A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

30/07/2016

ZeroZero e Almanaque: Alteram a Gloriosa História

30/07/2016 + 6 Comentários
TENHO IDEIA QUE JÁ TINHA PROMETIDO NÃO VOLTAR A ESTE ASSUNTO. O ALMANAQUE TEM UNS VINTE MIL ERROS QUE ALTERAM A GLORIOSA HISTÓRIA. PARA QUÊ FAZER TEXTOS A "CONTA-GOTAS"!?




Mas o que encontrei além de ser inimaginável explica o que para mim era inexplicável. Como era possível numa situação (infelizmente) tão simples indicar que o futebolista Félix conquistara dois títulos de campeão nacional. Quando “cheguei” à Comissão Instaladora do Museu era assim e já li em vários suportes que Félix tem dois títulos de campeão nacional. Era um erro tão "infantil" que parecia não ser de existência real. Ter suporte real. Se o Benfica entre 1945/46 e 1953/54 conquistara apenas um título, como podia Félix ter dois! Agora percebi de onde vem o erro.

Andar a fazer uma coisa e descobrir outra...
"Descobri" a origem do erro porque fui comparar os valores dos 14 futebolistas que defrontaram o AC Torino, em 1949, com os valores do "Almanaque" e depois do "Zerozero". O que vi é inacreditável. Mas também ilustra na perfeição a ligeireza com que se tratam assuntos sérios.

Mas, de facto, como o Almanaque é um Produto Oficial (com várias reedições)
Félix Antunes tem dois títulos de campeão nacional embora numa dessas temporadas - 1944/45 - tal como em 1945/46, jogasse como adversário do… “Glorioso”. Aliás vários futebolistas do SLB sempre me disseram isso.


Jornal "Mundo Desportivo"; 29 de Outubro de 1945; página 7

Jornal "Mundo Desportivo"; 3 de Dezembro de 1945; página 7

Almanaque dá o mote
Impressionante como quem fez o Almanaque ter descoberto que Félix Assunção Antunes jogou no Benfica em 1944/45 e 1945/46. Um jogo em cada temporada no campeonato nacional e outro no Regional (1945/46). E como avançado. Quando foi médio-centro, depois defesa-central. A trapalhada ainda é maior porque depois nos totais só registam um título de campeão nacional. Mas se jogou em 1944/45 em que o "Glorioso" foi campeão nacional como não contabilizam este título? Ou contabilizam este e ignoram o de 1949/50?


Tanta trapalhada! O dia 26 transforma-se em 22, embora nem um, nem outro estejam correctos. O Unidos FC ou CUF de Lisboa é ignorado e transformado no Luso FC Barreiro que foi o clube de formação, antes de seguir para o GD CUF de Lisboa! 

Zerozero eleva a fasquia
Contabiliza numericamente os dois títulos e coloca-o na equipa como defesa ou pelo menos próximo do guarda-redes. A Taça Latina é ignorada. 


Quando se confunde Feliz Santos com Félix Antunes
Só mostra como é tudo feito de modo a não ter qualquer respeito pelas pessoas e pela verdade. É fazer à pressa para desfazer o rigor. Despachar ficando mais barato o trabalho, com pouca qualidade e o suficiente desleixo para enganar quem compra, consulta e copia. 


Jornal "Sport Lisboa e Benfica"; 2 de Dezembro de 1944; página 4
Jornal "Mundo Desportivo"; 15 de Outubro de 1945; página 6

Jornal "Mundo Desportivo"; 13 de Maio de 1946; página 7
Nunca vi uma gerência que tenha aldrabado - deixado aldrabar - tanto a Gloriosa História. Inacreditável.
E não vale a pena virem para aqui com a história da "azia". Era o que mais havia de faltar! 
Eu saber que existem aldrabices e não alertar os Benfiquistas publicamente. Guardar a verdade para mim ou para encontros entre Benfiquistas. No próximo jogo em Aveiro já tenho motivos para conversar. Em vez de falar do presente, de galhofar acerca do dia, anunciar solenemente: Cuidado Benfiquistas, que Félix não é Feliz! 
Eu saber que há pessoas dentro do Benfica que sabem que tudo isto é miserável e não mexem uma palha, nem se incomodam com as mentiras que circulam. Até as promovem. Desde que paguem direitos. Interessa lá que Félix tenha mais um ou menos um campeonato. Interessa é quantos milhões de euros vale este ou aquele! Há livros cheios de mentiras que envergonham a história do Clube. Isso é secundário. «O Clube precisa de dinheiro, muito dinheiro». Foi sempre a justificação que me deram. O Clube precisa é de quem salvaguarde a verdade e respeite as pessoas que fizeram o Clube gigante. Que honre os ases que nos honraram o passado.

Depois disto será que ainda vou um dia destes ficar surpreendido com outra ainda maior. Já não prometo nada!


Alberto Miguéns

NOTA1: E não venham com a história do Museu. É como fazer uma fonte num oásis e depois deixar enlamear a água. Quer-se água potável e limpa... Nunca ninguém "leu" o Museu. Só o viram. E muitos se o lessem podiam notar que havia sobranceria nalguns textos, mas não conseguem saber se os valores estão correctos. E deviam estar! Honrar os ases que nos honraram o passado! 

NOTA2: Ser do Benfica. Conhecer a Gloriosa História. Ter ocupado milhares de horas. Perceber como a desprezam. Como não honram os que nos deixaram este clube gigantesco. É cansativo! Muito! Se soubesse que não duraria tempo suficiente para um dia repor a verdade, confesso. Desistia! 
6 comentários
comentários
  1. Caro Sr. Alberto Miguéns,

    de facto, tudo isto é triste... eu sou Benfiquista desde que me conheço e sempre respeitei a nossa Gloriosa História, que nos catapultou para o pedestal onde o Benfica se encontra na actualidade! Desde largos anos que colecciono o Jornal "O Benfica", a revista "A Mística" (anteriormente coleccionava o "Benfica Ilustrado") e também algumas edições históricas de A Bola e O Record para guardar e mais tarde recordar! Infelizmente, sei que muitas situações são apresentadas de diferentes formas pelas distintas publicações, e nem sei muitas vezes em quem confiar quando as leio.
    Sigo o seu Blog há bastantes anos e tenho imenso respeito pelo conhecimento factual que tem acerca do "nosso" Benfica! Por isso, gostaria de lhe perguntar o seguinte: para quando editar uma "verdadeira" História do Benfica, com números, fotos históricas, depoimentos, enfim... com toda a verdade acerca dos 112 anos do Glorioso? O Sr. é a pessoa indicada para o fazer, embora eu compreenda que não será uma tarefa fácil. Eu nunca comprei o Almanaque, porque li aqui no seu Blog acerca das inúmeras incorrecções e decidi esperar pela verdadeira História, que nunca mais sai...
    Por favor, continue na sua saga e nunca perca as forças! Os Benfiquistas como eu, que gostam de saber acerca da Gloriosa História, agradecem!
    Saudações Benfiquistas!

    Luís Jaques

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Luís Jaques

      Obrigado.

      Isso é uma tarefa que só pode ser feita com o apoio do Clube. E neste momento o interesse real não é valorizar os 112 anos do Clube.É enaltecer os últimos 13 ou 14. E eu para esse "peditório" já dei o que tinha a dar. Ou seja, não dei nada pois recusei fazer panegíricos e lambebotice nos textos que fiz para o Museu.

      Agradeço a confiança de que um Benfiquista tem naquilo que outro faz.

      TRIsaudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Albertini30/7/16 12:13

    Só nao entendo a relação entre o clube precisar de dinheiro,muito dinheiro,com todas estas trapalhadas que o Alberto vem expondo... é assim tao caro, para um clube com um orçamento de milhoes, ter pessoas que tratem da historia do clube de um modo cuidado e rigoroso? Não me parece...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Albertini

      Porque tem Cultura do Clube. Se um futebolista jogou oito temporadas não jogou 10. Para si deve ser-se rigoroso pois vê isso como respeito por eles.

      Mas quem não tem Cultura do Clube vê isso como vê uma caneca, porta-chaves ou cachecol. Queremos ma$$a. Precisamos dela até para que nos paguem o ordenado. O resto é secundário. Há muito «entulho» a trabalhar no nosso clube. Entulho porque só cria problemas, nunca lhes interessando as soluções. E o que é melhor para o SLB. Em primeiro interessa o que é melhor para eles.

      E a tendência é para ser pior, não é para melhorar. Há cada vez mais negociantes e menos Benfiquistas.

      TRIsaudações

      Alberto Miguéns

      NOTA: Eu disse logo em 2003 (ainda era o Seara Cardoso o responsável) e o SLB estava na LisboaGás (Cabo Ruivo) que o Almanaque não devia ser publicado pois tinha muitos erros (e nem imaginava tantos). Foi-me dito. Você sabe o que está a dizer? O Benfica precisa de dinheiro! Eu até ridicularizei e afirmei. Que não seja por mim que o Benfica vá à falência. Publiquem!

      Eliminar
  3. Caro consócio Alberto Miguéns!

    Há muito que sigo aqui a sua luta, por repor a verdade da riquíssima história do nosso glorioso clube! Efectivamente era importante, que um dia o Sr pudesse editar a história do nosso clube, porque na realidade, nos dias de hoje, outros interesses estão à frente da verdade!

    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De momento os nossos actuais dirigentes estão mais interessados nos negócios. Querem eles lá saber da história para alguma coisa? Para eles a história do Benfica começa nas pedras da calçada que estavam penhoradas.
      Até acharam por bem convidarem um "historiador" do Spótem para fazer a história do Museu,
      quando tinhamos um associado que tem toda a capacidade para o fazer!!!

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail