A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

31/01/2015

Uma Questão de Bom Gosto

31/01/2015 + 3 Comentários
SANTOS DA CASA NÃO FAZEM MILAGRES. MUITO MENOS QUANDO SÃO PORTISTAS.


Tenho andado mesmo distraído. Só este sábado de manhã numa consulta casual ao portal da UEFA descobri a Justiça. Foi justo o principal organismo do futebol europeu considerar Bento como o melhor guarda-redes de sempre em Portugal. 



Foi reposta a gratidão que a FPF não teve ao escolher um guarda-redes que apenas teve sucesso no FC Porto e nas competições domésticas. Na Europa foi desastroso (não falo da época em que Augusto Duarte foi a casa do presidente portista). Não valia uma para a caixa na selecção nacional (Poborski mostrou como fazer...) nem quando foi um dos piores guarda-redes da história do FC Barcelona. 



Bento era bom, sempre, em todo o lado e mais algum. Não enganava. Bento era sempre o Bento. Razão tinha eu quando o escolhi para o Melhor Onze do Centenário. O da FPF talvez seja o Melhor do século XXI. Aí Bento já só entra como Lenda.


Em dia de jogo do Glorioso Futebol não gosto de diversificar. E não é por superstição. É por hábito e gostar de passar os momentos do pré-jogo a pesquisar estatísticas e estórias de encontros entre o "Glorioso" e o adversário que está a chegar. Entro em estágio até à hora dele começar a jogar. Abri uma excepção o que ilustra a importância que tem para mim, enquanto Benfiquista, a justiça. Que venceu a estupidez. Aliás Einstein dizia «Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana, mas não estou seguro sobre o primeiro".

Lá no Quarto Anel, Bento "está" mais interessado em que o Benfica vença o adversário deste dia do que em distinções. Ou eu não conhecesse a "prenda" que ele era! Perdão, é! As Glórias do Benfica são Eternas. Tanto como o Clube!

Carrega Bento! Ser o melhor! Agora defende essa! És capaz. Defendias tudo! Mesmo a incompreensão, ingratidão e a estupidez!

Alberto Miguéns


3 comentários
comentários
  1. Manuel Galrinho Bento foi fenomenal na sua profissão.

    Não tinha as características físicas adequadas ao lugar mas tinha talento e personalidade. Personalidade forte e reivindicativa. Era um líder a partir da baliza.

    Aliás a mais extraordinária equipa que vi eram só personalidades fortes. Tive essa sorte - e é tão fácil lembrar a linha: Bento na baliza, Pietra, Humberto, Bastos Lopes, Álvaro, Shéu, Carlos Manuel, Alves e Diamantino, Néné e Filipovic. Não vi a equipa de Eusébio mas tive o prazer e orgulho de ver esta equipa.

    Era um descanso ver Bento na baliza. Mesmo nos dois dias em que esteve no seu pior nunca consegui deixar de o admirar. Não foi o encosto em Manuel Fernandes nem a noite negra contra o Liverpool que me deixaram uma má impressão. Na retina vários jogos do Benfica em que se estica todo e em bolas rasteiras ou pleo ar ele ia lá busca-las. Era um descanso.

    E como faz notar o Alberto Bento BRILHOU intensamente ao serviço da Selecção. Para além daquele jogo épico em Wembley, daquela noite de Estugarda, tivemos aquele Europeu em França.

    Platini conheceu-o bem. Platini não se esquece. Não me admira nada que tenha sido eleito pela UEFA.

    ResponderEliminar
  2. Bento foi enormíssimo!!
    Ainda assim do meu ponto de vista ( sou sportinguista) Vitor Damas foi o melhor GR português de sempre!
    Não foi á balda que lhe deram a alcunha de "Eusébio das balizas"
    Obviamente que ter ganho mais títulos pesou nessa decisão!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim um enorme guarda-redes. Um dos melhores do Mundo. Eu gostava de o ver jogar... sem ser a defrontar o Benfica.

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail