A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/06/2015

Os Seis Trabalhos de Rui Vitória

11/06/2015 + 17 Comentários API
SE JORGE JESUS NÃO REGRESSAR, NUNCA OU NUM FUTURO PRÓXIMO, AO BENFICA SERÁ BOM SINAL. SE...SE...


A frase que conheço - haverá milhões que não conheço - que melhor define o Futebol é de Bill Shankly (1913-1981) escocês, futebolista e treinador, que entre vários clubes, destacou-se no Liverpool FC, entre 1959 e 1974: «O Futebol não é um caso de vida ou morte. É muito mais que isso!»
De entre outras que colocaria em segundo lugar, lembro-me sempre desta quando se fala de treinadores, da sua importância ou não, atribuída a Johan Cruijff:

«Num clube de futebol o treinador é que manda em tudo, excepto numa situação em que manda o presidente. Pode demitir o treinador!»  

O tempo passa depressa
Parece que foi ontem e já passou uma semana desde que o Benfica prescindiu de Jorge Jesus (ou este do Benfica) assunto que um dia destes (quando assentar a poeira e passar a espuma dos dias) merecerá destaque - devido e à parte - neste blogue. O tempo passou depressa e vai passar depressa até Rui Vitória iniciar os trabalhos em Julho de 2015 para fazer Glória em 2015/16, entre Agosto de 2015 e Maio de 2016.

CALENDÁRIO DE JOGOS (JULHO / SETEMBRO)
Mês
Dia
Adversário
Competição
Local
J
U
L
H
O
01
QUA



05
DOM



08
QUA



11
SÁB
CF "Os Belenenses"
Taça Honra Lisboa*
Lisboa/Restelo
12
DOM
Sporting CP (?)
Taça Honra Lisboa*
Lisboa/Restelo
15
QUA



19
DOM
Paris S-G FC
Torneio Campeões
Toronto/Canadá
22
QUA
(?)
Troféu EusébioCup
Lisboa/Catedral
25
SÁB
AC Fiorentina
Torneio Campeões
Hartford/EUA
27
SEG
Red Bulls Nova Iorque
Torneio Campeões
N. Iorque/EUA
28
TER
CF América México
Torneio Campeões
Cid. México
A
G
O
S
T
O
2
DOM
FC Monterrey
Particular
Monterrey/México
5
QUA



9
DOM
Sporting CP
Supertaça
Algarve
12
QUA



16
DOM

Primeira Liga.01

19
QUA



23
DOM

Primeira Liga.02

26
QUA



30
DOM

Primeira Liga.03

S
E
T
E
M
B
R
O
2
QUA



6
DOM
Jogos das Selecções
9
QUA
Jogos das Selecções
13
DOM

Primeira Liga.04

16
QUA

Liga Campeões.01

20
DOM

Primeira Liga.05

23
QUA



27
DOM

Primeira Liga.06

30
QUA

Liga Campeões.02

NOTA: Consta que a Taça de Honra poderá ser nestas datas para permitir a participação dos futebolistas do principal plantel do Benfica. Se for nas inicialmente definidas (16 e 17 de Julho) o Benfica apresentará os futebolistas que não fizerem parte da digressão à América do Norte para disputar o Torneio "Taça Internacional dos Campeões".

Por muito que não se queira
Rui Vitória vai ter nas mãos o destino de Jorge Jesus em relação ao Benfica. «Atrás de mim virá quem de mim bom fará», diz o adágio popular e é bem verdade. Se o Benfica não conquistar a Supertaça (9 de Agosto) e decisivamente/ principalmente o Tricampeonato, começar-se-á a pensar em Jorge Jesus. E dois campeonatos consecutivos perdidos (mesmo para clubes onde não esteja Jorge Jesus) serão cartões de entrada para o regresso de Jorge Jesus ao Benfica. Começa a pensar-se que sem Jorge Jesus o Benfica não voltará a ser campeão nacional. Todos sabem, racionalmente, que não é assim. Mas a emoção (e superstição) vai sobrepor-se à razão. Os adeptos vão exigi-lo como exigiram sempre. Para evitar tudo isto, só há um princípio que permita ou ajude, depois, a conseguir um bom fim! Que Rui Vitória seja, rapidamente, o treinador de todos os Benfiquistas.

REGRESSOS DOS TEINADORES
Treinador
Época
Épocas para regressar ao "Glorioso"
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Lipo Herczka
38/39








47/48
Otto Glória
58/59








67/68
Béla Guttmann
61/62



65/66





Fernando Riera
62/63



66/67





John Mortimore
78/79






85/86


Eriksson
83/84





89/90



Toni
93/94






00/01


José Camacho
03/04



07/08






Que aproveite a oportunidade! Os obstáculos no início vão ter este tamanho!

"Trabalhos" de Rui Vitória "ilustrados" com os jogos-jogados!
A teoria do futebol, do ponto de vista das suas emoções e resultados deve ser direccionado para o jogo, para a sua essência. Será nos primeiros três meses de trabalho (Julho a Setembro) que um "treinador novo" cai ou não no goto dos adeptos. No futebol a expressão "vale mais cair em graça que ser engraçado" tem muita razão de ser. Nós, Benfiquistas, já não nos lembramos muito bem do que é ter um "treinador novo" pois o último foi, em 2009, há seis anos! Lembram-se! Entrou a "matar". E nem necessitava de "fazer esquecer um treinador campeão"! Na pré-época (conquista de três torneios - Guadiana, Amesterdão, Guimarães - e troféu EusébioCup, frente ao AC Milan) e até final de Setembro de 2009 (apuramento para a Liga Europa e seis brilhantes jornadas na Primeira Liga).

Os Seis Trabalhos de Rui Vitória (metade dos atribuídos a Hércules)

1. Início de Julho
Discurso. Espera-se nas primeiras declarações após início de temporada um discurso coerente e diferenciador que motive os Benfiquistas que estão hiperactivos com a conquista do Bicampeonato Nacional após 30 épocas sem o conseguir. Vão surgir muitos jogadores, todos bons e muitos elogios na Opinião Publicada (para o Benfica e todos os clubes) como se 2015/16 fosse a ultima maravilha do Universo, prevendo-se futebol de elevado quilate pago com tostões. Quando começar a "doer" percebe-se que houve muita "banha da cobra" para vender papel e horas de televisão e telefonia.

2. Taça de Honra
Dinâmica da equipa. Se o Benfica apresentar os melhores futebolistas - os que já não estiverem de férias - nos jogos da Taça de Honra haverá uma primeira apreciação acerca das mudanças nas características do futebol - aquilo que se chama hoje a "ideia de jogo" - apresentado pelo Benfica. E começarão as comparações. Haverá quem goste e quem não goste. Quem augure tudo de bom e quem comece a duvidar. Será a partir daqui que as posições começam a divergir. Veremos quem terá razão ou vá acertar no que irá ocorrer durante a época.

3. Digressão pela América do Norte
Resultados frente a bons plantéis mais do que equipas. A participação no exigente torneio - bons adversários e necessidade de rotação elevada do plantel devido ao número de jogos num curto espaço temporal - no Canadá, EUA e México permitirá perceber se o Benfica se reforçou (mesmo) ou apenas alterou alguns futebolistas (como por vezes acontece). É que os novos futebolistas são sempre apresentados nos media como "reforços" e poucas vezes o são. Isto é válido para o Benfica e para 99 por cento dos clubes! Um por cento, ou nem isso, são os do costume de Espanha a Inglaterra!

4. Troféu "Eusébio Cup"
Ainda sem data acredito que a habitual homenagem a Eusébio (pouco tempo depois da sua trasladação do cemitério do Lumiar para o Panteão) seja também a apresentação aos adeptos na estreia da "Catedral" em 2015/16. Em dia de festa dará para perceber pouco, ainda que sirva para ver, ao vivo, o que foi percepcionado na televisão, nos jogos entretanto realizados até este dia.

5. Supertaça
Prova de fogo. O primeiro jogo "a doer" vai ser "brutal" colocando em confronto o Benfica frente ao Sporting CP orientado pelo ex-treinador do Benfica. Vai ser a "pedra de toque" para os tempos mais próximos. O Benfica está obrigado a vencer, ainda que venham a aparecer "mil e uma teorias" a justificar que não tinha de conquistar o troféu! O tanas...

6. Primeira jornada da Liga NOS
Será o "arranque" que se quer vitorioso, no que é excepção. Nas últimas dezasseis temporadas conquistar os três pontos na 1.ª jornada apenas em 2002/03, 2004/05 e 2014/15. Mas esta época é diferente. O Bicampeonato assim o obriga. Para não haver desconfianças.

Que tenhas toda a sorte do Mundo, Rui Vitória!

Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES PARA LÁ DE MEADOS DESTE MÊS
(provisório como é evidente)
De 12 a 23 de Junho de 2015 (Sempre à meia-noite)
Sexta-feira (de 11 para 12): Vale a pena denunciar;
Sábado (de 12 para 13): Avança Benfica!;
Domingo (de 13 para 14): O Mais Belo e Inigualável 138;
Segunda-feira (de 14 para 15): Ser bom ou mau treinador;
Terça-feira (de 15 para 16): Os 337 campeões nacionais
Quarta-feira (de 16 para 17): Mentiras Oficializadas by SLB;
Quinta-feira (de 17 para 18): Ainda se lembram dele!?;
Sexta-feira (de 18 para 19): Já cá faltava eu!;
Sábado (de 19 para 20): Sinto-me tão portista!;
Domingo (de 20 para 21): Rola e enrola;
Segunda-feira (de 21 para 22): Os 86 vencedores da Taça da Liga;
Terça-feira (de 22 para 23): Benfica tão brilhante que se vê no escuro
17 comentários
comentários
  1. Não gostei de ver aqui plasmada a ideia de que, mais época, menos época o Jesus voltará ao benfica.
    Mas tudo bem. Os artigos do Alberto são sempre bem documentados e rigorosos. É só a minha opinião.
    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Rukka

      Eu não sei se Jorge Jesus, mais época, menos época voltará ao Benfica.

      Espero que nunca volte, pois seria sinal que no imediato vamos conquistar campeonatos.

      Apenas, por conhecer o Benfica, mas principalmente o Futebol português e latino, senão ganharmos serão os adeptos a exigir o regresso de Jorge Jesus. Ficaria admirado se isso não acontecesse embora espere nunca ter de verificar a veracidade desta previsão!

      Espero que Rui Vitória consiga em menos tempo - seis temporadas - ter tanto ou mais sucesso que Jorge Jesus, fazendo-o "esquecer", no sentido de, dar-lhe menos importância!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Meus caros,

      As pessoas têm os seus tempos. Durante muitos anos, após o campeonato do 3-6, em Alvalade, exigia-se o regresso do saudoso Toni, que tinha sido campeão quase sem equipa, etc, etc. Quando regressou, viu-se como foi.

      O Jorge Jesus deu-nos muito e por isso estou muito grato. O Benfica também lhe deu. O seu tempo, quer tenha saído por isto ou aquilo, acabou e ponto.

      Outros virão, no imediato ou no futuro, Rui Vitória ou outro, que continuarão a escrever a História do Sport Lisboa e Benfica em futebol.

      Nem vale a pena pensar mais nisso, digo eu. Quem o fará será a imprensa para, como sempre, pressionar o Benfica e os Benfiquistas à descrença. Táctica lá da fruta nortenha, já demasiado vista. O Benfica vende e os Benfiquistas compram. No momento em que os Benfiquistas forem selectivos no que comprar, então aí talvez a imprensa se veja forçada a mudar de alianças.

      Abraço!
      Isaías

      Eliminar
  2. Sim, estou de acordo. Todos com o novo treinador! Vai precisar de apoio e de #colinho. Carrega Benfica! Saudações. Paulo.

    ResponderEliminar
  3. Ó Alberto, por amor de Deus. Vindo de si até me dá dores de dentes. Então ainda admite que um treinador que sai diretamente do nosso clube e vai para o grande arquirival, levando consigo toda a informação de como é um grande clube, venha a reentrar no Benfica? Impossível. Inadmissível! E que não me apareça aqui alguém a dizer que ele é que foi empurrado, porque eu respondo logo com a tentativa suez de levar com ele altos quadros da estrutura benfiquista, para não falar do provavel assedio a Maxi. Mas o que mais me dói é o know how do Benfica Lab ficar vulnerável para o Sporting. Isto é quase o mesmo que um engenheiro chefe da Ferrari passar para a mercedes e levar com ele todos os segredos tecnológicos do cavalinho rampante. Portanto, Alberto, que o Benfica ganhe sempre, porque é essa a sua sina. Mas se perder, algo que também pode acontecer em desporto, jamais me venham chorar por esse rato traidor.
    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Nos próximos tempos vai ter revelações que o vão surpreender. Deixe a poeira assentar. Há muita desinformação. Eu não vou escrever nada por enquanto porque não era bom para o Benfica!

      Depois se verá!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Alberto, corra bem, corra mal, não sei se o JJ deva voltar ao Benfica. Percebo o que quer dizer com isso, mas é fundamental lembrar o que foram os últimos regressos messiânicos de treinadores (Camacho e Toni) para perceber que tal é profundamente desaconselhado.

    O último que me lembro de ter corrido bem foi mesmo o Eriksson, mas que se encontrava num ponto da sua carreira algo diferente. Apesar de desconfiar que não, espero que em Junho de 2016 estejamos todos a perguntar "Jorge quê?".

    ResponderEliminar
  5. Pela forma como sai, o JJ fechou definitivamente a porta a um regresso ao Benfica... Acho que nem pintado voltará. O que acaba por ser um favor que nos faz. Podemos pensar que com Jesus seria diferente, poderia ser melhor, mas ninguém vai ficar a suspirar pelo seu regresso. Acho eu.
    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro

      Isso é agora.

      Daqui a dois anos se Rui Vitória não conquistar nenhum campeonato não se vai falar noutro assunto. Dois anos, em futebol, que se vive dia-a-dia, é muito tempo. Oxalá não seja necessário suspirar por ele.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  6. Caro Alberto,
    Não estou a ver muito espaço para encaixar a Eusébio Cup. "Cheira-me" que vão aproveitar o jogo com o PSG e designá-lo... Eusébio Cup.
    Saudações,
    Zé do Cartaxo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Zé

      Não pode. É no Canadá!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  7. Caro Alberto,
    Ainda a propósito da Eusébio Cup alerto-o para a seguinte declaração de Luís Filipe Vieira, a 5 de janeiro de 2015: "Todas as equipas que estiveram presentes nas edições da Eusébio Cup foram nomes que honraram a vida e a memória de Eusébio e tenho a certeza de que assim vai continuar a acontecer. Há uma ideia que está em cima da mesa de poder passar a fazer a Eusébio Cup fora do país, indo ao encontro dos nossos emigrantes." Daí me estar a "cheirar" que o tal jogo com o PSG vai acabar por ser... a Eusébio Cup.
    Atentamente,
    Zé do Cartaxo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E porque não o jogo com o monterrey?
      O Eusébio não jogou lá?

      Eliminar
    2. Jogou.

      Mas o Benfica tem de se apresentar aos adeptos, no seu Estádio, antes de ter início o campeonato nacional.

      Digo eu!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  8. Caro Alberto,
    Não posso deixar de passar a sua referência ao antigo treinador do Liverpool, para mim é também a frase que melhor define a paixão que tenho por este Desporto fabuloso e, nomeadamente, pelo nosso Glorioso clube.
    Só o facto de diariamente e quase constantemente, há mais de 30 anos, pensar no nosso glorioso clube (é algo como o ar que respiro…está sempre PRESENTE) faz com que também “utilize”, sempre que é oportuno, a citada frase…provocando, naturalmente, “ tumultos” entre as pessoas que não pensam da mesma forma….com o natural gozo e satisfação que me dá!!
    Mas também essa frase, demonstra a paixão que o povo operário Britânico tinha pelo desporto rei, tornando os Estádios Ingleses num lugar de culto com uma atmosfera surreal, algo que nunca mais será visível.
    Agora, é quase um desporto de elite, onde só os mais ricos são que têm possibilidade de assistir a jogos nos Estádios ingleses!
    Aquela paixão, muitas vezes exacerbada, é de facto demonstrada com essa simples frase!

    Cumprimentos
    Xandex

    ResponderEliminar

  9. Pelos vistos ainda há gente não percebeu que o JJ foi empurrado para fora do Benfica ?!?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só vou deixar alguns tópicos para mostrar o grande sentimento que tenho por JJ:

      - época 2011/12
      - época 2012/13
      - caso Rúben Amorim
      - caso N.Oliveira
      - caso Bernardo Silva
      - caso "têm de nascer 10 vezes"
      - caso Shéu Han/Rui Costa
      - caso Diamantino
      - caso Cortez
      - caso Roberto
      - caso jogos de bastidores informação/desinformação para renovação de contrato
      - caso...
      - caso...

      e podia continuar!!!

      Vai-te, ò Judas!!!

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail