A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

25/01/2016

Apanhar o Fio à Meada

25/01/2016 + 14 Comentários
O QUE SE PASSA À VOLTA DE BERNARDO SILVA CAUSA-ME CONFUSÃO COMO ACCIONISTA, TRANSTORNO COMO ASSOCIADO, TRISTEZA COMO BENFIQUISTA E ESPANTO COMO CIDADÃO.



Nunca compreendi (e já o escrevi – clicar – neste blogue) porque foi necessário transferir em definitivo um futebolista daquele gabarito quando podia ser transferido temporariamente como foi (e é) o caso de tantos. Veja-se o exemplo de Nélson Oliveira que tem 24 anos, feitos em 8 de Agosto, pois nasceu em 1991. Anda de empréstimo em empréstimo há muitos anos. Bernardo Silva tem 21 anos, completados em 2016, visto ter nascido em 10 de Agosto de 1994. Teve de ser logo transferido!

Com os documentos que surgiram ultimamente
Fiquei a saber que a empresa (clicar) de intermediação foi criada em 13 de Agosto de 2014, precisamente seis dias depois do anúncio de cedência (temporária) de Bernardo Silva ao AF Mónaco FC, em 8 de Agosto de 2014. Mas, se com o tempo, percebeu-se que seria em definitivo, agora percebe-se que a empresa dá a ideia que foi criada para fazer a intermediação da transferência!

Extracto do Relatório e Contas da Benfica SAD

Eh pá! Grande negócio!
Um clube rico de ricos (AS Mónaco FC) não paga a pronto! Nem pede empréstimos para o conseguir fazer. O Benfica (vou escrever sempre Benfica ou SLB, mas todos sabemos que é a SAD) acorda receber em três prestações que manda serem pagas à tal empresa criada recentemente! O "dono" dessa empresa para adiantar 15 750 milhares de euros cobra 2 895 milhares de euros, ou seja, o Benfica recebeu 12 855 milhares de euros. Acho (nisto de dinheiro "acho" sempre) que o "dono" da «23 Capital Limitado de Londres»  ganhou 18 por cento! Dezoito por cento! E foi o Benfica que indicou ao clube do principado para lhes enviar as prestações. "Conforme as vossas instruções em 10 de Julho de 2015..."


Três suaves prestações
Em 10 de Julho de 2015, 10 de Dezembro de 2015 e 10 de Julho de 2016 o "dono" da «23 Capital Limitado de Londres» lá tem, em caixa, os 15 750 000 euros e o Benfica pagou-lhes  2 895 milhares de euros! Puxa! Que encaixe na caixa!

Talvez isto tudo não seja bem assim
No comunicado o Benfica afirma que será até Junho (clicar) e não Julho. Deve ter existido outro desenvolvimento. Os negócios que envolvem milhões não estão ao nosso alcance. Só de peritos. Isso é um pormenor. Mais mês, menos mês. Se Cosme Damião já foi durante alguns anos Júlio (e quase ninguém se importou que o baptizassem mais de cem anos depois do verdadeiro baptismo) o que é um mês comparado com isso!?



Como pequeno accionista acho que é desta que vou a uma assembleia geral (AG) da SAD
Com direito a dois votos (um por cada 50 acções) devo ter direito a dois segundos. Nem que diga" Eu quero...". Pronto já chega. Compra mais acções. Em tempos - quando as acções ainda não estavam "em bolsa" e tinha de pagar à Caixa Geral de Depósitos (CGD) para as ter! - até tentei ir a uma AG mas era necessário que a CGD passasse uma declaração em como era accionista e quantas acções detinha. Pensei que era de "borla"! Qual quê! Pediram-me 9.70 ou 7.90 euros: Livra! Não fui. Já foi há tanto tempo que nem me lembro do valor certo! Provavelmente agora até será mais caro. E nem sei se poderei falar, nem que seja, dois segundos. Até porque as 100 acções custaram-me 500 euros (agora valem, mais ou menos, 100 euros). E eu até as comprei para ter direito a um voto (dizia-se que para ter um voto teria de ter cem) e afinal chegam 50!


Eu gosto tanto da história do Benfica
Em 1904 como em 2016. Até da História do Futuro.

Não gosto nada de me sentir enganado. O que não quer dizer que o esteja a ser. Digo sentir. Muito menos como Benfiquista!


Alberto Miguéns

NOTA E PEDIDO: Como Benfiquista não gostava nada, mesmo nada, de ser "londrino"! E aí por Londres não haverá um leitor deste blogue que consiga saber mais acerca deste "assuntozinho"! É que isto também faz parte (vai fazer parte) da Gloriosa História!

AH! ESQUECIA-ME. O Benfica está sempre a receber a pronto pagando os outros, compradores, valores baixos ou altos, a prestações, havendo intermediações caras, cá para o meu gosto! Mas gostos não se discutem!


14 comentários
comentários
  1. Sim sr.AlbertoM, a SAD desta vez devia pelo menos dar um esclarecimento mais incisivo a quem de direito que, como se vê pelo exemplo acima descrito, desvalorização entre investimento €500 e valor actual de mercado -100€(que nem sequer é isso que está em causa), sabendo, quase de certeza que não são investimentos para conseguir a independência financeira, servem para, como também evidenciou,contribuir com o Clube, ter voz e voto e se há sentimento que muito custa é a sensação de nos deixarem às escuras.
    Devido a minha ignorância nestas matérias estou impossibilitado de tecer qualquer opinião ao funcionamento destas operações financeiras podendo unicamente salientar que tem a minha simpatia pela situação e que partilho da sua vontade de saber mais sobre este negócio em particular.
    Quanto ao pedido ao pessoal "londrino" tem algo a ver com PULPUS?
    Cumprimentos
    (de um admirador de todo o seu esforço e trabalho em prol do GLORIOSO)
    RuiL

    ResponderEliminar
  2. O Alberto Miguéns, que regularmente esclarece mitos sobre o Benfica, sabe bem como funcionam os media e a internet, portanto já deve estar habituado a este tipo de "meada".

    Isto para dizer que, neste caso, o que existe é uma montanha de desinformação à volta de uma operação financeira tão banal quanto a sua compra de acções. A única diferença são os montantes envolvidos. Como, aliás, a direcção explicou num contundente comunicado: http://www.slbenfica.pt/noticias/detalhedenoticia/tabid/2788/ArticleId/44456/language/pt-PT/Jornalismo-tabloide.aspx

    Vou então tentar dar um pequeno contributo para acabar com mais um mito, neste caso financeiro, que se está a tentar criar sobre o Benfica, na tentativa de manchar a sua imagem, para vender mais uns jornais ou gerar mais publicidade para um site desportivo.

    a) É falso que a empresa tenha sido criada logo após o empréstimo.

    https://www.endole.co.uk/company/08810055/xxiii-capital-partners-uk-limited - Foi criada em 2013, e posteriormente mudou a sua designação.

    Segunda fonte: https://www.linkedin.com/company/xxiii-capital-partners-ltd (como se pode constatar até o logótipo é igual ao que está no site oficial)

    Terceira fonte (a data de registo do site original): http://whois.domaintools.com/xxiiicp.com

    b) Ao contrário de outros clubes, nomeadamente o FCP, que pedem empréstimos directamente a empresas ligadas ao futebol (como a Doyen), ou seja, que compram e vendem jogadores, ou ao Joaquim Oliveira (via PPTV) aqui estamos a falar de uma empresa que vive exclusivamente para fazer empréstimos e é explícita sobre isso no site oficial: http://www.xxiiicap.com/

    We provide credit facilities secured against both tangible and intangible assets, in addition to robust cash flows.

    Adiantam dinheiro à indústria desportiva, de entretenimento e da música, naturalmente em troca de garantias financeiras, neste caso o dinheiro do passe de um jogador.

    As of January 2016, we have approved / deployed facilities in excess of €500m.

    Os 500 milhões de euros de volume de negócios dizem tudo sobre o argumento "empresa fantasma" que se tentou colar a esta transacção.

    ResponderEliminar
  3. c) Basta passar cinco minutos precisamente no mesmo site que divulgou este documento para encontrar inúmeros outros que confirmam o que é o abc do futebol europeu: todos os clubes pagam em prestações (o resto são excepções)! Seja Real Madrid, Barcelona, Chelsea, etc. etc. Muitas vezes até são os próprios clubes vendedores que preferem que seja assim para efeitos contabilísticos.

    Para que fique claro, o Benfica, como qualquer outro clube na Europa, divide a compra e venda de passes em prestações, e também como qualquer outro clube europeu paga a intermediários. Não é uma questão de gostos mas de esta ser a realidade do futebol europeu a que o Benfica, mesmo que quisesse, não poderia fugir. Podemos sim fugir deste tipo de antecipação de receitas, e certamente que o contrato com a NOS muito vai ajudar a isso.

    d) É igualmente falso que essa empresa tenha recebido a totalidade dos 2.895 milhões, e devemos ter cuidado quando fazemos esse tipo de afirmação, para não criar e perpetuar mitos baseados em falta de conhecimento, que depois ficam colados ao Benfica durante décadas, como o Alberto Miguéns sabe muito melhor que eu. O que engloba esse valor é o seguinte (retirado do R%C anual, e mais uma vez isto aplica-se a 100% dos jogadores vendidos em toda a Europa, portanto seria interessante saber quem começou a propagar essa mentira sobre o destino desse valor):

    alienação dos direitos de inscrição do atleta Bernardo Silva ao AS Monaco, pelo montante de 15.750 milhares de euros, que gerou um ganho de 12.855 milhares de euros, após dedução: (i) de gastos com serviços de intermediação e (ii) do efeito da atualização financeira tendo em consideração os planos de recebimento e pagamento estipulados, no montante global de 2.895 milhares de euros;

    Traduzindo, esse valor também já incluí as comissões de venda. Deixo para outros benfiquistas que sejam especialistas na área explicar o que significa a expressão "efeito de actualização financeira" e o que pode incluir, para não me dispersar.

    Como accionista o que pode tentar questionar numa AG da SAD é como foi repartido esse valor, mas isso é válido para toda e qualquer compra/venda de jogadores nas últimas décadas, pois nem o Benfica nem qualquer outro clube europeu os detalham nos documentos que divulgam (e muito menos os que não estão presentes em bolsa, que são a grande maioria).

    e) A forma mais simples de desmistificar este negócio é fazer um pequeno exercício: caso este valor tivesse sido depositado numa conta, por exemplo, da CGD, será que estas dúvidas seriam levantadas?

    Não, automaticamente todos partiriam do princípio que o Benfica simplesmente optou por transferir directamente o dinheiro para outra entidade para cumprir as suas obrigações financeiras. Mas como a empresa não é conhecida (quantas empresas financeiras, excluindo bancos, conhecemos?) existiu um aproveitamento mediático, e não só, para tentar sujar o nome do clube e de quem o gere.

    Espero ter dado um pequeno contributo para evitar que esta campanha de desinformação se continue a propagar entre os benfiquistas. Dessas já temos que cheguem!

    Saudações benfiquistas!
    Sérgio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Sérgio,

      Como demonstra.

      Tudo é pouco transparente.

      1. As transferências a prestações permitem tornar opacos (e esconder) quem e quanto ganham os vários intervenientes;

      2. Essas empresas de intermediação continuarão a alterar o nome para não deixarem rasto. Ao contrário do que seria "normal". Criar um nome que o tempo tornasse confiável para quem lida com dinheiro;

      3. Assim quem diz que nada recebe do futebol, pode receber. E muito!

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
    2. Sr.Sérgio, obrigado pelo "pequeno"contributo, como lhe chama.
      Acredito que o http://em-defesa-do-benfica.blogspot.pt vai ser, mais uma vez, local de esclarecimento para os mais "ignorantes" nestas matérias, assim como eu.
      Sempre que deparar com este assunto a minha recomendação será este endereço, evitei comentar este assunto pelas razões que antes referi, sendo excepção o 1°comentário desta página onde ansiava...saber mais.
      Cumprimentos e Agradecimentos

      Eliminar
    3. Bruno Paiva26/1/16 23:08

      O Sérgio tem muita razão no que disse, no entanto gostaria de deixar algumas notas.

      Creio que a actualização financeira pode ter a ver com taxas de juros que possam ser varíaveis, com a taxa de cambio visto a empresa estar sediada num país cuja moeda é a libra e a nossa euro, entre todas. Não sou nenhum entendido na matéria. Tudo o que sei foi o que li e aprendi por mi mesmo, portanto estou disponível ao dialogo no que a este assunto diz respeito.

      Por último o que o sérgio faltou dizer é a falta de transparência demonstrada pela nossa SAD, tal como o autor do blogue disse.
      O Factoring é tão, mas tão normal nos negócios feitos por esta Europa fora que não se entende porque não foi descriminada a operação no nosso relatório e contas. Lembro-me de uma operação de factoring descriminada de 5M com o Novo Banco. Lembro-me do que aconteceu com o David Luiz.
      Porque não apareceu ?
      Porque nem sequer apareceu o nome da empresa que vive exclusivamente para fazer empréstimos ? Não é nenhuma empresa fantasma...
      Qual o problema ? Qual a necessidade de virmos a descobrir isto tudo através da imprensa ? Nem se estaria a falar disto se tivessemos lido a informação devida no relatório e contas ! Os accionistas deveriam ter acesso a este tipo de informação.

      Já agora acho que pela primeira vez vou corrigir um texto do sr Miguens, porque o senhor sempre prima pelo rigor e exactidão e por isso sou da opinião que este é o melhor blogue Benfiquista.

      "Em 10 de Julho de 2015, 10 de Dezembro de 2015 e 10 de Julho de 2016 o "dono" da «23 Capital Limitado de Londres» lá tem, em caixa, os 15 750 000 euros e o Benfica pagou-lhes 2 895 milhares de euros! Puxa! Que encaixe na caixa!"

      Como o Sérgio diz não é verdade que pagámos-lhes 2.895Milhoes. O valor 12.855M é a mais valia. Ou seja nesses 2.895M estão incluidos o que pagámos em prémios de assinaturas ou comissões, seja ao agente ou a um intermediario, como o que pagámos à XXIII pela operação de factoring, etc.

      Cumprimentos

      Bruno Paiva

      Eliminar
  4. ...SR DR ALBERTO...permita-me agradecer-lhe uma vez mais por representar O SENTIMENTO DE MILHÕES DE BENFIQUISTAS....MAS PRINCIPALMENTE PERMITA-ME QUE MODESTAMENTE LHE PRESTE HOMENAGEM,PELO SEU CARÁTER,PELA SUA VERTICALIDADE,E PELO SEU VERDADEIRO BENFIQUISMO.....este seu NOBRE TEXTO, mostra o quanto UM VERDADEIRO BENFIQUISTA UM HOMEM DIGNO DE ENVERGAR O EMBLEMA DO GLORIOSO SPORT LISBOA E BENFICA NÃO VENDE A SUA HONRA,EM NOME DO APURAMENTO DA VERDADE "EM DEFESA DO BENFICA".....BEM HAJA PELA CORAGEM, mesmo sabendo que este SEU TEXTO, pode mexer com sensibilidades.....MAS É CLARO QUE O SR DR APENAS QUER A VERDADE...BEM HAJA......abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Há tantos anos, desde os 18 anos, a ler a Gloriosa História, a falar com Gloriosos, de Futebolistas a Dirigentes, e depois a divulgá-la, a minha personalidade acaba em cinco décadas e meia por reflectir muito do que aprendi do Benfiquismo.

      Eu nasci SLB, inscrevi-me como associado do SLB quero morrer como SLB. Jamais aceitarei ser do Futebol Clube de Lisboa.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  5. Os últimos anos só têm trazido têm demonstrado que quanto maior a sofisticação financeira mais difícil é apanhar o rasto ao dinheiro quando ele desaparece. Há uma voragem insaciável. Há uma ausência completa de valores. Há uma despudorada omissão de detalhes.
    E pela sofisticação mais facilmente se chega ao ilícito. Chegamos a extremos que estão a levar famílias, instituições, cidades, até países inteiros à falência.

    Perdeu-se a simplicidade e a honestidade.

    Não sei se é uma inevitabilidade, não sei se se trata de uma questão de adaptação aos tempos. O que sei é que vejo famílias, instituições, cidades e países inteiros a falir. O que vejo é gente reputada durante décadas a enlamear-se e a enlamear as instituições que dirigiram por décadas. A sociedade Portuguesa tem muito que contar e muito que lamentar nos últimos anos. Basta ver o que se tem passado com algumas instituições bancárias deste país. E estamos, todos nós contribuintes efectivos, não virtuais ou faltosos, a pagar duramente por isso.

    O Alberto apresenta detalhes que não descansam os Benfiquistas quem preferem a clareza.
    Espero que no Benfica não existam decisões e práticas que um dia prejudiquem o Clube. Espero também nunca um dia ver o Futebol Clube de Lisboa.

    ResponderEliminar
  6. Muito bom diálogo entre o Alberto e aquele Sérgio.

    É assim o futebol. Ainda na madrugada de segunda feira, dois jogadores iam para o sporting e acabaram por ficar no porto por vingança subreptícia de uma das partes em negociação...

    Temos também o caso Grimaldo onde as comissões também são o prato forte. No fim disto tudo, espero que o jogador seja uma mais valia e comece a jogar o quanto antes.

    Saudações Gloriosas.

    PS1: Vai ser bom ficar em casa para ver o glorioso. Infelizmente vai ser na tBi... Não se pode ter tudo.

    PS2: Alberto, tem algum artigo sobre este jogo?

    http://farm3.staticflickr.com/2623/4143657505_d917f5741f_b.jpg

    Tenho imagens desse jogo em VHS... Aliás, penso que tenho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Não me lembro de fazer qualquer artigo sobre o assunto. a não ser ter o registo publicado do jogo com o Manchester United FC feito pela equipa "principal";

      2. Quando souber (se um dia souber) quem/"quens" papou os 3 milhões de euros até vai assobiar! Espero é que não seja para o ar!

      Carrega no Benfica!

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  7. Caro Alberto Miguéns, quem consultar a edição de hoje do Jornal O Jogo vai poder ler qual é o papel da empresa em causa e até a taxa de juro média que têm recebido pela antecipação de receitas: 3.73%.

    A fonte para o jornal é um artigo do Expansion: http://www.expansion.com/mercados/2016/01/27/56a885f1e2704e0d218b4582.html

    Não só a taxa de juro é atraente (basta ir aos R&C comparar com a taxa de juro média), como além do Benfica também participam clubes de Espanha, Alemanha, França, e Inglaterra (onde há dinheiro "para dar e vender").

    Nada mais se tratou que de uma tentativa desesperada de usar, mais uma vez, o nome do clube para vender jornais, utilizando para isso a má-fé e a desinformação.

    Daí não ser aconselhável ir atrás do que diz a CS sem antes tentar verificar com que propósito emitem esses artigos (o que, aliás, se aplica a tudo o que tenha a ver com o Benfica ou outro assunto qualquer, como se certamente poderemos ler nos próximos dias sobre o livro do Sr. Serrado).

    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bruno Paiva28/1/16 21:36

      No artigo falam realmente numa taxa de juro de 3.73% para a grande maioria. No entanto não sabemos se foi esse o real valor para a venda do Bernardo. No entanto se não for, não deve andar muito longe disso. É verdade que seria muito melhor receber o dinheiro e não ter que recorrer a operações de factoring para ter liquidez, mas também é verdade que é bem abaixo da média de juro que pagámos em relação à nossa dívida total (6 e picos por cento).
      Se tivermos feito o mesmo que o Atlético em relação aos direitos televisivos seria espectacular para podermos de uma vez por toda vermo-nos livres das centenas de milhoes que devemos ao BES.

      Eliminar
    2. Caro Bruno Paiva,

      O Benfica recebeu 12 855 milhares de euros de um negócio que valeu 15 750 milhares e euros. "Perderam-se" 2 895 milhares de euros. Dezoito por cento! Se a taxa de juro é essa quem "comeu" a maior fatia? É que eu há muito que deixei de acreditar no Pai Natal!

      Quem quiser enfiar o barrete, enfia. Não me obriguem é a acreditar em contos de embalar! Era o que me havia agora de faltar!

      Saudações Benfiquistas.

      Alberto Miguéns


      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail