A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/02/2014

Simão, Cardozo e os Penálties

08/02/2014 + 0 Comentários API
OPINIÃO

O que se vai assistindo - vendo, ouvindo e lendo - depois da grande penalidade mal marcada por Cardozo nos instantes finais do jogo de Barcelos está para lá da normalidade. Roça a esquizofrenia.


Dois Pontos prévios
Primeiro: Desde que faço estatísticas do futebol Benfiquista com acompanhamento pessoal e não por recolha, ou seja, desde 1986/87 que Cardozo é o segundo melhor marcador de grandes penalidades e pontapés da marca de grande penalidade para desempatar jogos ou eliminatórias. Antes de 1986/87 não sei porque "apenas" recolhi informação factual, não podendo por isso fazer médias. Ao contrário de quando faço recolha pessoal em que registo o sucesso mas também o insucesso do Benfica colectivo e individual dentro da equipa.

Segundo:

O pontapé de grande penalidade (podendo haver recarga se a bola vier do guarda-redes) para punir faltas dentro da grande-área penalizadas com livres directos ou o pontapé da marca de grande penalidade (sem recarga) para desempatar jogos ou eliminatórias são lances únicos no futebol. Qualquer golo ou pontapé concretizado equivale a dizer que foi bem marcado. Se não for golo ou pontapé não concretizado quer dizer que foi mal marcado. Não há golos obtidos em grandes penalidades mal marcadas nem falhanços em grandes penalidades bem marcadas. A responsabilidade é sempre do batedor, nunca do guarda-redes. Lima marcou bem! Eu gosto do modo como Cardozo tem marcado depois do duplo falhanço em 2011/12. Foram 13 consecutivas, em duas séries (5 + 8) pois houve uma falhada frente ao FC Spartak Moscovo na "Catedral". Que acontece a todos os que marcam pois há sempre factores imprevisíveis. Em Barcelos foi mal marcada, nada teve a ver com factores imprevisíveis, ainda que a bola tenha sido batida de um monte de lama. Cardozo tem que voltar a saber simular com apoio junto à bola no pé direito e disparo com o esquerdo. Ou fazer a "paradinha" que deu a Simão Sabrosa taxas altíssimas de sucesso. Pena era que os árbitros nesse tempo se recusassem a marcar grandes penalidades. Ainda era pior que na actualidade....

Vigarice do "Record"
Aquilo que o jornal desportivo da Cofina publicou é uma vigarice. Numa questão em que o que conta são valores relativos estabelecer comparações pelos totais de falhanços é manipular os números ao serviço de uma teoria ou estratégia. Cardozo tem mais grandes penalidades falhadas que Gomes. Mas Gomes concretizou quantas? E que percentagem de insucessos tem Gomes? E Cardozo é o que falhou mais? E em todos os campeonatos? Em todas as 80 edições da competição? E desde 1934/35? Mas alguém que viva em Portugal e conheça o Record acredita que o jornal tem essa informação? E que é fidedigna? Eu não acredito! O Record que publique a lista dos dez melhores (com concretizados e falhados) marcadores de grandes penalidades desde 1934/35! Tretas! 

Record; 4 de Fevereiro de 2014; pág. 3
Simão
Assim sendo - desde que faço a recolha de informação pessoal - Simão é o melhor (tem a menor percentagem de insucesso), a marcar grandes penalidades, pontapés da marca de grande penalidade ou pontapés-livres directos. Nos dois primeiros itens (marcar grandes penalidades e pontapés da marca de grande penalidade) sabia simular com a chamada "paradinha" que fazia com mestria ainda melhor que a "paradinha" de Nené. Um perito. Em 39 pontapés da marca dos onze metros, 35 com sucesso e 4 sem sucesso, ou seja dez por cento, um falhanço em cada dez tentativas. Do outro mundo!



É cada vez mais difícil ter sucesso da marca dos onze metros
Quando se comparam os "penáltis" actuais com os "antigos" percebem-se duas evidências.
Primeira. Se há posição numa equipa de futebol que tem evoluído é a de guarda-redes. São muito melhores na actualidade que antigamente: mais técnica, elasticidade, experiência, percepção do risco e capacidade de decisão. Antes só eram mais corajosos. Mas eram mais audazes porque não tinham a gama de recursos dos guarda-redes da actualidade. Eu faço estas considerações na generalidade. Depois há e sempre houve os fora-de-série que, por o serem, não são comparáveis.
Segunda: Actualmente os guarda-redes dos grandes clubes recebem, antes de um jogo um DVD com imagens dos batedores de "penálties" da equipa adversária para verem e estudarem o modo como marcam e falham. Quanto mais pontapés dos onze metros fizerem maior é a probabilidade dos guarda-redes terem sucesso. Eu não sou treinador de guarda-redes (que gravam essas imagens) e tenho imagens de todas as grandes penalidades e pontapés da marca desde 2003! É fácil! Facílimo!


Cardozo
O nosso goleador é um extraordinário marcador de grandes penalidades e batedor da marca de "penálti". Impressiona o modo como conseguiu com o "Manto Sagrado" concretizar as primeiras doze consecutivas. Nem Eusébio! Depois os guarda-redes foram-se apercebendo que batia em força, geralmente para o lado esquerdo da baliza - por marcar com o pé esquerdo - e nem sempre junto ao poste e foram arriscando e petiscando. Cardozo foi inteligente quando alterou a forma de marcar, primeiro a meia-altura para o meio da baliza e depois com uma ligeira simulação deixando o guarda-redes desequilibrar-se e atirando pela certa, mais em jeito que em força.
Actualmente, em 57 tentativas, tem 45 marcados e 12 falhadas, ou seja 21 por cento, uma falhada a cada cinco tentativas. Não é famoso, muito por"culpa" das temporadas de 2010/11 e 2011/12. Demorou tempo a "reinventar-se" mas depois tem tido bons resultados com uma série de 5 + 8, apenas falhando frente ao Spartak de Moscovo, mas se há grande penalidade falhada próximo de ser bem marcada é essa. Cardozo atirou a meia-altura para o centro da baliza e o guarda-redes conseguiu com a ponta dos dedos fazer com que a bola não entrasse batendo na barra. "Sorte do caraças"!


CRONOLOGIA DAS GRANDES PENALIDADES
Rgp - Resultado aquando da falta que deu origem
à grande penalidade;   RF - Resultado final
Com
Adversário
St.
Rgp
GP
RF
2007/2008
CN
CD Nacional
F
2-0
76'   (3-0)
V 3-0
CN
CS Marítimo
C
0-1
17'    (1-1)
V 2-1
CN
CF Estrela Amadora
C
1-0
70'   (2-0)
V 3-0
TP
FC Paços Ferreira
C
0-1
41'    (1-1)
V 4-1
TP
FC Paços Ferreira
C
1-1
51'   (2-1)
V 4-1
2008/2009
Tor
Vitória SC Guimarães
F
0-0
12'   (1-0)
V 2-1
CN
FC Paços Ferreira
F
2-1
44'   (3-1)
V 4-3
CN
As. Académica Coimbra
F
1-0
47'   (2-0)
V 2-0
TP
Leixões SC
F
0-0
Pmgp
D 4-5
TL
Sporting CP
F
1-1
Pmgp
V 3-2
CN
CF Estrela Amadora
F
0-0
05'   (1-0)
V 2-1
CN
CF Estrela Amadora
F
1-0
16'   (2-0)
V 2-1
2009/2010
Tor
SC Olhanense
N
0-0
28'
V 2-1
Tor
Sunderland AFC
N
0-0
32'   (1-0)
V 2-0
CN
CS Marítimo
C
0-0
12'
E 1-1
LE
Vorskla Poltava
C
1-0
49'   (2-0)
V 4-0
CN
Vitória SC Guimarães
F
0-0
61'
V 1-0
CN
Vitória FC Setúbal
C
2-0
28'   (3-0)
V 8-1
CN
UD Leiria
F
1-1
78'    (2-1)
V 2-1
CN
Leixões SC
C
1-0
55'    (2-0)
V 5-0
CN
CD Nacional
C
2-1
49'    (3-1)
V 6-1
CN
CD Nacional
C
5-1
90'    (6-1)
V 6-1
CN
CS Marítimo
C
2-0
45'    (3-0)
V 5-0
CN
Vitória FC Setúbal
F
1-1
90'
E 1-1
CN
CD Nacional
F
0-0
62'
V 1-0
LE
Liverpool FC
C
0-1
58'    (1-1)
V 2-1
LE
Liverpool FC
C
1-1
79'    (2-1)
V 2-1
CN
SC Olhanense
C
0-0
03'    (1-0)
V 5-0
2010/2011
CN
SC Beira-Mar
F
0-0
45'    (1-0)
V 3-1
TP
Rio Ave FC
F
0-0
38'
V 2-0
TP
Rio Ave FC
F
0-0
43'    (1-0)
V 2-0
CN
Vitória SC Guimarães
C
2-0
76'
V 3-0
TL
Sporting CP
C
0-1
33'
V 2-1
CN
FC Paços Ferreira
F
0-0
05'    (1-0)
V 5-1
LE
PSV Eindhoven
F
1-2
62'   (2-2)
E 2-2
TP
FC Porto
C
0-3
80'   (1-3)
D 1-3
2011/2012
CN
Vitória SC Guimarães
C
0-0
33'    (1-0)
V 2-1
CN
Vitória SC Guimarães
C
1-0
38'
V 2-1
CN
Vitória SC Guimarães
C
1-0
45'   (2-0)
V 2-1
CN
Rio Ave FC
C
0-1
34'    (1-1)
V 5-1
CN
CD Feirense
F
1-1
73'   (2-1)
V 2-1
CN
CD Nacional
C
4-1
81'
V 4-1
CN
Rio Ave FC
F
1-1
39'   (2-1)
E 2-2
2012/2013
Par
Olímpico Marselha
N
0-0
37'   (1-0)
V 2-0
CN
SC Braga
C
1-2
72'   (2-2)
E 2-2
CN
As. Académica Coimbra
F
0-1
50'    (1-1)
E 2-2
CN
Vitória SC Guimarães
C
1-0
48'   (2-0)
V 3-0
LC
Spartak Moscovo
C
0-0
46'
V 2-0
CN
SC Olhanense
C
0-0
26'    (1-0)
V 2-0
CN
Sporting CP
F
1-1
80'   (2-1)
V 3-1
CN
CS Marítimo
C
1-1
66'   (2-1)
V 4-1
TL
Moreirense FC
F
0-1
90'    (1-1)
E 1-1
CN
SC Beira-Mar
F
0-0
15'    (1-0)
V 1-0
CN
Vitória SC Guimarães
F
0-0
37'    (1-0)
V 4-0
LE
Newcastle FC
C
2-1
71'   (3-1)
V 3-1
LE
Chelsea FC
F
0-1
67'   (1-1)
D 1-2
2013/2014
CN
Gil Vicente FC
C
1-1
90'
E 1-1

Cardozo e as grandes penalidades
É tal a quantidade de grandes penalidades ou pontapés da marca de grande penalidade marcadas por Cardozo que já deu para tudo. Até no Newell's Old Boys da Argentina antes de rumar, em boa hora, ao "Glorioso". Por isso não se atemoriza. Se assim fosse, entre tantos outros, em 2010/11 frente ao Rio Ave FC depois de falhar aos 38' não voltava a tentar cinco minutos depois, aos 43', ainda com 0-0 no marcador. Se tivesse receio de falhar, não marcava em 2012/13 na 1.ª jornada da Taça da Liga, aos 90' + 2', frente ao Moreirense FC, com 0-1, um golo que foi decisivo para o "Glorioso" continuar a depender de si, e não dos resultados do adversário, para o apuramento rumo às meias-finais. O resto é conversa!




Lima
Não gosto de fazer comparações entre futebolistas do "Glorioso" pois todos eles têm características diferentes e por isso complementam-se Uma equipa com onze Bentos ou onze Eusébios (tirando a que derrotou, por 2-0, há pouco tempo, o FC Porto) não ganham jogos. Muito menos competições. Mas Lima apesar de ter "apenas" onze grandes penalidades tentadas, com nove concretizadas e duas sem sucesso é um bom marcador. Curiosamente falhou as duas primeiras que tentou em cada uma das temporadas que veste o "Manto Sagrado". Tem 18 por cento de insucesso, ou seja marca uma a cada cinco. Semelhante a Cardozo, mas sem a quantidade de tentativas do goleador paraguaio. Recorde-se que Cardozo falhou a primeira vez na 13.ª tentativa. Lima ainda não chegou à 13.ª (faltam duas) e falhou duas!




Cardozo não tens que ter receio.

Cardozo eles são aldrabões. Não ligues.

Cardozo! Faz como sabes. Lá dentro!


Contra factos não há argumentos

Alberto Miguéns 

NOTA1: Falta UM DIA PARA O 416.º

Composição por Gualter Fatia. Os meus agradecimentos

NOTA2: O patinho hipócrita

 
Nunca fala de árbitros!? Pois não! Depois dos jogos quando convém. Antes deles, também, quando lhe convém. Fala deles antes do Dérbie para condicionar o conterrâneo madeirense no domingo. O "Futeluso" na sua plenitude.




NOTA3: Próximos textos (previsão)

Pela meia-noite de 8 para 9 de Fevereiro: Eles vêm aí!;

Pela meia-noite de 9 para 10 de Fevereiro: O campeonato nacional na 18.ª jornada
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail