Gloriosas Eleições 2020/2024
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o SL Benfica e a sua Gloriosa História. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/07/2020

Gloriosas Eleições 2020/2024

08/07/2020 + 12 Comentários
COM O QUE "PINGOU" PARA A IMPRENSA HOJE CONFIRMOU-SE AQUILO QUE JÁ SE SABIA ACERCA DAS ELEIÇÕES.


O presidente da Direcção em exercício vai-se recandidatar. O contrário seria a negação da essência do que têm sido os seus mandatos. A "rábula da família" exibida no Funchal só confirmava esta intenção.

Utilizou-se a notícia do jornal «O JOGO» por me parecer - agora que os recebo todos e mais alguns de borla em PDF's - sempre o mais informado acerca de assuntos internos do Clube

Há vários candidatos a candidatos
Mas não acredito que existam mais que três listas (A, B e C), talvez apenas duas (A e B). As condições impostas pela revisão estatutária de 2010 limitam muito a capacidade de organizar listas com um mínimo de capacidade para dirigir um Clube que não é apenas o maior de Portugal. É um dos maiores do Mundo. Em 20 dirigentes, três (os presidentes dos três Órgãos Sociais) têm que ter 25 anos de sócios efectivos (o ininterrupto é um apêndice sem valor) ou seja, no mínimo 43 anos de idade tendo que ter feito a inscrição no Clube, pelo menos, aos 18 anos. Qualquer ano biológico a mais "empurra" a idade mínima para ser presidente de um dos três Órgãos. Por exemplo, entrando para sócio efectivo, aos 28 anos, só aos 53 anos de idade. Os restantes 17 têm que ter dez anos de sócio efectivo, ou seja, no mínimo 28 anos de idade. E além destas questões mais numéricas têm que ser nomes com Benfiquismo acima de qualquer suspeita. Eu falo por mim para poder escolher.

Os candidatos a defrontarem o actual presidente
Deveriam apresentar os nomes (pelo menos as três presidências) e as "linhas gerais" do que se propõem fazer - num programa com 15/20 medidas - após a final da Taça de Portugal, a disputar em 1 de Agosto. Há candidatos a candidatos - sempre os designei assim desde a existência deste blogue, pois só depois de cumpridas as formalidades e aceites pela Mesa da Assembleia Geral serão candidaturas validadas - que vão apresentando (Rui Gomes da Silva e Bruno Costa Carvalho) e bem ideias, que terão de ser sistematizadas. E depois os nomes. Fundamental. Mas só faz sentido depois de 1 de Agosto. 

O único candidato que o é de facto, pois já é presidente
Luís Filipe Vieira está no Benfica desde Maio de 2001, como responsável pelo futebol na SAD (presidência de Manuel Vilarinho) e na presidência da Direcção, desde a tomada de posse, em 3 de Novembro de 2003. Tinha 54 anos e quatro meses. Tem 71 anos e um mês. Se contarmos 2001 (quando passou a ser o principal responsável pela principal actividade do «Glorioso», o Futebol) são 19 anos. Ainda é cedo para colocar em confronto ele e os outros candidatos (pois estes têm de o ser de facto) mas como todos os seres humanos tem virtudes e tem defeitos. A maior virtude é ser corajoso, apesar de não o ter sido em 2000 quando tinha de enfrentar Vale Azevedo e recuou com medo do debate televisivo que sabia ter que existir. O maior defeito é não ser coerente (e tem pago isso com poucas conquistas internas - campeonatos nacionais e Taças de Portugal - além da ausência com presença condigna entre os clubes pares do Benfica na Liga dos Campeões) - ao contrário dos grandes presidentes do Benfica - e por isso não tem rumo. É mais difícil estar entre os grandes da Europa? Sempre foi, para clubes portugueses, como a história comprova. Os dirigentes do «Glorioso» sabiam era alavancar o Clube através do Benfiquismo tornando-o "europeu". Esta estorieta com o treinador Jorge Jesus - que como todos nós também tem virtudes e defeitos - revela na perfeição a sua longa gerência no «Glorioso».

Revisão Estatutária
É fundamental para "devolver" o clube que já foi dos associados. Terá de ser revisto de "alto a baixo" pois adaptou-se à incoerência dos Órgãos Sociais existentes. Há muitos artigos a rever, como a desproporção de votos, exigência de condições de elegibilidade e consequências para desaprovação de «Orçamentos» e «Relatórios e Contas», por exemplo. Além da limitação de mandatos enquanto o Futebol do Clube estiver administrado por uma SAD ou congénere. A propósito de eleições também. Tem de voltar o artigo que inibia dirigentes que fossem afastados ou que se afastassem - para deixar de haver quorum - durante o exercício (mandato) de se poderem candidatar durante os dois mandatos seguintes. Exactamente para evitar "golpadas" de antecipar eleições com o intuito de prejudicar outros associados que desejem candidatar-se. Isso é vigarice Benfiquista (que anos-a-fio, nunca coabitaram, a vigarice e o Benfiquismo). O Benfica sempre foi Democrático (e não Autocrático) e valorizou as Eleições (em vez de as temer). 

Só tomarei posição (como o faço desde 1981... embora durante décadas só entre amigos)
Quando forem conhecidos mais detalhes, ou seja, aquilo que considero minimamente exigível a quem pretende dirigir um dos «Clubes Míticos" do Mundo.

Ainda não se realizaram as de 30 de Outubro e já sei as próximas
Mantendo-se inalterado o artigo 55.º (alínea a) do ponto 2.) dos Estatutos e a tradição" das sextas-feiras: em 2024 (25 de Outubro), em 2028 (27 de Outubro) e em 2032 (29 de Outubro).


Vamos, Benfica! As ininterruptas eleições são uma das tuas maiores virtudes!

Alberto Miguéns

  1. Retrato fiel do muitos afazeres sobre a revisao dos estututos.
    Se tem que haver um certo numero de anos para a candidatura (43) tambem terá que haver uma linha vermelha para a saida.
    Estou convicto que depois da Taça de Portugal, as coisas vao mexer.

    Adenda,
    Não, não e não à vinda de Jesus!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma estátua a D.Filipe pelo que fez AO nosso glorioso,um Club falido naquilo que é hoje.
      Cuidado com os aventureiros.Gomes da Silva deve mostrar o que vale,candidatando-se ao Benfica e Castelo Branco...

      Eliminar
  2. A terceira alternativa começou hoje a apresentar-se. Para já, ainda sem nomes e apenas com um texto de apresentação e e ideias base para o Benfica. O movimento chama-se Servir o Benfica e está bastante presente no Facebook.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, vamos ver o que isso vai dar, porque o que estou à ver é um Vieira bis que vai tomar o poder do clube. Se isso acontece sera 4 anos de pecedelo

      Eliminar
  3. "Esta estorieta com o treinador Jorge Jesus - que como todos nós também tem virtudes e defeitos - revela na perfeição a sua longa gerência no «Glorioso»."

    Já que não partilha (que é um direito que lhe assiste) quem para si deve dirigir o Glorioso, posso pedir-lhe, se possível a sua opinião sobre este possível regresso de JJ ao Benfica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista Sérgio

      De certeza que vou dizer quem e o porquê de votar em determinada lista. Quanto a Jorge Jesus vindo ele para o Benfica - e acredito que vem - irei fazer um texto acerca dele quando for anunciado como treinador. Enquanto forem suposições, como aquela estapafúrdia do Paulo Sousa, não vou ocupar tempo com isso.

      Gloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Para mim, para se ser Presidente do Glorioso, há que cumprir vários pressupostos:

    -ser Benfiquista (e não me refiro a ser sócio do Benfica, senão Domingos Soares de Oliveira seria Benfiquista.
    -ser idóneo
    -nunca ter sido sócio do FCPorto durante anos a fio.
    -ser auto-suficiente quanto à comunicação, evitando por exemplo "declamar" numa Gala do Benfica o lema do Sporting.
    nunca ter sido sócio do Sporting, a não ser que as dores nas costas fossem insuportáveis e só existissem piscinas em Alvalade (no meu caso, preferia ter dores nas costas). Embora haja um precedente histórico, pois já houve anteriormente um nosso Presidente que se fez sócio do SCP, mas por motivos "diplomáticos", digamos assim
    -nunca ter-se referido ao Benfica como "esse clube de merda".
    -nunca ter aplaudido uma vitória de um clube que não representasse, frente ao Benfica.
    -não ter vários conflitos de interesse com accionistas de referencia da SAD do Benfica
    -não ter cadastro por furto ou roubo.
    -não ser arguido de vários processos
    -não ter apresentado à insolvência empresas das quais era sócio
    -não ter dividas fiscais ou em execução, ou em administração de insolvencia, em nome pessoal ou em nome de empresas das quais é sócio ou accionista

    e por ultimo, não ser presidente da SAD do Clube sem auferir remunerações.

    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
  5. Sou de Barcelos,em Outubro irei de propósito a Lisboa votar nas eleições do GLORIOSO!!!
    Ainda não sei em quem vou votar,só sei que não será na lista encabeçada por Luis Filipe Vieira!!!!
    SAUDAÇÕES GLORIOSAS!!!!

    ResponderEliminar
  6. Concordo totalmente com o post. Espero que surja um nome que agregue porque já temos os que dividem, a começar pelo atual presidente. O Benfica pode lutar na Europa e ser hegemónico em Portugal se for como o seu lema "E Pluribus Unum". Para além dos nomes é essencial um programa que restaure a democracia e o associativismo no Benfica via novos estatutos e que isso sirva para uma gestão mais moderna que não veja os benfiquistas como clientes, mas como "stakeholders".

    Espero que quem, como o Alberto Miguéns, tenha passado benfiquista e imagem pública de prestigio possa contribuir para o debate e para a mudança de paradigma, o que passará necessariamente pela mudança de presidente. As eleições ininterruptas são um património benfiquista, mas as eleições controladas que perpetuam um poder incompetente e mafioso são um património que dispensamos e que mancharão o futuro do Benfica.

    O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.
    Martin Luther King


    Alberto João



    ResponderEliminar
  7. Caro Alberto, sabe-me dizer há quanto tempo são as eleições no mês de outubro? É que a mim não faz sentido serem nessa altura. Com a época desportiva a começar em agosto, quem é eleito pouco ou nada poderá intervir nessa época e "gasta-se" assim um ano do mandato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Benfiquista

      Desde 31 de Outubro de 1997 (Vale Azevedo/Luís Tadeu/Abílio Rodrigues) com base na Revisão dos Estatutos em 1996 (sob a presidência de Manuel Damásio), teriam de realizar-se entre 24 e 31 de Outubro. A revisão de 2010 manteve as datas.

      Gloriosas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  8. Respondendo ao Benfica sempre (ou Vieira sempre que é a mesma coisa) sempre lhe digo que, o que "vomecê" quer é "cumbersa" mas não estou para aí virado, tenho muito mais que fazer.

    Já gora pergunto; Qual D. Filipe?
    É que estivemos na nossa gloriosa história de Portugal, 60 longos anos sob o jugo Espanhol. Sob o jugo do Vieira já vamos em 20...

    E de qual este Benfiquista Sempre (ou Vieira sempre) gosta mais?

    Do Filipe I que era o segundo de Espanha?
    Do Filipe II que era o terceiro de Espanha?
    Ou do Filipe III que era o quarto de Espanha?

    Já sei. Para este Benfica Sempre (ou Vieira sempre) de quem gosta é da Duquesa de Mântua e do Miguel de Vasconcelos.

    Para mim, o verdadeiro Filipe foi D. João IV, ou melhor, Dª. Luísa de Gusmão mulher deste e Espanhola de nascimento,( Sanlucar de Barrameda é lindo. Já lá estive) que limpou o marido de todas as dúvidas, com aquela historieta de "Mais vale Rainha 1 hora que Duquesa toda a vida" ...mulher com eles no sítio!!!

    Por último, já que estamos num blogue cujo dono é o MAIOR HISTORIADOR DA GLORIOSA HISTÓRIA DO GLORIOSO, porque não os Benfiquistas que aqui vêm " com conversas da treta" saberem um pouco mais do nosso Glorioso e da sua História?

    Sabe porque é que digo isto?

    O xôr fala em Benfica de Castelo Branco que é a nossa filial nr. 7 desde 24 de Março de 1924.

    Porque não o Sport Faro e Benfica que é a nossa filial nr. 1 desde 28 de Agosto de 1917 ?

    Já que estou com a mão na massa, sempre lhe direi que a nr. 2 é o Sport Abrantes e Benfica e a nr. 3 o SPORT VISEU E BENFICA

    E porque é que eu falo na nr. 3 que é o Benfica da minha terra?

    Porque o Augusto e saudoso Pai de RGS esteve como notário em Viseu durante 4 anos e teve tempo para ser PRESIDENTE do Sport Viseu e Benfica, durante 2 anos, enquanto o seu filho fazia também em Viseu a instrução Primária com o Professor Agnelo que é uma referência da cidade de Viriato!!!

    Passe bem...

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue

Apoio de: