A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

02/01/2017

Ó Tempo Não Voltes Para Trás

02/01/2017 + 13 Comentários
ADIVINHEM QUEM FAZ 80 ANOS EM 2017?


Há que aproveitar o octogenário sem emenda. Ir "papando" o que há para comer porque depois não sabemos... Hei-de voltar em breve a este tema designando o texto como "Paradigma do Futeluso". Vai doer! Mudar o paradigma é alterar o modelo ou acabar com o hábito. Mudança. Ainda que conheça alguém - com muitas responsabilidades no SLB e que o debitava industrialmente - que não sabia o significado. Mas como está na moda no Futebolês, assim como Hádêene vou também utilizá-lo. Gosto de andar na moda, como o Bocage. Quando questionei sabe o que quer dizer ADN? É que A.D.N. não é Hádêene! Como aparece escrito em discursos para quem discursa saber pronunciar! Não sabia...Ácido DesoxirriboNucleico. Também há RNA! E qual a sua real importância no "universo"? Muito menos!!!!!!!!!

Estes é que a sabiam toda: quando era mais novo e o Mestre Pedroto. Mais que um treinador um demagogo. Mais que um responsável um irresponsável protegido pelo Poder e poderes de um "País das Bananas"

Bom...Dia, Manhã, Tarde ou Noite de Cinema. Conforme a hora em que nos encontrarmos!



Alberto Miguéns
13 comentários
comentários
  1. Anónimo2/1/17 14:00

    Sr. Alberto Miguéns , que falta de tacto a sua. Escrever um artigo desses mesmo no princîpio do Ano Novo...ainda por cima com a apresentação , de fresca data , do "homem do minuto 92" ! NÃO ME DIGA QUE FICOU INSENSÎVEL A ESTE FACTO...que reuniu mesmo assim 28000 pessoas , segundo os jornais..."e uma centena , segundo a Polîcia..." ! ( Arrisca-se a que digam que não gosta do fcp , sabia disso ? ) De Paris , receba os meus votos de Feliz Ano Novo , para si e para o "blog". Saudações Benfiquistas.(Sarilhos-Grandes).

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/1/17 21:16

    Fica-lhe muito mal dirigir-se nos termos que faz ao mais galardoado dirigente de sempre do futebol portugues como lhe fica igualmente mal a sua referencia a Jose Maria Pedroto que lembre-se, venceu o primeiro trofeu UEFA reconhecido com a Seleccao Portuguesa de Juniores, ainda antes do Benfica se ter tornado Campeao Europeu pela primeira vez.
    Alias, sobre Pedroto convem lembrar que era tao protegido pelo regime que foi mandado cumprir serviço militar para o Algarve jogando até, nessa altura, no Lusitano Vila Real Santo Antonio. O que diriamos entao, em comparacao com Eusebio, que ficou a "cumprir" serviço militar...mesmo ali ao lado!
    Podemos nao gostar, nao apreciar mas deveria ter um pouco de tento. Só lhe ficava bem Sr Alberto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. alerta vermelho2/1/17 23:00

      Para quando é que está agendada a beatificação de ambos os visados, que você vem aqui tentar desesperadamente defender? Era o que mais faltava, que o Sr. Alberto Miguéns não pudesse dizer no seu blog o que pensa! As verdades doem não é?

      Eliminar
  3. Independentemente de tudo!

    São tão malandros, não são? Bons malandros, como no filme!

    TRIsaudações do 35

    Alberto Miguéns

    NOTA1: Pedroto e todos os outros do tempo dele, incluindo os futebolistas do Benfica.

    NOTA2: Eusébio e todos os outros do tempo dele - já havia Guerra Colonial - incluindo os futebolistas do FC Porto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo3/1/17 06:34

      Nao sei se são bons ou maus malandros porque nenhum deles passou pelos calabouços de um Estabelecimento Prisional. Ao contrario de 2 Presidentes que tem a sua fotografia na galeria dos Presidentes.
      E fico-me por aqui.

      Eliminar
  4. Mas foram presos depois de saírem do Clube. E de provavelmente terem lesado mais o Clube que "terceiros". Talvez tenha aí uma das justificações do porquê de agora todos os presidentes de todos os clubes tentarem morrer como presidentes dos clubes. Há até um octogenário a presidir a um dos principais clubes portugueses.

    E, também, fico-me por aqui.

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  5. Anónimo3/1/17 20:28

    Sabe Sr Alberto para quem tem um Presidente que foi condenado no Tribunal da Boa Hora pelos motivos sobejamente conhecidos, nao deixa de ter até alguma piada as suas consideracoes.

    Mas já agora, pois no video rotula de Corrupto a pessoa do Presidente do FC Porto, gostaria de saber em que Tribunal foi condenado por tal tendo a sentença transitado em definitivo. Ou será que o Sr Alberto para ocultar o passado de outros dirigentes do clube, precisa de distrair com outros de clubes rivais?

    Por exemplo, é capaz de nos explicar porque motivo foi no inicio dos anos 60, irradiado o arbitro Reinaldo Silva após um FC Porto-SL Benfica? Quem é que que ofereceu o automovel como premio pelo penalty inventado e que levou à irradiacao do arbitro? Quer ver que foi o Presidente do FC Porto!!

    Aguardamos pelas suas generosas conclusoes!

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  6. Caro Anónimo.

    Se fosse do SLB nem respondia deixando apenas a sua prezada opinião.

    Como é portista, respondo.

    Como percebe o video não é meu, nem foi feito por mim. Mas estou de acordo com ele. Considero que os visados estão colados que nem uma lapa ao poder para não irem "de cana". Ver o Sol aos quadradinhos. Ele só sai do FCP na horizontal ou inimputável pelos malefícios que a idade faz na fita de gravação neurónica.

    Eu se tivesse como empregado (António Garrido) um ex-árbitro para controlar e embalar os outros árbitros não falava de árbitros. Até Pinto da Costa diz que falar de árbitros é estúpido. António Garrido que inventou uma grande penalidade em 1 de Abril de 1973 na 24.ª jornada, no estádio das Antas, depois de 23 vitórias consecutivas do SLB quando a seis minutos dos 90, o SLB vencia por 2-1 e se preparava porque dominava o jogo para fazer a 24.ª vitória consecutiva em todas sas 24 jornadas do campeonato nacional em 1972/73.

    Saudações do TRIcampeões

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  7. Anónimo4/1/17 22:41

    Sr Alberto, registo a sua resposta e permita-me as seguintes consideraçoes:

    Desde logo, parece que nao reparou na questao que foi por mim levantada sobre o arbitro Reinaldo Silva que em 1961, na sequencia de uma penalidade inventada num FC Porto.Benfica, permitindo a vitoria do Benfica, acabou por ser irradiado.
    Certamente que tão bem informado que está sobre a tematica, saberá que tal ocorreu após a FPF comprovar que a denuncia recebida do FC Porto relativo ao recebimento de uma viatura automovel após o jogo, fora o motivo. A questao, que repito, é se sabe quel foi o autor da oferta da viatura automovel. É que quando se fala em Presidente e Corrupçao convém ter memória!

    Relativamente ao video, no questiono a autoria. Questiono a difamaçao que lá está pois independentemente das convicoes pessoais, para se rotular alguem de corrupto tem que haver uma sentença que o comprove. Que como bem sabe, nao existe pois quer o FC Porto quer o seu Presidente viram os processos concluidos nas mais varias formas e instancias, a seu favor sem qualquer condenaçao definitiva estando actualmente o caso encerrado em toda e qualquer materia de recursos.
    Isto para dizer que em materia de credibilidade até do seu blog, que aprecio independentemente das nossas diferenças, nao o abona.

    Quanto aos exemplos de Antonio Garrido, permita-me que lhe diga que o Benfica nunca gostou de arbitros de classe Mundial. Nao gostou de Garrido, dos melhores do Mundo da sua geraçao tal como nao gostou de Pedro Proença, mais recentemente. Quiça por aprecia mais os Inocencios Calabote, Reinaldo Silva ou Inacio Almeida, curiosamente todos eles irradiados por beneficios ao Benfica.

    Mas sobre Antonio Garrido, nao quero deixar de lembrar a historia curiosa de Gaspar Ramos que aparece na Biografia do ex-arbitro Cesar Correia grande amigo de uma figura bem conhecida da arbitragem e do Benfica de nome Porfirio Alves.
    Nessa historia, podemos ver como Gaspar Ramos conseguiu condicionar a escolha do arbitro Antonio Garrido para arbitrar a final da Taça de Portugal 1979/80. Aconselho a leitura, Sr Alberto.

    Talvez por ai tambem se perceba porque o Benfica nao apreciava Antonio Garrido. Apreciava, na epoca, a classe mundial de Cesar Correia. Cada um que tire as suas conclusoes!

    Obrigado.

    ResponderEliminar
  8. Caro Anónimo (eu digo - escrevo - quem sou). O caro Anónimo até pode ser meu vizinho e eu não sei!

    Não falei do caso em concreto porque em concreto não existe "caso Reinaldo Silva em 1961". Não sei do que escreve.

    O que eu sei:

    Época 1960/61
    11.ª jornada. Lisboa. V 2-0. Árbitro: Edmundo Carvalho;
    24.ª jornada. Porto. D 2-3. Árbitro: Marcos Lobato que marcou uma grande penalidade, aos 75', que Hernâni (FCP) converteu, fazendo o 3-2 a favor do FCP, com o SLB a jogar com 10 desde os...oito (8) minutos! Com esse golo o FCP venceu o jogo.

    Época 1961/62
    CN
    8.ª jornada. Porto. D 1-2. Árbitro: Renato Santos;
    21.ª jornada. Lisboa. E 1-1. Árbitro: Virgílio Baptista;

    TP
    Oitavos-de-final (1.ª mão). Porto. E 2-2. Árbitro: Porfírio da Silva;
    Oitavos-de-final (2.ª mão). Lisboa. V 3-1. Árbitro: Manuel Fortunato.

    1. Não sei do que "fala".

    2. Vamos fazer um acordo. Se apresentar documentos (podem ser artigos de jornal identificando o jornal ou revista) eu publico. a não conseguir encontrar vem aqui dizer que estava equivocado e eu publico o seu "pedido de desculpas" (em sentido figurado, claro)! Que este blogue é apenas um blogue. Não é - nem nunca quererá ser - um tribunal.

    3. O vídeo é um programa da RTP. Da sua responsabilidade. Ouvindo as escutas do Apito Dourado que estão no "Youtube" concordo com quem escreveu e realizou o vídeo.

    4. Não tenho a certeza mas penso que Inocêncio Calabote (IC) e Joaquim Campos eram os árbitros internacionais portugueses na segunda metade da década de 50. Sei de certeza que com Calabote o SLB foi o clube com menor percentagem de sucesso. O SCP teve quase 100 por cento e o FCP cerca de 80. O SLB ficou-se pelos 70 por cento. Não tenho aqui os valores mas quando este blogue era programa na Benfica TV mostrei com datas e resultados que isso era um facto. E com notícias de jornais a mostrar jogadas polémicas decididas por IC contra o Benfica! De memória lembro-me de um jogo em Guimarães. E sei que IC era dos árbitros mais "pacíficos" a não ser para Pedroto por causa de um Sporting CP frente ao FC Porto. Também mostrei nesse programa.

    5. Não sei o que se passou na realidade, mas Porfírio Alves disse-me - pessoalmente - que sempre se recusou a arbitrar o Benfica por ser Benfiquista e não querer correr o risco de até poder prejudicar para mostrar imparcialidade. Bem pensado.

    6. António Garrido é uma figura sinistra, tal como Pedro Proença. Como árbitros. "Apitavam" conforme as circunstâncias e não as 17 Leis do Jogo.

    7. Renovo a minha proposta. Se apresentar documentos (podem ser artigos de jornal identificando o jornal ou revista) eu publico. A não conseguir encontrar vem aqui dizer que estava equivocado e eu publico o seu "pedido de desculpas".

    Obrigado pelas simpáticas palavras em relação a este blogue. Espero não o desiludir.

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  9. Anónimo5/1/17 20:27

    Antes de mais, quero dizer-lhe que quando digo que aprecio o blogue que o faço com toda a sinceridade pois sempre achei que da confrontaçao de conhecimentos, informacoes e fontes se pode aumentar o nosso conhecimento que será sempre insuficiente.
    Passando entao à questão Reinaldo Silva. Como o Sr Alberto bem sabe, Reinado Silva foi um arbitro dos quadros a Associaçao de Futebol de Leiria. Por lapso indiquei o ano de 1961, pois de memoria associei a epoca 1961/62 mas vou entao ser mais preciso:
    - No dia 24 de Fevereiro de 1963 ( https://books.google.pt/books?id=mDEMzH35_sQC&pg=PA304&lpg=PA304&dq=porto+benfica+24+de+fevereiro+1963&source=bl&ots=7iiCGAcyyg&sig=rgXYvU-c7WrkrVw8idk009RhKUc&hl=pt-PT&sa=X&ved=0ahUKEwi4_eHN46vRAhVEVhQKHVnBAmYQ6AEIMDAE#v=onepage&q=porto%20benfica%2024%20de%20fevereiro%201963&f=false ), O Benfica na 17ª jornada visitou o Estadio das Antas (nesse ano o Campeonato teve 26 jornadas) e estava em desvantagem pontual para com o FC Porto.
    A jogada que esteve na origem da irradiacao do arbitro Reinaldo Silva conta-se rapidamente: num lance com o jogador do FC Porto, bem fora da area, Torres numa normal disputa de bola cai e...Reinaldo Silva assinala penalidade convertida por Eusebio que colocou o resultado final em 2-1. Com esse resultado, o Benfica passou a liderar o campeonato.
    Dias depois, chegou ao conhecimento do então Presidente do FC José Nascimento Cordeiro (1961-1965) que fora oferendado ao arbitro Reinaldo Silva uma viatura automovel por um dirigente do Benfica.
    Nesse sentido, o Vice-Presidente do FC Porto e responsavel pela area juridica do Clube Dr Raul Castro, elaborou uma exposição aos orgaos disciplinares da época que face à prova apresentada irradiou o arbitro de Leiria. Nessa época, dizia-se que o dirigente em causa que oferecera a viatura fora o Presidente Vieira de Brito mas esse inquerito disciplinar nunca conheceu a luz da imprensa por motivos obvios se olharmos com atençao à data da ocorrencia e ás ligaçoes existentes entre o Benfica e o Regime Salazarista.

    Relativamente ao arbitro Eborense Inocencio Calabote, os seus numeros são muitos interessantes Sr Alberto mas pouco dizem. Vamos a factos:

    - Entrevista do Dr Coelho da Fonseca responsavel pela Comissao Central de Arbitros na época dos factos, dada ao Jornal Record de 15 de Março de 1991 e vou citar "Tudo o que ele diz (Inocencio Calabote), todas as desculpas, são boas para ele contar aos amigos. Ele disse que foi irradiado por ter começado o jogo 2 minutos mais tarde. Ora pergunto eu, algum dirigente do Mundo poderia irradiar um arbitro por isso? De facto, a verdadeira razão nao foi essa.(..) É evidente que o arbitro tem o direito de dar as compensacoes de tempo que entender, mas teria que justificar no relatorio o que nao o fez. Nao indicou nem um minuto de compensaçao. Eu estranhei. Devo dizer que nunca dei importancia a boatos que circulavam na altura, acerca de suborno, porque nao poderia servir-me de uma coisa que nao tinha fundamento, mas o facto é que o jogo durou 8 minutos mais e ele disse que tinha durado 45 minutos. Perguntamos-lhe o que se tinha passado, mas..nada. Nao houve maneira de o convencer, ele mentiu no boletim. Sendo assim foi-lhe instaurado o processo disciplinar - Fim de Citação.

    Portanto Sr Alberto o Calabote foi irradiado porque mentiu. O que o levou a mentir o visado nunca esclareceu. Suborno? Era o que se dizia mas nao se provou.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo5/1/17 20:29

    Relativamente a Antonio Garrido, um arbitro que foi o primeiro arbitros portugues do quadro FIFA, que esteve no Campeonato do Mundo de 1978, no Europeu de 1980 e no Campeonato do Mundo de Espanha de 1982 onde arbitrou inclusive o jogo de atribuição de 3º e 4º lugares..é um arbitro de classe planetaria. Chamar de "sinistro" a alguem com este palmarés na arbitragem, nao tem qualquer nexo.
    E vamos entao falar de Porfirio Alves. Porfirio Alves tal como Antonio Rola, é publico, foram profissionais avençados pelo SL Benfica. Porfirio Alves, grande amigo de Cesar Correia, por exemplo a esposa de Porfirio Alves "ajudou" a filha de Cesar Correia na instalaçao do Laboratorio de Analises é figura conhecidissima nos meandros da arbitragem e não pelos melhores motivos.
    O caso da nomeaçao de Cesar Correia para a final da Taça de Portugal de 1980 entre Benfica e FC Porto é bem paradigmatica. Antonio Garrido nesse ano arbitrara no Campeonato da Europa, arbitrara a final da Taça Clubes Campeoes Europeus e pela sua classe e desempenho, seria a escolha obvia para a final da Taça de Portugal. Mas nao, foi Cesar Correia. Lei-a, por favor, o que lhe indiquei e perceberá porque. Afinal talvez as figuras sinistras tivessem outro endereço.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  11. Anónimo5/1/17 21:07

    Permita-me que reproduza aqui uetubal, Noticias de Setubal – Ediçao numero 46 de 14 Março de 1963 que retrata muito bem a forma como o Benfica lidava com a arbitragem na era "Reinaldo Silva".

    Jornalista: João Lucio
    Jogadas..Quando é que um arbitro expulsa Costa Pereira?

    No ultimo Sabado, mais uma vez presenciamos as atitudes de Costa Pereira para com um arbitro de futebol. E dizemos mais uma vez porque, com esta, é a terceira e, curando por comentários feitos pelo Jornal “O Benfica” ao encontro com o Barreirense , é a quarta. Mas que faz ele? – perguntarão os mais ingénuos ou os desconhecedores.

    Simplesmente o seguinte: quando as coisas não estão a correr bem, o guarda-redes benfiquista dirige-se aos arbitros em termos tais que, se estes fossem corajosos, só tinham uma decisão a tomar: expulsavam-no. Bastava cingirem-se à lei…
    Era uma decisão arrojada e que iria criar grandes problemas ao arbitro que o fizesse? Pois era.

    Mas então, é mais bonito ver-se atitudes semelhantes às que toma um jogador internacional, bi-campeao europeu e sei lá que mais?! Onde é que está o desportivismo e a ética que ele algumas vezes aponta nos seus escritos no jornal A Bola?
    Não. Assim não! Impressionar os árbitros com gritos e ameaças (nós já ouvimos isto que escrevemos)explorando a fraqueza de muitos deles para o desejado proveito, não! Com certeza que Costa Pereira não procedeu da mesma forma, recentemente, no Porto

    O que é certo é que o estrategema tem dado resultado: deu no Estadio Nacional (Final da Taça), no Vitoria-Benfica (Estadio do Bonfim) e agora, no Estádio da Luz. E a prova que dá, é que o arbitro aveirense Edmundo Carvalho não foi na segunda parteo mesmo individuo energico e alheio ao ambiente, como o fora na primeira. Pudera, não!

    Com o Costa, Coluna, o Dr Pinho e mais uma legiao de livres-circulantes a gritarem-lhe aos ouvidos quem é que nao havia de ceder!
    Quando é que um arbitro expulsa Costa Pereira para exemplo de todos os jogadores e clubes que se julgam "Donos do Futebol".

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail