o Benfica vai lá jogar que iriam mudar, até porque assim teriam que mudar o jogo do Real Madrid que vai jogar a Moscovo!
    O Benfica é superior a isso e jogará com as condições que estiverem, até porque será igual para ambos os lados, sendo que eles estão mais habituados! Vamos lá ganhar e bem!! Benfica Sempre!

    ResponderEliminar
  2. Mudar!? Na 1.ª mão de um jogo em Fevereiro deve ser a primeira vez que há um jogo às 21h00 locais. Ainda hoje o Rubin Kazan jogou às 15 horas locais. Antes do pôr-do-sol como é evidente. O SLB papa tudo e depois queixam-se que ganha pouco. No FCP são todos muito bons e trabalham muito mas andam sempre à procura de facilidades. É a vida...

    Saudações Benfiquistas

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  3. João Paulo14/2/12 20:49

    Um Bem-haja pelo seu trabalho em repor a verdade histórica sobre o nosso clube sempre que ela é adulterada. Ser benfiquista também é isto.
    Sobre o jogo de amanhã, nada a fazer. É uma violência sujeitar atletas a estas condições. E não são só os do Benfica. Os do Zenit também. E não venham com a conversa de que estão habituados. Estão mais habituados mas tudo isto não deixa de ser uma aberração. Só desejo que o Benfica traga um resultado positivo e essencialmente que não existam problemas físicos. Estas temperaturas (abaixo dos -10º) potenciam muitas coisas incluindo problemas cardíacos. Sorte também será precisa.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail