Mentir Neste Blogue?! Alto e Pára o Baile! - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

30/05/2018

Mentir Neste Blogue?! Alto e Pára o Baile!

30/05/2018 + 27 Comentários
ADIEI PARA AMANHÃ O TEXTO PREVISTO PARA HOJE POIS PARA RESPONDER A UM ANÓNIMO SPORTINGUISTA TENHO QUE UTILIZAR DIGITALIZAÇÕES.


Aí vão os nossos "antepassados-adeptos" a caminho do Campo 28 de Maio!


A resposta aos cinco pontos pode ser vista/lida no final do texto acerca do 28 de Maio. Agora no ponto 5 o leitor sportinguista deste blogue foi longe de mais acusando-me de mentir. Eis a troca de perguntas/insinuações e resposta. Depois segue-se a justificação.


Como se vê, na página 3, do jornal "Os Sports" de 25 de Outubro de 1935
Em 27 de Outubro de 1935 (época 1935/36) o Sporting CP recebeu o Carcavelinhos FC no «Campo Grande». Há dúvidas?

Clicar em cima da imagem para melhor visualização

Como se vê, na página 5, do jornal "Os Sports" de 8 de Janeiro de 1937
Em 10 de Janeiro de 1937 (época 1936/37) o Sporting CP recebeu a equipa da Associação Académica de Coimbra no «Campo 28 de Maio». Há dúvidas?

Clicar em cima da imagem para melhor visualização


Estádio do Campo Grande inaugurado em 5 de Outubro de 1941 numa vitória, por 3-2, sobre o Sporting CP 
O "Glorioso" reabilita um campo abandonado pelo Sporting CP, em 1939, quando aluga, em 1937, o estádio do Lumiar, acaba com a designação "28 de Maio" e regressa ao «Campo Grande» como está explicito na primeira página do jornal "Os Sports" em 7 de Outubro de 1941. A data do dia 5 de Outubro, em 1941 (ainda com muitos veteranos da República vivos) era problemática para o Estado Novo pois os partidários da I República aproveitavam para questionar o situacionismo colocando flores na campa dos assassinos - Manuel Buíça e Alfredo Costa - do Regicídio, no cemitério do Alto de São João e depositar flores no monumento a António José de Almeida em frente à entrada principal do Instituto Superior Técnico. Era o chamado Dia do Reviralho.


Clicar em cima da imagem para melhor visualização

Como se vê, na página 2, do jornal "Os Sports" de 10 de Outubro de 1941
Em 12 de Outubro de 1941 (época 1941/42, a primeira no novo estádio do SLB) o Benfica recebeu o Carcavelinhos FC no «Campo Grande». De novo Campo Grande! Há dúvidas?

Clicar em cima da imagem para melhor visualização

Este blogue é tão transparente como o Clube que o inspira!

Alberto Miguéns

NOTA: Não quer dizer que não possam existir incorrecções em alguns textos deste blogue. Mas nunca será intencional. Será por que é um blogue (amador) por isso "feito" nos tempos livres! 

27 comentários
comentários
  1. Para lá da cobardia que é usar a capa de "Anónimo", acredito que o Senhor "Grande Vale" apenas arranjou aqui uma forma de conhecer a verdade histórica, aprender e - espera-se - reduzir um pouco os seus lamentáveis equívocos.

    Grande resposta do Alberto. Como sempre, com a verdade os estoira.

    ResponderEliminar
  2. Anonimo??? ESTA COM MEDO ?? O TEMPO DA DITADURA JÁ FOI E MAIS AQUI NINGUÉM É TOLO!! VIVA O BENFICA E CARREGA BENFICA E MAIS NÃO DIGO ANONIMO :)

    ResponderEliminar
  3. O autor do blog é uma pessoa correcta! O que este anónimo conarde precisava era de outra resposta! Atrasadinho!

    ResponderEliminar
  4. quem escreve assim é... Benfiquista

    ResponderEliminar
  5. Não te metas com o nosso Alberto, ó viscondesso, que levas nas fauces de ignorante.

    ResponderEliminar
  6. É um problema de usar os sites corean... Perdão, apenas as fontes do clube. Aguarda-se os resultados da visita do adepto sportinguistas à hemeroteca mais próxima.

    Alberto, como é que a malta pode ajudar a pagar as fotocópias?

    ResponderEliminar
  7. é inacreditável como o ALBERTO não trabalha para o nosso BENFICA.quem perde é o nosso clube,uma pena.abraço benfiquista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel(com Maiúscula por ser um nome!...não se diminua)

      Meu caro,

      o Dr. Alberto Miguéns não está no Sport Lisboa e ...BEMFICA por não ser um idólatra seguidista, para ser meigo, do consócio que ESTÁ como Presidente do Glorioso ...!!!

      Eliminar
    2. Não vale de nada, mas fica manifestada a vontade de quem, como o Miguel, gostaria que fosse diferente:

      https://www.peticaopublica.com/pview.aspx?pi=BR92726

      Eliminar
  8. O Campo 28 de Maio era a designação antiga do hoje Campo Grande.
    Não confunda a Estrada da Beira com a Beira da Estrada!!
    Nunca mas nunca houve um estadio do SCP com o nome de 28 Maio.

    Grande Vale

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      Nada de criar ruído.

      1. O Campo Grande (Jardim) entre Entre Campos e o início da Alameda das Linhas de Torres/Estrada de Telheiras passou a designar-se Campo 28 de Maio em 28 de Maio de 1927 que foi feriado nacional;

      2. O Sporting CP decidiu dar o nome o seu campo de jogos como «Campo 28 de Maio» em 28 de Maio de 1936 para assinalar o 10.º aniversário do 28 de Maio de 1926. Como se percebe pela leitura dos jornais. Em 1935 o Campo do SCP ainda se designava por 28 de Maio;

      3. O Campo 28 de Maio (jardim) durou até ao 25 de Abril de 1974 e o Benfica, em 1941, recusou que o seu estádio fosse Campo 28 de Maio. Não Vale o Grande Vale equivocar ninguém!

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Grande Vale, meta os pés a caminho da hemeroteca ou registo mais próximo e traga as suas fotocópias e digitalizações para contrapôr. Nestas conversas o interessante é cruzarmos factos, não opiniões.

      Até lhe dou a borla de o Benfica não jogar no Estádio da Luz...

      Eliminar
    3. Caro Miguéns, parece que agora se chama Jardim Mário Soares (a ala sul do Campo Grande)

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  9. Claro que o "Anónimo" a esta hora, já escondeu o rabo entre as pernas. Pode-se argumentar o que se quiser, dizer e escrever o entulho que bem queira, mas basta lembrar o ditado, "Contra factos não há argumentos". Claro que este "Anónimo" deve ser outro energúmeno ao serviço de Kim Jong Bruno ou do Padrinho. Eu sei que é difícil aceitar, mas o Benfica foi o único clube que conquistou títulos com regularidade, antes e depois do 25 de Abril. O Sporting conquistou grande parte dos seus títulos antes do 25 de Abril, e o Porto depois do 25 de Abril.

    Ainda há-de chegar o dia em que alguma desta gente chegue a ser iluminado, e perceba que o Estado Novo, servia-se do futebol para deixar o "Zé Povinho" distraído e que não se interessava minimamente por quem ganhava ou quem perdia, porque naquela altura, o desporto era vivido com respeito, amizade e... imagine-se, desportivismo. Algo que alguns primatas nos tempos em que vivemos, não conseguem conceber. Todas estas guerras criadas depois do 25 de Abril, com mudanças de datas de criação dos clubes, querer ganhar campeonatos na secretaria alterando a história, falar de emails/toupeira e afins, discussões inócuas na TV entre tipos que mais parecem símios com o cio a conquistar uma fêmea, teve tudo início depois do 25 de Abril, com a enorme falta de respeito, corrupção e crime organizado que se apoderou de toda a sociedade, principalmente a norte, e que era impossível acontecer no Estado Novo.

    Mas claro, o ser humano formatado como está para ser estúpido, quer lá saber da história, ele quer é saber o que foi dito ontem por uma besta qualquer, mesmo que seja uma mentira. Neste caso a estupidez subiu a um novo nível, quando se quer discutir história com um historiador, é pedir para ser humilhado e ridicularizado. Aliás pela forma como o tipo respondeu, viu-se logo que a inteligência não seria o seu forte.

    ResponderEliminar
  10. Em grande e certeiro Dr Alberto Miguéns! Cravou-lha mesmo no cachaço!

    ResponderEliminar
  11. É como diz o Artnis; O Miguéns não está no sítio ONDE DEVIA ESTAR, porque os lambebotas que rodeiam LFV não gostam de quem é Benfiquista de gema e saiba mais que eles. Como LFV gosta do lambebotismo, aceita...e aceita porque a ele, tanto se lhe dá que quem o idolatra seja Benfiquista ou não. Aliás, LFV até gosta mais dos não Benfiquistas à sua volta porque não são exigentes, não questionam, para eles a transferência monetária no final do mês, basta-lhes!!!

    Mais diz o Artnis que o consócio ESTÁ como Presidente. Já houve alguém que lhe disse; o Sr. está "DE Presidente", não é "O Presidente"...mas ele nem percebeu o alcance...

    Quanto ao anónimo do çeportém sempre lhe digo; QUEM SE METE COM O MIGUÉNS...LEVA!!

    ResponderEliminar
  12. Sr Alberto,

    A alteração de Campo 28 Maio para simplesmente Campo Grande ocorreu em 16 Julho de 1948 e não na data que refere assim como nessa data a Av Alferes Malheiro passou a chamar-se Av do Brasil.
    O Estádio do Benfica chama-se Estadio do SLB e não Estadio da Luz como é vulgarmente conhecido, percebe a analogia?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo

      A Av. Alferes Malheiro passou a Av do Brasil, mas ainda me lembro de ver uma placa "Jardim 28 de Maio" e eu nasci em 1960.

      O nome nunca "pegou" tal como Praça do Comércio (continua Terreiro do Paço), Praça D. Pedro IV (continua Rossio) e Campo Mártires da Pátria (continua Campo Santana).

      De qualquer modo a decisão de alterar o nome de Campo Grande para Campo 28 de Maio foi do SCP tal como a partir de 1941 o Benfica decidiu que era Campo Grande (mesmo continuando a existir o Campo 28 de Maio a Sul do recinto como pode ver nos jornais digitalizadas e nos das épocas seguintes até o Benfica deixar o recinto.

      Saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  13. Se nem com as descrições dos jornais da época fica esclarecido...então não "vale grande" coisa!
    Se tem outros jornais que desmintam, então que apresente, agora dizer que não, porque sim, é digno de pessoas alienadas!
    Independentemente do Clube que amamos, há uma coisa que não podemos...É viver em realidades alternativas e não assumir a História...a Boa e a Má!!

    ResponderEliminar
  14. Quem se mete com o Alberto Miguens no que diz respeito à história do futebol luso entra a perder por 10 a 0.
    Grande Alberto sem espinhas! Aprenda sr anónimo. Só lhe faz bem. Não se meta com pessoas que sabem mais a dormir do que o sr alguma vez saberá completamente acordado.
    Benfica sempre!

    ResponderEliminar
  15. 1º, anónimo, não merece resposta, nem publicação!
    2º, o tempo do companheiro Miguéns é valioso demais para responder a provocadores!
    3º, o provocador (por falta de documentos que validem a treta), deverá ser o artista que andou a "tratar" da história do Glorioso há não muito tempo atrás!
    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  16. Alberto... Nunca te canses amigo.

    Faço minhas as palavraa dos companheiros que já comentaram.

    Grande Vale... Chapeus há muitos...

    ResponderEliminar
  17. "Grande Vale", o Anónimo cabeça dura.
    Lê e não acredita. Lê e não arrebita. Aquilo já não vai com leitura. Pelo menos com esta leitura. Que vá ler as actas do bombeiro ou do coreano. Do pinta-rodapés ou do Padrinhos endinheirados. Aquilo é que é leitura de entreter.

    Notável argumentação, caro Alberto, notável!

    ResponderEliminar

Subscrever este blogue