A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/01/2016

Do Apito Dourado a Lopetegui

08/01/2016 + 6 Comentários
NÃO ME ESPANTA O FCP NADA CONQUISTAR. É UM CLUBE VULGAR. COMO VULGAR QUE É, VAI CONQUISTAR MUITO POUCO. ALIÁS COMO SEMPRE CONQUISTOU ATÉ AO COMEÇO DA VIGARICE AÍ POR MEADOS DOS ANOS 80. EM MÉDIA UM CAMPEONATO A CADA CINCO ANOS! O QUE ME CUSTA É ADMITIR POR QUE AINDA CONSEGUIRAM VENCER TANTO DESDE 2004/05! UM "ENIGMA" PARA O QUAL TENHO IDEIAS MAS NÃO CONSIGO DEFINIR...



A escada rolante portista que tantas vezes subiu mafiosamente durante  30 anos agora desce. Imparável. É a vida. Não é só Pinto da Costa que está velho, demente, doente e acabado, aos 78 anos. É a «estrutura» que já não tem protecção anormal!

«Estrutura» que elevou dirigentes medíocres, jornalistas asquerosos, futebolistas vulgares, árbitros corruptos, empresários mafiosos, gente sem escrúpulos a estrelas. Como se fossem os "melhores" do Mundo e arredores. Acabou-se. Agora o que é vulgar...vulgar é! 

Quem derrotou nestas últimas temporadas o FC Porto não foram "apenas" os treinadores ou os futebolistas. Também não foi por eles que o FCP ganhou tanto há 10, 20, 30 anos. Era a «Estrutura». Que deixou de poder actuar (ou está muito limitada) desde que se exibiu publicamente (no Youtube) como estrutura mafiosa.

Como foi possível (mesmo assim) terem feito - concluído! - o melhor período desportivo, em futebol, da sua história?
Porque permitiu o Benfica (pelo menos o Benfica, que isso ocorresse)?

Clube vulgar
O que mais me impressiona é o FC Porto estar completamente fragilizado, ao contrário do "Glorioso" que saiu reforçado com as escutas - e só de ano e meio, olha se fossem de década e meia - a mostrarem que era a principal vítima, por ser o clube com maior potencial para enfrentar o FC Porto. Pois mas mesmo tão fragilizado o FCP continuou a dar-nos "baile" conseguindo quatro títulos consecutivos e depois mais três ininterruptos! Para além de conquistar quatro Taças de Portugal (em cinco finais). Mesmo na UEFA beneficiou da complacência do Benfica para conquistar a Liga Europa, num "acordo cordato" Pinto da Costa/Salvador que um dia talvez se saiba mais pormenores. E continuou a vender carradas de futebolistas como se fossem dos melhores do Mundo quando se percebia que não passariam de vulgaridades. São tantas dezenas desde 2004/05 que me dispenso de os enumerar. Até Vítor Baía, Cissoko (ou lá como se escreve), Lizandro, Lucho, Bosingwa, Paulo Ferreira, Anderson, etc. Lixo ao preço de luxo. Alguns até os (re)compraram. Já em saldos, pois claro. Outros nem os quiseram, pois sabiam que já não enganariam ninguém. Cissoko é a excepção. 

Um dia terá de ser explicado...
Como foi possível, já depois do "Apito Dourado" entre 2005/06 e 2008/09 o Benfica não só ter entregue (agora escreve-se entregado) quatro títulos consecutivos ao FC Porto como ter ficado quatro anos consecutivos atrás do Sporting CP que tinha orçamentos metade dos nossos!? Até atrás do Vitória SC Guimarães ficámos em 2007/08. Inacreditável. Quando se fala dos anos 90 e em 81 campeonatos nacionais disputados, desde 1934/35, para mim este continua a ser o período mais negro da história do Futebol do Clube! Perder quatro títulos consecutivos para um clube estigmatizado com o Apito Dourado. Ficar umas inéditas quatro temporadas consecutivas atrás do SCP (em 81 anos só nos quatro em que o SCP foi campeão tal aconteceu). E até atrás de um clube como o Vitória SC que devia ter 10/15 por cento do orçamento do "Glorioso"! 

E entre 1994/95 e 2003/04? Zero campeonatos. Uma Taça de Portugal. Duas com a de 2003/04. Numa década!
Mas aí havia/houve vigarice! Percebem! E a vigarice faz TODA a diferença. Depois do Apito Dourado foram entregues ao FC Porto vários (quatro/cinco?) campeonatos de mão beijada. Um dia vamos saber muito mais acerca disto. Acredito!  

COMPETIÇÕES CORRESPONDENTES A TÍTULOS

Épocas

(10)
Campeonato Nacional
Taça de Portugal
Competições UEFA
LC
LE
LC
LE
LC
LE
1.º
2.º
3.º
4.º
FIN
1/2
1/4
1/8
1/16
1/32
FCP
SLB
SCP
2005/06
21



17
FCP
VG



4.º
El.
1/4
---
PE
1.ªE
2006/07
22



18


VSC

ACP
1/8
--
3.º
1/4
4.º
El
2007/08
23

VG

19
SCP




1/8
--
3.º
1/8
3.º
1/4
2008/09
24



18


LSC
FCP

1/4
--
--
5.ºg
1/8
--
2009/10
32
SCB


19

FCP

VG

1/8
--
--
1/4
PE
1/8
2010/11
25



20
FCP

VS


--
2
3.º
1/2
--
1/16
2011/12
26

SCB

AAC


CSM
AAC

3.º
1/16
1/4
---
--
1/2
2012/13
27

PF
7.º
VG

SCB


MFC
1/8
--
3.º
FIN
4.º
El
2013/14
33



28
SLB


SLB

3.º
1/4
3.º
FIN
NP
2014/15
34



20


SCB

SCP
1/4
--
4.º
El.
1/8
--
2015/16
?
?
?
?


FCP
SCB
SCP

3.º
1/16
1/8
---
PE
1/16

Totais
7
1
2
-
4/5
1
1
-
1
2
¼ (2)

1/1
¼ (2)

0/2
1/8
(2)
1/2
(1)
3
3
3
1
1/2
2
1
4
2
-
 -
 5
 2
 2
3/4
1
1
2
2
1
Se...
É sempre difícil provar teorias, ou seja, dizer que se acontecesse isto a consequência seria aquilo. Mas quem o não faz? Todos gostamos de teorizar o que poderia ter acontecido de diferente. Neste caso, em minha opinião, se não tem existido o "Apito Dourado" (mesmo sem consequências penais adequadas aos crimes ouvidos nas escutas) o Benfica nestas últimas épocas teria ganho um campeonato, no máximo. Provavelmente nenhum. Se há clube que beneficiou claramente dos efeitos das escutas na dinâmica do futebol português foi o Benfica que era a principal vítima como se "ouve no Youtube". O campeonato de 2004/05 foi ganho no ano em que "rebentou" o Apito Dourado. Foi em 24 de Abril de 2005. E quanto a mim foi devido a ele que Trapattoni se sagrou campeão. Talvez seja bom recordar que nesse campeonato, na primeira volta,  em 17 de Outubro de 2004, Olegário Benquerença defendeu Vítor Baía de ter dado em "frango monumental" anulando, na Catedral, um golo a Petit. Pedro Proença entregou no FC Penafiel-SL Benfica o título ao Sporting CP com uma arbitragem nojenta. Paulo Paraty só não anulou o golo a Luisão frente ao Sporting CP que deu o título ao Benfica porque teve receio do que o processo Apito Dourado poderia dar. E como estaria ou poderia estar implicado nele. Em Maio de 2005 ainda se sabia pouco. Havia poucas escutas transcritas. Fiquei sempre com essa percepção. Provavelmente andarei toda a minha vida enganado, mas estou a ser sincero. Penso assim desde esse dia 14 de Maio de 2005! O Sporting CP protegeu-se com o chamado "Projecto Roquette" que teve o beneplácito de Pinto da Costa. Por isso conquistou dois títulos em 1999/2000 e 2001/2002. O Boavista FC em 2014/15 já teria também conquistado mais um ou dois campeonatos depois do obtido em 2000/2001. O Benfica tem muito mais a agradecer ao Apito Dourado ter existido que às decisões de dirigentes, treinadores e futebolistas que permitiram, desde 2004/05, conquistar três títulos. Até porque são poucos! Três em dez!

Lopetegui, jogadores e demais gentalha são “vítimas” de não poderem contar com os árbitros e outros agentes – empresários, intermediários, futebolistas e treinadores "emprestados", presidentes de clubes “adversários”, etecetra e tal - como contaram até 2004/05!

Alberto Miguéns

NOTA FINAL: Estão à espera de quê? Do Boavista FC para a Taça de Portugal para despedir o homem? Ou para ele se envergonhar e pedir de joelhos para ir embora? Tipo Paulo Fonseca!

OBSERVAÇÃO (às 23:30): O texto anterior - incluindo a NOTA FINAL - foi concluído perto das 19:30 horas - até porque como o Benfica jogou na quarta-feira o dia seguinte a um jogo do "Glorioso" é sagrado (jantar sempre com a minha mãe, desde que enviuvou, no dia seguinte ao jogo de futebol do Benfica) que agendei este texto para ser editado pela meia-noite. Parece que adivinhava o que se ia passar. O Futebol Português é repetitivo!
6 comentários
comentários
  1. Sei Muito8/1/16 00:23

    Não nos podemos esquecer dos muitos anos em que utilizaram o doping como arma que complementava na perfeição as ajudas dos árbitros. Doping esse que acabou há 2-3 anos, quando o Benfica se tornou campeão. Foi quando a UEFA ameaçou com o passaporte biológico, mudou as estruturas da Agência Anti Doping onde estava Domingos Gomes como "Especialista residente" que voltou para Portugal. Já lá não estava a fazer nada.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo8/1/16 01:24

    patriarca disse:


    Excelente e oportuno texto.
    No entanto não podemos nem devemos "permitir", relatando os factos e os dirigentes do Benfica, IMPONDO-SE perante o que actualmente se está a passar no Futeluso, onde os Lagartoides com resquicios azulados querem repor as mesmas "regras" que os corruptos fizeram durante décadas, tendo já inclusivé sob o seu total dominio a imprensa, que de cócoras obedece aos seus sinistros desejos, dando-lhes guarida, atacando cobardemente quem cumpre as regras e ou os dirigentes encarnados ACORDAM de vez ou então a situação complica-se, porque esses comundongos não olham a meios para atingir os seus fins macabros.

    ResponderEliminar
  3. Uma das hipóteses é que o apito dourado também foi usado para fortalecer monetariamente o clube corrupto da cidade do porto e enfraquecer os adversários... uma vez caída a chapa com a justiça que temos, pudemos finalmente colocar-nos a caminho e a encurtar distâncias até os ultrapassar. Demorou mas isso não se faz do dia para a noite. Ainda por cima com alguns erros como uma época com 3 treinadores...

    Principalmente quando a CS continuou do lado do clube do norte.

    E com isto só digo que agora há outro clube protegido da CS... e também tem ar de fazer tudo para ganhar, incluindo muita trafulhice...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo8/1/16 11:08

    Nesses tempos (não totalmente) idos, o FuteLuso terá conseguido (como aconteceu comigo) retirar o brilho dos olhos que o futebol proporciona, entre outros, a uma criança. Desliguei de tudo: jogos, programas de “debate”, media…

    O meu “regresso” deu-se com o “boom” do Apito Dourado, aspecto que me levou à descoberta de um meio de transmissão de informação “alternativo”: os blogues. Considero que já estiveram, no geral, mais inspirados: hoje, mais do que a procura da denúncia da verdade, o debate saudável sobre o jogo ou o futuro do clube, caiu-se na típica “troca de galhardetes”.

    Como acontece nos media em geral, procura-se o óbvio, o imediato, o juízo primário.

    Este espaço vai sendo dos últimos polos de “resistência”, o que saúdo. Contudo, uma sugestão: porque não procurar alternativas ao presente aspecto gráfico? Confesso que, por muito que me agrade cá ir passando, torna-se algo tortuoso um aspecto gráfico tão minúsculo, ainda mais tratando-se de um espaço com tanta atenção ao detalhe estatístico.

    Porque não repensar um look mais apelativo, de fácil leitura, convidativo? Fica a sugestão.

    Cumprimentos,

    RedMist

    ResponderEliminar
  5. Caro Alberto,

    É sempre bom recordar esses tempos negros que tanto fizeram mal ao nosso clube; nunca deveremos deixar cair em esquecimento o CASO Apito Dourado, porque o mesmo deu uma ideia do que se passava no nosso futebol.
    E convém sempre acrescentar o âmago de todo este problema (e já lhe pedi encarecidamente que seria muito útil escrutinar o que vou mencionar a seguir ):
    Os inúmeros Presidentes do Conselho de Arbitragem, que durante anos e anos foram nomeados pela AF Porto, naturalmente sob o protecção sagrada de Adriano Pinto e Pinto da Costa.
    A pressão e o medo que os árbitros tinham em não prejudicar os clubes da AF Porto, sob pena de não serem internacionais, não serem nomeados para os melhores jogos, não terem favores que todos conhecemos com o processo Apito Dourado etc etc etc.
    O corrupto, Pinto de Sousa, só esteve 14 anos á frente do CA em dois períodos diferentes.

    Gloriosos cumprimentos, mestre Alberto

    ResponderEliminar
  6. Eu não esqueço nunca e sempre que posso menciono a fruta os cafezinhos e os chocolatinhos e enquanto for vivo vou lembra-los sempre que ganharam o que ganharam porque eles entenda-se estrutura do fcp davam as notas ao árbitros e os promoviam ou despromoviam consoante o que faziam.

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail