A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

03/02/2013

Estupidezes*, Inutilidades e Ainda Mais

03/02/2013 + 0 Comentários API

* se a palavra "estupidezes" não existir quer significar o 
   plural de estupidez

OPINIÃO

É raro o dia que não aparecem notícias sustentadas em números e estatísticas tendo por base valores intrínsecos ao futebol: jogos, golos, minutos, cartões, expulsões, grandes penalidades (concretizadas e não concretizadas), faltas cometidas e sofridas, mais isto, aquilo e aqueloutro, para não escrever "etecetra".

Qual é o problema?
O "problema" é que esses valores estatísticos raramente (nunca!) estão certos, levando a mentiras, equívocos e interpretações abusivas. Com a agravante do jornalismo "não escrito" - nas estações de rádio e televisão - começarem, logo de manhã, a copiarem a informação escrita e a repetir, reproduzir e propagar os erros. Como a informação saída de manhã, por vezes - muitas vezes - não coincide, até se consegue perceber de onde foi copiada: "A Bola", "Record" ou "O Jogo".

Primeiro os jornais (até por que mostrar aqui neste blogue, sons (telefonias) e imagens (televisões) é mais complexo)

Classificações Estúpidas
Quem é que foi o inteligente que se lembrou de fazer um "Troféu Disciplina" - "conquistado" por quem somar menos pontos - contabilizando os cartões amarelos em que um cartão amarelo vale 1 ponto, um duplo amarelo vale 2 pontos e um cartão vermelho vale 3 pontos. Sabendo como funciona o "Futeluso" o FC Porto será o clube com mais "troféus disciplina A Bola" não porque os seus futebolistas sejam disciplinados, mas porque os "tug'árbitros" não lhes mostram os cartões (amarelos e vermelhos) que deviam mostrar.

A Bola; 30 de Janeiro de 2013; página 30

Até porque nem sequer estão certas !!!!
E ainda há "um problema mais maior grande". É que as estatísticas que "A Bola" publica não estão certas, por isso não são estatísticas. São um monte de números sem ordem, lógica e rigor, como se prova na amostra para o plantel do Benfica, quando se compara o que A Bola publica e o que ocorreu na realidade, ou seja, nos jogos.

Primeiro a versão A Bola

A Bola; 2 de Fevereiro de 2013; página 16
Agora a verdade, tendo em destaque as diferenças para a falta de rigor de A Bola.

Futebolista
Jogos
Minutos
Golos
Cartões
N.º
Nome
A
AA
V
1
Artur
25
2250
(-17)
3
--
--
18
Salvio
27
2130
7
--
--
--
21
Matic
25
2097
2
12
--
--
33
Jardel
24
2026
-
4
--
--
25
Melgarejo
23
2069
-
4
--
--
24
Garay
23
2070
1
2
--
--
11
Lima
26
1886
18
--
--
--
14
Maxi Pereira
22
1806
1
7
--
--
35
Enzo Perez
22
1569
1
3
1
--
7
Cardozo
23
1606
21
2
--
--
15
Ola John
20
1178
3
--
--
--
19
Rodrigo
22
1191
8
3
--
--
20
Gaitán
19
1059
2
3
--
--
34
André Almeida
18
1053
-
6
--
--
4
Luisão
11
990
1
2
--
--
8
Bruno César
16
716
-
6
--
--
89
André Gomes
12
709
2
3
--
1
9
Nolito
15
677
1
1
--
--
5
Luisinho
7
630
1
1
--
--
13
Paulo Lopes
5
450
(-4)
--
--
--
17
Carlos Martins
11
424
-
2
--
--
10
Aimar
10
333
-
2
--
--
28
Witsel
3
270
-
--
--
--
75
Sidnei
2
180
-
--
--
--
6
Javi Garcia
2
147
-
--
--
--
3
Roderick
1
90
-
--
--
--
31
Kardec
4
48
1
--
--
--
27
Miguel Vítor
1
7
-
--
--
--
23
Urreta
1
7
-
--
--
--
50
João Cancelo
-
-
-
--
--
--
39
Mika
-
-
-
--
--
--

Não acertam nos golos sofridos pelo Artur (são 17 e não 16) e Paulo Lopes (sofreu 4 e não um golo), nos minutos jogados por Lima (menos 13 que os 1899 inventados), Cardozo (mais 60 minutos que a invenção de 1546 minutos n´A Bola) e Ola John (menos 14 que os 1202 inventados), nos jogos do Cardozo (são 23 e não 22) e nos golos de Matic e Cardozo, nestes casos por que querem fazer-se passar por aquilo que não são: entidades oficiais!
Então na estatística dos cartões é um "fartote", com o "surripianço" de... 12 cartões amarelos. No tal quadro do "Troféu Disciplina" faltam alguns destes 12 cartões, pois muitos deles foram "surripiados" do campeonato nacional. Para onde "iria o Benfica" no tal "troféu"!

Classificações Inúteis
Estes quadros começam logo com um erro na definição das faltas. Não se trata de faltas cometidas (mas sim, assinaladas contra) e de faltas sofridas (mas sim, assinaladas a favor). Há faltas que são cometidas/sofridas e não são assinaladas, tal como há faltas que não são cometidas/sofridas e são assinaladas.

A Bola; 30 de Janeiro de 2013; página 30

Salvaguardando, sempre, a possibilidade destas informações não estarem correctas, ficamos a saber que aos futebolistas do FC Porto foram assinaladas 225 faltas e aos do Benfica 226 (mais uma!). Os árbitros assinalaram a favor do FC Porto 241 faltas e do Benfica 224 faltas (menos 17 faltas). Ora, sabendo que aos futebolistas do FCP são perdoadas inúmeras faltas (até para grande penalidade) e assinaladas, a favor, outras que não existem, enquanto para o Benfica é ao contrário, fazer classificações destas enquanto existir o “Futeluso” é pura perda de tempo!

Interessante será perceber porque é que devido a esta dualidade de critérios na marcação das faltas, no “Futeluso” o FCP pode jogar tacticamente em 4x5x1 (e não 4x3x3, que é outra “coisa” na história do futebol) mas o Benfica tem de jogar em 4x4x2 (que não permite, na actualidade, controlar os jogos). Deixamos esta interpretação para amanhã, tal como uma pequena história da nossa linha avançada, desde 1966/67 (a primeira temporada em 4x3x3) para depois do próximo prélio do “Glorioso”: SLB versus Vitória FC, de Setúbal.

Depois os fulanos (que debitam nos jornais (até por que, mais uma vez, mostrar aqui neste blogue, sons (telefonias) e imagens (televisões) é mais complexo)

Idiotice n.º 1
Este queixa-se sempre em “A Bola” para encobrir os sistemáticos benefícios ao FCP. Tal como o “Record” mostra com a “Liga da Verdade”. Não sou adepto da contabilização de gramdes penalidades ou foras de jogo em zona frontal à baliza conmo golos, até porque nem sempre “dão” golos, tal como uma equipa pode ganhar jogos, depois de estar a perder por um ou até mais golos de diferença. Mas, em 2012/13, se não fossem as habilidades de Artur Soares Dias (na recepção ao SC Braga) e Carlos Xistra (em Coimbra) o Benfica dificilmente não teria mais quatro pontos, ou seja 46, do que os actuais 42. E o FC Porto teria menos!

A Bola; 1 de Fevereiro de 2013; página 38
Record; 30 de Janeiro de 2013; página 22
Idiotice n.º 2
A pergunta foi: O Sporting de Braga tem razão de queixa do árbitro no jogo com o Benfica? Um “jornalista” imoral, mais que sportinguista anti-benfiquista primário, pode dizer tudo o que quer. Por que não? Ele até conseguiu viciar a história, antes de ser COFINADO, quando andou a “fazer que mandava” no Diário de Notícias modificando a contagem histórica dos campeonatos nacionais por parte desse diário que como contemporâneo das alterações sempre iniciou a contagem em 1934/35.

Correio da Manhã; 29 de Janeiro de 2013; página 25
Logo ao início da noite, venha mais uma vitória, a 131 sobre o Vitória.

   QUADRO I
    JOGOS TOTAIS POR COMPETIÇÃO
    com Vitória FC Setúbal
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
201
 130
  35
 36
515
241
Campeonato Nacional
129
92
21
16
355
136
Particulares
28
13
10
5
69
51
Camp.º/ Taça Portugal
  24
13
  2
  9
50
  33
Campeonato Regional
9
4
1
4
17
8
Torneios (4)
5
4
-
1
11
9
Taça de Honra Lisboa
2
2
-
-
5
1
Taça da Liga
2
-
1
1
2
3
Supertaça
1
1
-
-
1
0
Taça AFL
1
1
-
-
5
0

Um Vitória FC (Setúbal) traiçoeiro
O Vitória FC, de Setúbal, sempre se gabou, quando pode, ser uma “pedra no sapato” dos Benfiquistas. Nas últimas temporadas como se percebe no Quadro II, têm perdido… gás. Mas nunca fiando.

    QUADRO II
    ÚLTIMOS 47 SLB vs Vitória FC Setúbal
Jogo
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
155
1990/91
CN
F
0-2
156
TP
F
3-2
157
CN
C
2-0
158
1991/92
Par
F
0-2
159
TP
F
0-0
160
TP
C
4-1
161
1993/94
CN
F
2-5
162
CN
C
2-0
163
1994/95
CN
C
1-0
164
CN
F
2-1
165
TP
C
0-0
166
TP
F
0-2
167
1996/97
CN
C
5-1
168
CN
F
2-0
169
1997/98
CN
F
0-1
170
CN
C
2-0
171
1998/99
CN
C
2-0
172
TP
F
0-2
173
CN
F
0-1
174
1999/2000
CN
C
3-0
175
CN
F
2-1
176
2001/02
CN
C
3-2
177
CN
F
1-1
178
2002/03
Tor
N
2-1
179
CN
C
1-1
180
CN
F
6-2
181
2004/05
CN
C
4-0
182
CN
F
2-0
183
TP
N
1-2
184
2005/06
ST
N
1-0
185
CN
F
1-0
186
CN
C
1-0
187
2006/07
CN
C
3-0
188
CN
F
1-0
189
2007/08
TL
C
1-1
190
TL
F
1-2
191
CN
F
1-1
192
CN
C
3-0
193
2008/09
CN
C
2-2
194
CN
F
4-0
195
2009/10
CN
C
8-1
196
CN
F
1-1
197
2010/11
CN
C
3-0
198
CN
F
2-0
199
2011/12
CN
C
4-1
200
CN
F
3-1
201
2012/
13
CN
F
5-0
202
CN
C
TOTAIS
47 J - 30 - 8 - 9
(97/40)

Acreditamos na vitória!
Acreditamos no Benfica!

Alberto Miguéns
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail