A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/01/2016

Hora de União

08/01/2016 + 0 Comentários API
O Benfica venceu, justamente, o Marítimo. Em casa, perante 30 mil espetadores ávidos de uma boa exibição, o Glorioso brindou os presentes com seis golos sem resposta. Mas nem por isso a performance acabou por ser saboreada. O primeiro tento surgiu já à meia hora. E só a partir daí a equipa se libertou para o jogo. Enfim. O resto… é História.
O que interessa é vencer, certamente. Como o fazer, já não deverá interessar tanto. Claro que qualquer benfiquista prefere jogar mal e ganhar, do que fazê-lo bem e perder o jogo. Todavia, é muito mais provável jogar bem e vencer mais vezes quando isso acontece, do que ter permanentemente más atuações e conseguir ganhar tantas ou mais vezes do que na primeira situação. Que falta um objetivo de jogo ao Benfica, parece-me claro. Que a vinda dos lesionados e de alguma contratação poderá ajudar, também, mas não explica tudo. Estes jogadores – a maioria deles – foram campeões e alguns destes bicampeões. Agora, se é motivo para não estar com a equipa e assobiá-la quando as coisas não correm bem? Não, não e mil vezes não.
Legenda: A união na hora do golo.
Foto retirada de redpass.blogs.sapo,pt

É nestas horas que se veem os benfiquistas. Claro que benfiquistas somos todos nós, que vivemos e amamos o Clube. Não existe piores nem melhores adeptos. Há benfiquistas e ponto. Mas nas horas de facilidade é mais fácil ser-se torcedor do que nas horas de dificuldade. Por exemplo, no Estádio da Luz, quando a equipa não está a jogar como deve, por que razão se assobia? Se as coisas já estão a correr mal, isso ainda vai torná-las pior.
Agora é a hora. Hora de estarmos unidos. Estamos na briga. Em duas jornadas recuperamos pontos e chegámos mais na frente da classificação. Vamos apoiar o Glorioso e esquecer tudo o resto: porque é só mesmo o Benfica que interessa.  


Assinado: Palmerston
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail