A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/05/2016

Já Sabem do Que Vou Falar

11/05/2016 + 9 Comentários API
RENATO SANCHES.


Não tenho por hábito embarcar na espuma dos dias. Prefiro deixá-la assentar. À espuma e ao pó que a espuma arrasta! Mas o que se passou ontem é tão sumarento que mesmo fazendo um esforço não é possível evitar. Como é habitual - não gosto de meias-palavras, mas delas inteiras, por respeito às “palavras”, essência de qualquer idioma escrito – é um excelente negócio para todos. Mas como qualquer negócio tem senãos. Mesmo nestes o Benfica é o que corre menos riscos. É a minha opinião, mas o que é um blogue? É opinião! Essencialmente opinião, embora goste de neste espaço “defender” o Benfica mostrando a sua grandeza. O Benfica impõe-se por si, pela sua dimensão, história e exemplo, tem é de o saber, para poder justificar e divulgar, sem necessidade de rebaixar outros!

Excelente negócio para Renato Sanches
Se souber aproveitar. Não será a primeira vez que um jovem consegue subir a “escada do sucesso” a saltar vários degraus de patamar para patamar. Tal como não será a primeira vez que um jovem quis subir demasiado depressa, tropeçou e caiu. Uns temporariamente, outros irremediavelmente. Chama-se “dar um passo maior que a perna”. Esperemos que com ele isto não aconteça. Será óptimo para ele e para o Benfica! Todos os Benfiquistas gostam do Renato Sanches. Vimo-lo crescer na Benfica TV, depois BTV, ultimamente em campo sendo um dos pilares da grande temporada que o Glorioso Futebol está a fazer. Mesmo sendo cedo para fazer balanços (faltam duas finais) percebe-se a dois jogos do final de 2015/16 que houve, para o Benfica, um A.S. e um D.S. - Antes de Sanches e Depois de Sanches.


474 Milhões de euros: 278 milhões em negócios/patrocinadores (comercial), 106 milhões em receitas televisivas e 90 milhões em bilheteira. Quinto clube de futebol com mais receitas!

Excelente negócio para o destinatário
O FC Baviera Munique é um dos emblemas mais poderosos do Mundo. Basta ver os relatórios das empresas especializadas em analisar finanças no futebol (quem souber inglês e quiser gastar tempo – é mesmo gastar, não é ocupar, é gastar tempo, pode clicar). 35 milhões são amendoins para o FC Bayern. Mesmo que avaro rime com bávaro. E não é por acaso! Daí 35 + 45. Não foi 45 + 35! Se ocorrer algum “problema” nunca perderão muito dinheiro. 35 milhões para um clube que movimenta dez vezes mais, só em receitas ordinárias (não contabilizando transferências, embora aqui ciclicamente o saldo seja negativo) é brincadeira! Se forem pagando milhão a milhão 45 vezes upa! Upa, upa! É porque valeu mesmo a pena! 80 milhões deram-lhes para encher o estádio de espectadores, mais receitas televisivas optimizadas e vendas de bugigangas “em barda”. Gostava de ver o contrato dos 45 milhões por objectivos durante... cinco anos! Cinco! Deve parecer uma folha com cálculos de Einstein! É que o FC Bayern não é só um clube alemão. É um clube da Baviera alemã! Uma espécie de Alemanha dentro da Alemanha!  




Excelente negócio para o “Glorioso”
Não se pode dizer que haja por aí “Renatos Sanches aos pontapés”. Mas não me parece um futebolista difícil de substituir até ao início de Julho deste ano, quando terá início a pré-época 2016/17. Insubstituíveis só dois: Eusébio e Coluna. Não acredito que o Benfica (pelo menos enquanto vigorar esta teoria do Futebol Moderno em que todos os futebolistas têm um valor e são transferíveis assim que alguém der esse valor, mesmo com prestações de conveniência) alguma vez volte a ter dois futebolistas insubstituíveis para o futebol de determinada época, como foram Coluna e Eusébio. Todos são substituíveis. Alguns até por outros melhores. O azar de uns é a sorte de outros. Neste caso a sorte de um abre a sorte para outro, o que ainda é mais agradável.


É isto que me faz confusão! Estas deduções à «Banqueiro Anarquista» de Fernando Pessoa. Mas isso sou eu! Um pelintra que em 40 anos de trabalho, se juntasse a ma$$a toda que recebeu, juntaria 600 mil euros. Pouco mais de meio milhão de euros, em 14 meses x 40 anos! 560 meses de trabalho! Mentira que 40 foram com férias pagas e outros 40 para comemorar o Natal/Final de ano. Pelo menos espero que os dez/vinte (previstos) que faltam o sejam...também! 

Espero é que a ma$$a seja bem tratada (ou seja, gasta)
E que antes disso não se perca entre comissões, intermediações e irradiações. Quanto vai chegar ao Benfica destes 35 + 45?! Poucos vão saber. Eu não vou, de certeza. Quem percebe destes assuntos, mas dando o nome (e a cara) sem anónimos-pseudónimos, podia fazer um blogue exemplar só para monitorizar os negócios que envolvem as centenas de jogadores com contratos profissionais ligados ao Benfica. Era Serviço Benfiquista! O “Em Defesa do Benfica” coloca-se à disposição de aceitar quem possa fazer isso se quiser utilizar este blogue. Alguém com credenciais. Que se mostre e mostre. Que eu só acredito em quem sabe do assunto sem ter medo de se expor. Desde que participo em reuniões de condóminos, ou seja, desde 1987, que não vou em conversas e relatórios de teóricos. Fiquei/Estou vacinado. É que depois é tudo muito bonito e bem escrito, mas encobrem mais do que descobrem. Entretanto foi mais um "Banco" à falência!   


O FC Porto também vendeu muito. E muito «gato por lebre» que não é o caso - não parece ser - do nosso Renato Sanches e nunca tem dinheiro para o que devia ter...

Para terminar
Que Renato Sanches tenha toda a sorte do Mundo. Que seja sempre - para não ser demagógico - que seja muitas vezes, o melhor em campo, excepto quando defrontar o Benfica. Neste encontro, que seja o pior – para continuar a não ser demagógico – que seja um dos que contribuiu para o fraco jogo da sua equipa e para a vitória do “Glorioso” sobre esse clube, onde ele jogar! Qualquer que seja esse clube!

Que surja na nossa Gloriosa Equipa, em breve, um outro futebolista ainda melhor do que ele!


Alberto Miguéns
9 comentários
comentários
  1. Depois destas lúcida reflexões só resta mesmo desejar boa sorte às três partes.
    Que dentro de um ano estejam todas satisfeitas com este negócio.
    Renato com estatuto e proveito na Baviera.
    Bayern Munique com o penta.
    O Sport Lisboa e Benfica com o 36!
    Mas para isso há que ganhar o 35!
    Nunca mais é Domingo. Carrega Benfica!

    ResponderEliminar
  2. alberto, ao que parece em cada época que o renato faça 25 jogos oficiais são mais 5 milhões.

    o bayern faz 50 jogos por ano... só com lesões graves isso não acontecerá. é bem possível que em 2021 isto chegue aos 60 milhões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro L.

      Ao que parece. Alguém que disse ou sugeriu. Eu gostava de publicar neste blogue esses objectivos. Não foram tornados públicos. Será assim tão importante ficarem escondidos? Interessa a quem o segredo? Aos Benfiquistas não, certamente.

      O SAD é do Clube. O Clube é dos associados. Que sabem cada vez menos e que por isso se vão desinteressando cada vez mais. Transformando-se em consumidores de um produto vendido com o rótulo "Sport Lisboa e Benfica"! Depois há quem tenha um cartão de fidelização à marca (antigamente chamado cartão de sócio) que tem direito a descontos relativamente ao resto dos consumidores.

      Mas como dizia o outro. Não se pode ter tudo, só alguma coisa.

      Saudações. Rumo ao TRInta e cinco.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  3. só para completar, essa tabela do record com as respectivas deduções refere-se ainda aos jogadores que faziam parte da "Benfica stars fund" um fundo do Benfica que contemplava todos esses jogadores e que ao serem vendidos deram lucros a quem subscreveu esse mesmo fundo, lembrar que quando o fundo foi criado o Benfica vendeu percentagens dos passes ao mesmo ganhando encaixando logo esses valores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Pinheirinho,

      Alguns faziam. Outros não.

      Tudo muito obscuro para um clube que sempre foi um modelo de transparência. Por isso podemos defender com facilidade o Clube durante muitos anos. Agora, em relação, ao que se passa jamais me meterei no assunto temendo levar com alguma "pedrada" que não estou à espera mas nunca se sabe.

      Oxalá nunca aconteça. Mas ao contrário de há alguns anos não ponho as minhas mãos no fogo. Há muita parra e pouca uva.

      Gloriosíssimas Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. ....SR DR ALBERTO....permita-me ocupar-lhe um pouco da sua página...de tempos a tempos cá venho privilegiar-me na sua página, sem deixar contudo um dia que seja de o lêr...dizer/escrever apenas O MEU MUITO OBRIGADO(uma vez mais)pelo texto/opinião/visão, que aqui nos apresenta...no fundo vai ao encontro do pensamento de milhares de BENFIQUISTAS, mas tão claro quanto a sua brilhante esferográfica(teclado)debita...permita-me pois transmitir o meu sentimento pelo BENFIQUISTA ALBERTO MIGUÉNS,HOMEM COM H GRANDE,que aqui mais uma vez demonstra NÃO TER QUALQUER SENTIMENTO (MESMO QUE INJUSTIÇADO)DO QUE NÃO SEJA EM DEFESA DO BENFICA...BEM HAJA SR DR....abraço

    ResponderEliminar
  5. Caro Alberto Miguéns,

    escrevo-lhe enquanto vamos batendo o ABC (11-7) para lhe perguntar se tem opinião ou é preferível ignorar baixarias acerca de 2 assuntos. O primeiro é o zumzum acerca da idade de Renato Sanches. Eu lembro-me perfeitamente - porque até apontei o nome do "garoto" - de o ver jogar nos Pupilos do Exército naqueles jogos que a Benfica TV transmitia. Portanto não tenho porque valorizar calúnias ou rumores perpetrados a mando de algo ou alguém, mas se tiver opinião partilhe-a.

    O outro tema, é do qual pensava escrever um post lá no meu blog, tem a ver com o número de Campeonatos do nosso Benfica. Mostraram-me uma revista do Record (terá siso mais uma 'Varelada' ?) que considerava o título de 93/94 (o do inesquecível 3-6 - que fará 22 anos já este sábado - em Alvalade) como o 27º Campeonato. Isso significaria uma diferença de 3 para aquilo que para mim (e que pensava ser unânime) é ponto assente: temos, neste momento, 34 Campeonatos da Primeira Divisão de futebol senior. Será que o Alberto me pode dar algum esclarecimento ?

    Abraço benfiquista

    P.S. - 15-10 para nós ao intervalo. Vai ser uma barrigada de Benfica vs ABC até final da época, oxalá façamos história! Prova europeia e campeão nacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Tyler Durden

      Obrigado pelo comentário.

      1. Não vale a pena alimentar tox-idades. Se alguém do FC Bayern estiver preocupado que mande investigar ou faça análises ao futebolista. Eu não duvido da idade dele. E isso para mim chega. Ao que parece também é suficiente para o clube da Baviera. O resto é ruído que não alimento. Que para mim é a única justificação. Tentar que os Benfiquistas também falem do assunto. Nem que seja para gritarem "Que não!;

      2. Posso esclarecer o número de títulos. Eu já escrevi acerca disso em tempos neste blogue, até descrevi como se conseguiu uniformizar o número de títulos. Aquando do título de 2004/05 houve um grupo de três Benfiquistas que tomaram a iniciativa de fazer com que os jornais do grupo da Cofina (Record e Correio da Manhã) e do Grupo Controlinveste (tenho ideia que era este o nome) - Diário de Notícias e O Jogo alinhassem pelo único que estava correcto, o jornal "A Bola".

      2.1 Um Benfiquista aproveitou a página em que escrevia semanalmente em "O Benfica" para mostrar que o Campeonato da I Liga e o Campeonato Nacional da I Divisão, até 1946/47 eram organizados da mesma forma. Os participantes apuravam-se através dos campeonatos regionais. E não como os que argumentavam que os 4 campeonatos da Liga não deviam contar porque eram experimentais, os clubes eram convidados, etc. tretas. Além disso esse Benfiquista escreveu que a própria Federação, em 1938/39, decidira mudar a designação das competições mas escrevendo que eram as mesmas, embora com novas designações: o campeonato de Portugal passaria a Taça de Portugal, o campeonato da I Liga a campeonato nacional da I Divisão e o campeonato da II Liga a campeonato nacional da II Divisão;

      2.2. Houve outro Benfiquista que tinha "bons conhecimentos" dentro da FPF e obteve o que o Benfiquista que fez o que está descrito em 2.1 nunca conseguira apesar de saber que existia. Fazer uma fotocópia desse artigo do Relatório da FPF e que o caro leitor pode consultar neste blogue em 17 de Maio de 2014 (mas há vários textos além deste a tratar do mesmo assunto):

      http://em-defesa-do-benfica.blogspot.com/2014/05/mostrar-o-que-vale.html

      2.3. Outro Benfiquista sendo jornalista conseguiu com o texto de "O Benfica" escrito por o Benfiquista 2.1 e com a fotocópia conseguida pelo Benfiquista 2.2. na FPF, convencer um seu par (também jornalista no Diário de Notícias) a alterar a contagem, e por acréscimo, os do Record a fazerem o mesmo passando a contabilizar os três títulos na I Liga como campeonatos nacionais conquistados pelo SLB (e um pelo FCP). Ou seja, só passou a haver uniformização em 2004/05, daí em 1993/94 a contagem do Record estar errada.

      3. Esses três Benfiquistas, felizmente, ainda estão "vivinhos da Silva" e já degustaram, depois disso, ou seja depois do 31.º, o 32.º, o 33.º e o 34.º, preparando-se para saborear o 35.º!

      Espero tê-lo elucidado não querendo dar nome a esses três Benfiquistas, mas espero que a explicação seja perceptível.

      Gloriosíssimas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      NOTA: Veja como só com "cunhas" foi possível repor a verdade. No futebol português até para se ser verdadeiro são necessárias "cunhas"! Para mentir, nem tanto!

      Eliminar
  6. Muito obrigado pelo escçarecimento caro Alberto Miguéns. Afinal a explicação era bem mais simples e lógica, mas este país teima em querer trazer nevoeiro ou basear-se em rumores para tentar achincalhar o Maior. Deve ser a sina dos grandes e virtuosos.

    Também desconfio de quem são esses três excelsos benfiquistas...um grande abraço aos 3 e que tenham desfrutado tanto quanto eu no último Domingo. Foi o "meu" primeiro tri, oxalá cá estejamos todos daqui a um ano para o "nosso" primeiro tetra.

    Grande abraço!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail