A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

16/01/2014

A sexta "Meia" na Taça da Liga em...

16/01/2014 + 5 Comentários API
 ... Sete edições

OPINIÃO

1-0 por Djuricic (Golo-rioso n.º 12 603)


2-0 por Cavaleiro (Golo-rioso n.º 12 604)



NOTA: O facto do jogo ter terminado tarde (22:35 horas)  e eu só jantar depois do jogo impossibilita completar estes textos que gosto de fazer como descarga de emoções. Eu não janto quando joga o Benfica. Concluído (01:30 horas da matina)



Começou o Benfica A8B3 na I parte
O "Glorioso" começou o jogo com um onze muito diferente daquele que se poderia supor. Entre eles três futebolistas habituais na Segunda Liga: Mori (472 minutos com 6 golos em 6 jogos), Cavaleiro (1256 minutos com 8 golos em 14 jogos) e Steven (616 minutos com 3 golos em 7 jogos). Com tantas alterações dificilmente a equipa poderia fazer um futebol agradável. Percebe-se bem, nestes jogos, como o futebol é um desporto colectivo exigente que para ser "bem jogado" necessita de muito trabalho de rotinas entre futebolistas. 


Acabou o Benfica A9B2 da II parte
Com as três substituições o contributo dos habituais na Segunda Liga passou de três para dois, com a saída de Mori. A equipa orgulhosa com o "Manto Sagrado" foi melhorando com a passagem do tempo. Gostei da atitude. Com falta de rotinas havia que garantir golos, a vitória, três pontos e a passagem às meias-finais.

Não há "AAs" e "BBs" no Benfica
O universo de futebolistas seniores do "Glorioso" a evoluir na Primeira e na Segunda Liga tem muita qualidade. Só necessitam ser bem utilizados e motivados pelos técnicos do Clube. Ivan Cavaleiro esta temporada (2013/14) já contabiliza três golos frente ao Leixões SC (dois na Segunda Liga (V 5-1) e um na Taça da Liga).



Deve e Haver 
Se, historicamente, as diferenças são abissais não foi ontem – num jogo que se quer de caminhada para a conquista do 5.º troféu na Taça da Liga – que o “Glorioso” cedeu. Em 61 jogos, temos mais 45 vitórias (48 em relação às três derrotas) e 193 golos marcados (mais 153 em relação aos 40 sofridos).

      QUADRO I
      JOGOS TOTAIS POR 
      COMPETIÇÃO com o LEIXÕES SC
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
61
48
10
3
193
40
Campeonato Nacional
50
40
  8
2
160
31
Taça de Portugal
  7
  4
  2
1
17
  7
Taça da Liga
  1
  1
-
-
2
  0
Torneios
  1
  1
-
-
5
  2
Particulares
  2
  2
-
-
9
  0
                         
Na Taça da Liga o "Glorioso" regista uma vitória no único jogo que disputou frente ao Leixões SC.

       QUADRO II                      
      OS 61 BENFICA – LEIXÕES SC
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
01
20/21
Par
N
5-0


02
36/37
CL
C
10-2


03
CL
F
6-0


04
39/40
CN
F

3-3

05
CN
C
7-2


06
42/43
CN
C
3-0


07
CN
F
4-2


08
59/60
CN
C

1-1

09
CN
F
2-1


10
60/61
CN
C
4-1


11
CN
F
3-0


12
61/62
CN
F
2-1


13
CN
C
7-1


14
62/63
CN
F

0-0

15
CN
C
2-0


16

63/64
Par
F
4-0


17
CN
C
7-0


18
CN
F
5-1


19
64/65
CN
F

1-1

20
CN
C
5-0


21
65/66
CN
F
1-0


22
CN
C
2-0


23
66/67
CN
C
3-1


24
CN
F
2-1


25
67/68
CN
C
6-0


26
CN
F
2-0


27
68/69
CN
C
4-0


28
CN
F

0-0

29

69/70
CN
F


0-2
30
CN
C
3-0


31
TP
C
8-0


32
TP
F

1-1

33
70/71
CN
C
5-0


34
CN
F
2-1


35
71/72
CN
C
6-0


36
CN
F
1-0


37

72/73
CN
C
6-0


38
CN
F
5-1


39
TP
F


0-2
40
73/74
CN
C
3-0


41
CN
F
1-0


42

74/75
CN
F
2-1


43
CN
C
3-0


44
TP
F
4-2


45
75/76
CN
C
9-1


46
CN
F


0-1
47
76/77
CN
C
3-1


48
CN
F
2-1


49
82/83
CN
F
2-1


50
88/89
CN
F
2-0


51
CN
C
2-1


52
03/04
Tor
N
5-2


53
05/06
TP
F
2-1


54
07/08
CN
F

1-1

55
CN
C

0-0

56

08/09
CN
F

1-1

57
TP
F

0-0
D 4-5
Pmgp

58
CN
C
2-1


59
09/10
CN
C
5-0


60
CN
F
4-0


61
13/14
TL
C
2-0


TOTAIS
61 J – 48 – 103 (193/40)
       NOTA: O jogo particular em 1963/64 (V 4-0) foi na inauguração do estádio do Mar, em Matosinhos que substituiu o "velhinho" Campo Santana

Um Leixões SC que para os comentadores, mesmo no futuro século XXII
Será sempre o dos "bébés" se bem que só o tenha sido nos anos 60 e 70 do século XX! A dar "lenho" não são nada bébés! E têm lá um "miúdo" de 19 anos que parece ter vinte e coisa muito e tal... vai lá vai!

Manuel de Oliveira quê?
Podia ser "pior"... Uma "encomendinha" qual Eça de Queirós! Eh pá, marca as grandes penalidades! Não tenhas medo dos "maiorais" da arbitragem lá na tua associação do FC Porto, melhor da AF Porto!

Tese e antítese
No "Futeluso" há a teoria que os "pequenos" são prejudicados frente aos "Grandes". Se bem que nunca ninguém tenha feito um estudo com cabeça, tronco e membros. O facto é que com base nesta tese o Benfica é mais "piqueno" que os "pequenos"! É raro não ser prejudicado frente a esses "minorcas". Ganha-lhes porque é muito superior. Porque há sempre umas "alminhas a apitar" que equalizam o que tem colossal diferença!



Siga o "Glorioso" para as meias-finais

Alberto Miguéns

NOTA: Por que perguntar não ofende! Porque não antecipar o jogo com o FC Penafiel, na Taça de Portugal, para 22 de Janeiro em vez do Benfica B - FC Penafiel da 26.ª jornada da Segunda Liga? Que seria disputada em 5 de Fevereiro! É que vamos ter, neste final de Janeiro, duas semanas desportivas "À Sporting", ou seja, sem jogos a meio da semana. E depois temos este jogo da Taça de Portugal nas vésperas da recepção aos jovens que só jogam de oito-em-oito dias!

GLORIOSO CALENDÁRIO
Dia
Competição
Adversário
Sit.
Res.
D
E
Z
E
M
B
R
O
13
1
Dom
C.Nacional.11
Rio Ave FC
Fora
V 3-1
4
Qua
Sem jogos
6
Sex
C.Nacional.12
FC Arouca
Casa
E 2-2
10
Ter
L. Campeões.6
PSG FC
Casa
V 2-1
15
Dom
C.Nacional.13
SC Olhanense
Fora
V 3-2
18
Qua
Sem jogos
20
Sex
C.Nacional.14
Vitória FC Setúbal
Fora
V 2-0
25
Qua
NATAL
30
Seg
Taça Liga.1
CD Nacional
Fora
V 1-0
J
A
N
E
I
R
O

14
1
Qua
ANO NOVO
4
Sáb
T. Portugal(1/8)
Gil Vicente FC
Casa
V 5-0
8
Qua
Sem jogos
12
Dom
16.00
C.Nacional.15
FC Porto
Casa
V 2-0
15
Qua
20.45
Taça Liga.2
Leixões SC
Casa
V 2-0
19
Dom
17.00
C.Nacional.16
CS Marítimo
Casa

22
Qua
Sem jogos
25
Sáb
16.15
Taça Liga.3
Gil Vicente FC
Casa

29
Qua
Sem jogos
F
E
V
E
R
E
I
R
O
14
2
Dom
C.Nacional.17
Gil Vicente FC
Fora

5
Qua
T. Portugal(1/4)
FC Penafiel
Fora

9
Dom
C.Nacional.18
Sporting CP
Casa

12
Qua
Taça Liga (1/2)

Fora

16
Dom
C.Nacional.19
FC Paços Ferreira
Fora

20
Qui
L. Europa (1/16-1)
PAOK FC
Fora

23
Dom
C.Nacional.20
Vitória SC Guimarães
Casa

27
Qui
L. Europa (1/16-2)
PAOK FC
Casa

M
2
Dom
C.Nacional.21
CF "Os Belenenses"
Fora







5 comentários
comentários
  1. BOA NOITE SR.ALBERTO MIGUÉNS.

    PODIA DIZER QUANTOS JOGOS TEMOS COM O LEIXÕES...

    BOA VITÓRIA....NO PROXIMO JOGO DA TAÇA DA LIGA É DAR MAIS MINUTOS AOS MENOS UTILIZADOS....

    SAUDAÇOES BENFIQUISTAS

    ResponderEliminar
  2. BOA NOITE SR.ALBERTO MIGUÉNS.

    PODIA-ME DIZER A DATA DO 1º JOGO QUE REALIZAMOS COM O LEIXÕES SC, É O UNICO JOGO QUE NÃO TENHO DATA.


    SAUDAÇOES BENFIQUISTAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Carlos Lima

      Em 5 de Março de 1921 no Campo da Constituição.

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  3. BOA NOITE SR. ALBERTO MIGUÉNS

    NOS VÁRIOS TEXTOS QUE FEZ SOBRE O NOSSO REI EUSÉBIO, NA ÉPOCA 1964-65 TEM DOIS JOGOS COM O RABA ETO DA HUNGRIA PARA O TAÇA DOS CAMPEÕES, MAS EM VÁRIOS LIVROS QUE TENHO, DIZEM QUE JOGAMOS AS MEIAS FINAIS COM O VASAS BUDAPESTE, PODIA-ME ESCLARECER....

    OBRIGADO POR ME RESPONDER SEMPRE.


    SAUDAÇOES BENFIQUISTAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Carlos Lima

      A eliminatória foi com o RABA ETO GYOR FC, mas o jogo da 1.ª mão foi em Budapeste (30 de Abril de 1965). Mas o clube é de Gyor (onde jogou Feher).

      O clube de Gyor mudou o nome várias vezes, também chegou a ser conhecido por Vasas Gyor. Sempre de Gyor e não de Budapeste. Na Wikipédia referente ao clube (em inglês) tem os jogos com o "Glorioso".

      Alberto Miguéns

      Eliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail