A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

19/08/2016

Sob o Signo das Primeiras Vezes

19/08/2016 + 2 Comentários API
O TEXTO DE HOJE TEM HISTÓRIA MAS É O BENFIQUISMO QUE ESTÁ NA SUA ORIGEM.



Não do assunto, mas do porquê de fazer neste momento o texto que se segue.

E tal deve-se a um Benfiquista. Mário Pais.
Conheço-o há muitos anos ao cruzarmo-nos na Hemeroteca Municipal (ainda no tempo dela no velhinho Bairro Alto) e na Biblioteca Nacional. Mário Pais anda há anos, diariamente, a fazer uma História fabulosa, minuciosa e rigorosíssima (por isso há anos e diariamente) dos jogos internacionais do Benfica. Do Glorioso Futebol. Melhor, dos jogos internacionais de futebol relacionados com o Benfica. Pois engloba também a participação em Mistos que defrontavam equipas de clubes estrangeiros e dos jogos entre clubes que tenham implicações nos resultados e classificações do Benfica. Por exemplo os jogos entre clubes extra-Benfica mas que participem em torneios onde o Benfica esteja presente. Algo inédito e verdadeiramente inovador. Só que ele teima em não acabar. “Inventa” sempre mais um pormenor que para ele são sempre porMaiores. E todas as temporadas tem que “trabalhar e arquivar” mais uma dúzia de jogos. No mínimo!

Eu perguntei e ele encontrou
Aqui há tempos, aquando do IX troféu EusébioCup, a propósito da vinda do AC Torino, em 1949, num avião fretado – algo que poucos clubes conseguiam fazer nos anos 40 – questionei-o se ele sabia quando tinha sido a primeira vez do Benfica em tal situação? Eu não sabia. Nunca devo ter encontrado essa informação pois se a lesse mereceria a minha atenção. Ele disse que também não sabia. Para meu espanto (mas nem tanto…conhecendo-o) há cerca de uma semana telefona-me a dizer que já sabia a data!!! Encontrou a informação no jornal vespertino “Diário Popular”! Só ele! Procurar informações até no “Popular”! Que ele afirma ser melhor - secção desportiva - que os matutinos "O Século" e "Diário de Notícias" e entre os vespertinos: "A Capital" e "Diário de Lisboa". Se ele diz eu acredito. Sem pestanejar! Corre tudo a pente fino! Tem um respeito enorme pelo “Glorioso”! Honra os ases que nos honraram o passado. Obrigado, Mário Pais pela informação. E pelo que vamos “lucrar” com o esforço, a que te dedicas, em prol do rigor. À Benfica! Até porque lhe disse que ia publicar “As primeiras vezes” mas não lhe disse que ia fazer esta introdução. Espero não ter sido…indiscreto!  


Vinte anos depois
O Benfica fretou pela primeira vez um avião quase vinte anos depois - faltaram três meses - da vinda do AC Torino. Para um jogo fantástico em Amesterdão, onde foi vencer o AFC Ajax (de Cruijft e companhia) por 3-1, no estádio Olímpico, precisamente o mesmo das boas recordações de 1962. Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus frente ao Real Madrid CF na única final da competição que colocou em confronto os dois campeões europeus existentes em seis edições da principal competição da UEFA. Cinco para o adversário e uma (frente ao FC Barcelona, na temporada anterior - 1961) para o "Glorioso"!


As primeiras vezes em vários transportes
Como o texto previsto para hoje - escrever acerca de seis "primeiras vezes" adicionando imagens e crónicas de jornais - ficou exageradamente gigantesco resolvi "adiar" a sua edição "partindo-o em...seis. É que o Benfica já teve muitas primeiras vezes. Assim haverá uma série a editar durante aquelas duas semanas enfastiantes em que o campeonato será interrompido para jogarem as selecções nacionais. A não existirem acontecimentos de última hora está previsto (até porque já estão feitos/concluídos e agendados) o seguinte plano:

29 de Agosto: A primeira vez de comboio;
30 de Agosto: A primeira vez a atravessar a fronteira de comboio;
31 de Agosto: A primeira vez de barco;
01 de Setembro: A primeira vez de avião;
02 de Setembro: A primeira vez de autocarro;
03 de Setembro: A primeira vez de avião fretado.


Glorioso Benfica! O Benfica é lindo!

Alberto Miguéns

NOTA: Mesmo esta "primeira vez" merece desenvolvimento integrado na cronologia. Há coincidência desta ocorrência com mais três aspectos:
1. O jogo com o campo coberto de neve - disputado a menos 5 º C - foi considerado um dos melhores de sempre até esse dia na Taça dos Clubes Campeões Europeus a acreditar que as traduções que tenho estão correctas pois são de jornais holandeses e do jornal francês "L'Équipe";
2. A eliminatória - este jogo foi o início de três encontros - fez com que a UEFA acabasse com o desempate através do terceiro jogo. Até 1968/69 se houvesse empate nas duas mãos realizava-se um terceiro jogo, em campo neutro num estádio na Europa Central (da França até à Áustria) que podia ter prolongamento de 30 minutos e desfecho "por moeda ao ar" se houvesse empate aos 90 e 120 minutos;
3. É um dos jogos para competições oficiais mais difíceis de "estatisticar" devido à disparidade de informação - nos minutos dos quatro golos (V 3-1) e nos minutos das duas substituições na equipa do Benfica - pois os jornais do dia 13 de Fevereiro de 1969 - e dias seguintes - dão valores dispares!




2 comentários
comentários
  1. Dr Alberto, deliciosa a presença do capitão do Sporting para aproveitar a boleia para uns pombos! Pombos que eram também a paixão do saudoso e enorme José Torres! Outros tempos.
    Gloriosas saudações!

    ResponderEliminar
  2. Caro Tri Campeão Miguéns,

    Texto muito bom, aliás como sempre. Obrigado

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail