A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

25/02/2014

Morreu o Eterno Capitão

25/02/2014 + 6 Comentários API
OPINIÃO



Na sua querida Lourenço Marques faleceu hoje, 25 de Fevereiro de 2014, com 78 anos, o capitão dos capitães do Benfica.


NOTA: Em Defesa do Benfica declara luto pelo falecimento de Coluna, com um fumo negro sobre o rosto do EDB. E em homenagem ao Eterno Capitão o EDB evocará a partir da meia-noite de 25 para 26 de Fevereiro, de hora a hora durante as próximas 18 horas o percurso desportivo de um futebolista inigualável.

Alberto Miguéns
António Melo





Mário Esteves Coluna. Inatingível
Os valores estatísticos de Mário Coluna são avassaladores. Ao alcance de poucos a nível mundial. 2 Taças dos Clubes Campeões Europeus. 3 Taças de Honra de Lisboa. 6 Taças de Portugal. 10 Campeonatos Nacionais. 16 temporadas que atravessaram duas décadas, entre 1954/55 e 1969/70. 21 troféus oficiais. 150 golos para quem pouco jogou a avançado. 328 jogos a capitão. 677 jogos com o "Manto Sagrado". 28 445 minutos como capitão. 59 702 minutos a honrar o emblema do "Glorioso". Tantos minutos representam mais de 995 horas consecutivas, ou seja, mais de 41 dias, quase mês e meio consecutivo a jogar futebol. Números impressionantes? Talvez. Mas muito pequenos para definir a grandeza de Coluna.

Eusébio e Coluna são incomparáveis. Porque diferentes. Duas Glórias de igual grandeza. Cada um com a sua medida e importância.

Mas sempre vos digo. Eusébio é o maior futebolista português de todos os tempos. Coluna é o maior futebolista do Benfica de todos os tempos. Claro que é uma impossibilidade. Mas é verdade.


Se...

Se o Benfica fosse uma árvore, Coluna era o tronco

Se o Benfica fosse um automóvel, Coluna era o motor

Se o Benfica fosse uma montanha, Coluna era o vulcão

Se o Benfica fosse um campo de futebol, Coluna era a bola

Se o Benfica fosse o Mundo, Coluna era o vento

Mas o Benfica só é uma Águia

E Coluna  o seu Coração

Eu é que me ajoelho perante a tua grandeza. Como foste grande. Tão grande que até os números que impressionam são pequenos!

Alberto Miguéns
6 comentários
comentários
  1. Águia Suiça25/2/14 19:08

    O Sr.Mario Coluna não morreu porque o seu espirito e o seu legado continua vivo nos corações de todo os Benfiquistas.
    Descansa em paz Monstro Sagrado do futebol Benfiquista.

    ResponderEliminar
  2. Mais um dia terrível para o nosso Benfica. Partiu o grande capitão. Um ano horrível.
    Os dois maiores jogadores da história do Benfica.
    É muito duro aceitar a lei da vida quando falamos da perda de alguém que marcou tanto a vida de tantos outros.
    Que descanse em Paz. Que descanse eternamente ao lado de Eusébio, Cosme, Águas, Torres, Germano, Vítor Silva, e tantos, tantos outros que engrandeceram o nosso nobre clube.
    Os Benfiquistas serão eternamente gratos a estes dois Senhores.

    ResponderEliminar
  3. essa foto diz tudo.
    mais um motivo para ganhar o campeonato,e dedicar a coluna e Eusébio.

    ResponderEliminar
  4. Grande texto, caro Alberto.
    Que tristeza nos nossos corações...

    ResponderEliminar
  5. Bruno Paiva26/2/14 12:48

    Nunca o vi jogar, apenas vi as repetições das finais das Taças dos Clubes Campeões Europeus, mas já o meu Pai me dizia que ele é que era o motor da equipa, que era um leão dentro de campo. O Eusébio era golo, mas Coluna era a equipa.

    Que pena que tenha falecido, ainda para mais quando ainda estamos um pouco em choque da morte de Eusébio.

    Descanse em paz Senhor Capitão!

    ResponderEliminar
  6. leão não seria, era mais a águia que abria as asas e enchia todo o campo!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail