A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/08/2015

A Taça do Sistema

08/08/2015 + 11 Comentários API
UMA COMPETIÇÃO CRIADA EM 1979 PARA CELEBRAR O PODER DA A. F. PORTO DENTRO DO FUTEBOL PORTUGUÊS


Antes que se faça tarde vamos ao Estádio onde o Benfica tem sido muito feliz.

JOGOS NO ESTÁDIO DO ALGARVE
N.º
Época
Competição
Res.
Adversário
Marcadores
01
2004/05
Campeonato Nacional
V 2-1
GD Estoril Praia
Luisão
Mantorras
02
2005/06
Supertaça
V 1-0
Vitória FC Setúbal
Nuno Gomes
03
2008/09
Taça da Liga/ Final
E 1-1
Vgp
Sporting CP
Reyes
04

2009/10

Taça da Liga/ Final
V 3-0
FC Porto
Ruben Amorim
Carlos Martins
Cardozo

05


2011/12

Torneio Internacional
Do Guadiana
V 3-1
Paris SG FC

Cardozo
Jara
Saviola
06
E 2-2
RSC Anderlecht

Saviola
Urreta
07

2013/14
Particular
V 2-1
Levante UD
Lima (2)
08
Particular
V 2-1
OGC Nice
Markovic
Lima
09
2015/16
Supertaça
?
Sporting CP
?

Invictos com quatro troféus (e abrir o caminho para o 31.º campeonato nacional)
Em oito jogos, seis vitórias e dois empates com sabor a vitória. E 16 golos a favor para sete contra. Dezasseis marcados por doze futebolistas com Lima (três golos) a liderar os melhores marcadores no estádio localizado em Nenhures. Cardozo e Saviola (olha que dois!) marcaram dois golos seguindo-se uma lista de mais nove com um golo. Luisão inaugurou o "estádio" e domingo pode juntar-se a Cardozo e Saviola, até a Lima!

CINCO: Em 10 de Agosto de 2014 (este ano é a 9) o capitão Luisão lidera o plantel que conquistou a Supertaça em 2014/15 no estádio Municipal de Aveiro frente ao Rio Ave FC

Quanto à Taça dita Super
A existência de duas competições nacionais de futebol, em simultâneo, por época, em Portugal, data de 1934/35. Em 1978/79, pela primeira vez, a Associação de Futebol do Porto teve dois clubes filiados a dominarem o futebol em Portugal: o FC Porto conquistou o Bicampeonato Nacional e o Boavista FC venceu, por 1-0, o Sporting CP na final da Taça de Portugal. Para celebrar o feito - depois de tantos ano$, can$eira$ e de$pe$a$ - as Direcções dos dois clubes decidiram organizar no início da temporada seguinte a Supertaça jogada no estádio do clube campeão nacional. O Boavista FC venceu por 2-1 depois de estar a vencer por 2-0.

QUATRO: O capitão Simão ergue a Supertaça "Cândido de Oliveira" no estádio do Algarve no início da temporada de 2005/06 após um golo de Nuno Gomes que derrotou o Vitória FC Setúbal
36 = 19 + 13 + 4
Em 36 edições o clube que se apurou para a Supertaça como campeão nacional conquistou o troféu em 19 edições. Em 13 coube ao clube que se apurou para a Supertaça como vencedor da Taça de Portugal derrotar o campeão nacional. Restam quatro edições em que o finalista vencido, apurado pelo facto do vencedor da Taça de Portugal ser em simultâneo campeão nacional, conseguiu derrotar o clube que na época anterior conseguira a "dobradinha"! Algo que não acontece desde 1988/89 e que não pode ocorrer domingo.

SUPERTAÇAS (situação dos clubes em confronto)
Época
Campeão
Nacional
Vencedor
Taça Portugal
Finalista
Taça Portugal
1979/80
FC Porto
Boavista FC
-
1980/81
Sporting CP
SL BENFICA
-
1981/82
SL BENFICA
FC Porto
1982/83
Sporting CP
SC Braga
1983/84
SL BENFICA
FC Porto
1984/85
SL BENFICA
FC Porto
-
1985/86
FC Porto
SL BENFICA
-
1986/87
FC Porto
SL BENFICA
-
1987/88
SL BENFICA
Sporting CP
1988/89
FC Porto
Vitória SC Guimarães
1989/90
SL BENFICA
CF "Os Belenenses"
-
1990/91
FC Porto
CF Estrela Amadora
-
1991/92
SL BENFICA
FC Porto
-
1992/93
FC Porto
Boavista FC
-
1993/94
FC Porto
SL BENFICA
-
1994/95
SL BENFICA
FC Porto
-
1995/96
FC Porto
Sporting CP
-
1996/97
FC Porto
SL BENFICA
-
1997/98
FC Porto
Boavista FC
-
1998/99
FC Porto
SC Braga
1999/00
FC Porto
SC Beira Mar
-
2000/01
Sporting CP
FC Porto
-
2001/02
Boavista FC
FC Porto
-
2002/03
Sporting CP
Leixões SC
2003/04
FC Porto
UD Leiria
2004/05
FC Porto
SL BENFICA
-
2005/06
SL BENFICA
Vitória FC Setúbal
-
2006/07
FC Porto
Vitória FC Setúbal
2007/08
FC Porto
Sporting CP
-
2008/09
FC Porto
Sporting CP
-
2009/10
FC Porto
FC Paços de Ferreira
2010/11
SL BENFICA
FC Porto
-
2011/12
FC Porto
Vitória SC Guimarães
2012/13
FC Porto
As. Académica Coimbra
-
2013/14
FC Porto
Vitória SC Guimarães
-
2014/15
SL BENFICA
Rio Ave FC
2015/16
SL BENFICA
 Sporting CP
-
NOTA: As duas edições iniciais - 1979/80 e 1980/81 - foram organizadas pelos clubes. A edição de 1981/82 e seguintes são organizadas pela FPF com o troféu a denominar-se "Cândido de Oliveira". Desde 2001/02 disputa-se num jogo em campo neutro.

RESUMO (36): FC Porto (20); Sporting CP (7); SL BENFICA (5); Boavista FC (3); e Vitória SC Guimarães (1)

TRÊS: No estádio do Restelo (CF "Os Belenenses"), local da 2.ª mão desta edição do troféu, o capitão Veloso ergue a conquista da Supertaça "Cândido de Oliveira" em 1989/90. Ainda o futebolista com mais Supertaças conquistadas ao serviço do "Glorioso" - três!

ALGUMAS NOTAS BREVES 
(talvez não tão breves como o que se entende ser breve!)

Desde que a competição inicia a época (um jogo)
Desde 2001/02, em 14 edições (entre a 23.ª e a 36.ª) das 14 equipas que perderam o troféu - de dez clubes diferentes - apenas dois marcaram golos (Leixões SC em 2002/03 e Vitória SC Guimarães em 2011/12). Um golo para cada um! Houve onze equipas que foram derrotadas a zero (1-0 em seis edições; 2-0 em três anos; 3-0 em duas edições). Uma empatou a zero e foi derrotada (pelo Benfica) no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

O Benfica é o segundo clube com mais presenças e jogos
Apesar de ser o terceiro clube com mais troféus (menos 15 que o FC Porto e menos dois que o Sporting CP) o Benfica é o segundo clube com mais presenças (17, menos 12 que as 29 do FC Porto e mais nove que as oito do Sporting CP).
O Benfica conseguiu em 33 jogos marcar 25 golos (o FC Porto marcou 65 golos em 53 jogos e o Sporting CP em 15 jogos marcou 29 golos). O "Glorioso" tem menos 40 golos que o FC Porto e menos quatro que o Sporting CP. Em jogos tem menos 20 que o FC Porto e mais 18 que o Sporting CP.

DUAS: Presidente (Fernando Martins) e capitão (Bento) com a Supertaça "Cândido de Oliveira" em 1985/86. Falta o marcador do golo que permitiu a conquista... Diamantino Miranda
Entre Supertaças conquistadas e perdidas percebe-se muito do "Futeluso"
O mundo das Supertaças é um mundo à parte no reino dos troféus portugueses.

O Sporting CP que desde 1979/80 conquistou quatro títulos de campeão nacional e seis Taças de Portugal conquistou sete troféus nas oito presenças. Curiosamente perdeu o primeiro e depois das sete vezes que esteve presente conquistou... sete. Fez o pleno! E quatro foram perante o "Rei da Supertaça", o FC Porto. Já lá vou a este clube. O Sporting CP tem um incrível rendimento de 88 por cento. No mesmo período no campeonato nacional o rendimento é de 11 (onze) por cento. E na Taça de Portugal é de 17 por cento.

O Boavista FC em quatro presenças conquistou três troféus perdendo um. Tudo sempre frente ao FC Porto. Sendo um "negócio" entre um casal não me meto. «Entre marido e mulher não metas o blogue».

O FC Porto é o "Rei da Taça do Sistema" apesar de desperdiçar conquistas quando não defronta o Benfica. Por isso um rendimento de 69 por cento. Tem 20 Supertaças porque está presente muitas vezes (em 29 das 36 edições) ou seja em 81 por cento das edições. E "apanhou muitas vezes com o Benfica" - onze vezes. E destas apenas perdeu uma, porque outras perderia se os "amigos" não tivessem invalidado golos de ouro (Donato Ramos) e expulso insubordinações (José Pratas), por exemplo. Além de inúmeros erros em benefício próprio.

O Vitória SC Guimarães conquistou a primeira em que esteve presente e perdeu as duas seguintes. Sempre com o FC Porto. Na primeira até participou como finalista vencido, em 1987/88, na Taça de Portugal. Conquistou um troféu oficial sem nunca ter conquistado qualquer título - campeonato nacional de qualquer Divisão ou Taça de Portugal. Fazer equivaler a Supertaça a um título nem é hilariante, é desprestigiante para os clubes que conquistaram apenas um título como os que o conseguiram na Taça de Portugal, incluindo as 17 épocas iniciais como Campeonato de Portugal.

E o Benfica? Bem os últimos são os primeiros. Deixo para depois do quadro.

CLUBES COM SUPERTAÇAS CONQUISTADAS
Clube
(Presenças)
Conquistadas
N.º
Perdidas
N.º
Rendimento
%


Sporting CP
(8)
7

4 FCP
1 SCB
1 SLB
1 LSC

1

SLB


88

Boavista FC
(4)
3

3 FCP
1

FCP

75




FC Porto
(29)
20
10 SLB
2 VSC
1 CFEA
1 SCB
1 SCB-M
1 BFC
1 UDL
1 VFC S.
1 FCPF
1 AAC

9


4 SCP
3 BFC
1 SLB
1 VSC





69

Vitória SC Guimarães
(3)
1

FCP
2

2   FCP

33


SL BENFICA
(16)
5

SCP
FCP
CF "Os Bel."
Vit. FC Setúbal
Rio Ave FC
11

10 FCP
1 SCP



31

E o Benfica?
O "Glorioso" começou por conquistar a segunda edição frente ao Sporting CP, depois uma frente ao FC Porto e entre os dez troféus perdidos para o FC Porto e um para o Sporting CP conquistaram-se mais duas edições, ao CF "Os Belenenses", Vitória FC Setúbal, sempre com o Benfica, na temporada anterior, campeão nacional e finalista na Taça de Portugal. Perdeu a final da Taça de Portugal para estes dois clubes mas depois venceu-os na Supertaça. A quinta Supertaça, na temporada passada, foi "novidade". O Benfica esteve presente (com conquista) após fazer a "dobradinha".
À quarta foi de vez, pois nas outras três ocasiões com "dobradinha" perdera a Supertaça para FC Porto (1981/82 e 1983/84) e Sporting CP (1987/88).

UMA: O capitão Nené recebe a Supertaça da época 1980/81 organizada pelo SLB e pelo SCP mas já com o aval da FPF. Nesta edição com duas mãos, estão os quatro marcadores dos quatro golos: Carlos Manuel (semi-encoberto por Nené), César, Nené e Vital

Edição n.º 37 em 2015/16
O Sporting CP está pela quarta vez a disputar a Supertaça na condição de vencedor da Taça de Portugal na temporada anterior. Nas três edições anteriores derrotou sempre o campeão nacional: FC Porto. O campeão nacional nesta edição de 2015/16 é outro, é o "Glorioso".
O Benfica regista 17 presenças na Supertaça: quatro após "dobradinha" (conquistou uma, ao Rio Ave FC); seis como vencedor da Taça de Portugal (conquistou duas, ao Sporting CP e FC Porto); e sete (contando com a próxima) como campeão nacional. Nas seis concluídas conquistou duas, ao CF "Os Belenenses" e ao Vitória FC Setúbal. Venha a terceira, ao Sporting CP.

GOLO-RIOSOS NA SUPERTAÇA
ST
SLB
Época
Res.
Adversário
Campo
Mar
Marcador
004
01

80/81
2-2

Sporting CP
Alvalade
1-0
Carlos Manuel
005
02
2-0
César
009
03
2-1
Luz
1-1
(1) Nené
010
04
2-1
Vital
011
05

81/82
2-0

FC Porto
Luz
1-0
(2) Nené
012
06
2-0
(3) Nené
014
07
1-4
Antas
1-1
Jorge Gomes
028
08
83/84
1-2
FC Porto
Antas
1-0
(1) Manniche
031
09
84/85
1-0
FC Porto
Luz
1-0
(2) Manniche
037
10
85/86
1-0
FC Porto
Luz
1-0
(1) Diamantino
038
11

86/87
1-1

FC Porto
Antas
1-0
Rui Pedro
042
12
2-4
Luz
1-2
(2) Diamantino
045
13
2-4
Dito
052
14

89/90
2-0

CF "Os
Belenenses"
Luz
1-0
Vata
053
15
2-0
Lima
054
16
2-0
Restelo
1-0
Autogolo
055
17
2-0
Magnusson
062
18

91/92
2-1

FC Porto
Luz
1-0
Iúran
064
19
2-1
William
066
20
0-1
Antas
1-0
Isaías
075
21

93/94
1-0

FC Porto
Luz
1-0
Rui Águas
078
22
2-2
Dgp
Coimbra
1-1
Tavares
080
23
2-2
César Brito
082
24
94/95
1-1
FC Porto
Luz
1-1
Vítor Paneira
122
25
05/06
1-0
Vitória FC
Algarve
1-0
Nuno Gomes

O próximo golo será o 140.º da competição
Os três melhores marcadores são: Domingos/FC Porto (seis golos), Jordão/ Sporting CP (cinco golos) e Gomes/FC Porto (quatro golos). O próximo (140.º) certamente será do "Glorioso" que já não marca desde o 122.º por Nuno Gomes. Dos 139 golos entretanto marcados são 25 (18 por cento) do "Glorioso", tendo Nené como melhor marcador, com três golos (dois ao FC Porto e um ao Sporting CP). Como houve um autogolo, são 24 os golos marcados com o "Manto Sagrado" por 20 futebolistas com Manniche e Diamantino a marcarem dois golos. Os restantes 17 futebolistas marcaram um golo.

Tem a palavra (os golos) o Benfica!

Alberto Miguéns

PLANO PARA AS EDIÇÕES DURANTE  AGOSTO
(provisório como é evidente)
De 9 a 18 de Agosto de 2015 (Sempre pela meia-noite)
Domingo (de 8 para 9): O Dérbi de Lisboa;
Segunda-feira (de 9 para 10): E depois da Algaraviada?
Terça-feira (de 10 para 11): Sinto-me tão portista;
Quarta-feira (de 11 para 12): Uma modalidade por semana: Atletismo;
Quinta-feira (de 12 para 13): O Mais Belo e Inigualável 138;
Sexta-feira (de 13 para 14): Mentiras Oficiais Made in SLB;
Sábado (de 14 para 15): O "Glorioso" nas Primeiras 82 Jornadas;
Domingo (de 15 para 16): O "Glorioso" frente ao GD Estoril Praia;
Segunda-feira (de 16 para 17): E depois da Primeira?;
Terça-feira (de 17 para 18): Benfica tão brilhante que se vê no escuro







11 comentários
comentários
  1. Respostas
    1. Caro Minha Chama,

      Obrigado por ser leitor do blogue.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Ha por aí uma daquelas teorias que, ditas vezes sem conta nunca se tornarão verdade. Falo da fase: o porto domina o futebol em Portugal nos últimos 30 anos. Paineleiros fartam-se de repetir até à exaustão que o porto domina nas últimas três décadas. Ora eu, com a preciosa ajuda dos vários quadros que o Alberto expõe, chego à conclusão que o domínio do porto aconteceu sim, mas durante 15 anos apenas. Sim, década e meia e não três.
    Desde 1995 e até 2010 o porto dominou, e todos sabemos como. De resto, é mentira! Mas recorrentemente isto é dito nos programas tv, e não ha um único Benfiquista nesses paineis que rebata esta falácia.
    É pena....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rukka,

      Subscrevo, e acrescento :

      O FC Porto nos ultimos 30 anos :

      Fez o Bi 84/85 e 86/86, outro Bi entre 91/92 e 92/93, um Penta de 95 a 2000, o Bi com Mourinho, o Tetra, e finalmente um Tri. Em igual período fez 6 "dobradinhas", e 2 "tripletes" sem a Taça da Liga!

      Entretanto, o FC Porto, nos ultimos 30 anos, ganhou 4 T Europeias, 2 T Intercontinentais, e 1 Supertaça Europeia, mas não consegue o raio da hegemonia em Portugal porque nao ganha a Lucilio Cup, aliás, nunca entendi a razão. pela qual apelidam a Taça de Liga com o nome de um ex arbitro, será pelo facto do Lucilio ter apitado e bem no Algarve a ultima final entre o Benfica e Sporting em 2009? Bem, no Estadio Algarve o Helio Santos em 2005, tambem encantou, numa partida em que o Estoril Praia mais parecia que jogava em casa!

      O Estadio Algarve afinal é talismã para o Benfica, porque será?

      Eliminar
  3. FranciscoB8/8/15 17:45

    Muito bom - "A Taça do Sistema"

    Quase tão bom como "Troféu José Pratas"...

    ResponderEliminar
  4. Paulo Teixeira, ainda assim o Benfica é o clube em Portugal que mais vezes foi bi campeão; tri campeão; e que mais vezes fez a dobradinha. Foi também mais vezes bi campeão da taça e tri campeão da taça. tambem. foi bi campeão europeu e tem mais titulos que qualquer outro clube em portugal.
    Calculo que também subscrevas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rukka,

      Pese embora não pretender aqui "medir pilinhas", está equivocado relativamente a alguns registos. Eu ajudo :

      O Benfica fez 5 X Tricampeonatos (facto o que tem mais Tris), e 4 X Bicampeonatos!

      O FC Porto, é o unico Clube em Portugal que fez um Penta, e acumula 1 Tetra, 1 Tri, e é o Clube em Portugal com mais Bicampeonatos foram 5!

      Facto, o Benfica conquistou 34 Campeonatos e o FC Porto venceu 27 Campeonatos!

      Se excluirmos o tempo das "balizas às costas", e registarmos os ultimos 60 Campeonatos disputados em Portugal, balizado entre a temporada 55/56 e 2014/15, e o critério que defino, 1955/56, deriva do facto do Profissionalismo chegar a Portugal com Otto Gloria, e tambem nessa temporada começaram a ser disputadas as Tças Europeias. Vejamos os ultimos 60 Campeonatos:

      Benfica : 26 X Campeão, 21 X Vice Campeão e 10 X 3º classificado!

      FC Porto 24 X Campeão, 20 X Vice Campeão e 10 X 3º clasificado!

      Se observarmos tendencias hegemonicas nas ultimas 60 temporadas :

      Benfica hegemónico nas décadas de 60/70!

      Na década de 80 regista-se um equilibrio, sem qq tendencia definida!

      Nas décadas de 90, e neste século XXI, hegemonia do FC Porto, a quebra dessa hegemonia do FC Porto poderá ou não, ser sinalizada na proxima temporada, mas o enorme erro histórico (saída de Jesus), poderá fazer abortar o ciclo de vitórias conseguido com Jesus.

      Porque abordo a importancia de Jesus? Simples, o Benfica em 2009 (quando Jesus chegou), tinha vencido 3 Campeonatos nas ultimas 20 temporadas, Jesus em 6 anos ganhou os mesmos 3 Campeonatos que o Benfica tinha ganho nos ultimo 20 anos, sinalizo na saída de Jesus um enorme erro estratégico e historico do Benfica, e vamos aguardar, aliás, o Rui Vitória parece-me um Quique vintage, muito bom em termos de conferencias de imprensa, nesse capítulo dá 20 a zero ao iletrado Jesus!

      Relativamente a T Internacionais, vamos ver o que se passou?

      O Benfica foi Bi Campeao Europeu facto, um registo com 53 anos!

      Em contraste, o FC Porto nos ultimos 30 anos ganhou 4 T Europeias, e juntou mais 2 T Intercontinentais e uma Supertaça Europeia!

      Isto é, em termos Internacionais, o Benfica também é Hegemónico Benfica 2 T Europeias (conquistas com mais 50 anos) FC Porto 7 (entre elas 3 T Europeias no seculo XXI).


      Rukka, quando o Benfica tem actualmente um Presidente que foi durante 20 anos sócio do FC Porto, e recebeu um Dragão de Ouro como sócio da década (o brinde Deco, é um belo exemplo do que é ser benemérito), retrata fielmente o que é hoje o Benfica, o Presidente será mesmo Benfiquista? Ou será Portista ou Sportinguista? Creio que será mesmo oportunista, e o Dr Borges Coutinho "deve dar voltas e voltas..."

      Eliminar
  5. Benfica 9 vezes bicampeao e em cinco delas tornou-se tricampeão no ano seguinte. Ou acharás que se consegue ser tri sem ser bi primeiro?
    DAHHHHHH
    Tá tudo no YOU TUBE ups!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outra vez.

      Se tens a verdade absoluta porque perguntas.

      Fica lá com isso rapaz. Larga-me da mão e do pé!

      Eliminar
  6. Estava ao responder ao Paulo Teixeira que disse que eu não tinha razão.
    Se incomoda que seja numa caixa de comentário do seu blogue, então peço desculpa pelo incomodo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro,

      Eu é que peço desculpa. Como estava de férias pedi para editarem os comentários. Foram lidos e eu indiquei a resposta sem perceber. Devia ter mais cuidado, pois os leitores merecem todo o respeito. Renovo o pedido de desculpas e esteja à vontade como nada se tivesse passado. Vou tentar ter mais atenção.

      Saudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail