A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

13/08/2015

Atletismo 110.ª: Sem Mácula

13/08/2015 + 2 Comentários API
COM CABOUCOS SÓLIDOS ALICERÇADO NO BENFICA OLÍMPICO O ATLETISMO TEM TUDO PARA CONTINUAR A CONQUISTAR.



Que temporada categórica do plantel masculino. O feminino demora a seguir-lhe o exemplo.

Em 2015, são 110 anos, desde a estreia em 4 de Novembro de 1906
Uma modalidade à Benfica. Antiga e ininterrupta. A terceira no Clube (seguiu-se ao Futebol:1904/05 e Ciclismo: 1906), a segunda em termos de épocas a competir depois do futebol.

Campeonatos Nacionais de Estrada (masculinos e femininos) em 11 de Janeiro de 2015

A próxima temporada (2016) será a 111.ª
Em 2016 completam-se 110 anos do início do Glorioso Atletismo, correspondendo a 111 épocas sempre em competição de um modo ininterrupto. À Benfica!

             TROFÉUS OFICIAIS (TOTAIS)
      
COMPETIÇÕES
Troféus
Oficiais
Em Competições Regionais
52
Em Competições Nacionais
62
Em Competições Internacionais
  5
      TOTAIS
119
R
Campeonato de Pista
29
Campeonato de Corta-Mato
23
N
Campeonato Pista (ar livre)
 27
Campeonato Pista Coberta
 6
Campeonato Corta-Mato (Longo/Absoluto)
 22
Campeonato Corta-Mato (Curto)
3
Campeonato Estrada
 4
I
Taça dos Clubes Campeões Europeus de Estrada
 5
            
Campeonatos Nacionais de Pista Coberta (masculinos) em 22 de Fevereiro de 2015
           
           BENFICA COM 110 TEMPORADAS NO ATLETISMO
Estreia do Benfica na modalidade: Em 4 de Novembro de 1906, Félix Bermudes participou numa prova de salto em comprimento, classificando-se em 4.º lugar com 5,09 metros. Félix Bermudes jogava a extremo-direito e capitaneava a 2.ª categoria do Sport Lisboa na temporada de 1906/07.

Épocas
REGIONAIS
(AAL)
NACIONAIS
(FPA)
Inter
nacional
TOTAIS
CRP
CRCM
CNCM
CNP
CNPC
CNE
CNCMc
TCCEE
119
29
23
22
27
6
4
3
5
1906








1907








1908








1909








1910








1911








1912








1913


1.º





1914








1915








1916








1917








1918








1919








1920








1921








1922








1923








1924








1925








1926








1927








1928








1929








1930








1931

1.º






1932

2.º
2.º





1933

3.º
3.º





1934

4.º
4.º





1935
1.º







1936


5.º





1937

5.º
6.º





1938








1939
2.º


1.º




1940
3.º


2.º




1941








1942



3.º




1943
4.º







1944
5.º
6.º
7.º
4.º




1945

7.º
8.º





1946

8.º
9.º





1947

9.º
10.º





1948

10.º






1949



5.º




1950








1951
6.º


6.º




1952








1953
7.º


7.º




1954
8.º

11.º
8.º




1955
9.º
11.º
12.º
9.º




1956

12.º
13.º





1957

13.º
14.º





1958


15.º





1959








1960








1961








1962








1963








1964

14.º
16.º





1965








1966








1967
10.º


10.º




1968








1969
11.º







1970








1971








1972








1973








1974








1975


17.º





1976
12.º







1977

15.º






1978








1979








1980
13.º


11.º




1981
14.º
16.º
18.º





1982
15.º


12.º




1983
16.º


13.º




1984
17.º
17.º

14.º




1985
18.º







1986
19.º


15.º




1987
20.º
18.º






1988
21.º
19.º

II D



1.º
1989
22.º
20.º

16.º



2.º
1990
23.º

19.º
17.º



3.º
1991
24.º


18.º

1.º

4.º
1992
25.º
21.º

19.º



5.º
1993



20.º




1994



21.º
1.º



1995




2.º



1996



22.º




1997








1998








1999








2000

22.º






2001








2002








2003








2004








2005








2006

23.º






2007








2008








2009








2010








2011



23.º




2012
26.º


24.º
3.º



2013
27.º

20.º
25.º
4.º
2.º
1.º

2014
28.º

21.º
26.º
5.º
3.º
2.º

2015
29.º

22.º
27.º
6.º
4.º
3.º

2016








NOTA: Esta tabela tem 111 linhas (1906 – 2016) pois o EDB tem previsto assinalar o 110.º aniversário do Glorioso Atletismo, em 2 de Dezembro de 2016, destacando para cada uma das 111 épocas a efeméride mais importante. A tabela fica desde já “preparada” evitando estar a fazer outra!

Campeonatos Nacionais de Corta-mato (masculinos e femininos) em 15 de Março de 2015
Domínio avassalador desde 2013
Benfica não é o clube mais titulado do Atletismo português mas tem vincado uma hegemonia inquestionável nos últimos cinco anos desde 2011. Começou com a conquista da competição com mais tradição, o campeonato nacional de Pista (Pentacampeonato em 2015), seguiu-se a Pista Coberta em 2012 (Tetracampeonato em 2015) para finalmente fazer o pleno no Corta-Mato e na Estrada, com dois Tricampeonatos entre 2013 e 2015.

ÚLTIMAS DEZ TEMPORADAS
(CAMPEONATOS NACIONAIS)
Épocas
Pista Coberta
Corta-Mato
Estrada
Ar Livre
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
2006
Sporting CP
2.º
GDR Conforlimpa
NP
GDR Conforlimpa
NP
Sporting CP
2.º
2007
Sporting CP
2.º
Maratona CP
NP
GDR Conforlimpa
NP
Sporting CP
2.º
2008
Sporting CP
2.º
GDR Conforlimpa
NP
GDR Conforlimpa
NP
Sporting CP
2.º
2009
Sporting CP
2.º
GDR Conforlimpa
NP
Maratona CP
NP
Sporting CP
2.º
2010
Sporting CP
2.º
GDR Conforlimpa
NP
GDR Conforlimpa
NP
Sporting CP
2.º
2011
Sporting CP
2.º
GDR Conforlimpa
NP
GDR Conforlimpa
NP
23. SL BENFICA
2012
03. SL BENFICA
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
24. SL BENFICA
2013
04. SL BENFICA
20. SL BENFICA
02. SL BENFICA
25. SL BENFICA
2014
05. SL BENFICA
21. SL BENFICA
03. SL BENFICA
26. SL BENFICA
2015
06. SL BENFICA
22. SL BENFICA
04. SL BENFICA
27. SL BENFICA


Campeonatos Nacionais de Pista (masculinos) em 14 de Junho de 2015

O Sporting CP está muito longe
Mas o caminho faz-se caminhando. Para igualar o SCP faltam 22 títulos (em 2037 com 22 consecutivos no Corta-Mato), 21 títulos (em 2036 com 21 consecutivos na Pista ao Ar Livre) e dez (em 2025 com dez consecutivos na Pista Coberta)

PALMARÉS DESDE SEMPRE
(CAMPEONATOS NACIONAIS)
Corta-Mato
(92)
Ar Livre
(77)
Pista Coberta
(22)
Estrada
(22)
Campeões
N.º
Campeões
N.º
Campeões
N.º
Campeões
N.º
Sporting CP
44
Sporting CP
48
  Sporting CP
16
  GDR Conforlimpa
11
SL BENFICA
22
  SL BENFICA
27
  SL BENFICA
06
  Maratona CP
04
Maratona CP
11
  FC Porto
02


  SL BENFICA
04
 GDR Conforlimpa
06




  GD Terbel
02
CF “Os Belenenses”
04




  Sporting CP
01
SC Império
01






Selcção Lisboa
01






Vendedores Jornais
01






Académico FC (P)
01






 Gémeos Castro
01









E as senhoras?

«Quem vai para o Mar prepara-se em Terra»
NOTA: Não tinha previsto falar em pormenor do plantel feminino, por isso ao ter planeado nesta quarta-feira escrever acerca do Atletismo elaborei o que necessitava mas não preparei o que devia para “separar” o feminino do masculino. Por isso as referências a datas nos textos são meramente indicativas porque feitas de memória. E esta pode não estar, quanto ao rigor, “para aí virada”.

A próxima temporada (2015/16) será a 57.ª
Em 10 de Junho de 1937 o Benfica estreou-se em competição com uma equipa de senhoras que treinavam Atletismo desde o ano anterior. Essa equipa era o plantel de Basquetebol que prolongava a sua capacidade desportiva para lá dessa modalidade, aproveitando o Atletismo para treino físico do Basquetebol.

A equipa sénior feminina de Basquetebol em 1937/38 com as suas adversárias do CF "Os Belenenses":
1. Maria Helena da Costa Sá (participante em estafetas);
2. Maria Manuel Teles de Amorim (desconheço actividade);
3. Deolinda Luísa Fernandes Chupelo (campeã nacional, em 31 de Julho de 1938, no Porto, lançamento do Disco; atleta multifacetada: velocidade, lançamentos (dardo, disco e peso), saltos (comprimento e altura) e estafetas);
4. Ilda Rangel Jordão (participante em estafetas);
5. (capitã) Maria Helena Amaral Ribeiro (estreou a equipa feminina em 10 de Junho de 1937, ficando em 4.º lugar; percurso semelhante a Deolinda Chupelo, ainda que obtendo resultados mais modestos;
Não está na fotografia: Clotilde Cartaxo (participante em estafetas).

Menos exuberante que o sector masculino
Ainda assim há Gloriosas conquistas que merecem ser destacadas.

             TROFÉUS OFICIAIS (TOTAIS)
      
COMPETIÇÕES
Troféus
Oficiais
Em Competições Regionais
37
Em Competições Nacionais
25
      TOTAIS
62
R
Campeonato de Pista
15
Campeonato de Corta-Mato
22
N
Campeonato Pista (ar livre)
 14
Campeonato Pista Coberta
 1
Campeonato Corta-Mato
 7
Campeonato Estrada
 3
                       
Longo interregno até 1964
Com a suspensão da equipa sénior feminina de Basquetebol o “Glorioso” levaria duas décadas e meia para regressar às competições de Atletismo. E em “boa hora” pois surgiu no Clube uma das melhores atletas da modalidade em Portugal: Manuela Simões. Seguiram-se muitas outras, com recordes nacionais e títulos colectivos e individuais numa sequência que merecerão uma história à parte num dia (ano) destes.

Épocas
REGIONAIS
(AAL)
NACIONAIS
(FPA)
TOTAIS
CRP
CRCM
CNCM
CNP
CNPC
CNE
CNCMc
62
15
22
7
14
1
3
-
1936







1937







1938







1939







24
1940 - 1964
1964







1965







1966







1967

1.º
1.º




1968

2.º
2.º




1969

3.º
3.º




1970

4.º
4.º




1971

5.º
5.º




1972







1973







1974







1975







1976

6.º





1977

7.º

II D
1.º



1978
1.º
8.º

2.º



1979
2.º
9.º





1980

10.º





1981

11.º





1982
3.º
12.º

3.º



1983
4.º
13.º

4.º



1984
5.º
14.º

5.º



1985
6.º
15.º

6.º



1986
7.º
16.º

7.º



1987
8.º
17.º





1988
9.º
18.º

8.º



1989
10.º
19.º

9.º



1990
11.º
20.º
6.º
10.º

1.º

1991
12.º
21.º

11.º



1992
13.º


12.º



1993



13.º



1994
14.º


14.º
1.º


1995
15.º






1996







1997







1998







1999







2000







2001







2002







2003







2004







2005







2006







2007

22.º





2008







2009







2010







2011







2012







2013







2014





2.º

2015


7.º


3.º



Longe na pista – ar livre e coberta – fortes no corta-mato e estrada
Tendo como águia implacável Dulce Félix!

a
ÚLTIMAS DEZ TEMPORADAS
Épocas
Pista Coberta
Corta-Mato
Estrada
Ar Livre
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
Vencedores
SLB
2006
Sporting CP
NP
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 Sporting CP
NP
2007
Sporting CP
NP
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 Sporting CP
NP
2008
Sporting CP
NP
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 Sporting CP
NP
2009
Sporting CP
NP
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 Sporting CP
NP
2010
Sporting CP
4.º
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 FC Porto
4.º
2011
Sporting CP
2.º
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 Sporting CP
2.º
2012
Sporting CP
2.º
Maratona CP
NP
Maratona CP
NP
 Sporting CP
2.º
2013
Sporting CP
2.º
Maratona CP
NP
Maratona CP
2.º
 Sporting CP
2.º
2014
Sporting CP
2.º
Sporting CP
2.º
02. SL BENFICA
 Sporting CP
2.º
2015
Sporting CP
3.º
07. SL BENFICA
03. SL BENFICA
 Sporting CP
3.º

Quase inatingível o Sporting CP
Mesmo que o plantel sénior feminino começasse a vencer tudo a partir de 2016 levaria décadas a igualar o Sporting CP: 31 anos (2046) na Pista, 19 anos (2034) na Pista Coberta e 13 anos (2028) no Corta-Mato. Mas isto não é o mais importante. O que interessa é competir e conquista. O futuro do “Glorioso” é ilimitado, seja em 2104 ou em 2204!

PALMARÉS DESDE SEMPRE
(CAMPEONATOS NACIONAIS)
Ar Livre
(72)
Corta-Mato
(48/49*)
Pista Coberta
(22)
Estrada
(22)
Campeões
N.º
Campeões
N.º
Campeões
N.º
Campeões
N.º
Sporting CP
45
Maratona CM/CP
20
  Sporting CP
20
 Maratona CM/CP
13
  SL BENFICA
14
 SC Braga
10
  SL BENFICA
01
 SC Braga
05
  CF “Os Belenenses”
12
  SL BENFICA
07
  FC Porto
01
 SL BENFICA
03
  FC Porto
01
 FC Porto
04


  AD Pasteleira
01


 Sporting CP
04






FC Foz
03




NOTA: * Em 1975 realizou-se o campeonato nacional de corta-mato mas o título não foi atribuído

Viva o Benfica!

Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES DURANTE  AGOSTO
(provisório como é evidente)
De 13 a 19 de Agosto de 2015 (Sempre pela meia-noite)
Quinta-feira (de 12 para 13): O Mais Belo e Inigualável 138;
Sexta-feira (de 13 para 14): Mentiras Oficiais Made in SLB;
Sábado (de 14 para 15): O "Glorioso" nas Primeiras 82 Jornadas;
Domingo (de 15 para 16): O "Glorioso" frente ao GD Estoril Praia;
Segunda-feira (de 16 para 17): E depois da Primeira?;
Terça-feira (de 17 para 18): Benfica tão brilhante que se vê no escuro;
Quarta-feira (de 18 para 19): Uma modalidade por semana: Bilhar


2 comentários
comentários