A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

19/03/2016

Sábado Semi-Gordo

19/03/2016 + 2 Comentários
NÃO HAVIA NECESSIDADE DO FUTSAL PERDER. O BASQUETEBOL VAI JOGAR A 34.ª FINAL PARA CONQUISTAR O 21.º TROFÉU.



O Futsal dificilmente conseguirá ter vantagem no "bota-fora" final. Quando o Sporting CP acertar o calendário - que o Benfica antecipou para jogar a fase final da Taça UEFA Futsal (Liga dos Campeões de Futsal) - vai ficar com três pontos de vantagem.





Os dois plantéis de Basquetebol conseguiram duas vitórias importantes depois de dificuldades nas primeiras partes de ambos os jogos.




Domínio sem mácula
Em 66 edições do troféu (61 como Taça de Portugal e 5 como Taça de Honra) são 20 as conquistas do “Glorioso”. Amanhã, domingo, o Benfica está presente na 34.ª final (13 perdidas ingloriamente). Na 34.ª final queremos a 21.ª conquista! Siga!

BASQUETEBOL TAÇA DE PORTUGAL
Época
Pavilhão
Local
Adversário
Resultado
Melhor
Marcador
1945/46
Lisboa
(ACL)
CF "Os Belenenses"
V 33-32
(+ 1)
Homero Reis
(10)
1946/47
Lisboa
(Lisgás)
SC Vasco da Gama
(Porto)
V 42-25
(+ 17)
Homero Reis
Jq. Trindade
(10)
1947/48
Lisboa
(ACL)
SC Vasco da Gama
(Porto)
D 35-37
(- 2)
Homero Reis
(18)
1958/59
Lisboa
(S. Bento)
CF "Os Belenenses"
D 42-44
(- 2)
José Amorim
(13)
1959/60
Santarém
FC Barreirense
D 42-48
(- 6)
José Alberto
(17)
1960/61
Leiria
As. Académica
Coimbra
V 79-45
(+ 34)
Furtado
(22)
1962/63
São João da
Madeira
FC Barreirense
D 47-48
(- 1)
José Alberto
(15)
1963/64
Lisboa
(S. Bento)
SC Vasco da Gama
(Porto)
V 63-44
(+ 19)
Machado
(16)
1964/65
Figueira
da Foz
Sporting CP
V 51-41
(+ 10)
José Alberto
(19)
1965/66
Coimbra
(S.ª Cruz)
Sporting CP
V 44-37
(+ 7)
José Alberto
(19)
1967/68
Santarém
As. Académica
Coimbra
V 79-74
(+ 5)
José Alberto
Arm.º Simões
(20)
1968/69
 Coimbra
(Pav. Universitário)
AD B.P.M.
V 79-68
(+ 11)
José Alberto
(27)
1969/70
 Coimbra
(Pav. Universitário)
AD B.P.M.
V 75-68
(+ 7)
Jq. Carlos
(33)
1971/72
Leiria
As. Académica
Coimbra
V 90-70
(+ 20)
Jq. Carlos
(23)
1972/73
 Coimbra
(Pav. Universitário)
FC Porto
V 73-69
(+ 4)
Ant.º Pratas
(22)
1973/74
Lisboa
(Ajuda)
Sporting CP
V 102-84
(+ 18)
Harris
(42)
1974/75
Lisboa
(Ajuda)
Sporting CP
D 75-78
(- 3)
Harris
(33)
1980/81
Marinha Grande
FC Porto
V 90-86
(+ 4)
Jordan
(40)
1982/83
Estoril
CA Queluz
D 85-86
(- 1)
Col Quitt
(26)
1984/85
Almeirim
FC Barreirense
D 82-96
(- 14)
C. Lisboa
(36)
1986/87
Ovar
FC Porto
D 100-101
(- 1)
C. Lisboa
(41)
1987/88
Olhão
FC Porto
D 77-90
(- 13)
C. Lisboa
(28)
1989/90
Póvoa de
Varzim
AD Ovarense
D 73-78
(- 5)
Jean Jacques
(20)
1991/92
Oeiras
Illiabum Club
V 84-76
(+ 8)
C. Lisboa
(26)
1992/93
Funchal
AD Ovarense
V 91-86
(+ 5)
JC Guimarães
(33)
1993/94
Évora
AD Ovarense
V 86-64
(+ 22)
JC Guimarães
(22)
1994/95
Tondela
FC Porto
V 81-79
(+ 2)
Jean Jacques
(22)
1995/96
Leiria
UD Oliveirense
V 81-79
(+ 2)
M. Nahar
(24)
1997/98
Seixal
CR Estrelas da
Avenida
D 86-67
(- 1)
Pedro Miguel
(27)
2005/06
Anadia
FC Porto
D 84-95
(- 11)
T. Leather
(26)
2012/13
Fafe
Vitória SC
Guimarães
D 81-100
(- 19)
Bet. Gomes
(21)
2013/14
Fafe
Galitos FC Barreiro
V 74-52
(+ 22)
Seth Doliboa
(18)
2014/15
Fafe
BC Barcelos
V 88-87
(+ 1)
Jobey Thomas
(20)
2015/16
Oliveira de
Azeméis
AD Ovarense


NOTA: (1) a vermelho, capitão da equipa

Era uma vez a Taça de Portugal
Frente à AD Ovarense será a 4.ª final. Perdemos a primeira (Póvoa de Varzim) e conquistámos as duas seguintes, no Funchal e em Évora. A AD Ovarense conquistou três troféus (além do tirado ao SLB): Illiabum Club (1988/89 no Montijo) e AD Vagos (2008/09 no Barreiro). 

BENFICA
20
FC Porto
13
FC Barreirense
6
Sporting CP
5
 Ass. Académica Coimbra
3
AD Ovarense
3
CA Queluz
2
PT Telecom
2
 CF “Os Belenenses”
2
Atlético CP
2
 Vitória SC (Guimarães)
2
Vasco Gama SC
1
 Sporting C. Lourenço Marques
1
Ginásio C. Figueirense
1
CR Est. Avenida
1
UD Oliveirense
1
CAB Madeira
1
     NOTA: Entre 1943/44 e 1947/48
     com o nome de Taça de Honra

O Andebol com quatro golos de vantagem tem tudo para garantir, na Rússia, o apuramento para as meias-finais. É provável uma final europeia entre o ABC Braga e o SL Benfica!




O Pólo Aquático jogou muito bem conseguindo uma vitória extraordinária frente, ao segundo classificado do campeonato nacional, da temporada anterior (2014/15).




Os dois plantéis de Hóquei em Patins vão jogar neste final de sábado.





TÁBUA CRONOLÓGICA/ DIÁRIO DO SLB/ 19-21.Março.2016
Dia SLB
N.º
MAR
Dia
Acontecimento










40 929










19
FTS
14:30

Jg 928 ESmFs; D 1-2 (ao intervalo: 0-1); Sporting CP; Campeonato Nacional I Divisão/ Liga Sport Zone; 20.ª jornada; Pav. Multiusos (Odivelas); F
BAS
14:30
Jg ESfBQ; V 80-72 (ao intervalo: 31-42); Olivais FC Coimbra; Liga Feminina; 20.ª jornada; Pav. SLB 1 (Lisboa); C; 21.ª jornada em 9 de Abril
BAS
16:00
Jg 3938 ESmBQ; V 72-62 (ao intervalo: 30-30); Vitória SC Guimarães; 67.ª Taça de Portugal; Meia-final; Pav. Dr. Salvador Machado (Oliveira de Azeméis); N
PA
16:00
Jg 27 ESfPA; V 13-11 (ao intervalo. 7-4); ADDCE Gondomar; Campeonato Nacional da I Divisão; 12.ª jornada; Piscina da Reboleira (Amadora); C
AND
16:00
Jg 3026 ESmA; V 24-20 (ao intervalo: 13-9); Sampetersburgo HC; Taça Challenge; Quartos-de-final; 1.ª mão; Pav. SLB 2  (Lisboa); C
HP
18.00
Jg 4226 ESmHP; V 14-4 (ao intervalo: 8-2); AED Física Torres Vedras; Campeonato nacional da I Divisão; 19.ª jornada; Pav. SLB 1 (Lisboa); C
HP
20.15
Jg 150 ESfHP; V 7-1 (ao intervalo: 5-0); A. Juventude Salesiana; Campeonato Nacional da I Divisão; 5.ª jornada; Pav. Salesianos (Estoril); F





40 930





20
FUT
11.15
Jg ESmBFt; D 0-1; Portimonense SC; Segunda Liga; 37.ª Jornada; Est. Portimonense SC (Portimão); F
VOL
15:00
Jg 1936 ESmV; D 1-3 (15-25; 25-19; 17-25; 14-25); Calzedonia Verona; Taça Challenge; Meias-finais; 2.ª mão; Pav. SLB 2 (Lisboa); C
BAS
16:00
Jg 3939 ESmBQ; V 103-51 (ao intervalo: 48-36); AD Ovarense; 67.ª Taça de Portugal; Final; Pav. Dr. Salvador Machado (Oliveira de Azeméis); N
FTS
17:00

Jg ESfFs; V 4-1; CRC Quinta dos Lombos; Campeonato Nacional da I Divisão; 5.ª jornada; Pav. dos Lombos (Carcavelos); F
FUT
18.15
Jg 5132 ESmFt; V 1-0; Boavista FC; Liga NOS Portugal; 27.ª Jornada; Est. Bessa (Porto); F
40 931
21
RÂG
20:30
Jg 1961 ESmRag; V 43-7; CR São Miguel; Campeonato Nacional I Divisão (2.º escalão); 16.ª jornada; Est. 1.º de Maio/Inatel (artificial) (Lisboa); F

Carrega Benfica!

Alberto Miguéns
2 comentários
comentários
  1. Sou um benfiquista com 31 anos, de 4ª geração na minha família, leitor assíduo de "Em Defesa do Benfica" há alguns anos, que remeteu o seu primeiro comentário em 27 de Outubro de 2015. Infelizmente, não tenho tido oportunidade de participar mais vezes nas conversas gloriosas desta tertúlia. De qualquer modo, e pedindo desculpa desde já pela minha modesta participação, terei que comentar a respeito de algumas intervenções de "não benfiquistas” e “anti-benfiquistas", às quais tenho estado atento, e que, escudadas em estatísticas ("matemáticas da incerteza") enviezadas, têm colocado em causa a "Defesa do Benfica". Na altura referi-me a "lobos com pele de cordeiro"...
    Devemos dar graças, porque o nosso Dr. Alberto tem, sábia e sustentadamente, dado resposta cabal a tais críticas. Ainda assim, acrescento, se me é permitido o desfasamento temporal (para que o Sr. Paulo Teixeira e outros vejam):
    1º - o facto do Benfica ter muito mais participações em finais, meias-finais e quartos-de-final das competições europeias, designadamente da taça dos campeões, (presentemente, até estamos nessa prova, ao passo que o 2º e o 3º clube de Portugal há muito que têm revelado a sua mediocridade fora de portas), bem como mais vitórias e melhor saldo e quociente de GM/ GS do que os outros clubes portugueses, demonstra inelutavelmente a sua condição de um dos maiores clubes do mundo e de maior de Portugal;
    2º - o Benfica foi focado, de forma realista e inequívoca, na revista espanhola “Libero” (sublinho “espanhola”, por isso, mais isenta do que a imprensa lagarta e tripeira da nossa praça), através do artigo intitulado “A Sedutora Resistência do Benfica”; aí -importa verdadeiramente ler-, não restam dúvidas acerca da dimensão global e do carisma reconhecido do nosso clube;
    3º - admito que estou um bocado farto (e certamente existirão muitos benfiquistas na mesma situação) dos agouros que têm sido ventilados ultimamente; deveria haver pudor, pois o FC Porto tem sido goleado frequente e veementemente (6-0 pelo Bayern de Munique recentemente, 4-0 pelo Real Madrid e pelo Manchester United no final dos anos 90, 5-0 e 4-0 do Arsenal há poucos anos, 5-0 do PSV em 88-89, 4-0 pelo Anderlecht em 82-83, 6-1 pelo AEK de Atenas, etc.); no concernente ao Sporting, abstenho-me de criticar a seu tão parco contributo europeu;
    4º - o FC Porto só chega a fases adiantadas das competições europeias quando as vence; nas restantes épocas, é o que se sabe, isto é, jamais meias-finais, raramente quartos-de-final;
    5º - o futebol foi principiado há muitos anos, muito antes de Benfica, Sporting e FC Porto existirem e se digladiarem, como tal, de nada vale tentar restringi-lo aos últimos 20 anos de maquinação / corrupção ;
    6º - como o Dr. Alberto bem tem frisado, o Benfica dominou, no Portugal do século XX, os anos 10, a passagem da década de 20 para a de 30 (quando os campeonatos de Portugal já incluíam mais equipas e o Benfica teve importantes vitórias internacionais), o período inicial dos campeonatos da I Liga/ I Divisão de 34 a 46 (indubitavelmente mais títulos, melhor média nas classificações, mais vitórias em confrontos directos nacionais com rivais e mais vitórias sobre clubes estrangeiros), a temporada de 49-50 (Taça Latina, Campeonato, vitória sobre o Grande Torino e equipas argentinas), e as épocas de 54 a 94 (tanto antes, como depois de 74, pelos mesmos motivos evocados na fase anterior, acrescidos das 2 TCE e das 7 finais europeias perdidas – 1 da Taça Latina, 5 da TCE e 1 da Taça UEFA-, assim como dos vários torneios internacionais prestigiantes conquistados);
    7º - no século XXI, a partir de 2009-10, a hegemonia parece estar a retornar às nossas bandas;
    8º - pelo exposto, agradecemos aos adversários mais respeito para com a nossa gloriosa instituição desportiva, a maior de Portugal e do Mundo.

    Grato pela partilha.
    Saudações benfiquistas, oriundas das Terras de Besteiros...

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail