A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/06/2017

Conversa de Marretas

08/06/2017 + 2 Comentários API
EM DEZ MINUTOS SÃO ALDRABICES ATRÁS DE ALDRABICES. MAIS QUE O NÚMERO DE MINUTOS. OLHEM SE FOSSEM DEZ HORAS A FALAR DA "GLORIOSA HISTÓRIA"?


A equipa do jornal "A Bola" reduziu-se de Ribeiro dos Reis, Cândido de Oliveira, Vítor Santos, Carlos Pinhão ou Alfredo Farinha a uma caricatura de personagens vaidosos, arrogantes e moços de recados.


AOS 31 MINUTOS COMEÇA O "FESTIVAL DA DESINFORMAÇÃO, MENTIRA E CONFUSÃO".

Começa logo a inventar que o "Glorioso" nasceu em 1908 (32:47). Mas até o tão falado Luís Carlos de Faria Leal, entrevistado em 1954, afirma que o Benfica foi fundado há 50 anos. como se prova e comprova. Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.



Luís Carlos Faria Leal presidente honorário do Clube (34:30) em 1933
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? Como se prova e comprova no obituário não há qualquer referência a um facto de tão grande importância simplesmente porque nunca existiu. O "Glorioso" em 113 anos-e-meio de existência só teve um Presidente Honorário. Foi o dr. João Carlos de Mascarenhas e Melo, eleito com tão elevada distinção, na assembleia geral do SLB, realizada em 6 de Setembro de 1931. Para «Honrar Um Ás Que Nos Honrou o Passado» pois o distinto médico foi presidente da Mesa da Assembleia Geral do Clube, entre 3 de Julho de 1908 (tomada de posse) e 6 de Setembro de 1931, data da tomada de posse de Cosme Damião - o seu sucessor - como presidente da Mesa da Assembleia Geral). Mais de 23 anos. Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.


Quando conversei com o inesquecível Joaquim Macarrão acerca do que se entendia por "criador do nosso emblema", Macarrão respondeu que o major Faria Leal lhe tinha dito que foi dele a ideia de juntar, sobrepondo os emblemas dos dois clubes (Sport Lisboa sobre o do Sport Benfica) pois não fazia sentido criar um novo visto não se tratar de uma fusão mas de uma junção

Como presidente honorário dá a primeira "cavadela" (34:35) para lançamento do Estádio da Luz
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? Devia era "cavar" daqui para longe! Em todas as reportagens da época acerca do acontecimento coube ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (António Ribeiro dos Reis) e da Direcção (Joaquim Ferreira Bogalho) fazer a inauguração simbólica das obras em 14 de Junho de 1953. Como se prova e comprova na imagem (em baixo). Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.

História do Sport Lisboa e Benfica 1904 - 1954; Volume I; página 541 (excerto); Mário de Oliveira e Rebelo da Silva; 1955; Lisboa; edição dos autores

Quem era o presidente do Benfica (34:46) quando ele faz isso
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? As primeiras "cavadelas" foram em 14 de Junho de 1953. JOAQUIM FERREIRA BOGALHO foi presidente da Direcção do SLB, entre 7 de Abril de 1952 (tomada de posse sucedendo a Mário Madeira) e 16 de Abril de 1957 (tomada de posse do seu sucessor, Maurício Vieira de Brito)Como se prova e comprova na imagem (em cima). Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.

Félix Bermudes braço direito do Norton de Matos (35:10) na candidatura presidencial contra o Carmona
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? Só em sonhos. Como prova e comprova na "ficha na PIDE". Aliás já escrevi acerca deste assunto e do próximo, o «Hino» em "O Benfica Não Precisa de Ser o Que Não É", a 4 de Julho de 2017 (clicar). Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.



O Hino chamava-se "Avante Pelo Benfica" (35:18)
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? O Hino chamava-se (e chama-se) "Hino do Sport Lisboa e Benfica". Só! E chega! Tem é no início do refrão numa estrofe com o texto «Avante, avante p'lo Benfica». O «Hino» chamava-se (e chama-se) simplesmente...«Hino». O «Hino» nunca foi proibido, muito menos em 1943 (deve ter inventado a data naquele momento!). O Benfica foi «aconselhado» a evitar exibir publicamente o "Hino" criado em 1929, depois da publicação, a partir de 15 de Fevereiro de 1931,  do jornal "Avante", órgão do Partido Comunista Português.  Aliás se o «Hino» fosse proibido não era possível o «Orfeão do Benfica» ter feito uma gravação em vinil e ter editado no mercado dos discos para venda ao público, o «Hino». Se estava proibido desde 1943 como foi possível tal acto de insubordinação, do «Orfeão» e da editora, nos anos 60! Aliás houve pelo menos duas edições. Uma no final dos anos 50 e outra em meados dos anos 60. Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.





O presidente da Taça Latina ou que lança a vitória na Taça Latina (35:35) Tamagnini Barbosa
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? Como é que um presidente que faleceu em 15 de Dezembro de 1948 (1948/49) pode estar relacionado com a Taça Latina, conquistada em 18 de Junho de 1950, no final da temporada de 1949/50!? Como se prova e comprova na imagem. Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.



Borges Coutinho esteve como piloto-aviador (36:40) voluntário a lutar na Segunda Guerra Mundial contra os nazis
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? Olhem para esta "pérola". querem ver que é o Major Alvega! António Simões que deixe de ser inventor de pequenas pós-biografias. A família certamente agradecerá. Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece. NOTA: Já agora António Simões. Matou muitos nazis? Ou só metia fuel nos Spitfires? Ou só os via voar qual fera atrás dos nazis?



Ou afinal tinha mesmo um Spitfire? Igual a este. Ou semelhante!



O banqueiro Afonso Pinto de Magalhães não era ligado ao Regime (37:26)
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? É que até Belmiro de Azevedo já falou disso. Ficou com a Sonae que estava ligada ao BPM porque após o 25 de Abril de 1974 o banqueiro fugiu para o Brasil. Para quem "tinha ficha na PIDE"! Como não é "Glorioso Assunto" não perco tempo com isso. Não provo nem comprovo. Mexam-se pela "rede global". E em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.

Cesário Bonito é o presidente do FC Porto mais avesso ao Regime (51:02)
Onde é que esta "ave rara" foi buscar isto? Urgel Mota? Eu conhecia era um Urgel Horta, figura sinistra do Regime, como muitos presidentes do FCP, entre eles Ângelo César e Cesário Bonito, entre meia-dúzia de outros! Essas eleições, em 6 de Fevereiro de 1955, até foram disputadas entre os "velhos" (linha Cesário Bonito, Urgel Horta e Ângelo César) e os "novos" (Abel Portal e Aires de Sá). Como não é "Glorioso Assunto" não perco tempo com isso. Não provo nem comprovo. Mas podem ler a notícia no jornal "Diário de Lisboa", em 7 de Fevereiro de 1955, nas páginas 17 e 18 (clicar) (clicar). António Simões é um inventor (relatando existências do que nunca aconteceu) de factos jornalísticos, como Ricardo Serrado em relação aos historiadores (fazendo existir o que nunca aconteceu). Em "A Bola TV" voltem para a Escola. Ou falem do que conhecem e não do que pensam que conhecem e mais ninguém conhece.

Quem erra tanto (e sistematicamente) revela desleixo e pesporrência. Por isso não tem credibilidade para dizer que o Benfica não é o Clube do Estado Novo nem o seu contrário. Que volte para a Escola e depois apareça a dizer verdades.

Alberto Miguéns

NOTA 1: Nunca vi o Benfica - com os dirigentes actuais - deixar espezinhar a sua história constantemente e ainda premiar "A Bola" com notícias em "primeira mão" para os "moços de recados" ajudando a promover o Jornal e até produzirem execráveis "Livros Oficiais";

NOTA2: Estes «trouxas» fizeram-me perder três ou quatro preciosas horas do meu escasso tempo que podiam ter sido aproveitadas para desvendar, estudar ou publicitar "Gloriosos Assuntos" muito mais interessantes;



NOTA3: O vídeo que serviu de base para o texto de hoje foi-me enviado por um leitor, pois eu recuso-me a perder tempo com gente medíocre, por isso não vejo «A Bola TV». Se ele - leitor - se quiser identificar publicamente que o faça, comentando.
2 comentários
comentários
  1. Eles andem ai...muito raivosos, invejosos e ciumentos!!!

    ResponderEliminar
  2. Até onde se pode ir com a falta de rigor e passar pelas gotas da chuva? Um insulto aos Benfiquistas ou um monumento à ignorância? Excelente artigo, desmontando em tópicos e com factos tanta falta de rigor e de qualidade.

    E depois são pagos para fazer este serviço à trapalhice ou à trafulhice histórica...
    Profissionais, pagos para investigar, escrever e falar sobre assuntos sérios e mais importante.e sobre figuras e factos que merecem o mais profundo respeito e carinho por parte dos Benfiquistas. Do sr. de azul já se espera pois é da cor que é; agora o sr. jornalista deveria lembrar-se mais doutros tempos, doutras figuras que o antecederam e tanto prestigiaram o jornal onde ele trabalha.

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail