A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

18/09/2013

Dinâmica de Campeões

18/09/2013 + 2 Comentários API
OPINIÃO



Muito bem jogado na primeira parte e um segundo tempo de início de temporada, com receio e pouca confiança em ter o resultado "seguro", para criar oportunidades efectivas e com qualidade para poder ampliar a vantagem de dois golos.


1-0 por Djuricic (Golo-rioso n.º 12 562)



2-0 por Luisão (Golo-rioso n.º 12 563)



A (quase...) tradição manteve-se
Em dez participações na fase de grupos da Liga dos Campeões (apesar da UEFA não considerar a edição de 1991/92 o facto é que houve fase de grupos) foi a 4.ª vez que o Benfica disputou a 1.ª jornada no estádio (até 1998/99 na Saudosa Luz). Registo: três vitórias (1-0, 2-0 e 2-0) e um empate a destoar (1-1 com o Manchester United FC, em 2011/12).  É necessário fazer história com uma inédita segunda vitória consecutiva na 2.ª jornada (ou pelo menos um empate em Paris) pois os dois registos actuais correspondem a duas derrotas (2005/06 e 2010/11).

PARTICIPAÇÕES NA LIGA DOS CAMPEÕES
Época
Gr
S
Res
Adversário
País
Seq
Pos
Pt
91/92
B
F
D 0-1
FC Dinamo Kiev
UCR
DEEEVD
3.º
5*
94/95
C
F
E 0-0
HNK Hajduk Split
CRO
EVVEVE
1.º
9*
98/99
F
F
D 0-1
1.FC Kaiserslautern
ALE
DVDEVE
2.º
8
05/06
D
C
V 1-0
Lille OSC
FRA
VDEDEV
2.º
8
06/07
F
F
E 0-0
FC Copenhaga
DIN
EDDVVD
3.º
7
07/08
D
F
D 1-2
AC Milan
ITÁ
DDVDEV
3.º
7
10/11
B
C
V 2-0
Hapoel Telavive FC
ISR
VDDVDD
3.º
6
11/12
C
C
E 1-1
Manchester Utd FC
ING
EVVEEV
1.º
12
12/13
G
F
E 0-0
Celtic FC
ESC
EDDVVE
3.º
8
13/14
C
C
V 2-0
RSC Anderlecht
BÉL
 V


NOTA: * Em 1991/92 e 1994/95 a vitória correspondia a dois pontos



Sétima vitória (em 14 jogos)
Muito bem a equipa de ontem, frente aos belgas, a reforçar a Gloriosa História do Clube. Em metade dos jogos... vitórias (50 por cento), com 21 por cento de empates (três) e 29 por cento de derrotas (quatro). Duas estreias a marcar frente ao RSC Anderlecht elevando para 18 os marcadores com o "Manto Sagrado", dos 21 golos: Eusébio com três golos, Cannigia com dois tentos e 16 futebolistas a marcarem os restantes... 16.

14 JOGOS FRENTE A EQUIPAS DO RSC ANDERLECHT
Época
Com
S.
V
E
D
Marcadores (minutos)
60/61
Tor
N
3-2


Eusébio (29) / José Augusto (75) /José Águas (87)
68/69
Par
F


2-3
Jaime Graça (23) / José Torres (77)
72/73
Tor
N
2-1


Eusébio (26) (55)
82/83
TU
F


0-1
-
TU
C

1-1

Shéu (31)
86/87
Par
C
2-1


Manniche (6) / Carlos Manuel (65)
87/88
TCE
C
2-0


Magnusson (15) / Chiquinho (19)
TCE
F


0-1
-
94/95
LC
C
3-1


Cannigia (26) (40) / Tavares (72)
LC
F

1-1

Edilson (81)
04/05
LC
C
1-0


Zahovic (12)
LC
F


0-3
-
11/12
Tor
N

2-2

Saviola (16) / Urreta (55)
13/14
LC
C
2-0


Djuricic (4) / Luisão (30)
LC
F





Em 14 jogos...
Apenas três jogos em "branco". Sempre a arriscar. Com qualidade. Para poder arriscar. É o Benfica. Por isso é um Clube Mítico do Futebol Mundial.


Obrigação
O resultado foi o «normal!» Ganhar os três jogos em casa (33 por cento está feito!) e tentar dois pontos - empates - ou três pontos "fora" (uma vitória), jogando sempre equilibrado e com atitude para ganhar os três jogos em terreno alheio. À Benfica! Nove pontos "em casa" e mais dois ou três "fora"- elevando o total para 11 ou 12 pontos - permitem, sempre, o 2.º lugar (pelo menos).

Vamos Benfica! É preciso confiar!

Alberto Miguéns

NOTA (previsão): Próximo texto no EDB pela meia-noite de 21 para 22: Jogos frente ao Vitória SC Guimarães

OUTRA NOTA: Não está relacionada com o Benfica mas a "filosofia" (do erro!) está! Os comentadores das televisões (neste caso na TVI24) têm muita ligeireza no modo como dão informações enganando os telespectadores (no caso das televisões). Sou do tempo do oito. Davam poucas informações históricas por que conhecer dá muito trabalho. Agora sou do tempo do 80. Dão informações falsas (muitas vezes retiradas de jornais e internet) que tomam por certas, como se tudo estivesse certo. Como não citam de onde tiram a informação passam a assumir o erro. Fazem parte dele! Na TVI24, às 22h41m20s dizer que "esta é a maior vitória "fora" da história do Real Madrid nas competições europeias" é mentir. Por que não é! A maior vitória "fora" do Real Madrid CF nas competições europeias continua a ser a obtida em 27 de Setembro de 1978, quando no Luxemburgo, o poderoso emblema espanhol derrotou, por 7-0, em Differdange Overcorn, no Estádio Municipal, o clube da "casa", FC Progrès Niedercorn, na 2.ª mão dos dezasseis-avos-de-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus. Aliás o 6-1 de ontem nem sequer é a "segunda maior" do Real Madrid CF! Em conclusão, o que interessa... ao Benfica! A maior do "Glorioso" foi obtida em 30 de Setembro de 1965 quando o Benfica goleou, por 8-0, em Esch-sur-Alzette, no estádio Emile Mayrisch, o Stade Dudelange, campeão do Luxemburgo, na 1.ª mão dos dezasseis-avos-de-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus.
2 comentários
comentários
  1. http://3.bp.blogspot.com/-FenYlYQ8J8Q/UHbFeWhL85I/AAAAAAAAGy4/OnwlOGaCdDA/s1600/cosme-damiao.jpg Ricardo Serrado em 2010
    http://i571.photobucket.com/albums/ss153/IFNR_photo/002_zpse78dbc3a.png Ricardo Serrado em 2013

    Há aqui uma contradição evidente, e está visto que em matéria de história do Benfica, só posso confiar no Sr Alberto Miguéns.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Isaías

      A entrevista de Ricardo Serrado ao jornal Público pode ser rebatida ponto por ponto até nem baixando a argumentação (insinuando) como ele fez. Gostaria de ter tempo para compor um texto com documentos. Como nos tempos mais próximos não me parece possível, vou tentar rebater cada uma das respostas e no final juntar tudo num texto escorreito. Só faz sentido rebater as palavas dele com documentos. Contra documentos não há argumentos.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail