A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

12/04/2011

A Equipa das Barracas da Praia de Caxinas

12/04/2011 + 2 Comentários
OPINIÃO
             


"A Praia de Caxinas antes do Apagão*"
* Depois de retirarem os toldos para fazerem as camisolas da campanha SAM, os paus das barracas de praia ficaram de fora!
 
Logo após terminar na “Catedral”, o encontro referente à 25.ª jornada do Campeonato Nacional, entre a equipa de honra do futebol “Glorioso” e a equipa do clube que se assumiu corrupto, também conhecido por FCP (com Fruta, Café e Putas), começou a nova campanha de promoção da época balnear.

Antecipação da época balnear para 2011
Com o país mergulhado numa crise de valores, morais e monetários, o portista ministro, com “pasta”, das (Des)Finanças e Turismo, Teixeira Enterra Todos-os-Santos, não teve alternativa ao PEC – Plano de Empobrecimento Controlado - instituindo uma nova campanha de reforço financeiro de Portugal. Como a República Portuguesa já não tem nada para oferecer, nem produzir, resta o que “Deus Nos Deu”, o SAM (Sol, Areia e Mar). Para atrair turistas, antecipou a época balnear, utilizando os equipamentos da equipa campeã do seu estimado, mas corrupto-clube, FCP (o tal que acaba em utas!).

Equipamentos roubados na praia de Caxinas
Sabendo que as camisolas desse clube da “fruta p’ra dormir” são feitas com os toldos das barracas das praias da Póvoa de Varzim a Vila do Conde, com passagem por Caxinas, teve a “brilhante ideia” de utilizar na campanha os portistas que Pinto da Costa foi infiltrando, desde há mais de 20 anos, na Comunicação Social Portuguesa (CSP). O tal clube do “café com leite ao deitar” tem funcionado como uma espécie de “maçodragonaria” enfiando, pela sucapa, “piolhosos” em todo o lado. Já conhecíamos, bem, muito bem, os da Imprensa Escrita. Carlos Pereira SóAres em “A Borla”, Eugénio Queijarós no “Recorda”, toda a corja de “O Nojo” e Chuva de Prata em “Publico ou não publico”, e muitos, uma chusma de gente incompetente, avençada e aborregada. Sem habilitações, foram metidos “à força toda” pelo clube das UTAS nos media, para defenderem as posições e os jogos de interesses portistas.

Festival de toldos nas televisões
A semana iniciou-se, na segunda-feira, com a distribuição, concertada, de toldos roubados na Praia de Caxinas nos programas de televisão de “debate do futebol”, por representantes do tal clube das UTAS. Na SIC-N (Somos Incapazes Crónicos no Norte) no “Dia Seguinte”, o político mais medíocre do século XXI mais semelhante ao político mais caricaturado por Eça de Queirós no século XIX, o Conde de Abranhos, autêntico progenitor político de José Guilherme Aguiar, o mais labrego vereador a falar de futebol. Do tipo: “Estás a ver não estás. É preto, muito escuro. Ah! É Branco. Muito claro. Sim, eu sempre disse que é branco. Ficou claro?!” Foi a ele que coube a nobre tarefa de levar o toldo para Carnasic. Há mesma hora, na TVI24 (Televisão Verdadeiramente Invisível 24 horas) no “Prolongamento” outro toldo transportado pelo Manel Tira linhas Borrão, como era conhecido no Liceu do Porto, ou Maradona da VCI, por tirar linhas em pó. Lá foi ele com mais um toldo roubado pelo clube das UTAS. Na terça-feira, na RTP-N (Restos Tão Podres do Norte) foi o inefável Miguel Guedes, o gritalista do grupelho de “Panque" Rural "Não Vejo Um Boi à Minha Frente” a ridicularizar-se com o toldo.

Mas não se ficaram por aí
Na semana seguinte, para nós anterior à actual, até nos programas de política surgiram os toldos da Praia de Caxinas. Começou no “Directo ao Assunto” da RTP-N, com o portista “Andrade Lá Vou Eu Barriga de Cortiça Amorim” a levar o toldo. São tão alabregados estes andrades que, tendo as “costas quentes” discorrem acerca de tudo e todos, nestes programas. Falam de tudo sem saberem de nada. Sabem como apanhar, à mão, baleias azuis no Mar Branco. Porque têm os tentilhões da Ilha da Páscoa bicos curvos para a direita (pobre Darwin ao pé deles!) Como fazer escafandros à prova de som, para vasculhar a Fossa das Malvinas. Sabem quem é o melhor, entre Leonardo da Vinci e Albert Einstein. Quando saiu de cena o toldo na RTP-Norte, entrou outro no "Eixo do Mal" da SIC-Norte, com Andrade Pedra Polmes Queques Lopes (também bem cheinho como o outro da RTP-N) a gozar à tripa-forra com o “Glorioso”. O “lobby" tripeiro da “maçodragonaria” continuou na TVI24 no “Combate de Blogs” com mais um labrego Andrade Sem Grado a entregar um toldo.



Onde acabaram os toldos roubados das Barracas da Praia de Caxinas! Nas televisões tugas! Transportados por Andróides Feios, Porcos e Maus
Que clube apalhaçado, quero dizer, abarracado. Também com aqueles equipamentos feitos a partir dos toldos da Praia de Caxinas.

Alberto Miguéns
2 comentários
comentários

Em Defesa do Benfica no seu E-mail