A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

12/02/2016

Campeonatos, 34; Vitórias, 42

12/02/2016 + 10 Comentários
É QUASE TÃO DIFÍCIL CONQUISTAR UM TÍTULO DE CAMPEÃO NACIONAL COMO VENCER EM NOSSA “CASA” O FC PORTO!



Nos “Clássicos de Portugal” pouco há a dizer antes deles ocorrerem. O melhor é esperar pelo final do jogo de hoje. 


Embora o Benfica não tenha uma oportunidade dourada como a desta época, desde 1975/76, quando no início da temporada de 1976/77, Mestre Pedroto (de braço dado com o Chefe do Departamento de Futebol, senhor Pinto da Costa) substituiu Monteiro da Costa que teve de terminar a temporada de 1975/76 a orientar o futebol portista depois do despedimento do desastrado Stankovic: 4.º lugar no campeonato nacional. Mas quando foi demitido (após a derrota em Belém, frente ao CF “Os Belenenses” na 18.ª jornada, em 25 de Janeiro de 1976) o FC Porto tombou para o 6.º lugar. E foram eliminados nos quartos-de-final da Taça de Portugal, pelo Vitória SC Guimarães, que penava pelo 6.º lugar no campeonato nacional (embora os três jogos na competição sejam da responsabilidade desse extraordinário futebolista portista Monteiro da Costa - internacional português - que nada deu como treinador) e oitavos-de-final da Taça UEFA depois de levarem 2-0 em Hamburgo ainda com o exótico Stankovic. 

Casilhada na baliza Sagres (1.ª visita)*



* Hoje Casilhas fará a segunda visita à "Catedral"

Muito me diverti eu até meados dos anos 70
Até nos jogos internacionais, que eu nas competições europeias sou sempre dos adversários do FC Porto e do Sporting CP.  Ultimamente (desde o Salvador) até dos adversários do SC Braga. Porque considerava (actualmente tenho excepções relacionadas com "desgaste") que serem eliminados nas competições da UEFA era útil para o Benfica. A muitos níveis que não vou agora escrever porque o tema não é esse! Bons tempos esses até aos anos 70 com as eliminações do FC Porto. Até porque eu gozava à grande com os portistas que viviam no bairro da Graça, em Lisboa - e não eram poucos - o que me fazia confusão!


Desde final da década de 80 e primeira década do século XXI
O Benfica apresenta registos inacreditáveis mesmo a jogar numa das duas “Catedrais”: a Saudosa e a actual. Desde 1987/88 disputaram-se 28 encontros, com 13 empates, oito triunfos do “Glorioso” e sete vitórias do FC Porto. Não acreditam? Em golos: 30 marcados para 25 sofridos. Em quase três décadas o Benfica apenas por uma vez conseguiu duas vitórias consecutivas, embora a vitória de hoje, em 2015/16 não signifique igualar 1999/2000 e 2000/01. Apenas uma vez (1997/98) marcou três golos (V 3-0), mas em duas edições (1991/92 e 2011/12) do campeonato sofreu três golos, embora em ambas perdesse pela margem mínima (D 2-3).

82 CAMPEONATOS NACIONAIS
ÉPOCA
Melhor
Pior
FORA
CASA
1934/35
1
3.º
1-2
3-0
1935/36
1
2.º
2-2
5-1
1936/37
2
4.º
1-2
6-0
1937/38
3
2.º
2-2
3-1
1938/39
2
3.º
3-3
4-1
1939/40
3
4.º
2-4
2-3
1940/41
2.º
4.º
2-5
3-2
1941/42
4
4.º
1-4
5-1
1942/43
5
7.º
4-2
12-2
1943/44
2.º
4.º
2-2
6-3
1944/45
6
4.º
3-4
7-2
1945/46
2.º
6.º
2-0
4-0
1946/47
2.º
3.º
2-3
4-0
1947/48
2.º
5.º
2-0
4-1
1948/49
2.º
4.º
3-4
1-1
1949/50
7
5.º
1-0
3-2
1950/51
2.º
3.º
2-5
0-2
1951/52
2.º
3.º
0-3
2-0
1952/53
2.º
4.º
1-2
2-1
1953/54
2.º
3.º
3-5
2-2
1954/55
8
4.º
0-3
1-0
1955/56
4
2.º
0-3
1-1
1956/57
9
2.º
0-3
3-2
1957/58
2.º
3.º
0-1
2-3
1958/59
5
2.º
0-0
1-1
1959/60
10
4.º
2-2
2-1
1960/61
11
3.º
2-3
2-0
1961/62
2.º
3.º
1-2
1-1
1962/63
12
2.º
2-1
1-2
1963/64
13
2.º
1-1
2-2
1964/65
14
2.º
0-1
4-0
1965/66
2.º
3.º
0-2
3-1
1966/67
15
3.º
1-1
3-0
1967/68
16
3.º
1-1
3-2
1968/69
17
2.º
0-1
0-0
1969/70
2.º
9.º
2-1
2-0
1970/71
18
3.º
0-4
2-2
1971/72
19
5.º
3-1
1-0
1972/73
20
4.º
2-2
3-2
1973/74
2.º
4.º
1-2
2-1
1974/75
21
2.º
3-0
0-1
1975/76
22
4.º
3-2
2-3
1976/77
23
3.º
1-0
3-1
1977/78
6
2.º
1-1
0-0
1978/79
7
2.º
0-1
1-1
1979/80
2.º
3.º
1-2
0-0
1980/81
24
2.º
1-2
1-0
1981/82
2.º
3.º
1-2
3-1
1982/83
25
2.º
0-0
3-1
1983/84
26
2.º
1-3
1-0
1984/85
8
3.º
0-2
0-1
1985/86
9
2.º
0-2
0-0
1986/87
27
2.º
2-2
3-1
1987/88
10
2.º
0-3
1-1
1988/89
28
2.º
0-0
0-0
1989/90
11
2.º
0-1
0-0
1990/91
29
2.º
2-0
2-2
1991/92
12
2.º
0-0
2-3
1992/93
13
2.º
0-1
0-0
1993/94
30
2.º
3-3
2-0
1994/95
14
3.º
1-2
1-1
1995/96
15
2.º
0-3
2-1
1996/97
16
3.º
1-3
1-2
1997/98
17
2.º
0-2
3-0
1998/99
18
3.º
1-3
1-1
1999/00
2.º
3.º
0-2
1-0
2000/01
2.º
6.º
0-2
2-1
2001/02
3.º
4.º
2-3
0-0
2002/03
19
2.º
1-2
0-1
2003/04
20
2.º
0-2
1-1
2004/05
31
2.º
1-1
0-1
2005/06
21
3.º
2-0
1-0
2006/07
22
3.º
2-3
1-1
2007/08
23
4.º
0-2
0-1
2008/09
24
3.º
1-1
1-1
2009/10
32
3.º
1-3
1-0
2010/11
25
2.º
0-5
1-2
2011/12
26
2.º
2-2
2-3
2012/13
27
2.º
1-2
2-2
2013/14
33
3.º
1-2
2-0
2014/15
34
2.º
2-0
0-0
2015/16
0-1

Fora:  082 J – 13 V – 19 E – 50 D     095/162
Casa:  081 J – 42 V – 25 E – 14 D     164/081
Total:  163 J – 55 V – 44 E – 64 D    259/243
                                                        (- 9 V)    (+ 16)

Em jeito de conclusão
O FC Porto é o único clube (dos 71 que já jogaram no principal escalão do futebol português) que apresenta vantagem no confronto directo frente ao "Glorioso", com mais nove vitórias. Apenas nos golos está em desvantagem (16 golos de diferença) mas porque levou algumas “tareias monumentais” até aos anos 60!

Vão ser estes. Vai ser com estes. Que diferença de qualidade! Nem quero pensar que não conquistamos os três pontos! Oportunidade única!
Rui Vitória nem penses em desperdiçar estes Gloriosos! Ataque cerrado com equipa equilibrada a defender num jogo controlado. Fácil!



Carrega Benfica!

Alberto Miguéns
10 comentários
comentários
  1. Gostava imenso que o Sporting passasse o Leverkunsen (embora não acredite nisso) precisamente pela questão do "desgaste".
    Saudações!

    ResponderEliminar
  2. És um grande Benfiquista. Muito nos orgulhas com estes teus posts em busca da verdade absoluta.
    Continua.

    ResponderEliminar
  3. Caro Dr Alberto,

    "Muito me diverti eu até meados dos anos 70, nos jogos internacionais... Bons tempos esses até aos anos 70 com as eliminações do FC Porto. Até porque eu gozava à grande com os portistas que viviam no bairro da Graça, em Lisboa!"

    Dr Alberto, a diversão continuou nas décadas de 80, 90 e século XXI, com os Portistas da Graça?

    "Embora o Benfica não tenha uma oportunidade dourada como a desta época, desde 1975/76..."

    Não entendi, Monteiro da Costa como Treinador interino do FC Porto, venceu na Luz 3-2 nessa mesma temporada, quando perdia 2-0 ao intervalo, Ademir e Julio bisou, e o FC Porto venceu, tal como tinha vencido na temporada anterior com Aimore Moreira, com um golo de Cubillas em Outubro de 1974, pós Revolução de Abril, duas vitórias consecutivas na Luz.

    Aliás, nos 41 Campeonatos realizados pós Abril de 1974, o FC Porto para o Campeonato na Luz (nova e velha), venceu 10 desafios, empatou 17, e perdeu 14 confrontos, se o empate na Luz é um resultado positivo como visitante, o FC Porto nos "Campeonatos Democraticos" apresenta 27 resultados positivos, uma tendencia que aumentou neste século XXI, assim desde 2000/01 em 15 desafios para o Campeonato na Luz velha e nova: 5 vitórias para o FC Porto, 6 empates, e 4 vitórias do Benfica, e com um GA equilibrado 14-14!

    A talhe de foice, se o FC Porto em jogos do Campeonato se tem superiorizado ao Benfica, em contraste, a realidade é bem distinta em finais da Taça de Portugal!

    "Apenas nos golos está em desvantagem (16 golos de diferença) mas porque levou algumas “tareias monumentais” até aos anos 60!"

    Só identifico desequilibrio ou "tareias" apenas e só na decada de 40, recentemente, só identifico um 5-0 no Dragão!

    Observando os ultimos 10 resultados/temporadas na Luz para o Campeonato, o Benfica venceu o FC Porto (vou referir anos de terminação do Campeonato), 2006, 2010, e 2014, isto é, com um intervalo de 4 anos/temporadas, se essa tendencia se mantiver o Benfica só vencerá o FC Porto na temporada 2017/18 (Campeonato), mas não vou por aí, o Bruxo de Fafe não iria gostar!

    Concluindo, amanhã o FC Porto irá evitar sofrer o 1º golo, e depois, evitar a goleada, perante a unica Equipa da Europa que na Jornada 21, não tem qq jogador expulso da sua equipa, e qq GP assinalada contra, provavelmente será Record Mundial!

    Saudações des_Portistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Paulo Teixeira

      1. Não sei o que se passou com os portistas da Graça (que de facto eram muitos) chegando a dominar a Direcção do GD Graça, o clube localizado na rua Senhora da Glória. Havia quase tantos como sportinguistas o que para mim era um contrasenso. E não sei porque entretanto casei, fui morar para Benfica a 600 metros da Catedral e apesar de continuar a ir ao bairro deixei de o frequentar como habitante;

      2. O FCP venceu esses jogos nos anos 70 em desespero da classificação e o Benfica à vontade com o TRI na mão;

      3. Os "Campeonatos Democráticos" são resultado da degradação da democracia que como sabe em Portugal é um regime de corruptos. Eu vivi os dois mundos Fascismo/Democracia. O Regime antes do 25 de Abril era de pobreza e pidesco (de medo, principalmente devido à bufaria) mas nem Salazar, nem Caetano permitiam a corrupção/tráfico de influências que actualmente existem em Portugal. Por isso eram odiados pelo povo e pelos pato bravos. Até os capitalistas - Melos, Champalimons e Cia - desconfiavam porque tinham de levar uma vida a "trabalhar: criar empregos e pagar pouco" para enriquecerem. Agora na "Democracia À Portuguesa" enriquece-se de um dia para o outro. Pinto da Costa é um bom exemplo;

      4. Repare que agora os clubes de futebol que movimentam milhões - estão sempre a transaccionar passes de futebolistas e querem receber a prestações mas depois arranjam alguém que pague a pronto, pagando juros elevados - são uma "mina". Alguns dizem que não recebem vencimento. Pois não! Recebem comissões! Antes do 25 de Abril e até alguns anos depois as famílias exigiam que os dirigentes abandonassem as Direcções dos Clubes porque deserdavam a família.Agora querem é que eles fiquem lá até que a biologia lhes trate da saúde. Porque a PJ e os políticos têm medo deles e eles sabem!;

      5. "Até aos anos 60" por que ainda recordo esse fantástico 4-0 em 1964/65. E depois do 6-2 na final da Taça de Portugal. Estou sempre à espera de ver outro 4-0 ou 6-2. E estou quase na fase em que a biologia me tratará da saúde e ainda não vi!;

      6. Também é recorde mundial, diria até Universal, num Clássico o maior clube de um País, com mais títulos, ficar impedido de vencer o outro clube no estádio deste durante 14 temporadas duas vezes, apenas conseguindo uma vitória (1990/91) em 29 anos - 28 temporadas com duas séries de 14 insucessos, e na última desta com dez derrotas consecutivas. Inédito entre os grandes clássicos e dérbies na Europa. O que se terá passado? O FCP nunca teve um dia mau frente ao "Glorioso"? Em 12 clubes que disputaram essas dez temporadas só o CS Marítimo fez igual.Todos os outros conseguiram melhor que o Benfica? Não é estranho? Mesmo para um portista?

      Saudações Desportivas (excepto entre as 20:30 e as 22:30) para os anti-Benfica. Se desta vez forem os tais quatro são bem-vindos!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Fc porto usa doping quando joga com o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O doping é verem camisolas vermelhas à frente. Então com ribatejanos!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  5. Vou ser trucidado mas amanhã gostava que o Maxi fosse aplaudido , apesar de tudo ele deu sempre tudo pelo Benfica era um dos nossos , e tenho a certeza que nem o proprio ia esperar tal reacçao , digno se todos fizessem o mesmo era concerteza algo que se iria falar pelo mundo fora e mostrar o quanto somos diferentes , especiais , reconhecendo o valor alguém que foi nosso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Bruno,

      Eu vou à Catedral - o meu lugar é atrás do banco dos visitantes- e vou bater-lhe palmas se o apanhar a passar por ali perto!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. O Maxi é um pesetero. Tanto se lhe dá ser vaiado como não.

      Eliminar
    3. Caro Jaime Palha

      A sorte do Rui Costa (até Eusébio e Simões, por exemplo) é os portugueses (incluindo os Benfiquistas) terem a memória curta. Se eu publicasse as entrevistas que Rui Costa deu a exigir a Damásio (e ao Benfica) que o "Glorioso" lhe pagasse o prémio (pelo facto do SLB ganhar mais, embora Rui Costa menos) que Jorge Brito prometeu se fosse para Itália em vez de Espanha!

      Até bufavam!

      Mas como Rui Costa não merece, fica a verdade escondida!

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail