A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

29/12/2011

Vivam os Goleadores do Benfica (7)

29/12/2011 + 1 Comentários API
ESTATÍSTICAS
             
A Taça dos Clubes Campeões Europeus é disputada, ininterruptamente, desde a temporada de 1955/56, completando-se na temporada actual (2011/12) quase seis décadas, pois são 57 edições consecutivas, na principal competição da UEFA que desde 1991/92 se designa Liga dos Campeões.

O melhor clube europeu dos anos 60
Poucos clubes estiveram em mais edições da principal competição da UEFA que o Benfica! Depois da primeira participação em 1957/58, o Clube iniciou em 1960/61 um ciclo notável em que obteve 15 presenças em 18 participações {15 na TCCE, 2 na Taça dos Vencedores das Taças (1970/71 e 1974/75) e uma na Taça das Cidades Com Feiras (1966/67)}. Foram anos de ouro, com a presença em cinco finais da TCCE em oito épocas consecutivas, três finais consecutivas e dois triunfos consecutivos (Bicampeonato Europeu, entre 1960/61 e 1961/62). Foram estas notáveis presenças, em jogos, vitórias, golos e finais que transformaram o Benfica no melhor clube de futebol da década de 60.

“Glorioso” em 29 edições
Até à 25.ª edição da TCCE, em 1979/80, o SLB participou em 16 edições (64 por cento), entre a 26.ª e a 50.ª (2004/05) participámos em oito edições (32 por cento), incluindo três edições já com a designação de Liga dos Campeões. Em 2003/04 e 2004/05 estivemos na pré-eliminatória, mas fomos afastados da fase de grupos. Nas derradeiras sete temporadas, entre a 51.ª e a 57.ª edição participamos em cinco (71 por cento) perfazendo um total de 29 presenças em 57 temporadas, ou seja, em 51 por cento das edições disputadas.

Eusébio com 46 golos
Como seria de esperar Eusébio é o melhor goleador do “Glorioso”, com 46 golos em 64 jogos, ou seja marcou um golo a cada 123 minutos, em onze temporadas a participar na Taça dos Clubes Campeões. Eusébio é… Eusébio. Inigualável!
Eusébio foi o melhor marcador da TCCE em três edições: 1964/65 (10 golos), 1965/66 (11 golos) e 1967/68 (13 golos).

Trios de Josés: 24, 19 e 18 golos
Seguem-se como melhores goleadores do Clube, o extremo-direito José Augusto (24 golos em 56 jogos), o ponta-de-lança José Torres (19 golos em 33 jogos) e o avançado-centro José Águas (18 golos em 21 jogos). Todos jogadores do período áureo do “Glorioso” nas competições europeias. José Augusto fez todos os anos 60, como grande futebolista além de 37 assistências para golo, ainda marcou 24! José Torres substituiu José Águas (mais velho) continuando a facturar em grande. José Águas foi um marcador de golos de elevado quilate, marcando um golo a cada 105 minutos.
José Águas foi o melhor marcador da TCCE em 1960/61 com seis golos e José Torres conseguiu igual proeza em 1964/65 com 10 golos (em igualdade com… Eusébio).

Cardozo com oito golos
O 8.º melhor goleador com oito tentos em 20 jogos é o nosso extraordinário Cardozo, que pode – se o que falta (2, 4, 6 ou 7 jogos) da edição da Liga dos Campeões em 2011/12 correr bem – chegar, com muito menos jogos, aos valores de Nuno Gomes (11 golos em 30 jogos) e Coluna (11 golos em 58 golos). Acreditamos! Porque Cardozo é um goleador de excelência!

LISTA DE HOMENAGEM AOS 25 MELHORES GOLEADORES DO “GLORIOSO”

           GOLOS  NA LIGA DOS CAMPEÕES
N.º
Futebolista
G
J
Md/m
Épocas
1
Eusébio
46
64
123
(11) 1961/62 a 1973/74
2
José Augusto
24
56
202
(9) 1960/61 a 1969/70
3
José Torres
19
33
159
(7) 1962/63 a 1970/71
4
José Águas
18
21
105
(4) 1957/58 a 1962/63
5
Nené
15
38
202
(10) 1968/69  a 1985/86
6
Nuno Gomes
11
30
195
(6) 1997/98 a 2010/11
7
Coluna
11
58
479
(10) 1957/58  a 1969/70
8
Cardozo
8
20
182
(3) 2007/08 a 2011/12
9
Simões
8
57
620
(11) 1961/62 a 1973/74
10
Iúran
7
9
120
(1) 1991/92
11
Santana
7
19
244
(6) 1960/61  a 1966/67
12
César Brito
6
13
107
(2) 1987/88 a 1989/90
13
Isaías
6
15
188
(2) 1991/92  a 1994/95
14
Rui Jordão
6
20
240
(4) 1971/72 a 1975/76
15
Rui Águas
5
11
181
(3) 1988/89  a 1991/92
16
João Pinto
5
14
236
(2) 1994/95  a 1998/99
17
Magnusson
5
17
278
(3) 1987/88  a 1991/92
18
Miccoli
4
11
169
(2) 2005/06 e 2006/07
19
Artur Jorge
4
12
251
(4) 1969/70 a 1974/75
20
Diamantino Miranda
4
19
354
(4) 1983/84  a 1989/90
21
Jaime Graça
4
28
630
(6) 1967/68 a 1973/74
22
Luisão
4
39
856
(6) 2004/05 a 2011/12
23
Cavém
4
44
974
(9) 1957/58  a 1968/69
24
Nolito
3
9
139
(1)            2011/12
25
Ricardo Gomes
3
8
234
(2) 1987/88 a 1989/90
26
Manniche
3
10
240
(2) 1983/84 e 1984/85
27
Pacheco
3
21
397
(3) 1987/88  a 1991/92
28
Carlos Manuel
3
15
410
(4) 1981/82  a 1987/88
29
Rui Costa
3
17
416
(3) 1991/92 a 2007/08
30
Simão
3
18
537
(4) 2003/04 a 2006/07
NOTA.1: Média de golos marcados por minutos jogados por ser mais rigorosa que a média de golos marcados por participação em jogos
NOTA.2: O número de épocas corresponde ao número de participações (incluindo, apenas, pré-eliminatórias) na Taça dos Clubes Campeões Europeus/ Liga dos Campeões no período em que jogou no “Glorioso” (primeira a última)

Obrigado futebolistas do “Glorioso”. A nossa eterna gratidão por tantos e tantos momentos de glória.

Alberto Miguéns

NOTA: No EDB entre 23 de Dezembro de 2011 e 6 de Janeiro de 2012 o reconhecimento ao valor dos nossos futebolistas com a publicação de onze listagens.

Plano de Homenagem:

PUBLICADO:
23 de Dezembro -        Todos os Golos
24 de Dezembro -        Golos Fora da Grande-área
25 de Dezembro -        Golos no Campeonato Nacional
26 de Dezembro -        Golos de Livre-directo (fora GA)
27 de Dezembro -        Golos nas Competições Europeias
28 de Dezembro -        Golos de Grande penalidade
29 de Dezembro -        Golos na Liga dos Campeões

A PUBLICAR
Amanhã             -        Golos de Cabeça
31 de Dezembro -        Golos na Taça da Liga
  5 de Janeiro     -        Golos de Bola Parada
  6 de Janeiro     -        Golos em Competições Oficiais

1 comentários
comentários
  1. Alberto Miguéns vc se supera a cada dia! Parabéns!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail