Este Blogue tem como objectivo a defesa intransigente do Sport Lisboa e Benfica e da sua Gloriosa História.
Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor Alberto Miguéns. António Melo foi quem teve a ideia deste blogue.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

30/09/2015

À Procura da Liderança Isolada

30/09/2015 + 2 Comentários
SÃO ESTES QUE HOJE SERÃO OS MELHORES DO MUNDO. EM MADRID OU EM MARTE!



Com o “Glorioso” a recuperar pontos (dois) para a dupla liderança do campeonato nacional na 6.ª jornada é com esperança num bom resultado que se perspectiva a deslocação a Madrid para discutir a liderança no grupo C. 



Podem andar (escrever e teledizer) como se fosse um massacre para evocar superstições que o Benfica nem um golo consegue marcar fora da “Catedral” quanto mais empatar ou vencer! Ora aí está a oportunidade – uma excelente oportunidade – para os calar. Espanha. Madrid. Estádio Vicente Calderón. 19.45 horas – 21.30 horas! Vamos!?

No mesmo local (e baliza) - seis anos e cinco meses depois - no campo O'Donnell os prédios cresciam (como ontem (clicar) foi escrito no texto diário deste blogue). Poucos anos depois já era impossível jogar em O'Donnell
Quarenta anos depois
Hoje o “Glorioso” regressa a Madrid para jogar frente ao segundo clube da cidade. Desde 1973/74 que os dois clubes não se defrontam no estádio do Clube Atlético de Madrid.  

Depois desse encontro em Madrid
Os dois clubes defrontaram-se em cinco jogos, três em Portugal e dois em Espanha: Vigo e Marbella. Num total de 18 jogos, sete vitórias (mais uma que as seis derrotas) e cinco empates. Em golos: 29 marcados e 25 sofridos. Mais quatro golos do “Glorioso” em relação ao adversário.

JOGOS ENTRE S.L. BENFICA E CLUBE ATLÉTICO MADRID
Época
Res.
Competição
Cidade/País
1919/20
V 2-1
 Particular
O’Donnell/ Madrid
1923/24
D 1-2
Particular
Palhavã/ Lisboa
D 0-2
Particular
Palhavã/ Lisboa
1933/34
E 4-4
Particular
Amoreiras/ Lisboa
1964/65
D 0-3
Pequena Taça do Mundo
Caracas/ Venezuela
V 3-0
Pequena Taça do Mundo
Caracas/ Venezuela
1966/67
V 2-0
Torneio Costa do Sol
Rosaleda/Málaga/Espanha
1967/68
E 2-2
Particular
Luz
V 2-1
Particular
Vicente Calderón/Madrid
1968/69
V 4-1
Torneio Ibérico de Badajoz
Badajoz/ Espanha
1971/72
E 1-1
Torneio Ramón de Carranza
Cádis/ Espanha
1972/73
E 0-0
Particular
Vicente Calderón/Madrid
1973/74
D 1-2
Torneio Cidade de Madrid
Vicente Calderón/Madrid
1984/85
V 2-0
Torneio Internacional Lisboa
Luz
1989/90
V 1-0
Torneio Cidade de Vigo
Balaídos/Vigo/Espanha
1991/92
E 1-1
Torneio “Taça Ibérica”
Luz
D 2-3
Torneio “Taça Ibérica”
Marbella/Espanha
2009/10
D 1-2
Particular/Jogo de apresentação
S.L.B.

Marcadores de golos desde 1913 a 2009
Entre golos marcados em Espanha e golos marcados ao Clube Atlético de Madrid faz-se uma “viagem” à Gloriosa História.

MARCADORES DOS GOLOS EM MADRID (E AO CLUBE ATLÉTICO MADRID)
N.º
Golos
Futebolistas
Madrid
(31)
CAM
(29)
9
Eusébio
1 + (2)
8
7
Herculano Santos
6 + (1)
1
4
José Pimenta
3 + (1)
1
3
Cândido Oliveira
3

2
Rogério Peres
2

2
Humberto Coelho
2

2
Rogério Sousa

2
2
Néné
(1)
2
2
Vítor Paneira

2
1
Luís Vieira
1

1
Álvaro Gaspar
1

1
Artur José Pereira
1

1
Manuel Veloso
1

1
Aníbal Santos
1

1
Artur Augusto
1

1
Mário Carvalho
1

1
Francisco Calado
1

1
Reinaldo
1

1
Fernando Jesus

1
1
Vítor Silva

1
1
Júlio Silva

1
1
José Torres

1
1
Iaúca

1
1
Jorge Calado

1
1
José Augusto

1
1
Jaime Graça

1
1
Simões

1
1
Carlos Manuel

1
1
Pacheco

1
1
Magnusson

1
1
Cardozo

1

NOTA: (-) Golos em Madrid ao Clube Atlético de Madrid

O Benfica em Madrid
Em ano de centenário do falecimento de Álvaro Gaspar (Chacha) recordo sempre as palavras de António Ribeiro dos Reis. Se me lembro delas sempre que o Benfica joga em Espanha frente a clubes espanhóis muito mais sentido faz em 2015, cem anos depois do seu falecimento em 3 de Setembro de 1915.

Aqui ficam elas
Tem a palavra Ribeiro dos Reis:


Carrega Benfica!

Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES DURANTE  OUTUBRO
(provisório como é evidente)
De 1 a 26 de Outubro de 2015 (Sempre pela meia-noite)
Quinta-feira (de 30 para 1): E depois de Madrid?;
Sexta-feira (de 1 para 2): O Campo Grande como nunca o viu;
Sábado (de 2 para 3): O “Glorioso” na Ilha da Madeira;
Domingo (de 3 para 4): O SLB e o CF União;
Segunda-feira (de 4 para 5): E depois da Sétima?;
Terça-feira (de 5 para 6): No melhor pano cai a nódoa;
Quarta-feira (de 6 para 7): Anatomia de uma descoberta;
Quinta-feira (de 7 para 8): Mentiras Oficiais Made in SLB;
Sexta-feira (de 8 para 9):  Cuidado com eles;
Sábado (de 9 para 10): Benfica tão brilhante que se vê no escuro;
Domingo (de 10 para 11): O mais belo 138
Segunda-feira (de 11 para 12): O Lar dos Jogadores; 
Terça-feira (de 12 para 13): Os treinos com Otto Glória;
Quarta-feira (de 13 para 14): Os treinos com Béla Guttmann;
Quinta-feira (de 14 para 15): Toni dixit;
Sexta-feira (de 15 para 16): Álvaro dixit;
Sábado (de 16 para 17): O “Glorioso” e o adversário na Taça de Portugal;
Domingo (de 17 para 18): Como foi a estreia na Taça de Portugal;
Segunda-feira (de 18 para 19): O SLB na Turquia;
Terça-feira (de 19 para 20): O Benfica e o Galatasaray AS;
Quarta-feira (de 20 para 21): E depois de Istambul?;
Quinta-feira (de 21 para 22): Vem aí o “Dérbi de Lisboa”;
Sexta-feira (de 22 para 23):  O Benfica e o Sporting CP: curiosidades!;
Sábado (de 23 para 24): O SLB e o Sporting CP;
Domingo (de 24 para 25): O 12.º ano da “Catedral”;
Segunda-feira (de 25 para 26): E depois da Oitava?;
Terça-feira (de 26 para 27): Assim não vale!;
Sábado (de 30 para 31): Primeira “posta” SLB!
Ler Mais ►