A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

04/12/2013

Os Heróis das 56 Invictas (Parte I)

04/12/2013 + 5 Comentários
OPINIÃO

NOTA INICIAL: Apesar de várias tentativas - por questões "técnicas" - não foi possível editar todos os quadros que elaborei para homenagear os que continuam a fazer frente ao "Sistema" por  manterem o recorde de 56 jornadas consecutivas sem perder. Para hoje (os jogos, adversários e estádios). Amanhã a II parte.

Obrigado John Mortimore
Mais uma vez, pela terceira vez, o FC Porto falhou o assalto ao recorde de jornadas consecutivas sem perder. O clube é o mesmo, os protagonistas (árbitros ?) têm mudado. Desta fez coube ao árbitro João Capela tudo fazer para o FCP ultrapassar os 56 jogos consecutivos sem perder (só vitórias e empates), para o campeonato nacional.

Homenagem Nacional (e até Mundial) aos Heróis...
Tanta gentalha que vai tentando - vergonhosamente - desapossar da melhor "marca portuguesa" na principal competição do futebol português um grupo de gigantes, que o conseguiram de modo imaculado e esforçado. Ainda não foi desta. Ficaram a três de igualar e a quatro de ultrapassar. Pelo menos durante os próximos 57 jogos vamos descansar. 



Primeiro o Clube, depois os futebolistas
Esta singela homenagem começa por destacar o Benfica enquanto equipa. Depois os destaques individuais, dentro do colectivo. É assim no Benfica. Primeiro o Clube, depois o Clube. é a força colectiva que faz destacar o individual. Simples "Cultura Benfiquista".

Um ano e dez meses invictos
O Benfica superiormente treinado por John Mortimore esteve, entre 24 de Outubro de 1976 (Boavista FC; Luz) e 27 de Agosto de 1978 (FC Barreirense; Luz) sem sofrer qualquer derrota contabilizando 56 jornadas consecutivas - com 44 vitórias e 12 empates - sem perder.

SL BENFICA
56 JORNADAS DO
CAMPEONATO NACIONAL
44 VITÓRIAS e 12 EMPATES
Jor
76/77
77/78
78/79
1

E 1-1
V 1-0
2
V 2-0
D 0-1
3
V 1-0

4
V 2-1
5
D 1-2
E 1-1
6
V 2-1
V 2-0
7
V 3-2
V 3-0
8
V 2-0
V 6-0
9
V 1-0
V 3-1
10
V 2-1
E 0-0
11
V 3-1
V 3-2
12
E 2-2
V 3-0
13
V 4-1
E 0-0
14
V 1-0
V 1-0
15
V 6-0
V 3-0
16
V 2-1
V 1-0
17
V 1-0
E 0-0
18
V 6-1
V 2-0
19
V 1-0
E 0-0
20
V 3-1
V 2-0
21
V 3-0
V 5-1
22
E 1-1
E 1-1
23
V 1-0
V 1-0
24
E 1-1
V 3-0
25
V 5-1
E 0-0
26
V 2-1
V 1-0
27
V 4-0
V 2-1
28
V 1-0
E 1-1
29
V 3-1
V 2-0
30
V 2-0
V 4-1
TOT
22 V
3 E
21 V
9 E
1 V
NOTAS:
1.º jogo em 24 de Outubro de 1976 (Boavista FC; Luz)
56.º jogo em 27 de Agosto de 1978 (FC Barreirense; Luz)


Quais os clubes adversários? (ordem cronológica)
As 56 jornadas foram disputadas frente a vinte clubes em três edições consecutivas do campeonato nacional, se bem que na primeira, a série teve início na 6.ª jornada e o terceiro campeonato comportou apenas a 1.ª jornada.

N.º
Res.
Adversário
S.
1
V 2-1
Boavista FC
C
2
V 3-2
CF "Os Belenenses"
F
3
V 2-0
Varzim SC
C
4
V 1-0
Vitória SC Guimarães
C
5
V 2-1
Portimonense SC
F
6
V 3-1
Leixões SC
C
7
E 2-2
SC Beira-Mar
F
8
V 4-1
CD Montijo
C
9
V 1-0
FC Porto
F
10
V 6-0
Atlético CP
C
11
V 2-1
Sporting CP
C
12
V 1-0
SC Braga
F
13
V 6-1
GD Estoril Praia
C
14
V 1-0
As. Académica Coimbra
F
15
V 3-1
Vitória FC Setúbal
C
16
V 3-0
Boavista FC
F
17
E 1-1
CF "Os Belenenses"
C
18
V 1-0
Varzim SC
F
19
E 1-1
Vitória SC Guimarães
F
20
V 5-1
Portimonense SC
C
21
V 2-1
Leixões SC
F
22
V 4-0
SC Beira-Mar
C
23
V 1-0
CD Montijo
F
24
V 3-1
FC Porto
C
25
V 2-0
Atlético CP
F
26
E 1-1
Sporting CP
F
27
V 2-0
CF "Os Belenenses"
C
28
V 1-0
Vitória SC Guimarães
F
29
V 2-1
Varzim SC
C
30
E 1-1
Boavista FC
F
31
V 2-0
SC Espinho
C
32
V 3-0
Portimonense SC
F
33
V 6-0
CS Marítimo
C
34
V 3-1
As. Académica Coimbra
C
35
E 0-0
SC Braga
F
36
V 3-2
Vitória FC Setúbal
C
37
V 3-0
GD Estoril Praia
F
38
E 0-0
FC Porto
C
39
V 1-0
CD Feirense
F
40
V 3-0
CD Riopele
C
41
V 1-0
Sporting CP
C
42
E 0-0
CF "Os Belenenses"
F
43
V 2-0
Vitória SC Guimarães
C
44
E 0-0
Varzim SC
F
45
V 2-0
Boavista FC
C
46
V 5-1
SC Espinho
F
47
E 1-1
Portimonense SC
C
48
V 1-0
CS Marítimo
F
49
V 3-0
As. Académica Coimbra
F
50
E 0-0
SC Braga
C
51
V 1-0
Vitória FC Setúbal
F
52
V 2-1
GD Estoril Praia
C
53
E 1-1
FC Porto
F
54
V 2-0
CD Feirense
C
55
V 4-1
CD Riopele
F
56
V 1-0
FC Barreirense
C


Quais os clubes adversários? (acumulados)
Foram vinte os clubes adversários cujos resultados acumularam 56 vitórias, com seis clubes com quatro jogos, cinco com três jornadas, oito com dois jogos e um emblema (FC Barreirense) com um jogo, o 56.º jogo sem perder.

Clubes
Resultados
Sequência
J
V
E
GM/Gs
1.º
2.º
3.º
4.º
TOTAIS
56
44
12
119/27
Boavista FC
4
3
1
8/2
2-1
3-0
1-1
2-0
CF "Os Belenenses"
4
2
2
6/3
3-2
1-1
2-0
0-0
Varzim SC
4
3
1
5/1
2-0
1-0
2-1
0-0
Vitória SC Guimarães
4
3
1
5/1
1-0
1-1
1-0
2-0
Portimonense SC
4
3
1
11/3
2-1
5-1
3-0
1-1
FC Porto
4
2
2
5/2
1-0
3-1
0-0
1-1
Sporting CP
3
2
1
4/2
2-1
1-1
1-0

SC Braga
3
1
2
1/0
1-0
0-0
0-0

GD Estoril Praia
3
3
-
11/2
6-1
3-0
2-1

As. Académica Coimbra
3
3
-
7/1
1-0
3-1
3-0

Vitória FC Setúbal
3
3
-
7/3
3-1
3-2
1-0

Leixões SC
2
2
-
5/2
3-1
2-1

SC Beira-Mar
2
1
1
6/2
2-2
4-0

CD Montijo
2
2
-
5/1
4-1
1-0

Atlético CP
2
2
-
8/0
6-0
2-0

SC Espinho
2
2
-
7/1
2-0
5-1

CS Marítimo
2
2
-
7/0
6-0
1-0

CD Feirense
2
2
-
3/0
1-0
2-0

CD Riopele
2
2
-
7/1
3-0
4-1

FC Barreirense
1
1
-
1/0
1-0




Em que estádios?
Como é óbvio foi no estádio do "Glorioso" que o Benfica jogou mais vezes, com 29 jornadas (25 vitórias, 4 empates e 74 golos marcados) e 27 encontros em terreno alheio (19 vitórias, oito empates e 45 golos). Entre 18 campos dos adversários o estádio em Braga (1.º de Maio que sucede, em 1974, ao 28 de Maio) regista três jornadas, com duas vitórias e um empate (5/1 em golos).


Clubes
Resultados
Sequência
J
V
E
GM/Gs

1.º

2.º

3.º
Saudosa Catedral
29
25
4
74/15
Em terreno alheio
27
19
8
45/12
1.º Maio (Braga)
3
2
1
5/1
1-0
0-0
4-1
Restelo (Lisboa)
2
1
1
3/2
3-2
0-0

Portimonense SC (Portimão)
2
2
-
5/1
2-1
3-0

Antas (Porto)
2
1
1
2/1
1-0
1-1

Municipal (Coimbra)
2
2
-
4/0
1-0
3-0

Bessa (Porto)
2
1
1
4/1
3-0
1-1

Varzim SC (Póvoa de Varzim)
2
1
1
1/0
1-0
0-0

Municipal (Guimarães)
2
1
1
2/1
1-1
1-0

Mário Duarte (Aveiro)
1
-
1
2/2
2-2

Mar (Matosinhos)
1
1
-
2/1
2-1

Luís Alm.ª Fidalgo (Montijo)
1
1
-
1/0
1-0

Tapadinha (Lisboa)
1
1
-
2/0
2-0

José Alvalade (Lisboa)
1
-
1
1/1
1-1

An.º Coi.ª Mota (Amoreira)
1
1
-
3/0
3-0

Marcolino Castro (Feira)
1
1
-
1/0
1-0

Man. Oliv.ª Violas (Espinho)
1
1
-
5/1
5-1

Barreiros (Funchal)
1
1
-
1/0
1-0

Bonfim (Setúbal)
1
1
-
1/0
1-0












Nem com ajudas espúrias 
O FC Porto voltou a falhar o assalto às 56 jornadas invictas do "Glorioso". Nem as proençadas, xistradas, sousadas e capeladas lhes valeram. Querem a explicação para a fúria de uma noite mal dormida junto à VCI. Na primeira frase está a explicação.
 

Glória aos gigantes que fizeram história no futebol português.

Alberto Miguéns

NOTA FINAL: Amanhã a parte II (Marcadores dos 119 golos e futebolistas utilizados nas 56 jornadas consecutivas)

5 comentários
comentários
  1. Boa Tarde Sr Miguens

    Das 56 Jornadas invicto, o SL Benfica ganhou e empatou todos esses jogos sem nenhuma ajuda de árbitros ou erros que favoreceram o SL Benfica ?
    Não pode ser tão demagogo, sou adepto do SL Benfica e agora há erros de arbitragem tal como antigamente também havia. A última derrota do FC Porto tinha sido em Barcelos numa roubalheira incrível a desfavor do FC Porto. Tem de ser sério.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      Claro que houve erros. Se não existissem o Benfica tinha mais vitórias (em vez de dois empates) e o ciclo tinha sido superior a 56 jogos sem perder.

      Até tinha conquistado mais um título invicto. O empate de 1-1 nas Antas, na 28.ª jornada, em 28 de Maio de 1979, data do agrado do FCP - inaururou as Antas em 1952 no mesmo dia - foi "fabricado" pelo árbitro de Vila Real, Manuel Vicente, compadre do treinador do FCP, José Maria Pedroto. Para além de goleadas do FCP suspeitas, empate que tirou o tetra ao SLB e deu o título ao FCP, depois de 18 épocas a jejuar, desde 1958/59.

      Tem de ser sério caro Leitor Anónimo

      Alberto Miguéns

      NOTA: Gostou das Capeladas? Nem assim...

      Eliminar
  2. Já lhe disse que sou adepto do SL Benfica, portanto isso das capeladas nada me diz. Na época anterior vencemos o Sporting CP com grande Capelada, isso é verdade, e preferia não ter ganho o jogo do que ter aquela arbitragem vergonhosa, mas erros acontecem.
    Relativamente aos 56 jogos , voçê refere que o ciclo de vitórias seria superior, portanto o SL Benfica nunca é beneficiado, nem voçê acredita nisso.
    2 Maio 1981
    SL Benfica vs Sporting CP
    Árbitro Inácio de Almeida anula um golo limpo ao Sporting CP.
    Todos erram a favor e contra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não "desconverse". !981 não faz parte desse ciclo. Arranje um desses jogos em 56 com o Benfica a ser beneficiado. Arranje. Não "desconverse". Converse

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. O anónimo das perguntas é benfiquista? Qual é o problema de dizer que é portista se for o caso? Que não tivesse o receio de assumir o seu clube, pois contra vontade acaba deixando claro o clube cujos interesses está a defender. Já agora eu sou benfiquista!

      RAUL Moçambicano

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail