A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

27/05/2013

Dos Fracos Não Reza a História…

27/05/2013 + 23 Comentários

OPINIÃO


Mais um jogo do “Futeluso”! E que jogo! Exemplo do que têm sido muitos jogos do Benfica desde há 30 anos! Um paradigma deste "futebol portuguesinho de trazer por casa"! Sem expressão nem valor internacional. Impossível de mediatizar para além da fronteira com Espanha! Este 67.º jogo (e último...) da temporada de 2012/13 é dos mais fáceis de analisar. Tivemos três equipas: o adversário comandado por Rui Vitória, a trupe de Jorge Sousa e o "Glorioso" (des)orientado por Jorge Jesus.
NOTA: trupe = comediantes

Este foi... mas deixou de ser

Este não foi... mas passou a ser


Adversário sem categoria
Já se esperava este futebol do Rui Vitória. Tracção total atrás. Um guarda-redes, nove defesas e um “espalha-brasas” na frente. Tudo à procura de um erro individual/ colectivo dos futebolistas do Benfica ou da equipa de arbitragem. Com 0-0, o Vitória SC nem na defesa conseguia trocar a bola, despachando-a para o “espalha-brasas”. Com 0-1, tendo o Benfica a controlar o meio-campo, trocavam a bola atrás para lateralizarem o jogo de ala-para-ala na tentativa de haver uma falha de marcação para criarem perigo junto da baliza do “Glorioso”. Mediocridade a quanto obrigas!

Arbitragem “espertalhona”
O árbitro teve o comportamento esperado de um ex-SD (Super Desconto). Admoestar os jogadores do Benfica, desde cedo para limitar a capacidade defensiva dos médios ou defesas, deixar os adversários usar e abusar da agressividade guardando as admoestações para o final do jogo. Aproveitar todas as disputas de bola nos últimos 30 metros do meio-campo do “Glorioso” para permitir ao Vitória SC colocar a bola na grande-área, pois este nem três passes em progressão conseguia fazer. Aproveitar uma jogada perto do final do jogo, à Pedro Proença, para deixar passar um fora-de-jogo! Uma palhaçada à Vítor Pereira!

Benfica ingénuo
A equipa do “Glorioso” causticada pelos repetidos insucessos no final desta temporada, cautelosa, controlou bem o jogo até à saída de Cardozo. Este avançado não é só importante pelos golos que marca. É também importante nas limitações que impõe a adversários mais limitados em recursos (o Vitória SC classificou-se no 9.º lugar no campeonato nacional!) que têm de optar: colocam dois jogadores a controlá-lo ou arriscam um jogador, mas sujeitam-se a levar com um Cardozão. A saída de Cardozo fez com que o Benfica deixasse de controlar o meio-campo pois o Vitória SC pode colocar por lá mais um jogador. Depois o impensável. Solicitar com frequência o guarda-redes Artur para jogar com os pés quando sabemos da sua dificuldade em utilizá-los com eficiência é meio-caminho andado para sofrer. Entregámos a Taça a uma equipa que nem três passes em progressão conseguiu fazer em mais de 90 minutos de jogo! Muito mau!

Todos sabemos que o "Futeluso" (por demissão da FPF) mas a generalidade do futebol (por via das negociatas da FIFA e UEFA) é um local mal frequentado. Mas... o Benfica não inventa nem cria "mundos". Tem de adaptar-se a eles...

Perigo! Um Clube Mítico é aquele que se agiganta nos grandes momentos. Que tem estofo! Que aproveita as oportunidades que laboriosamente criou. O Benfica corre o risco de perder essa aura dourada. Já não tem a hegemonia no futebol português desde que este passou a “Futeluso”. Corre o perigo de ser um clube vulgar, onde já caiu o Sporting CP, por exemplo.

Alberto Miguéns

NOTA1: Este Vitória SC, bem como o GD Estoril Praia na Liga Europa ou o FC Paços de Ferreira na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, com este tipo de futebol, sem controle da arbitragem nem efeitos laterais, não vão longe. Em Agosto, daqui a três meses (passam tão depressa...) estaremos cá para verificar. No “Futeluso” há demasiados esquemas que fazem do futebol jogado em Portugal espectáculos pouco dignos…

NOTA2: Rui Vitória foi ser elevado aos píncaros, tal como foram, pelo menos três treinadores que conquistaram Taças de Portugal frente ao Benfica: Marinho Peres (V 2-1 pelo CF "Os Belenenses em 1989), Mário Reis (V 3-2 pelo Boavista FC em 1997) e José Rachão (V 2-1 pelo Vitória FC de Setúbal em 2005). Daútos Faquirás deste e do outro mundo! Os habituais media de elogio e crítica fácil endeusaram-nos com grande futuro... até num "Grande"! Tiveram, tiveram...

NOTA3: Depois de “ouver” a carrada de comentadores e comentários acerca de tudo e coisa nenhuma só posso adaptar a Portugal, o adágio popular que no Mundo tem a seguinte formulação:

«Em terra de cegos quem tem um olho é rei» 

Em Portugal:
«Em terra de cegos quem tem um olho é deficiente» 


NOTA4: Aos adeptos andróides que "nem podem ver o EDB à frente" porque desmascara, com documentos, a aldrabice que é a comemoração em 28 de Setembro de cada ano de uma data em que foi publicado, em 1893, num jornal de Lisboa (Diário Ilustrado) uma notícia acerca de uma fundação (sabe-se lá quando e como) de um clube na cidade do Porto, apenas vos digo o que já disse várias vezes, há mais de dez anos: «Não discuto futebol e desporto com adeptos de um clube corrupto». Ou seja, posso falar de muitos assuntos, mas não falo de futebol com adeptos do FC Porto, da Juventus FC e do Olímpico de Marselha. Porque estes clubes estão, e muito, para além do desporto. São casos de polícia!
23 comentários
comentários
  1. Mais um excelente texto, mas esperava um pouco mais de clarividência em relação àquilo em que nos tornámos enquanto clube e às gentes que nos lideram neste triste destino.

    ResponderEliminar
  2. No lance do Cardoso contra o Chelsea ele está mesmo fora-de-jogo.
    Hoje, o gajo do Guimarães tb está, mas nesta foto a bola já foi passada, é o suficiente para o adiantamento ser muito maior.

    À parte tudo isso, a atitude dos jogadores foi miserável e as decisões do treinador foram duvidosas.

    Que dor.

    ResponderEliminar
  3. Caro Jorge Bastos

    Enquanto estiver a colaborar com o Museu não devo personalizar críticas ou comentários. Isso pode ser usado, por terceiros, contra o Benfica. E o Benfica sendo Eterno, está acima de qualquer de nós que somos simples mortais.

    Gloriosas Saudações Benfiquistas

    O Benfica vive e há-de viver a ganhar

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar
  4. Eu sinceramente nem consigo sequer comentar a arbitragem. Por falar em olhos e cegos, eu sei que é um tema dificil e delicado,e ja nao falo da idiotice do primeiro golo, o 2,aquilo até a minha avo defendia..opah vejam e revejam o lance mil vezes se for preciso...Aquilo, até a minha avo defendia. Ele falhou nos momentos mais decisivos..ninguem acha isto estranho?

    ResponderEliminar
  5. Porque o Benfica está (estará, mesmo?...) acima de qualquer um de nós, é que temos o DEVER de apontar para o caminho certo, e a obrigação de não omitir que O REI VAI NÚ, quando ele realmente não está vestido.
    O nosso futebol, o nosso Benfica, mesmo, vai, realmente NÚ...
    Como me dói ver isto...

    ResponderEliminar
  6. Mais um defensor do Vieira ! Em vez de te preocupares com as arbitragens que tal preocuparnos com nosso Presidente que foi sócio do FCPorto e é amigo do Fernando Gomes !!!
    EM 13 ANOS DE VIEIRA ESTAMOS ATRAS DO SPORTING EM PROVAS GANHAS:
    Sporting 2 Ligas, 2 Taças, 4 Supertaças
    Benfica, 2 Ligas, 1 Taça, 1 Supertaça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo (presumo que do SLB)

      Em sou um defensor do Vieira (em relação às arbitragens) como fui do Fernando Martins, João Santos, Jorge de Brito, Manuel Damásio, Vale Azevedo e Manuel Vilarinho).

      Quanto à presidência do Benfica as eleições foram em 26 de Outubro de 2012. As próximas em 28 de Outubro de 2016. Nada melhor que começar a pensar num projecto que possa suceder ao actual ou ser alternativa ao actual. No Benfica é assim. Em tantos milhões e 250 mil associados, não se conseguem 22 sócios que cativem a maioria dos restantes associados votantes? Dá que pensar.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      NOTA: Quanto às arbitragens e não só! Sou Benfiquista, mas não sou ingénuo. Mesmo que me chamasse Eugénio. Eu sei quem é que se está a rir! Desde Fernando Martins!

      Eliminar
    2. NAO SE CONSEGUEM PORQUE O PRESIDENTE VIEIRA (EX-SOCIO DO FCPORTO DURANTE 30ANOS) ALTEROU ESTATUTOS IMPEDINDO 80% DOS SOCIOS DE SEREM CANDIDATOS, NEM O RUI COSTA PODE SER CANDIDATO... SAO FALCATRUAS ATRAS DE FALCATRUAS, ESTA AGARRADO E JA NINGUEM O TIRA, QUANDO HA ALTERNATIVAS COMO O MONIZ OU VARANDA SUBORNA-OS LOGO COM CARGOS E SLARIOS CHORUDOS, ELE USA O CLUBE PARA SER INTOCAVEL, NO DIA QUE SAIR ATE VAIS ACHAR O VALE E AZEVEDO UM GAJO HONESTO...

      Eliminar
    3. Caro Leitor

      Os Estatutos foram alterados em assembleia geral pelos associados. As AG´s são muito importantes.Mas os associados não participam ou fazem-no de forma exaltada que cria divisão. Os Estatutos vão ser alterados, como têm sido ao longo do tempo. Em 2014 já podem ser revistos. O "Glorioso" precisa de mais associativismo. Este não se esgota - não devia esgotar-se - nas eleições.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  7. Estimado Alberto Miguéns,


    Tenho muito respeito por si e há muito tempo que venho a este blog ler.

    O "Coluna D'Águias Gloriosas" escreveu, e na minha opinião com toda a razão, de que Rui Costa e Jorge Jesus terem dito que "ganhar a taça não salva a época" foi um autêntico tiro no pé.

    Para uma equipa que tem ganho tão pouco, nos últimos 20 anos, e que já não ganha uma taça há 9 ou 10 anos, e que em 20 anos ganhou tão poucos campeonatos, esta taça DEVIA TER SIDO encarada como A SALVAÇÃO DA ÉPOCA. Treinador, jogadores e dirigentes deviam ter feito uma preparação mental para GANHAR O MAIS CATEGORICAMENTE POSSÍVEL.

    Em vez disso, mostraram que passar a segunda parte a defender o 1 a 0 era bom, como se o jogo estivesse resolvido.

    Mais uma vez, incapacidade de gerir resultados curtos, falta de garra e agressividade, e erros individuais, custaram mais um título QUE DEVÍAMOS E PRECISÁVAMOS DE GANHAR.

    Quando Rui Costa disse que "ganhar não salva a época", já estava a prever que o Benfica ganharia, mais ou menos facilmente, como se fosse dado adquirido. Sobranceria, arrogância, verdadeira e suicida maneira de achar que o Benfica ganha jogos só por vestir a camisola.

    O Rui Costa está provavelmente FARTO do Jesus, provavelmente farto de muita coisa que sabe e que não pode dizer.
    E o Rui Costa é, em muito, um benfiquista que no seu íntimo sente que ganhar uma taça não salva a época.

    Eu acho que todos os títulos salvam as épocas, e que todos os títulos são para ganhar como se fossem aquilo que são: únicos e irrepetíveis. Cada taça em disputa tem de ser levantada por nós... mas só depois de ganharmos o jogo, de fazermos por isso, de sermos melhores, de nos entregarmos com corpo e alma. Algo que ontem, de facto, não aconteceu.

    Mais do que revoltar-me contra a época de JJ ou contra LFV, revolto-me contra toda a cagança e altivez de quem pouco ganhou em 4 anos (JJ), de quem pouco ganhou em 11 anos (LFV), de quem continua a achar que está tudo bem, de quem diz que a época foi brilhante sem se ganhar, de quem diz que este projecto desportivo tem de continuar (o de perder títulos todos os anos), de quem não luta violentamente e consistentemente para que a corrupção acabe e para que o Benfica deixe de sofrer golos em fora-de-jogo (que seria absolutamente marcado se a equipa a defrontar o Guimarães fosse o FCP).

    A minha maior dor é não perceber como é que LFV será capaz de melhorar todos os erros catastróficos que têm permitido que um clube grande institucionalmente seja tão pequeno a nível de títulos.
    A minha maior dor é não perceber como é que LFV conseguirá ser LÍDER, mostrando ao treinador (seja JJ, seja quem for), que tem de GANHAR, que ninguém está acima do clube, que ninguém pode ter medo de ganhar seja a que adversário for, e que ninguém se pode fartar de ganhar, porque o Benfica cresceu a ganhar e agora parece estar esquecido do seu ADN.

    Assusta também perceber que desde Fernando Martins (que se amigou com Pinto da Costa, com os danos que todos conhecemos) estamos sujeitos a oportunistas, que eventualmente nem são tão benfiquistas quanto deviam, e que querem USAR o Benfica, e não SERVIR o Benfica, naquilo que é fundamental: GANHAR.

    DEFENDER O BENFICA É GANHAR!

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Amigo

      As assembleias gerais (AG) são mais importantes do que parecem. Desde que há Benfica há AG. São os locais indicados para questionar. Mas quem não concorda com a orientação dos dirigentes eleitos deve questionar. O problema é que há muita exaltação que não cativa os que estão de acordo ou estão divididos. Com questões pertinentes e apresentadas de uma maneira cordata, porque democrática, o BENFICa tinha muito a ganhar.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  8. As minhas desculpas pelo " anonimato " mas nao me enquadro noutro perfil .
    Sobre o seu texto , entendo se o mesmo fosse escrito depois de termos ganho alguma coisa.
    Escrever o que escreveu depois do que todos vimos é nitidamente tapar o sol com a peneira para não lhe dizer outra coisa.
    è por isso que nao crescemos nao aprendemos nao somos humildes e depois perdemos, ja chega de arbitros pois essa desculpa para mim já não cola, contra o estoril não foi o arbitro ( ate nos deu uma ajuda ) no norte não foi o arbitro contra o chelsea tambem nao e ontem apesar do golo nao foi por ele que fomos humilhados.
    Perdemos tudo porque reservamos o Marques sem que ninguem da SAD o director de comunicação que gosta tanto de falar tivesse vindo dizer que nada estava ganho, o corrupto do PC depois de nos ganhar de cada vez qie abria a boca dizia que nada estava ganho no entanto assim que o jogo em paços acabou eles tinham tudo pronto para a festa ate o autocarro ja veio com o titulo gravado no entanto o discurso foi sempre de contenção .
    Que nos sirva de lição , as coisas boas podemos sempre humildemente aprender que nao nos faz mal nenhum pois vamos tirar proveitos no futuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      Os erros de arbitragem contam para todos. O Vítor Pereira consegue ser bicampeão com uma derrota em 2011/12 e nenhuma em 2012/13. Não brinquem com o futebol...

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Caro Sr. Alberto Miguéns,

      Permita-me que, com todo o respeito, pergunte se não é brincar com o futebol - e, neste caso, com o futebol do Benfica... - assobiar para o lado quando o clube vai ficando cada vez mais incapaz de ser um clube ganhador.
      De facto, brincar com o futebol é andarmos constantemente a responsabilizar os árbitros e o sistema pelos nossos mais que inadmissíveis insucessos, querendo tapar o sol com a peneira.
      Se analisar bem o que aconteceu no domingo, no Jamor, e for honesto consigo mesmo, vai ver que a culpa por termos sido mais uma vez humilhados foi exclusivamente nossa.
      Nada o obriga a emitir opinião sobre o que quer que seja. Mas, se o fizer, seja honesto.
      Aliás, não ajuda em nada o Benfica se continuar a desresponsabilizar quem tem responsabilidades, e a branquear os muitos erros (indecorosos) que tem sido cometidos.
      O facto de estar a colaborar de forma mais intensa com o clube não pode significar que tenha de ficar acéfalo, ou que esteja proibido de formar e expressar opinião.
      Peço desculpa pela frontalidade.
      Viva o Benfica.

      Eliminar
    3. Caro Dias Pereira

      Quem me conhece sabe que eu nunca deixo de dar a minha opinião, ainda que possa estar condicionado. E digo sempre o que penso e não o que a maioria pensa ou opiniões de lambe-botas.

      Quem me conhece sabe também que eu de há muito (desde que comecei a fazer as estatísticas dos jogos do SLB e do FCP, ou seja desde 1987/88, entendo que os treinadores e jogadores só não conquistam mais títulos porque os dirigentes do Benfica são incapazaes (houve tempo em que até eram coniventes) de abater o poder do FCP. Por isso, em Portugal, só há uma pessoa que sabe de futebol, como se fosse uma ciência oculta e não fossem os clubes mais populares os que ganham mais). Em Portugal não é assim. Só Pinto da Costa sabe de futebol. E os presidentes dos outros clubes só sabem de futebol enquanto são amigos de Pinto da Costa! Quando deixam de ser amigos passam a não perceber de futebol.

      É a minha opinião desde 1987/88. Em 26 anos, só me enganei cinco vezes! Para mim o FCP tinha condições para ganhar todos os campeonatos, ou seja, 26 campeonatos. "Só" ganhou 18! Falhou oito! Cinco para o "Glorioso" e um "tri esquisito": SCP, BFC, SCP!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  9. O Fernando Martins também é amigo do Corrupto. Até fica nos hotéis dele!!

    ResponderEliminar
  10. Estimado Alberto,

    De historiador para historiador, e de Benfiquista para Benfiquista queria-lhe colocar uma questão, mesmo que venha completamente contra a corrente dos temas que nos têm afligido neste último mês (se bem que falar da memória do Glorioso nunca vem a despropósito, antes pelo contrário!).

    Crê ser alguma vez ser possível um dia que as antigas publicações do Glorioso estejam disponíveis online e gratuitamente para todos os adeptos e sócios? Falo sobretudo do Benfica Ilustrado e do jornal O Benfica. São frequentes as vezes em que vejo cópias encadernadas a preços altíssimos em sites de leilões online e pergunto-me se não valeria a pena tomarmos em nosso encargo a preservação deste nosso legado e disponibilizá-lo, por exemplo, num google books ou no próprio site do clube, mesmo que apenas acessível aos sócios.
    Imagino que o trabalho desenvolvido pela equipa do Museu seja já colossal, mas quando vejo a riqueza das nossas publicações espalhada e mercenarizada por essa internet fora confesso que me dá um aperto na alma.

    Abraço Benfiquista!

    Guilherme Sampaio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Guilherme Sampaio

      Penso que é possível. Depende da orientação que for dada ao Museu do clube. É uma questão económica e depois "política": digitalizar as publicações e autorizar a sua disponibilização online.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  11. John Wakefield27/5/13 18:17

    O Benfica precisa duma oposição à altura, o problema está aí, pois Vieira e o JJ já não têm condições para continuar, após a terceira época consecutiva repleta de desastres...
    Não há condições.

    ResponderEliminar
  12. Eu tb posso falar com adeptos do benfica sobre vários assuntos, mas não falo de futebol com eles em virtude do famoso caso Calabote que foi uma coisa de tão pouca monta e sem significado, que o arbitro Inocencio Calabote foi irradiado do futebol. Nesse famoso jogo do Torrense-Porto até o treinador adjunto do benfica estava sentado no banco de suplentes do Torrense. Vejam só como era a verdade desportiva em 1959 e troca o passo.
    Se querem escamotear os factos da vossa historia e mostrarem-se como os arautos da verdade desportiva, continuem a atirar areia para os olhos das pessoas.
    Quando o Porto teve 19 anos sem ganhar um campeonato, aí era tudo limpinho? Não havia sistema era? Enganem-me que eu gosto.
    Antes de criticarem o Porto, vejam se a vossa historia está limpa, como tanto apregoam.
    Porque razão os jornalismo nao investiga a fundo o passado glorioso do benfica? Talvez não investiguem por recearem ficar surpresos com o comportamento de alguns dos vossos dirigentes benfiquistas do passado.
    Tenho dito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma excepção

      A prova que os adeptos são tão corruptos - em termos de opinião - quanto o clube. Lançam suspeitas para encobrir o que se passou em Torres Vedras. Em 22 de Março de 1959 o árbitro de Beja Francisco Guiomar (que ficou bem na vida!) expulsou dos jogadores da casa: Manuel Carlos (65') e Saldanha (85'). Este por ter pontapeado a bola depois do 2-0. O FCP marcou os golos aos 26' (quando o Torreense estava reduzido a 10 por um jogador da casa ter levado uma pantufada na cabeça, tal a violência dos portistas. Desde sempre houve Bruno's Alves no FCP. Marcou o 2-0 aos 89' e o 3-0 (que permitiu a conquista do título aos 90' com o clube da casa reduzido a nove!

      Na Catedral Inocêncio Calabote não expulsou nenhum jogador do GD CUF. E teve motivos para isso. Pontapear bolas para queimar tempo, como fez Saldanha do Torreense acabando expulso, houve meia-dúzia. O GD CUF começou com 11 acabou com 11. O SCU Torreense começou com 11, teve 14' com 10 por António Manuel levar a tal pantufada e acabou com 9. Tudo limpo. É o FCP carago!

      "Investigue-se"!

      Os adeptos do FCP são únicos. Não dominam os assuntos. Mas estão sempre prontos para dar opinião acerca do Benfica. Têm inveja da popularidade nacional e internacional do Benfica. Falam sobre tudo com sobretudos pidescos. É pura perda de tempo falar com eles. Tal como valorizar triunfos conseguidos com Fruta, Corrupção e Putedo.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  13. O Pinto está a gozar com o Benfica, como é obvio adiou mais uma semana renovação com VPereira porque está à fazer bluff e fingir que tem interesse no Jesus para nos renovarmos e mantermos salario alto. No dia seguinte a Jesus renovar, Vitor Pereira vai renovar. Dessa forma deixa o Jesus enfranquecido e dá confiança ao Vitor Pereira que este chega para o Jesus! E o Benfica ja nao vence o FCPorto para a Liga desde 2009... (4anos!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      Comentário interessante. Vamos esperar. Eu digo que o Vítor Pereira nunca vai renovar com o FCP. Porquê? Porque o FCP quer um treinador que consiga fazer chegar o FCP à Catedral na final Liga dos Campeões. o VP ganha em Portugal como ganha qualquer um! Até foi campeão invicto. Aliás o FCP arrisca-se - se o Benfica conseguir fazer muitos pontos por campeonato - a conquistar nos próximos anos vários campeonatos invictos. Até um "Zé Qualquer" ganhará campeonatos nacionais no Porto. "Compram-se no Supermecado" da LPFP e FPF!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail