Glorioso Râguebi: Quinto Degrau (em Dez) - Em Defesa do Benfica
A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

06/01/2018

Glorioso Râguebi: Quinto Degrau (em Dez)

06/01/2018 + 0 Comentários
EXCELENTE JOGO DO "GLORIOSO" A FAZER REVIVER AS GRANDES TARDES DE RÂGUEBI NO CAMPO 3 E DEPOIS NO 2 DA "SAUDOSA CATEDRAL".


O mais importante foi o resultado (V 48-30) com 7-3 em ensaios. Esta diferença de quatro ensaios permite um precioso ponto de bónus. 

Como é habitual na modalidade o resultado reflecte a diferença
A primeira parte foi equilibrada com 24-23 no final dos 40 minutos mas esta terminou com uma jogada interrompida pelo árbitro com o "Glorioso" na área de ensaio a ter todas as condições para fazer ensaio pois só a "molhada" não permitia perceber se o "melão" estava ou não no relvado. Considerando que um minuto de compensação chegava tudo para o intervalo com o Benfica a conseguir um ponto de vantagem. E tudo tinha começado da pior maneira pois o RC Lousã fez ensaio aos...22 segundos de jogo! Na segunda parte, com vento e chuva, o Benfica impôs-se chegando a fazer um parcial de 24-0 (48-23) permitindo um ensaio convertido (5 + 3) a um minuto dos 80 que colocou o resultado em 48-30. A ter em atenção este equilíbrio pois o jogo na Lousã será na última jornada e pode ser um encontro decisivo já que os principais adversários (CDUP e AEIS Técnico) vão jogar no seu terreno.



Terminada a primeira volta está tudo como se previa
Os melhores clubes ocupar os três primeiros lugares. O CDUP pode ser 1.º ou 2.º classificado. O AEIS Técnico pode conseguir o 1.º, 2.º ou 3.º lugar. O SLB pode ser 2.º ou 3.º. Mas só o primeiro lugar no Grupo B/Manutenção (7.º na classificação geral do campeonato nacional em 2017/18) permite a manutenção directa. O segundo lugar (8.º classificado) dá a possibilidade de disputar a permanência no principal escalão (Divisão de Honra) com o campeão do segundo escalão (I Divisão). 


Até 2024 (Centenário do Glorioso Râguebi) haverá mais destaque neste blogue a esta modalidade
Tem sido sempre assim desde que o blogue foi criado (28 de Fevereiro de 2011). Já por aqui se assinalaram vários Centenários de diversas modalidades: Ginástica (2013), Natação (2014), Pólo Aquático (2016) e o último centenário (2017) no Hóquei em Patins. E se ainda por cá andarmos continuará depois com o Centenário do Basquetebol (2027). É dando realce a esta forma de fazer desporto honrando-o, praticando as modalidades de uma forma continuada (excepto na Natação e Pólo Aquático devido às dificuldades com ter piscina própria) que o Benfica prestigia o seu passado e presente. Com as duas excepções já descritas o Benfica pode assinalar Centenários efectivos: na data de estreia em competição e no número de temporadas a praticar as respectivas modalidades. O Râguebi não é excepção, por isso também neste blogue será regra. Vai merecer carinho especial até 2024 como as outras mereceram. 



Uma modalidade "à parte"
A muitos e variados níveis. Para o bem e para o mal. Há anos que existe uma elite de clubes que conseguem suplantar consecutivamente todos os outros e conseguem sempre resguardar-se de modo a não serem "incomodados". São nove esses clubes e conseguem geralmente forçar a que o principal escalão só tenha oito. Vamos ter mais uma vez a principal divisão, em 2018/19, com oito clubes. Havendo nove isto implica sempre que um desses nove esteja na divisão secundária. Em regra só uma época e depois troca com um dos outros oito. Infelizmente o Benfica esteve quatro temporadas consecutivas - 2013/14 a 2016/17 - na divisão secundária quando só deveria estar uma. Isso teve custos muito elevados, esperamos que não sejam irreversíveis. Só para se ter uma ideia como esta modalidade é gerida compare-se a temporada de 1981/82 (e é esta como exemplo mas podia ser outra que os clubes só mudavam de posição na classificação geral) com a actual e vemos os mesmos nove clubes precisamente nos nove primeiros lugares. Entre 1981/82 e 2017/18 há 37 temporadas de intervalo! 

O GDS Cascais foi campeão nacional na II Divisão

Os "Nove Históricos" já conquistaram a Taça de Portugal
Desses nove clubes, o C.D.U.P. é o único que nunca foi campeão nacional. E o certo é que ainda não o será em 2017/18.

LISTAGEM TOTAL DE TROFÉUS
Campeonato
Nacional (59)
T
Taça de
Portugal (56)
T
Supertaças
(30)
T
CDUL
20
SL BENFICA
10
GD Direito
11
GD Direito
11
AE IS Agronomia
10
GDS Cascais
5
SL BENFICA
9
CDUL
9
AE IS Agronomia
5
GDS Cascais
7
GD Direito
8
CF “Os Belenenses”
3
CF “Os Belenenses”
6
As. Acad. Coimbra
6
CDUL
3
As. Acad. Coimbra
3
GDS Cascais
4
As. Acad. Coimbra
2
AE IS Técnico
2
AE IS Técnico
4
AE IS Técnico
1
AE IS Agronomia
1
CF “Os Belenenses”
3




CDUP
2



Só é vencido quem deixa de lutar

Alberto Miguéns


NOTA (às 23:55): Face aos resultados desta ronda, na próxima jornada é "torcer" pela vitória do CDUP no terreno do AEIS Técnico, nas Olaias/Lisboa. Uma vitória deste clube que joga nas Olaias colocará o Benfica praticamente fora do 2.º lugar. 





0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Subscrever este blogue