A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

30/06/2014

Um Grande Basquetebol Em 2013/14. Queremos Mais...

30/06/2014 + 3 Comentários
UMA TEMPORADA PARA RECORDAR E PEDIR (AINDA) MAIS...



A época que terminou em 25 de Maio de 2014 foi uma das mais brilhantes do Glorioso Basquetebol. E foi a 88.ª desde a estreia em 20 de Março de 1927. Em cinco competições foram conquistadas quatro e não houve participação europeia para aferir a qualidade internacional deste plantel face a outros do passado que estiveram envolvidos em competições, uns muito bem outros nem por isso.

NOTA INICIAL: Até eu tenho dificuldade em perceber o Quadro I e fui eu que o pensei e construí! Infelizmente, parece-me que o texto de hoje é para leitores do EDB com Quociente de Inteligência (QI) acima de 140. Se o seu estiver, ainda que temporariamente, abaixo de 140 nem tente! É tempo perdido! Se perceber o Quadro I então está acima de QI: 140 (genialidade). Parabéns!

Época (quase…) perfeita
A época de 2013/14 até começou com um percalço que "assustou". O Benfica trouxe para o seu recinto (algo que nem faz parte da Cultura Benfiquista) uma competição e nem à final chegou! Foi-se a primeira competição da temporada, o Troféu António Pratas. E nestas meias-finais a primeira das três derrotas em 42 jogos! Numa temporada de vitórias destacam-se as derrotas. Em três insucessos, dois foram nos oito jogos iniciais da temporada. A terceira e última a cinco jogos do final desta época inolvidável.

TEMPORADA EM 2013/14
Competições
Res.
J
V
D
PM
PS
TOTAIS
VVVV
42
39
3
3 677
2 860
Campeonato Nacional
V
30
28
2
2 683
2 053
Taça de Portugal
V
5
5
-
393
301
Troféu António Pratas
-
3
2
1
275
198
Taça Hugo dos Santos
V
2
2
-
155
146
Supertaça
V
1
1
-
86
82
Particular
-
1
1
-
85
80

Em 42 jogos, três derrotas e 29 vitórias consecutivas
Para além de uma notável sequência de 29 vitórias consecutivas, incluindo duas finais, uma conquistada por um ponto (Taça Hugo dos Santos) e a outra após um triunfo esmagador por 22 pontos (Taça de Portugal) a temporada terminou com um implacável 3-0 na final do campeonato nacional, com uma vitória por 26 pontos no último jogo que constituiu uma autêntica final dentro dessa final.

QUADRO I

DIFERENÇAS DE PONTOS
(Para obter a ordem cronológica: Ler de baixo
para cima e da esquerda para a direita;
Espaço a cheio: Finais;
A vermelho: diferença pontual nas vitórias;
a azul: diferença pontual nas derrotas)




67






29






4






33






20






28






21






7






22






14






5






20






11






11






28






9






1






8






7






16






19






10






49






32






13






37

26
48

34

27

16
35

48

4

24
5
6
4
10
24
2
31




8x CN






3 x TP






5 x CN






2x THS






4 x CN






TP






4 x CN


2 x TAP

2 x CN

TP


Part
TAP
ST
CN
CN
CN
4 x CN
3
1
3
1
29
1
4
NOTA: Part – Particular; TAP – Troféu António Pratas;
CN – Campeonato Nacional; ST – Supertaça;
TP – Taça de Portugal; THS – Taça Hugo dos Santos

Dois totalistas, um setecentista e dois quinhentistas
Numa temporada de 2013/14 com 42 jogos foram utilizados em campo 15 basquetebolistas, se bem que mais dois tenham sido suplentes não utilizados - André Firmino e Krassimir Pereira - com três (dos 15) apenas com utilização residual: Pedro Belo (cinco jogos), Ricardo Rosa (dois jogos) e Diogo Gameiro (um jogo). Para quem pensa que a Formação é a solução do futuro desengane-se ou haverá dissabores!
Para além do enorme Jobey Thomas (760 pontos em 41 jogos, média de 19 pontos por jogo) há também dois gigantes: Betinho Gomes (540 pontos nos 42 jogos, média de 13 pontos por jogo) e o "velhinho" Seth Doliboa (509 pontos em 38 jogos, média de 13 pontos por jogo).

JOGOS E PONTOS

Basquetebolistas
J
42
P
3 677
Betinho Gomes
42
540
David Weaver
42
306
Jobey Thomas
41
760
Cláudio Fonseca
40
192
Mário Fernandes
39
303
Tomás Barroso
39
184
Seth Doliboa
38
509
Frederick Gentry
38
353
Diogo Carreira
35
174
Carlos Ferreirinho
30
106
Carlos Andrade
22
215
Artur Castela
18
26
Pedro Belo
5
4
Ricardo Rosa
2
0
Diogo Gameiro
1
5

7.º Troféu António Pratas
Resolvido em quatro jogos, para o Benfica foram três pois a derrota nas meias-finais atirou o "Glorioso" para fora da competição. E nem seria o vencedor desta meia-final a conquistar o troféu. Uma dupla penalização. Dos nove basquetebolistas que foram totalistas - três jogos - um registo de 62 pontos para Jobey Thomas. Seria uma constante durante a temporada.

JOGOS E PONTOS

Basquetebolistas
J
    3
P
275
Jobey Thomas
3
62
Carlos Andrade
3
38
Betinho Gomes
3
37
Cláudio Fonseca
3
28
Frederick Gentry
3
26
Mário Fernandes
3
25
David Weaver
3
20
Diogo Carreira
3
12
Tomás Barroso
2
19
Artur Castela
2
2
Pedro Belo
2
2
Carlos Ferreirinho
1
4

Primeira conquista da temporada. Albufeira, 20 de Outubro de 2013. Vitória por 86 - 82 frente ao Vitória SC Guimarães, com David Weaver (24) a marcar 20 pontos
29.ª Supertaça
A primeira grande decisão - por ser uma competição com muitas edições disputadas - foi a conquista da Supertaça num jogo difícil, arrancado com uma vantagem de quatro pontos (dois cestos). Uma espécie de alcofa. Com 20 pontos concretizados destacou-se David Weaver.

JOGOS E PONTOS

Basquetebolistas
J
1
P
86
David Weaver
1
20
Carlos Andrade
1
18
Betinho Gomes
1
14
Mário Fernandes
1
13
Jobey Thomas
1
12
Tomás Barroso
1
5
Cláudio Fonseca
1
4
Seth Doliboa
1
0
Artur Castela
1
0

Segunda conquista da temporada. Oliveira do Hospital, 2 de Fevereiro de 2014. Vitória por 83 - 82 frente ao CAB Madeira SAD, com Jobey Thomas (12) a marcar 24 pontos
24.ª Taça Hugo dos Santos
Há cinco edições com o nome de Hugo dos Santos a Taça da Liga resolve-se ultimamente em apenas dois jogos arrancado com uma vantagem de "meio-cesto" (um ponto). Mas por um se ganha, por um se perde. é sempre assim! Entre os oito basquetebolistas totalistas (dois jogos) destacou-se Jobey Thomas com 48 concretizados.

JOGOS E PONTOS
Basquetebolistas
J
   2
P
155
Jobey Thomas
2
48
Betinho Gomes
2
27
Seth Doliboa
2
20
Frederick Gentry
2
18
Diogo Carreira
2
17
Tomás Barroso
2
10
Cláudio Fonseca
2
4
David Weaver
2
4
Mário Fernandes
1
5
Carlos Ferreirinho
1
2


Terceira conquista da temporada. Fafe, 16 de Março de 2014. Vitória por 74 - 52 frente ao Galitos FC Barreiro, com Seth Doliboa (14) a marcar 17 pontos

65.ª Taça de Portugal
E depois de 17 épocas de espera o Benfica recuperou o segundo troféu mais importante - em edições, antiguidade e prestígio - com cinco jogos categóricos, incluindo uma final de antologia, em termos de diferença pontual (22 pontos). Foram oito os basquetebolistas que jogaram a totalidade das eliminatórias com João "Betinho" Gomes a marcar 64 pontos e com menos um (meio-cesto) Jobey Thomas, com 63 pontos.

JOGOS E PONTOS

Basquetebolistas
J
   5
P
393
Betinho Gomes
5
64
Jobey Thomas
5
63
Frederick Gentry
5
59
Seth Doliboa
5
54
Mário Fernandes
5
43
David Weaver
5
29
Cláudio Fonseca
5
24
Tomás Barroso
5
16
Diogo Carreira
3
22
Carlos Ferreirinho
3
2
Carlos Andrade
1
17
Artur Castela
1
0
Pedro Belo
1
0



Quarta conquista da temporada. Guimarães, 25 de Maio de 2014. Vitória por 88 - 72 frente ao Vitória SC Guimarães, com Jobey Thomas (12) a marcar 23 pontos
81.º Campeonato Nacional
A principal competição significou um Tricampeonato e cinco títulos de campeão nacional nas últimas seis temporadas. Um período de hegemonia que parece estar para ficar, por isso chamar ao campeonato nacional de 2013/14 um Tricampeonato é "transitório" pois rapidamente evoluirá para outros prefixos de origem grega mais elevados. Foram três os basquetebolistas que participaram nos 30 jogos (Betinho Gomes, Seth Doliboa e David Weaver) com Jobey Thomas a marcar 561 pontos em 29 jogos, uma média de 19 pontos por jogo. Eu bem vos dei a entender que ainda iam ouvir falar dele várias vezes.

JOGOS E PONTOS
Basquetebolistas
J
30
P
2 683
Seth Doliboa
30
435
Betinho Gomes
30
384
David Weaver
30
223
Jobey Thomas
29
561
Mário Fernandes
28
203
Tomás Barroso
28
134
Cláudio Fonseca
28
125
Frederick Gentry
27
235
Diogo Carreira
24
122
Carlos Ferreirinho
24
98
Carlos Andrade
16
132
Artur Castela
14
24
Pedro Belo
2
2
Ricardo Rosa
2
0
Diogo Gameiro
1
5



E agora?
Para 2014/15 continuar. E melhorar. Como?

Conquistar as cinco competições em disputa e honrar o "Manto Sagrado" na Europa!

Alberto Miguéns

Plano para Junho/ Julho
(Previsão sempre à meia-noite)
De 30 para 01: Três Dias do Basquetebol (Todos os campeões);
De 01 para 02: Notícias da Nossa Selecção (parte IV);
De 02 para 03: Atenção ao "Futeluso - versão 2015";
De 03 para 04: Mestre Cândido de Oliveira;
De 04 para 05: Eu Benfiquista no Museu do FCP by BMG (parte II);
De 05 para 06: Notícias da Nossa Selecção (parte V);
De 06 para 07: Três Dias do Hóquei em Patins (Última década);
De 07 para 08: Três Dias do Hóquei em Patins (2013/14);
De 08 para 09: Três Dias do Hóquei em Patins (Todos os campeões);
De 09 para 10: Notícias da Nossa Selecção (parte VI);
De 10 para 11: Três Dias do Voleibol (Última década);
De 11 para 12: Três Dias do Voleibol (2013/14);
De 12 para 13: Três Dias do Voleibol (Todos os campeões);
De 13 para 14: Notícias da Nossa Selecção (parte VI);
De 14 para 15: Tanta e Tanta Glória Benfica (Golo 27 mil);
De 15 para 16: Centenário da Gloriosa Natação (parte II);
De 16 para 17: Gostava Tanto Que..:

De 17 para 18: Fundação da Primeira Filial (Portalegre)
3 comentários
comentários
  1. Boa noite. O quadro pode não ser muito "bonito" para o leitor, mas percebe-se. Continuação do bom trabalho.

    Ricardo

    ResponderEliminar
  2. A diferença de orçamento do Benfica para as outras equipas é avassaladora. Muitos dos rivais estão em grandes dificuldades financeiras. Tem mais do que obrigação de ganhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Hugo

      Também penso o mesmo. Mas às vezes nem assim se ganha...

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail