A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/01/2015

Pinto da Costa Assume Que é Estúpido. Mas Não é!

11/01/2015 + 3 Comentários

COMO JÁ NÃO DÁ COM O TELEMÓVEL VAI DE FAIXA.


«Falar de árbitros além de ridículo é estúpido», diz Pinto da Costa.



Já falar com os árbitros é esperteza!



Os portistas a falar de árbitros são como ladrões a gritar que foram roubados.

Depois do que andam a fazer há 30 anos, nem calados devem falar de arbitragens

Alberto Miguéns

NOTA: Não tem nada que saber. Aos 10 minutos o n.º 9 do FC Porto marcou o 1.º golo. O número de espectadores presentes no estádio terminou em 09. Até nisto eles mostram que não têm nada a ver com o rigor (até inventam que a fundação foi em 1893) e que estão acima de tudo (da Liga - LPFP - que regista os valores para efeitos estatísticos) e todos (a opinião pública que sabe desta mentira). Já a opinião publicada faz o jogo deles!


3 comentários
comentários
  1. Pior de tudo é que é tudo mentira. Eles é que têm mais pontos do que deviam ter, não nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, o melhor se tudo é que o Benfica nunca foi condenado por corrupção. Não há nada como ser um clube sério e limpo, o que acontece nas quatro linhas é futebol. Já o clube comprovadamente corrupto enquanto tiver estes dirigentes andará sempre sob suspeita.

      Eliminar
  2. Caro Alberto Miguéns

    Não tenho o prazer de o conhecer pessoalmente - mas vejo-o como um grande Benfiquista da minha geração; eu nasci em 1956 e sim, recordo-me perfeitamente das duas vitórias na Taça dos Campeões, vistas numa velha televisão com o meu saudoso pai.(E de todas as desgraçadas derrotas seguintes...). Como noto, que como eu, é um amante do rigor estatístico, venho propor-lhe um desafio:
    Tenho visto repetida ad infinitum a tese que os campeonatos se ganham com os clubes pequenos (o que provoca, a meu ver o relaxamento nos jogos com o FCP); no entanto reparei que na grande maioria dos 80 campeonatos, bastaria que o 2º classificado tivesse ganho os dois jogos ao primeiro, para inverter o campeão (Há excepções notáveis; o Benfica de Koeman que ganhou os 2 jogos ao FCP e perdeu o campeonato, e o SLB de 1974 que ganhou 2 jogos ao SCP - os célebres 5-3, perdendo o campeonato)
    Que tal o meu caro fazer um pequeno post sobre este assunto - alertando da necessidade de se jogarem os 2 jogos com o FCP como se fossem finais galácticas? (Exactamente como eles o fazem, e com o sucesso que se lhes reconhece...)

    Um abraço

    Alberto de Carteado Malheiro

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail