A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

15/01/2017

O Que Está Ganho...Ganho Está!

15/01/2017 + 3 Comentários
SEM MAIS COMENTÁRIOS.




Obrigado aos adeptos que apoiaram e criaram condições, dirigentes que tomaram decisões e treinadores/futebolistas que triunfaram, na final, em 1929/30

Campeonato de Portugal (1929/30). Equipa da final, em 1 de Junho de 1930, no estádio do Campo Grande, do Sporting CP (V 3-1) treinada por Artur John, frente ao FC Barreirense: Artur Dyson; António Pinho e Jorge Teixeira; Aníbal José (1 golo no total), João Oliveira e Vítor Hugo; Augusto Dinis (1 golo, 4 no total), Mário Carvalho (1 golo, 1 no total), Jorge Tavares (capitão, 4 golos no total), Guedes Gonçalves (1 golo, 5 no total) e Manuel Oliveira (1 golo, 3 no total)
Jogaram ainda: Artur Travaços, Pedro Silva (5 golos), Ralf Bailão, Vítor Silva (4 golos), Francisco Sousa (1 golo), António Coelho, António Belo, Luís Costa, António Nunes e Mário Rodrigues. 28 golos no total



Obrigado aos adeptos que apoiaram e criaram condições, dirigentes que tomaram decisões e treinadores/futebolistas que triunfaram, na final, em 1930/31

Campeonato de Portugal (1930/31). Equipa da final, em 28 de Junho de 1931, em Coimbra, no estádio do Arnado, do SC Conimbricense (V 3-0) treinada por António Ribeiro dos Reis, frente ao FC Porto: Artur Dyson; Ralf Bailão (1 golo no total) e Luís Costa; João Correia, Aníbal José (1 golo no total) e Pedro Ferreira; Augusto Dinis (1 golo, 2 no total), Emiliano Sampaio (3 golos no total), Vítor Silva (capitão, 2 golos, 9 no total), João Oliveira (4 golos no total) e Manuel Oliveira (6 golos no total)
Jogaram ainda: Pedro Silva (1 golo), Francisco Gatinho, Alberto Cardoso (3 golos), António Belo (1 golo) Eugénio Salvador (3 golos), Jorge Tavares e Artur Travaços. 34 golos no total


Obrigado aos adeptos que apoiaram e criaram condições, dirigentes que tomaram decisões e treinadores/futebolistas que triunfaram, na final, em 1934/35

Campeonato de Portugal (1934/35). Equipa da final, em 30 de Junho de 1935, em Lisboa, no estádio do Lumiar, alugado ao FC Barreirense (V 2-1) treinada por António Ribeiro dos Reis, frente ao Sporting CP: Augusto Amaro; Francisco Gatinho e Gustavo Teixeira (capitão, 1 golo no total); Albino, Lucas (1 golo, 1 no total) e Gaspar Pinto; Fernando Cardoso (4 golos no total), Luís Xavier (4 golos no total), Carlos Torres (2 golos no total), Rogério de Sousa (2 golos no total) e Valadas (1 golo, 5 no total)

Jogaram ainda: Vítor Silva (6 golos no total), João Correia e Francisco Costa. 25 golos no total

Tantas gerações orgulhosas de Ser do Benfica!

Alberto Miguéns

3 comentários
comentários
  1. Com todos os investimentos e com os profissionais que têm a cuidar de preservar, catalogar e divulgar o seu passado de conquistas, o Sport Lisboa e Benfica tem obrigação de ser rigoroso na informação que dá aos seus adeptos e ao restante público. O passado não se apaga. Pode ser mistificado mas nunca se apaga. Divulgar informação errada ou parcial é uma inaceitável. Abram a pestana e não abram os flancos. Não é para isso que são pagos!
    Felizmente existem pessoas atentas e rigorosas como o autor deste blogue.

    ResponderEliminar
  2. Temos 28 taças de Portugal neste momento, fica memorizado! Obrigado benfiquistas!

    ResponderEliminar
  3. E mesmo quando dentro do Clube (por exemplo João Gabriel e Pedro Guerra) se protegiam com a não decisão da FPF, o Benfica se tinha:

    35 CN
    25 TP
    1 TL
    2 TCE
    6 ST
    7 TL

    Teria SEMPRE de colocar em igualdade:

    3 CP

    Embora o mais correcto fosse:

    28 TP

    Como se provou

    TRIgloriosas Saudações

    Alberto Miguéns

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail