SCP: Salafrário Colado e Pelintra - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

23/03/2018

SCP: Salafrário Colado e Pelintra

23/03/2018 + 13 Comentários API
ESTE TIPO É UM PENDURA. QUE SALAFRÁRIO MAIS ASQUEROSO. UM NUNCA APARECE. JÁ O OUTRO ANDA SEMPRE NO METE NOJO. NUNCA MAIS DESAPARECEM DE VISTA.



Já por duas vezes quando ele entra eu saio de imediato. Não gosto de estar junto de apalermados sonsos. Jamais estarei junto de quem humilhou um dos Benfiquistas que, pessoalmente, mais me marcaram. O senhor Jorge Brito. 



O Glorioso Jorge Brito
Que tudo tentou enquanto vice-presidente financiador e presidente para dar rumo europeu ao Benfica e viu meia dúzia de panhonhas, entre futebolistas (Paulo Sousa e Pacheco, mas não só...pois houve quem se aproveitasse para pedir "aumentozinhos") e dirigentes (Alcino António que com o desfalque do Concerto Roqueiro de Bryan Adams em 9 de Julho de 1988 deu o mote para os outros em como que era fácil enganar o senhor presidente, Raúl da Fonseca e Manuel Alves e mais alguns - de tão lorpas nem merecem nome citado - que passaram entre «os pingos da chuva»). Longe!



E depois há incompatibilidades inconciliáveis (clicar). Um tanguista apátrida de primeira! Como pode alguém estar de onde não é! Onde se cantou:

 


Eu quero marcar um Z dentro do teu decote
Ser o teu Zorro de espada e capote
P'ra te salvar à beirinha do fim
Depois, num volte face vestir os calções
Acreditar de novo nos papões
E adormecer contigo ao pé de mim


Eu quero ser para ti a camisola dez
Ter o Benfica todo nos meus pés

Marcar um ponto na tua atenção
Se assim faltar a festa na tua bancada
Eu faço a minha ultima jogada
E marco um golo com a minha mão


Eu quero passar contigo de braço dado
E a rua toda de olho arregalado
A perguntar como é que conseguiu
Eu puxo da humildade da minha pessoa
Digo da forma que menos magoa
«Foi fácil. Ela é que pediu!»


A exibição pública de dois troféus de pechisbeque conquistados ao Glorioso! Tristes!

Gente asquerosa que não se deu ao respeito não merece ser respeitada

Alberto Miguéns
13 comentários
comentários
  1. Sousa Cintra, conseguiu perdsr um campeonato com um plantel com Juskoviac, Amunike, Figo, Peixe, Ivkovic, etc, despedindo, estupidamente, Bobby Robson. Mais, foi o inicizfor do Penta (peta) dos andrades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro

      Mesmo sabendo que é sempre difícil provar o que seria o desenvolvimento de determinado caminho não sendo ele feito a chave do insucesso do SCP em 1993/94 esteve no despedimento de Robson por Sousa Cintra aproveitando o acidente, penso que em Dezembro de 1993, de Cherbakov no cruzamento da rua Alexandre Herculano com a avenida da Liberdade às tantas da matina!

      Jorge Brito tinha-me pedido, em Setembro de 1993, para ajudar o Benfica - tentando aproveitar a História do Clube - para angariar receitas extraordinárias devido aos problemas financeiros, por isso falei com ele e com o "gabinete de crise" (engenheiro Gaspar Nero, arquitecto Croft de Moura e dr. Cunha Leal) muitas (diversas) vezes tal como com Toni e os futebolistas mais antigos no plantel.

      Havia a noção que com Bobby Robson no SCP dificilmente o SLB seria campeão. O Benfica distanciou-se do SCP mas depois foi perdendo pontos. Empatou com o CF Estrela da Amadora e ficou com um ponto de vantagem antes dos 6-3! Este jogo com BR teria sido muito diferente. Carlos Queirós foi uma dádiva a quem podemos agradecer o 30.º título na edição 60 do campeonato nacional.

      Num tempo em que no "Glorioso" não se vivia de ilusões superstições e "frases feitas", mas analisava-se com o rigor possível o que se passava. Era mesmo um Benfica mesmo Benfica! De paixão com sentido!

      Jorge Brito disse-me que sempre que pedia um empréstimo bancário o aval para o conseguir era depositar na instituição bancária uma obra de arte da valiosa colecção de pintura que detinha, principalmente de Vieira da Silva. Não era como passou a ser no século XXI em que tudo e todos conseguiram roubar os bancos, principalmente os banqueiros e amigos das almoçaradas!

      Gloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      NOTA: E claro! Um muito e eterno obrigado a Sousa Cintra por despedir Bobby Robson (BR). Extensível a Carlos Queirós por aceitar a traição a um colega de profissão e ir ao pote a pensar que facilmente ia ganhar o título com o que BR estava a fazer. Ia comer o mel que o outro tinha conseguido juntar...

      Eliminar
  2. É muita lata deste rapazinho aparecer entre os benfiquistas. Porque é que não vai lá para o alvalixo?

    ResponderEliminar
  3. Aqueles 3x6 foram épicos!!!

    Assim como o piolhoso e o outro Pacheco que se venderam por 30 vinténs, foram execráveis.
    Até é curioso que, se o piolhoso saiu do GLORIOSO alegando ordenados em atraso (foram só 11 dias) em alvalixo esteve um ano sem receber...se os recebeu, foi quando cá veio jogar pela Juventus, pois li nos mérdias o piolhoso a reclamar esses ordenados em atraso.

    Roma não paga a traidores e pelo vistos, o pelintra cintra também não.

    ResponderEliminar
  4. A quem atribuir culpas da suposta conotação de pacheco com o Benfica , depois do que fez ? Se NINGUÉM do Benfica o solicitar para falar do nosso clube, que ele abandonou num momento particularmente delicado, é deixá-lo reduzido ao mais simples anonimato, que é aí que ele deve estar. Se quer promoção que vá á loja de alvalade...onde existem especialistas na contratação de traidores ao Benfica. Há meses vi-o a falar na BTV sobre o Benfica e fiquei estupefacto . Não havia mais ninguém disponível para falar de Benfiquismo ??? Não descortino a razão de entrevistar gente desta . Merece exatamente o mesmo desprezo que se dá a paulo souza .

    ResponderEliminar
  5. Outros ha que não deviam ser admitidos na BTV, como o Kenedy e até o Rui Aguas. Também não esquecer o João Rodrigues, serventuário de P. Da Costa na UEFA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rui Águas teve aquela "traição" mas depois redimiu-se. E é Benfiquista - já por várias vezes o encontrei a votar nas eleições do Benfica - ele não é como este Pacheco que faz tudo para ser ajudado - fingir-se de Benfiquista.

      Ele explica o porquê nesta entrevista e até hoje ninguém desmentiu o que ele afirmou como razão para sair:
      https://sol.sapo.pt/artigo/556313/rui-aguas-em-dia-de-classico-sai-do-benfica-para-o-porto-porque-fui-ganhar-11-vezes-mais-

      Eliminar
  6. Não entendo isto, faz parte da história do Glorioso mas não merece estar ali no meio de muitos a quem devemos a nossa grandeza.
    Enfim, depois admiram-se de às vezes não sermos respeitados.

    ResponderEliminar
  7. Gente desta que desertou para o "Inimigo" já mais devia por os pés na Catedral quanto mais ir a Nossa BTV falar sobre o Benfica..

    Traidores não são bem vindos na Nossa Casa..

    Rumo ao Penta

    ResponderEliminar
  8. Saudações Gloriosas.

    Mais uma vez na mouche.

    O Sr. Pacheco foi um triste e o Paulo Sousa outro igual.
    Só que o PS nunca mais apareceu, e bem, enquanto o primeiro deve estar à espera dum tacho qualquer.

    Já afirmei moutro blogue que o Kenedy não é Benfiquista. Ouvi da boca dele numa entrevista televisiva que ia colocar o filho sócio do sporting porque tinha nascido no ano em que o scp foi campeão ( 2000 ou 2002 ???). Que raio de Benfiquista é este ? O Benfica vai longe com "Benfiquistos" destes.

    Em relação ao Rui Águas já consigo desculpar em certa parte....foi ganhar 11 vezes mais.....depois voltou ainda a tempo de marcar muitos golos......ajudou o Benfica a conquistar 2 CN e 1 TP.....

    Já agora uma pergunta....qual a sua posição, caro consócio, em relação ao assunto "Rui Águas"

    Muito Obrigado.

    ResponderEliminar
  9. Resumindo, os jogadores mudam de clube se lhe derem mais dinheiro, certo?
    O que acontece em todos os casos incluindo o Rui Águas e apesar do pai ser uma glória do Benfica ele desabafava na Amadora que o filho lhe tinha oferecido um andar quando assinou pelo FCP.

    Saudações

    ResponderEliminar
  10. Caro Azevedo

    Eu nunca escrevi acerca de Rui Águas e da decisão dele em representar o FCP. Foi um leitor que escreveu sobre isso e eu respeito todas as opiniões mesmo não concordando com algumas, ou melhor, não tendo a mesma opinião.

    Mas mais que não ter a mesma opinião sinto-me obrigado a publicar todos os comentários desde que não sejam ofensivos para com terceiros, ou seja, aproveitarem-se do carácter tolerante do blogue para atingirem terceiros.

    Neste caso concordo com o comentário que fez.

    Saudações

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  11. Sr Alberto Miguens, obrigado por ter respondido. Eu referi o Rui Águas porque conheci o seu pai e também convivi com o Artur Correia (o Ruço) que infelizmente também já partiu que chorava pelo Benfica e ainda assim defendeu a camisola do Sporting com grande profissionalismo.
    E voltamos ao início, um jogador profissional tem todo o direito de ir por onde lhe dão mais mas no meu entendimento só não devem "cuspir no prato de onde comeram" como se diz na gíria e aí, infelizmente há exemplos em todos os clubes.

    Saudações

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail