A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

21/08/2015

Não Há Uma Sem Duas!

21/08/2015 + 7 Comentários API
SEGUNDA JORNADA. À PROCURA DA SEGUNDA VITÓRIA. RUMO AO 35.º TÍTULO. COM DESTINO AO TRICAMPEONATO.


Às 19:15 horas de domingo, em Aveiro, o “Glorioso” disputa o segundo jogo no 82.º campeonato nacional em 2015/16.

Os 81 “segundos jogos” do "Glorioso" não foram todos na segunda jornada
Houve sete que não ocorreram na 2.ª jornada por compromissos do Benfica em torneios internacionais e “outros”. Houve seis “segundos jogos” que foram cumpridos noutras jornadas: seis na 3.ª jornada e um na 1.ª jornada, adiada e disputada entre a 1.ª e a 3.ª ronda, em 1995/96.

Os 81 "segundos arranques" no campeonato nacional
Épocas
J
Resultado
S
Estádio
Adversário
Clas
Fin

V
E
D

1934/35
2

2-2

F
Santo Amaro
União Futebol Lisboa
3.º

1935/36
2


1-3
F
Salésias
CF “Os Belenenses”
1.º

1936/37
2
5-1


C
Amoreiras
Carcavelinhos FC
1.º

1937/38
2
3-2


C
Amoreiras
Sporting CP
1.º

1938/39
2
1-0


F
Lumiar
Sporting CP
3.º

1939/40
2

3-3

F
Avenida Vitória
Leixões SC
4.º

1940/41
2
2-1


C
Lumiar
CF “Os Belenenses”
4.º

1941/42
2
4-1


C
Campo Grande
Académico FC Porto
1.º

1942/43
2
1-0


F
Padinha
SC Olhanense
1.º

1943/44
2
6-1


C
Augusto Lessa
SC Salgueiros
2.º

1944/45
2
6-1


C
Campo Grande
As. Acad. Coimbra
1.º

1945/46
2

1-1

F
Tapadinha
Atlético CP
2.º

1946/47
2


3-6
F
Amoreira
GD Estoril Praia
2.º

1947/48
2


1-4
F
Salésias
CF “Os Belenenses”
2.º

1948/49
2
1-0


F
Salésias
CF “Os Belenenses”
2.º

1949/50
2
4-0


C
Campo Grande
Atlético CP
1.º

1950/51
2

2-2

F
Tapadinha
Atlético CP
3.º

1951/52
2
4-3


F
Tapadinha
Atlético CP
2.º

1952/53
2


2-3
C
Est. Nacional
Sporting CP
2.º

1953/54
2
2-1


C
Campo Grande
SC Braga
3.º

1954/55
2


1-2
F
Amorosa
Vitória SC Guimarães
1.º

1955/56
2

2-2

C
Luz
SC Covilhã
2.º

1956/57
2

1-1

C
Luz
Sporting CP
1.º

1957/58
2

0-0

C
Luz
SC Braga
3.º

1958/59
2

1-1

F
Mata
Caldas SC
2.º

1959/60
2
3-0


F
28 de Maio
SC Braga
1.º

1960/61
2
4-1


C
Luz
As. Acad. Coimbra
1.º

1961/62
2
8-1


C
Luz
SC Salgueiros
3.º

1962/63
2
5-1


C
Luz
As. Acad. Coimbra
1.º

1963/64
2
3-0


F
Padinha
SC Olhanense
1.º

1964/65
2
3-0


C
Luz
Sporting CP
1.º

1965/66
2
6-1


C
Luz
GD CUF Barreiro
2.º

1966/67
2
3-1


C
Luz
Leixões SC
1.º

1967/68
2
3-0


F
D. Manuel Melo
FC Barreirense
1.º

1968/69
2
1-0


F
28 de Maio
SC Braga
1.º

1969/70
2
5-0


C
Luz
Vitória SC Guimarães
2.º

1970/71
2

1-1

F
José Alvalade
Sporting CP
1.º

1971/72
2

1-1

C
Luz
GD CUF Barreiro
1.º

1972/73
2
3-1


F
Bessa
Boavista FC
1.º

1973/74
2
3-0


C
Luz
Leixões SC
2.º

1974/75
2
4-0


F
S. Luís
SC Farense
1.º

1975/76
2
2-0


F
25 de Abril
União CI Tomar
1.º

1976/77
2

2-2

C
Luz
SC Braga
1.º

1977/78
2
2-0


C
Luz
CF “Os Belenenses”
2.º

1978/79
2


0-1
F
Antas
FC Porto
2.º

1979/80
2
3-0


F
Rio Ave
Rio Ave FC
3.º

1980/81
3
3-0


F
1.º de Maio
SC Braga
1.º

1981/82
2
2-0


C
Est. Nacional
Portimonense SC
2.º

1982/83
2
3-0


C
Luz
Boavista FC
1.º

1983/84
2
1-0


C
Luz
Rio Ave FC
1.º

1984/85
2
2-0


C
Luz
SC Braga
2.º

1985/86
2
9-0


C
Luz
CS Marítimo
2.º

1986/87
2
2-0


C
Est. Nacional
Varzim SC
1.º

1987/88
2


0-1
C
Est. Nacional
Vitória FC Setúbal
2.º

1988/89
3

0-0

C
Luz
Vitória SC Guimarães
1.º

1989/90
3
5-0


C
Luz
SC Beira-Mar
2.º

1990/91
3
2-0


C
Luz
FC Penafiel
1.º

1991/92
2
1-0


F
Ad. Rib. Novo
Gil Vicente FC
2.º

1992/93
3

0-0

C
Luz
SC Salgueiros
2.º

1993/94
2

1-1

C
Luz
GD Estoril Praia
1.º

1994/95
2
2-0


F
Barreiros
CF União Madeira
3.º

1995/96
1

0-0

C
Luz
SC Salgueiros
2.º

1996/97
2
3-0


F
Varzim SC
Gil Vicente FC
3.º

1997/98
2


0-1
F
Antas
Vitória FC Setúbal
2.º

1998/99
2
2-0


F
Arcos
Rio Ave FC
3.º

1999/00
2
1-0


C
Luz
SC Salgueiros
3.º

2000/01
2
4-1


C
Luz
SC Beira-Mar
6.º

2001/02
2
2-0


C
Luz
SC Salgueiros
4.º

2002/03
2
2-0


F
Mário Duarte
SC Beira-Mar
2.º

2003/04
2
2-0


C
Est. Nacional
Vitória SC Guimarães
2.º

2004/05
2
2-0


C
SLB
Moreirense FC
1.º

2005/06
2


0-2
C
SLB
Gil Vicente FC
3.º

2006/07
3
1-0


C
SLB
CD Nacional
3.º

2007/08
2

0-0

C
SLB
Vitória SC Guimarães
4.º

2008/09
2

1-1

C
SLB
FC Porto
3.º

2009/10
2
1-0


F
DAf Henriques
Vitória SC Guimarães
1.º

2010/11
2


1-2
F
Madeira
CD Nacional
2.º

2011/12
2
3-1


C
SLB
CD Feirense
2.º

2012/13
2
5-0


F
Bonfim
Vitória FC Setúbal
2.º

2013/14
2
2-1


C
SLB
Gil Vicente FC
1.º

2014/15
2
1-0


F
Bessa
Boavista FC
1.º

2015/16
2
?
?
?
F
Mun. Aveiro
FC Arouca

1.º lugar
2.º lugar
3.º lugar
4.º lugar
5.º lugar
6.º lugar

34
28
14
4
-
1

NOTAS: Jornada correspondente ao segundo jogo: 1 – Primeira; 2 – Segunda; 3 - Terceira

Mais “segundos jogos” como visitado do que como visitante
Nas 81 edições do campeonato nacional entretanto disputadas, o Benfica jogou o 2.º encontro como forasteiro, em 34 jogos (42 por cento). Em terreno próprio são 47 jogos. Nos jogos em “casa” o “Glorioso” regista 33 vitórias (70 por cento dos resultados), onze empates e três derrotas, com 124 golos marcados e 30 golos sofridos.
Como visitante - situação para domingo, às 19.15 horas - em 34 jogos registam-se 21 vitórias (62 por cento) com seis empates e sete derrotas. Quanto a golos: 66/33 entre marcados e sofridos.

RESUMO DO SEGUNDO JOGO NAS 81 EDIÇÕES
DO CAMPEONATO NACIONAL
2.º Jogo
% V
J
V
E
D
GM
GS
2.ª (74)// 3.ª (6) // 1.ª (1)
67
81
54
17
10
190
63
FORA (42 %)
62
34
21
  6
  7
66
33
CASA (58 %)
70
47
33
  11
  3
124
30

Foram 80 os Gloriosos que marcaram os 190 golos
Aliás 187, pois três foram os sempre inoportunos autogolos. O insuspeito Eusébio lidera a lista dos melhores marcadores no “segundo jogo”, com 16 golos. Seguem-se três jogadores com oito golos: José Águas, José Torres e Nené. Há 45 futebolistas com um golo incluindo Salvio (2012/13). Mas se Salvio está impedido de bisar já Luisão (2006/07 ao CD Nacional/ casa) e Eliseu (2014/15 ao Boavista FC/ fora) podem bisar, trisar ou etecetra!

GOLOS NO 2.º JOGO
GOLOS
JOGADORES (80)
190
16
  3x8
3x6
4x5
5x4
5x3
14x2
45x1
3xAG
(16) Eusébio
(8) José Águas
(8) José Torres
(8) Nené
(6) Jq. Teixeira
(6) M. Costa
(6) Julinho
(5) Valadas
(5) Cavém
(5) Jordão
(5) Rui Águas

Para 81 “segundos jogos”
São 33 os clubes (o FC Arouca será o 34.º - que já defrontaram o Benfica, com muitas repetições, como é evidente. O SC Braga em sete jogos lidera uma lista com Sporting CP, SC Salgueiros e Vitória SC Guimarães com seis “segundos jogos” cada um. Defrontar o FC Arouca é elevar para 34 (em 82 edições) os adversários que têm tornado históricos os nossos jogos!

ADVERSÁRIOS NO 2.º JOGO
JOGOS
CLUBES (33)
81
7
  3x6
5
2x4
6x3
5x2
15x1
(7) SC Braga
(6) Sporting CP
(6) SC Salgueiros
(6) Vitória SC Guimarães
(5) CF “Os Belenenses”
(4) Atlético CP
(4) Gil Vicente FC

Em 25 resultados diferentes ganha a vitória por 2-0
São 12 os triunfos por 2-0. Mas em terreno alheio vence a vitória, por 3-0 o que é verdadeiramente… À Benfica! São seis “segundos jogos” a triunfar por 3-0: 1959/60, 1963/64, 1967/68, 1979/80, 1980/81 e 1996/97.
As 54 vitórias foram conseguidas através de 14 resultados diferenciados.
Os 15 empates repartem-se por quatro resultados, de 0-0 a 3-3.
As dez derrotas estão registadas com sete resultados diferentes.
As 34 jornadas forasteiras repartem-se por 15 resultados diferentes e as 47 caseiras por 19 tipos de resultados.

FREQUÊNCIA DE RESULTADOS
Res.
Total
Casa
Fora
VITÓRIAS (54)
1-0
10
3
7
2-1
3
3
-
3-2
1
1
-
4-3
1
-
1
2-0
12
8
4
3-1
3
2
1
3-0
9
3
6
4-1
3
3
-
4-0
2
1
1
5-1
2
2
-
5-0
3
2
1
6-1
3
3
-
8-1
1
1
-
9-0
1
1
-
EMPATES (15)
0-0
5
5
-
1-1
7
4
3
2-2
4
2
2
3-3
1
-
1
DERROTAS (10)
0-1
3
1
2
1-2
2
-
2
2-3
1
1
-
0-2
1
1
-
1-3
1
-
1
1-4
1
-
1
3-6
1
-
1
TOTAL
81
47
34

Mais golos na segunda parte e apenas doze "minutos brancos"
Em 90 minutos o Benfica apenas em 12 nunca marcou golos - oito na primeira parte e quatro no segundo tempo. O minuto mais matutino é o segundo e o mais tardio é o 90.º. Marcou golos em 78 dos 90 minutos que temporizam um jogo de futebol.
Como é normal nos clubes mais fortes do futebol, o Benfica marca mais golos na segunda parte (101) em relação ao primeiro tempo (89 golos). É assim com todos os maiores clubes. Os mais fracos marcam mais - ou têm percentagens mais elevadas que os maiores - na primeira parte. Tem lógica. Por isso é que as balizas para onde as equipas dos maiores clubes atacam na segunda parte registam mais golos. E em Portugal (e no Hemisfério Norte) para os clubes que jogam em casa são as balizas sul. E não é por acaso. Nem começou por ser uma superstição. Se é que agora é! Mas foi, sim, uma necessidade inteligente. Por isso na “Catedral” a baliza do topo sul (sagres) é a “Baliza Grande”. Geralmente é para ela que o “Glorioso” corre nas segundas partes!

POR MINUTOS
1.ª Parte
(89)
2.ª Parte
(101)
Min
N.º G
Min
N.º G
1

46
1
2
1
47
4
3

48
5
4
1
49

5
1
50

6
2
51
2
7
1
52
1
8
1
53
2
9
1
54

10
5
55
3
11

56
2
12
4
57
4
13
2
58
2
14

59
1
15
2
60
4
16
1
61
2
17
4
62
1
18
1
63
1
19
2
64
3
20
1
65
2
21

66
2
22
4
67
1
23

68
1
24
4
69

25
5
70
4
26
3
71
2
27
4
72
2
28
3
73
1
29
1
74
3
30
3
75
5
31
3
76
2
32
1
77
2
33
1
78
2
34
1
79
1
35
5
80
4
36
2
81
3
37
1
82
2
38
1
83
2
39
3
84
1
40
4
85
3
41
3
86
3
42

87
1
43

88
3
44
5
89
4
45
2
90
7

Nunca mais é domingo!

Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES DURANTE  AGOSTO
(provisório como é evidente)
De 22 a 31 de Agosto de 2015 (Sempre pela meia-noite)
Sábado (de 21 para 22): O "Glorioso" em Aveiro;
Domingo (de 22 para 23): O "Glorioso" frente ao FC Arouca;
Segunda-feira (de 23 para 24): E depois da Segunda?;
Terça-feira (de 24 para 25): Benfica tão brilhante que se vê no escuro;
Quarta-feira (de 25 para 26): Uma modalidade por semana: Ténis de Mesa;
Quinta-feira (de 26 para 27): O Mais Belo e Inigualável 138;
Sexta-feira (de 27 para 28): O “Glorioso” na 3.ª jornada;
Sábado (de 28 para 29): O "Glorioso" frente ao Moreirense FC;
Domingo (de 29 para 30): E depois da Terceira?;
Segunda-feira (de 30 para 31): Mentiras Oficiais Made in SLB;
Terça-feira (de 31 para 1): Uma modalidade por semana: Pólo Aquático
7 comentários
comentários
  1. Alberto, permita-me um desabafo (mais um) sem ter a ver com o tema do artigo.
    Revista Expresso sábado 15/08, página 28 - rui santos a escrever mentiras sobre António Rola, confundindo-o (propositadamente?) com José Pratas.
    Não ha quem o ponha no sítio?
    Quanto ao artigo devo dizer que é impressionante o pormenor a que chega a informação que aqui nos fornece.
    Daí eu confiar nos seus números e por vezes querer saber mais. Quando tenho alguma dúvida, este é o primeiro sítio onde venho procurar.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Rukka,

      O António Rola teve problemas com um cacho de jogadores do FCP no estádio José Gomes num jogo com o CF Estrela da Amadora. Houve tanta confusão que um bombeiro queixou-se que foi mordido pelo Fernando Mendes (ainda jogava no FCP).

      Obrigado.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. A célebre corrida do Rola. No entanto a confusão é legítima já que Pratas também era perito em corridas à frente de jogadores do porto

    ResponderEliminar
  3. Grande Alberto Miguéns a nossa grande enciclopédia do Glorioso só um reparo: em 93/94 na 2ª jornada empatamos com o Estoril na Luz mas foi a 1 golo lembro-me bem pois como habitualmente lá estive no 3º anel. Jogamos mal, muito lentos marcamos na 2ª parte pelo Rui Águas e quase no fim num livre o Estoril empata.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Obrigado.

      Correcto. O Benfica marcou o 1-0 (Rui Águas aos 53 minutos), Carlos Manuel do GDEP foi expulso e o adversário empatou a três minutos dos 90!

      O erro deve ter ocorrido (é hábito fazer isso ) por ter copiado todos os empates a 0-0 (já a verde) e depois ir alterando os que têm golos. Assim poupa-se tempo, mas o risco de uma desatenção é fatal para a verdade e o rigor!

      Ainda há pouco tempo (domingo, 16 de Agosto) publiquei um quadro com os resultados frente ao GD Estoril Praia por ordem cronológica onde consta esse empate a um golo:

      http://em-defesa-do-benfica.blogspot.com/2015/08/os-primeiros-tres-pontos-em-102.html

      Mais uma vez obrigado. O seu comentário foi fundamental para emendar o que estava incorrecto. É o risco que se corre em fazer um blogue amador (feito a "correr" no tempo livre) querendo apresentar os resultados que só podem estar certos por serem valores objectivos.

      Gloriosas Saudações Benfiquistas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  4. Cátedra. Pura Cátedra.
    Notem que, quando o Miguéns comete uma pequena omissão, ele dá a cara e justifica-se.
    Assim fossem todos os outros pseudo-históricos

    ResponderEliminar
  5. ...SR DR ALBERTO.......até ALBERT EINESTEIN....se enganou.....abraço

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail