A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

08/09/2014

Fechem as Balizas Por Favor

08/09/2014 + 1 Comentários API
TRÊS GUARDA-REDES: DUAS CERTEZAS E UMA INCÓGNITA


Que este campeonato de 2014/15 vai dar muito que falar já todos percebemos. O SLB quer ser Bicampeão (o que não ocorre desde 1983/84). O FCP não quer que isso aconteça, tal como tem conseguido impedir desde 1983/84 (nem que para isso tenha de gastar uma "pipa de massa"). O SCP ao ficar em 2.º lugar - em 2013/14 - encostou-se à parede (se ser 3.º é fracasso o melhor é falar em querer ser campeão porque em questão de crer o 2.º já era bom!)

Artur (33 anos/ 34 durante a temporada 2014/15)
O guarda-redes titular em 2014/15 tem sido Artur. Já fez do melhor e do pior. Do 8 ao 80. Este tem sido "o problema" de Artur. Inconstância. Não se consegue adivinhar o que poderá ocorrer. Penso que Artur precisa de ter outro guarda-redes com qualidade para poder estar tranquilo. E ser mais constante. O facto de se sentir sozinho complica-lhe a emocionalidade. Com a vinda de Júlio César sente-se protegido pois há alguém com experiência para substituí-lo se for necessário.

Paulo Lopes (36 anos)
É um guarda-redes que tem o "estatuto de terceiro guarda-redes do plantel" (mesmo antes da chegada de Júlio César). Quando só havia dois, mesmo assim, era o "terceiro" guarda-redes! Nem quando é titular deixa de ser o "terceiro guarda-redes". Ao que consta "faz bom balneário" sempre importante num plantel onde há muita competição, com pelo menos dois futebolistas de valia muito semelhante para cada lugar. Formado no Benfica viveu situação de empréstimos consecutivos até sair definitivamente, mas sempre por clubes secundários onde as características de um guarda-redes são diferentes. Muitas vezes em jogo e a defender geralmente com muitos colegas de equipa perto de si e da baliza. Ao contrário do Benfica.

Júlio César (35 anos)
Uma incógnita, ainda que tenha sido um dos melhores guarda-redes do Mundo entre final da primeira década e início dos anos dez do século XXI. Depois passou por pequenos clubes: Queens Park Rangers FC com este a emprestá-lo a um clube canadiano - Toronto FC. De onde foi convocado para titular na selecção do Brasil que atingiu as meias-finais do campeonato do mundo de 2014.
É um guarda-redes que sabe o que é jogar em grandes equipas: poucas intervenções durante o jogo, mas seguras, amiudadamente a defender contra-ataques e necessidade de utilizar muitas vezes os pés. Ou seja, necessidade de estar muito concentrado, vasta experiência e capacidade de avaliar rapidamente qual o melhor gesto técnico para resolver a situação que vai ser criada!
A incógnita é saber em que "forma" estará ele depois de jogar três épocas em equipas mais modestas e episodicamente na selecção brasileira. Há que esperar até vê-lo a defender a Gloriosa Baliza. Depois se saberá. Até lá há que dar o benefício da dúvida perante um futebolista que já conquistou praticamente tudo a nível de clubes (falta Liga Europa e Supertaça Europeia) e de selecções (falta campeonato do Mundo).

Bruno Varela (19 anos/ 20 durante a temporada de 2014/15)
Eu tenho por princípio que o "terceiro guarda-redes" deve ser o titular dos juniores. Quando há equipa B será o da equipa B. Isto porque até o guarda-redes que não é titular - segundo guarda-redes - arrisca-se a fazer meia dúzia (em 60 jogos) durante a temporada para quê ter um terceiro guarda-redes que nem tem "ritmo competitivo"? Além disso é jovem e pode ter a capacidade de "agarrar o lugar" e ser o guarda-redes do futuro. Pode ser inexperiente, mas compensa isso com o facto de estar fortemente "rodado" por defender semanalmente a baliza da equipa júnior. Neste caso da equipa B.

Seja qual for a escolha (em quatro)
É já no próximo jogo - sexta-feira em Setúbal - que vai ser necessário definir um lugar - guarda-redes - fundamental para plantéis que querem conquistar títulos e troféus na época. O treinador ao dar a titularidade a um deles dará uma indicação preciosa para esta primeira parte da época que termina em 31 de Dezembro de 2014.

Viva o Benfica

Alberto Miguéns

PLANO PARA OS PRÓXIMOS DIAS
Depois de amanhã (9): Umas palavrinhas acerca da defesa;
Quarta-feira (10): Umas palavrinhas acerca do meio-campo;
Quinta-feira (11): Umas palavrinhas acerca dos avançados;
Sexta-feira (12): Umas palavrinhas acerca das competições
1 comentários
comentários
  1. sobre a questão do treceiro guarda redes coincide com aquilo que eu penso alias com o termino do contrato do paulo lopes neste verão teria sido facil e sem dramas promover o varela.
    sobre a qualidade dos guarda redes penso que o pantel é equilibrado quanto às idades do mesmo é completamente desiquilibrado e na minha opinião não faz muito sentido, ter tres guarda redes todos com mais de 33 anos se não é inedito anda lá muito proximo.

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail