A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

11/06/2017

Agradeço o Comentário

11/06/2017 + 5 Comentários
RECEBI DE MADRUGADA, MAS VISIONEI HÁ POUCO O SEGUINTE TEXTO DE UM LEITOR.



Infelizmente não tenho o tempo que devia de ter para ocupar a retribuir a gentileza deste leitor visto ter que preparar durante esta tarde o importante (classificação feita por mim) texto para amanhã. Fica aqui o comentário deste leitor:

(clicar em cima da imagem para visionar com mais qualidade) 



Apesar de só ter tempo para meia dúzia de palavras posso dizer-lhe, começando pelo acessório que será cinco ou seis anos mais velhote do que eu (por isso dei visibilidade à data do seu endereço pois deve corresponder ao seu ano de nascimento).

1. Obrigado por seguir este blogue;

2. Agradeço as palavras de simpatia. Como costumo dizer nada melhor que um Benfiquista ser elogiado por outro Benfiquista em igual paridade. Não é um elogio gratuito nem interesseiro pois sabe que nem é meu "subordinado" nem meu "superior". É meu par na causa Benfiquista;

3. Tenho idêntica opinião acerca da evolução e qualidade dos blogues. Não sou leitor regular de blogues, sejam do Benfica, de outro clube ou versem outros assuntos. Sou um péssimo bloguista. São-me indiferentes;

4. Muito menos posso fazer comparações no tempo acerca da evolução e qualidade. Se agora sou mau bloguista antes deste blogue existir nem sabia o que era um blogue. Talvez soubesse da existência de um, a Tertúlia Benfiquista, porque cheguei a almoçar com o "Bando dos Quatro";

5. Não me parece que este blogue seja um oásis. Ou se é, há outros oásis. Um deserto por muito pequeno que seja tem sempre mais do que um oásis;

6. A linguagem dos blogues não me seduz para gastar tempo a ler. Nisso somos gémeos. Pouco nível. Então escrever sporting e porto (letra minúscula) e ao contrário benfica revela o habitual provincianismo bacoco tipicamente português. Pensar que enxovalham com minúsculas mas o enxovalho está neles que pensam pequeno;

7. Agora algo inequívoco. Todos os blogues têm direito a existirem e serem albardados à vontade do dono. Sem limites a não ser porem-se a jeito da justiça dos Homens e da vontade dos leitores;

8. Também tenho a ideia (embora sem grande sustentação pelas razões anteriormente apresentadas) que os blogues têm ido atrás dos programas que chafurdam o Futebol. Programas repletos de javardolas de segunda a sexta-feira de cada semana. E se assim for é uma regressão;

9. Não considero que este blogue seja melhor nem pior que os outros. São todos diferentes embora se possam (penso eu sem ser grande especialista em bloguelogia, mas este mundo da blogosfera não deve ser diferente do restante) agrupar em categorias conforme os interesses de quem os faz;

10. Enquanto eu for o responsável deste blogue pode ter a certeza que manterei a coerência que penso ter tido desde o seu início:

B. Defender o Benfica com a grandeza intrínseca do Benfica, ou seja, sem necessidade de debitar lama. A Cultura do Benfica chega para sobrepor-se a qualquer dislate. O que é preciso é conhecê-la e mostrá-la. Não a conhecendo tem de se usar as "armas" dos outros que é...atirar lama, inventar factos e debitar lixo;

E. Só responder a clubes rivais, com factos documentados, mostrando que são mentiras descaradas e sem fundamento;

N. Quando outros clubes têm razão em invectivar o "Glorioso" se sentir que não tenho argumentos prefiro estar calado, não abordar o assunto, a fazer figura de estarola;

F. Este blogue nunca teve e jamais terá qualquer preocupação com o número de leitores, gostos ou audiências. Para mim são completamente secundárias e acessórias. Se forem o máximo tanto melhor, mas não é isso que me incentiva a escrever e publicar neste blogue. Há anos que diariamente escrevo acerca do "Glorioso", mesmo quando era só para mim. Este blogue permite que outros possam ler o que escrevo. Uns dias mais inspirado (dizem-me) outros em que devia ter ficado quieto (sinto-o);

I. Prefiro poucos mas "bons" leitores que coloquem o Benfica acima de qualquer ser vivo ou morto. Nunca alguém, nem a junção de todos esses alguéns, conseguirá sequer tapar em um milímetro a parte inferior da roda da bicicleta do emblema. Estamos todos de passagem, efémeros cuja memória da sua importância corresponderá à existência de Benfiquistas seus contemporâneos. Quem sabe quem são e o que fizeram - no Benfica e na sua vida familiar/particular -aqueles onze pioneiros da bandeira que se agita na bancada? Só o Benfica será eternizado;

C. Este blogue nunca se afastará uma vírgula da ideia com que foi criado. Quando isso ocorrer será "fechado";

A. Ser independente. Só o Benfica (instituição) está acima da crítica por ser num Ideal. Se tiver de mostrar que dentro do Benfica algo se passa com que não concorde (e só situações que classifico de para lá do limite mínimo) não tenho qualquer problema em falar acerca delas. O contrário seria cobardia, sentir-me-ia um verme e perderia o respeito por mim, por deixar de sentir-me um Homem Livre. Para mim a Cidadania e o Universalismo está acima do Benfiquismo.

Um seu par Benfiquista

Alberto Miguéns

Viva o Benfica!


NOTA: Como tudo é efémero. Daqui a 100 anos (2116/17), nem será necessário tanto, ninguém se lembrará do que ocorreu em 2016/17. O que é importante agora não terá importância alguma daqui a uns anos. Quanto mais nos afastarmos da data de hoje mais ela perderá importância. Quem sabe, de cor, o que foi a temporada de 1916/17? Quem eram os dirigentes? Quantos associados tinha o Clube? Onde estava instalado: Sede e campo de jogos? Que iniciativas orgulhavam os Benfiquistas? Quem eram as vedetas no Futebol e nas restantes modalidades? Que disputa e conquista de troféus faziam sonhar os Benfiquistas?


Há uns anos perguntei a quem carregava esta bandeira se conhecia algum nome dos onze. Disse-me que um era o Cosme Damião. Pedi-lhe para o localizar. Não conseguia distingui-lo mas dizia que era um dos que tinham bigode! Não era porque Cosme Damião não fazia parte deste onze do final da temporada de 1904/05. Esta é uma fotografia da 1.ª categoria e Cosme Damião jogava na 2.º categoria.

5 comentários
comentários
  1. Lamento que o EDP não esteja no Twitter, de qualquer das formas este vosso consórcio vai replicando por lá o que se passa aqui, repondo a verdade que nem o clube de forma oficial reconhece.

    ResponderEliminar
  2. Meu caro,

    EDP ?!!...esteve, por certo, a ouvir as 'explicações' do Mexia e continua a mexer nos nossos bolsos, hehehe!

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
  3. Mais um belíssimo post do Miguéns.
    Obrigada.
    marley

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Benfiquista Marley

      Se no Glorioso devemos «Honrar os Ases Que Nos honraram o Passado»

      É uma honra para este blogue ter uma leitora que honra o presente.

      Um exemplo de Benfiquismo íntegro. Nada mais interessa do que...Só, só, Benfica.

      Agradeço

      Gloriosíssimas saudações

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail