A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

26/02/2014

Glória Eterna Coluna (5)

26/02/2014 + 0 Comentários API
OPINIÃO

Em Agosto de 1957 Coluna, entre o capitão Fernando Caiado e Cavém, completou 22 anos em plena digressão pelo continente americano no final da temporada


Mário Coluna teve uma terceira temporada, em 1956/57, no Clube ao nível da primeira. Com 21 anos feitos em 6 de Agosto de 1956, atingira a maioridade biológica e a consagração como futebolista de classe ímpar. Em... três épocas!

Segundo título de campeão nacional em... três anos
O campeonato nacional de 1956/57 na sua 23.ª edição só podia ter um vencedor... o Benfica. Mário Coluna foi, com 1768 minutos em 20 jornadas, o 9.º futebolista mais utilizado e o 4.º melhor marcador do Benfica apesar de jogar a interior-direito (camisola 8). Mas foi a pedra angular fazendo do apoio aos centrocampistas um factor de desequilíbrio nos jogos frente a adversários mais poderosos.

E segundo título na Taça de Portugal em... três anos
Como era hábito na Taça de Portugal nos anos 50 a competição desenrolava-se após conclusão do campeonato nacional, tal como aquando da sua criação nos anos 20 com a designação de Campeonato de Portugal. Coluna participou em sete (dois oito) encontros marcando dois golos, incluindo o da final a fazer o resultado do jogo, aos 88 minutos, colocando o marcador em 3-1 face à valorosa equipa do SC Covilhã.

Mais uma presença na Taça Latina
Depois da conclusão das competições portuguesas o "Glorioso" partiu no rápido para Madrid onde participou na edição de 1957 da Taça Latina. Depois de afastar os franceses do AS Saint-Étienne a final frente ao bicampeão europeu foi de enorme entrega e fervor mas o golo madridista deitou tudo a perder.

E nova digressão pelo continente americano
Depois do enorme sucesso da digressão do Verão de 1955, em 1957 o "Glorioso" foi convidado a jogar no Brasil e nos Estados Unidos da América. Mais uma, porque não duas, jornadas de glória, nas duas Américas: primeiro a Sul e depois a Norte.

1956/57
Competições
Jogos
Golos
Adversários
Golos
TOTAIS
42
9


Campeonato Nacional
20
5


Taça de Portugal
7
2


Taça Latina
2
-


Particulares internacionais
12
2


Particulares nacionais
1
-


NOTA: A vermelho troféus (e/ou) títulos conquistados

Alberto Miguéns

NOTA: Em Defesa do Benfica declara luto pelo falecimento de Coluna, com um fumo negro sobre o rosto do EDB. E em homenagem ao Eterno Capitão o EDB evocará de hora a hora durante as próximas 18 horas o percurso desportivo de um futebolista inigualável.
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail