A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

22/04/2015

O Lado Ocultado do Apito Dourado

22/04/2015 + 4 Comentários
O DIÁRIO EM 12 DIAS DA MAIOR VERGONHA DO FUTEBOL PORTUGUÊS E UMA DAS MAIORES DO FUTEBOL MUNDIAL.


Para ilustrar o Diário (entre 10 e 21 de Abril de 2004) são utilizadas as páginas do jornal "O JOGO" por ser o diário oficioso do FC Porto, por isso aquele que os dirigentes portistas utilizam para passar as mensagens para o interior e exterior do clube.

NOTA INICIAL: Quando fui informado que o FCP queria adiar o encontro da 29.ª jornada (em casa com a equipa da AAC-OAF), andava à procura de ocorrências no passado com o mesmo clube quando me deparo com uma pasta que em tempos organizei para fazer três ou quatro páginas em "O Benfica" a explicar o verdadeiro interesse do FC Porto em controlar o árbitro Augusto Duarte, em 2004, para o jogo em Aveiro. É que isso ficou a dever-se a um jogo adiado, com o CD Nacional, que se revelou ser um problema "sério"! E nada teve a ver com a palermice que circulou pelos media em Portugal, dois anos mais tarde, para justificar essa escuta do «Apito Dourado». O que saiu nos jornais desse tempo - Abril de 2004 - mostra bem a ansiedade com a deficiente forma física do plantel! Resta dizer que este assunto é novo aqui no blogue mas não feito por mim pois foi publicado em "O Benfica", perante o branqueamento nos media, aquando da expectativa em penalizar o FCP. Não teve foi interesse para quem - para alguns - no Clube andava ocupado em expor o assunto junto da UEFA. Deixo isso para uma NOTA FINAL.

RESUMO: O FC Porto ao adiar o encontro da 27.ª jornada (20 de Março para 14 de Abril de 2004) a fim de descansar os futebolistas para a 1.ª mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, ficou com um problema de sobrecarga de jogos que colocou em causa a liderança no campeonato nacional e na Liga dos Campeões. Solução? Controlar o árbitro (Augusto Duarte) do decisivo jogo (em termos de calendário) da 31.ª jornada, em 18 de Abril, SC Beira-Mar frente ao FCP, para descansar os jogadores que estavam "nas lonas" para a 1.ª mão da meia-final da Liga dos Campeões, em 21 de Abril!

CALENDÁRIO DE JOGOS DO FCP EM 2003/2004
Calendário
FC Porto
Vantagem para o
2.º classificado

M
A

 R
Ç
O
SEX
5
CN25
C
CF "Os Belenses
+ 7
TER
9
LC1/8
F
Manchester United FC
SÁB
13
CN26
C
Boavista FC
+ 7
TER
16
TP 1/2
F
SC Braga
SÁB
20
CN27
F
CD Nacional (ADIADO)
+ 7
TER
23
LC1/4
C
Olímpico Lião (França)
DOM
28
CN28
C
Moreirense FC
+ 7
QUA
31
Livre
A
B
R
I
L
SÁB
3
CN29
C
Gil Vicente FC (D 0-2)
+ 4
QUA
7
LC1/4
F
Olímpico Lião (França)
SÁB
10
CN30
C
CS Marítimo
+ 4
QUA
14
Livre
F
CD Nacional (ADIADO)
+ 5
DOM
18
CN31
F
SC Beira-Mar
+ 6
QUA
21
LC1/2
C
RCD Corunha
DOM
25
CN32
C
FC Alverca
QUA
28
Livre

SEX
30
CN33
F
Rio Ave FC
M
A
I
O
TER
4
LC1/2
F
RCD Corunha
DOM
9
CN34
C
FC Paços Ferreira
QUA
12
Livre

DOM
16
FINAL
N
SL BENFICA
QUA
19
Livre
DOM
23
Livre
QUA
26
TL/F
N
AS Mónaco

DOM
30
Livre



Antes de Dia 10

Apesar de Vítor Baía andar há anos a gastar resmas de papel, como se verifica aqui, mais uma vez. 



O árbitro russo Ivanov roubou o 2-0 ao Manchester United FC, ainda na 1.ª parte, que eliminava o FC Porto. Como é habitual, com medo do FCP, os media em Portugal sempre ignoraram este lance!




O FC Porto para preparar o jogo da 1.ª mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões adiou a deslocação à Choupana, passando o encontro dessa 27.ª jornada (20 de Março) para 14 de Abril no campo do CD Nacional.

Entretanto o incrível acontece na 29.ª jornada. José Mourinho na pieguice consegue que a deslocação a Barcelos não se efectue, pois o jogo com o Gil Vicente FC é transferido para o estádio do Vitória SC Guimarães e jogado ao sábado. Mesmo assim o FCP perde, por 2-0, encurtando a distância para 4 pontos de vantagem para o 2.º classificado, apesar do jogo em atraso. Esse jogo, na Choupana, começa a ter contornos de "especial".

Dia 10

Mesmo a jogar em casa o FC Porto revela-se uma equipa cansada, inoperante, extenuada apenas conseguindo um golo salvador aos 85 minutos. O empate ficou a cinco/seis minutos. Soava o alarme, para um clube mal preparado, em termos de plantel (qualidade e quantidade) para enfrentar campeonato nacional, Taça de Portugal e Liga dos Campeões.


O Jogo; 11 de Abril; página 4

Dia 11

O "tretas Mourinho" a justificar-se sempre com excesso de jogos quando o FC Porto manobrava o calendário a seu belo prazer: adiando, antecipando e escolhendo o campo, no caso, do Gil Vicente FC. Não tinha é plantel com "rabo para três cadeiras"! 



O Jogo; 11 de Abril; página 8

Dia 12

A importância de ter um jornal para serviços vários continua em mais esta semana de jogo na Choupana com recados de manhã para serem digeridos durante o dia, por adeptos e jogadores. A "estrutura portista" que ganha tem muitos tapetes onde limpar as patas!


O Jogo; 12 de Abril; página 18
Dia 13

Com o plantel nas "lonas", Pinto da Costa joga por antecipação uma "folga à malta do pijama às riscas azuis" lá para o início de Maio! Nada de selecção para cansar... ainda mais! Em conflito com Scolari mas tendo Madaíl amestrado, Pinto da Costa entretém-se e entretém...


O Jogo; 13 de Abril; página 7
Com um jornal mesmo ali à mão, duas páginas (8 e 9) de propaganda às dificuldades e perseguições ao FC Porto. As preocupações com as fragilidades físicas do plantel são evidentes, antes do terrível jogo adiado na... Choupana, próximo dos 700 metros de altitude. Logo o pior sítio para quem não quer cansar-se... ainda mais!


O Jogo; 13 de Abril; página 9
Dia 14

Em dia de jogo na Madeira à noite, logo de manhã, os adeptos do FCP e os "agentes do Futeluso", continuam a ler o rosário das dificuldades físicas que afectam muitos jogadores do FC Porto.


O Jogo; 14 de Abril; página 6

O jogo decorreu com a habitual distribuição de porrada pelos caceteiros do FCP com a arbitragem a protegê-los. Nem os árbitros contratados para fazer fretes em O Jogo conseguiram suavizar o que se passou!
Para o jogo na Choupana, apenas duas alterações, em relação ao jogo com o CS Marítimo: Jorge Costa e Alenitchev nos lugares de Ricardo Carvalho e Maniche, que já não podiam com uma "gata pelo rabo".


O Jogo; 15 de Abril; página 3
O Jogo; 15 de Abril; página 10

Dia 15

As análises aos índices físicos dos futebolistas do FC Porto são esclarecedoras. José Mourinho "grita" na imprensa para que a "Estrutura" entre em acção. "O Jogo" desvia a conversa dando a entender que os recados são para dentro, mas ele "grita" para fora!



O Jogo; 15 de Abril; página 8
A Bola; 15 de Abril; página 14
Dia 16

De manhã mais uma análise no jornal O Jogo, tapete de imprensa do FC Porto, a "moer" com os problemas físicos do plantel.


O Jogo; 16 de Abril; página 7

A perceber que tem o Sporting CP à perna (a cinco pontos) e o plantel não tem margem física para responder, depois da Choupana na quarta-feira, a mais um jogo em terreno alheio (no domingo) e logo outro, na terça-feira, exigente para a Liga dos Campeões, Pinto da Costa só tem uma solução. Conhecido o árbitro do jogo de Aveiro no dia anterior, convocar Augusto Duarte para a sua casa a fim de controlar o jogo para José Mourinho poder descansar os futebolistas mais debilitados fisicamente não correndo riscos de perder o jogo com o SC Beira-Mar e o Sporting CP ficar a dois pontos! Passando de cinco para dois de vantagem! Neste dia 16 de Abril de 2004, um Dia de Vergonha, Pinto da Costa quer Augusto Duarte na sua casa da Madalena para garantir os três pontos.


Dia 17

"Conversa da treta" publicada em "O Jogo" na manhã de um sábado que ficou na história.



O Jogo; 17 de Abril; página 10
Depois de na noite anterior ter privado na Madalena com Augusto Duarte, Pinto da Costa e madame Carolina rumam ao estádio do Bessa para verem uma das arbitragens mais idiotas que eu alguma vez presenciei (embora pela televisão). 
O Jogo; 18 de Abril; página 8
O Sporting CP joga no dia anterior ao FC Porto na expectativa de conquistar três pontos e passar para dois a diferença para a liderança, sabendo que a deslocação do adversário a Aveiro não se apresenta pelo que se foi lendo na Imprensa e pelo facto do FCP jogar no domingo a pensar na terça-feira. Nem os sportinguistas mais pessimistas sabiam o que lhes iria ocorrer: O jogo de domingo frente ao SC Beira-Mar estava controlado por Pinto da Costa para o caso da aproximação a dois pontos ao final da noite de sábado e um tresloucado Bruno Paixão no seu jogo!


Record; 18 de Abril; página 13
Depois de ser humilhado pelo árbitro Bruno Paixão que ao "virar" o jogo a favor do Boavista FC facilitou a vida ao FC Porto, o alarve treinador do Sporting CP insurge-se contra o "encarnado"! Ou seja, o árbitro ao prejudicar o Sporting CP não beneficiava o FCP (com o qual o SCP lutava pelo título de campeão nacional) mas o Benfica! Ou seja o árbitro impediu o SCP de ficar a dois pontos da liderança do campeonato, mas o beneficiado foi o Benfica! Parolices do Beato!


Record; 18 de Abril; Primeira página

Pinto da Costa deve ter pensado: Deviam ter-me avisado desta "cena". Se soubesse que os "gatinhos verdes" iam ser entalados tinha poupado uns bons euros pois já não precisava do Augusto Duarte para nada, nem incomodava o reles do António Araújo"!

Dia 18

De manhã o jornal "O Jogo" publica mais um choradinho para consumo entre portistas.



O Jogo; 18 de Abril; página 20
O Jogo; 18 de Abril; página 21
Controlado Augusto Duarte, controlado o jogo, mesmo sem pressão devido à derrota na noite anterior do Sporting CP, José Mourinho fez oito alterações, em relação à Choupana, mantendo três titulares que ficariam fora do jogo para a Liga dos Campeões, 48 horas depois!


O Jogo; 19 de Abril; página 4
O Jogo; 19 de Abril; página 10
Jorge Coroado fez parte dos "peritos" indicados para avaliar o trabalho de Augusto Duarte. A FAUNA no "Futeluso" é do OUTRO MUNDO!

Depois do Dia 18

José Mourinho conseguiu descansar oito futebolistas em Aveiro, por isso sabia que o podia fazer com "segurança" (de certeza que Pinto da Costa lhe deu a entender para agir à vontade), mantendo apenas três - Pedro Emanuel, Pedro Mendes e Maciel - que não utilizaria na Liga dos Campeões, substituídos por Ricardo Carvalho, Maniche (com poucos minutos "nas pernas" após lesões) e Carlos Alberto (levantado o castigo por motivos internos disciplinares). Viva o FC Porto! A sua Estrutura! Abaixo os trouxas nos media que não quiseram saber disto para nada! Interessa é a coscuvilhice!




Tanta vigarice (do FC Porto) e tanto branqueamento (dos media) em tão pouco tempo!

Alberto Miguéns

NOTA FINAL (o que se podia ter feito na UEFA e não se fez): Em vez de direccionar a corrupção no jogo como "pressa do FC Porto em conseguir vencer o campeonato nacional" devia ter sido, porque a realidade foi essa, "comprar um árbitro na competição nacional para tirar proveito na competição da UEFA"! Eu bem avisei que daquele modo não ia dar em nada, mas há sempre idiotas em todo o lado! Menos no Benfica!

4 comentários
comentários
  1. Será que o Porto - Académica deste ano, foi uma repetição do joga contra o Beira-Mar?

    ResponderEliminar
  2. Já estou a partilhar Alberto...

    ResponderEliminar
  3. PALAVRAS PARA QUÊ???

    ISTO E AINDA MUITAS OCTANAS

    ResponderEliminar
  4. Mas sempre foi assim....a única diferença é que nesse ano houve escutas.....foram anos e anos de roubo...e louvo quem nunca deixar cair no esquecimento tais factos...da minha parte nunca o farei....custou muito ser roubado durante tantos anos...faço daqui o meu apelo...há que falar sempre, na cara dos corruptos, tais acontecimentos!!!
    E leiam, por favor, o livro golpe de estádio, a 1ª ou 2ª Edição.....já em 1996 Marinho Neves relatava factos que em 2003 tivemos as provas!!!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail